• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bombeiro de Brasília é vencedor nos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros

sábado, 30 de julho de 2022

 

Na modalidade triatlo, Ivan Lugon subiu na primeira posição do pódio estabelecido na Holanda

Ivan Lugon, vitorioso na modalidade triatlo -  (crédito: Arquivo pessoal )Bombeiro há cinco anos, o brasiliense Ivan Lugon, 28, subiu no pódio como vencedor na modalidade triatlo, durante a realização dos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, em Roterdã (Holanda). Numa disputa junto a 200 competidores, Ivan se destacou, neste sábado (30/07), depois de enfrentar 1,5 km de natação, 40 quilômetros de ciclismo e outros 10 de corrida. "Amo muito meu trabalho. O Corpo de Bombeiros estimula a nossa realização, com as condições que traz. A escala adotada favorece o meu roteiro para treinamentos. Consigo treinar com bastante qualidade", destacou o atleta, em entrevista ao Correio.

Segundo o atleta, o Brasil está entre os primeiros colocados na competição que reúne mais de 10 mil atletas do mundo, com participação das mais variadas entidades entre as quais Interpol, no evento que tem ainda adesão de agentes penitenciários e policiais federais. Na atuação profissional, Ivan Lugon avalia que mantém "cabeça e corpo muito unidos", e que as atividades físicas despontam como "paralelas e complementares". "O condicionamento físico é importante para a prestação de serviços à sociedade. Tudo exige bastante do corpo. Tem que ser resiliente. Muitas vezes, nós, militares, somos a última esperança de uma pessoa, em determinadas situações", comenta o atleta.

Medalha conquistada por Ivan Lugon em Roterdã (Holanda)
Medalha conquistada por Ivan Lugon em Roterdã (Holanda)(foto: Arquivo pessoal)

Numa realidade que traz o desafio de abraçar um esporte que exige aquisição de "materiais muito caros", Ivan conta que treina entre 15 e 20 horas, por semana. A conquista da medalha de ouro internacional veio depois de duas horas e meia de esforço continuado, durante a prova. Na modalidade de triatlo, uma das especificidades que acentuou a dificuldade foi a manutenção de distância olímpica, sem vácuo — ou seja, com a obrigação dos competidores manterem distância de, ao menos, 12 metros.

Ivan Lugon, lotado no 17º GBM (São Sebastião), foi dos 340 atletas de Brasília que contaram com apoio das corporações do DF no evento que, neste domingo (31/07) chega ao último dia. Às tradicionais vitórias em lutas e atletismo, o DF incorpora agora o feito do triatlo. Na próxima quarta-feira (3/8), Ivan Lugon estará na cidade, empunhando a medalha e com a mente já fixada em possíveis disputas em 2023. Realizados a cada dois anos, os Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, diante de alterações de calendário (dada a pandemia de Covid-19), serão realizados também em 2023. As seletivas internas encaminharão atletas para o Canadá, sede do futuro evento.

https://www.correiobraziliense.com.br/

 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot