• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Após idas e vindas, Manoel Arruda deixa Reguffe fora da corrida ao Buriti

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

 


Senador Reguffe. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente da legenda no DF Manoel Arruda esteve com o presidente Bolsonaro onde declarou apoio no pleito de outubro deste ano. Em vídeo postado ontem, Reguffe afirmou que compromissos haviam sido feitos, mas não foram cumpridos pelo partido

Por Redação

A indefinição nos últimos meses do senador José Antonio Reguffe que trocou o Podemos pelo União Brasil e provocou muitas indefinições no tabuleiro político do DF, parece que está chegando ao fim.

Por meio de nota oficial publicada no Instagram de Manoel Arruda nesta sexta-feira (5/8), o presidente do União Brasil/DF, confirmou que o partido desistiu de lançar Reguffe como candidato ao Buriti.

Em vídeo postado nesta quinta-feira (04/08), Reguffe afirmou que compromissos haviam sido feitos, mas não foram cumpridos pelo partido. Como resposta, o União Brasil negou, e disse ter confiado a Reguffe a posição de candidato a governador, além de ter dado a ele a opção de indicar e auxiliar o partido na escolha de alguns membros da chapa e alianças.

“Porém, nenhuma campanha ou partido são feitos de uma única pessoa ou liderança. Um partido não tem dono; ele é resultado da união de pessoas que acreditam no mesmo ideal. A união não é feita apenas de um lado”, escreveu Manoel.

Para completar, o presidente do partido no DF disse defender a diversidade e uma gestão participativa. “Vamos continuar lutando por uma política que não busca interesses isolados. Queremos uma campanha transparente e que une diferentes vozes, pessoas e projetos”, finalizou.

Ontem nas redes sociais Reguffe afirmou: “Em março deste ano me filiei ao União Brasil para oferecer ao DF uma alternativa real e viável, um governo que fosse honesto, que mudasse a vida da população”, começa falando. “Compromissos foram feitos, mas não foram honrados. Foi feito o compromisso que eu teria a liberdade de escolher o cargo que quisesse disputar, autonomia total para escolher a chapa e as alianças para viabilizar o projeto, mas nada disso está sendo honrado”, completou.

O senador tem ainda a opção de concorrer a Câmara dos Deputados ou ao Senado Federal.

Siga o Agenda Capital no Instagram>https://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

Da Redação do Agenda Capital

 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot