• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Ibaneis participa de convenção do Agir 36

domingo, 31 de julho de 2022

Durante seu discurso, Ibaneis reforçou a parceria com o Agir 36, partido que considera parceiro de primeira hora

O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) participou, na manhã deste domingo (31), da convenção partidária do Agir 36, aliado da coligação do mandatário.

O emedebista prestigiou o evento do antigo Partido Trabalhista Cristão (PTC), no Setor Comercial Sul, antes de se dirigir à convenção do MDB, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

 Durante seu discurso, Ibaneis reforçou a parceria com o Agir 36, partido que considera parceiro de primeira hora. “Eu gosto do Agir 36 porque as ações desse partido são efetivas em todo o Distrito Federal. É um grupo focado nas eleições de outubro e que certamente trará resultados excepcionais. Tenho certeza que essa parceria dará certo”, disse o governador.

Além de Ibaneis, também esteve presente a deputada federal e candidata a vice-governadora, Celina Leão (PP), o presidente do partido, Aneílton Veras, e a deputada distrital e presidente nacional do Agir 36 Mulher, Jaqueline Silva.

Até o momento, a coligação liderada por Ibaneis conta com o MDB, PP, PL, PTB, Agir 36, PROS e Solidariedade. As eleições estão marcadas para 2 de outubro (1º turno) e 30 de outubro (2º turno), quando 2,2 milhões de eleitores vão às urnas no DF.

https://jornaldebrasilia.com.br/

Leia Mais....

Bombeiro de Brasília é vencedor nos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros

sábado, 30 de julho de 2022

 

Na modalidade triatlo, Ivan Lugon subiu na primeira posição do pódio estabelecido na Holanda

Ivan Lugon, vitorioso na modalidade triatlo -  (crédito: Arquivo pessoal )Bombeiro há cinco anos, o brasiliense Ivan Lugon, 28, subiu no pódio como vencedor na modalidade triatlo, durante a realização dos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, em Roterdã (Holanda). Numa disputa junto a 200 competidores, Ivan se destacou, neste sábado (30/07), depois de enfrentar 1,5 km de natação, 40 quilômetros de ciclismo e outros 10 de corrida. "Amo muito meu trabalho. O Corpo de Bombeiros estimula a nossa realização, com as condições que traz. A escala adotada favorece o meu roteiro para treinamentos. Consigo treinar com bastante qualidade", destacou o atleta, em entrevista ao Correio.

Segundo o atleta, o Brasil está entre os primeiros colocados na competição que reúne mais de 10 mil atletas do mundo, com participação das mais variadas entidades entre as quais Interpol, no evento que tem ainda adesão de agentes penitenciários e policiais federais. Na atuação profissional, Ivan Lugon avalia que mantém "cabeça e corpo muito unidos", e que as atividades físicas despontam como "paralelas e complementares". "O condicionamento físico é importante para a prestação de serviços à sociedade. Tudo exige bastante do corpo. Tem que ser resiliente. Muitas vezes, nós, militares, somos a última esperança de uma pessoa, em determinadas situações", comenta o atleta.

Medalha conquistada por Ivan Lugon em Roterdã (Holanda)
Medalha conquistada por Ivan Lugon em Roterdã (Holanda)(foto: Arquivo pessoal)

Numa realidade que traz o desafio de abraçar um esporte que exige aquisição de "materiais muito caros", Ivan conta que treina entre 15 e 20 horas, por semana. A conquista da medalha de ouro internacional veio depois de duas horas e meia de esforço continuado, durante a prova. Na modalidade de triatlo, uma das especificidades que acentuou a dificuldade foi a manutenção de distância olímpica, sem vácuo — ou seja, com a obrigação dos competidores manterem distância de, ao menos, 12 metros.

Ivan Lugon, lotado no 17º GBM (São Sebastião), foi dos 340 atletas de Brasília que contaram com apoio das corporações do DF no evento que, neste domingo (31/07) chega ao último dia. Às tradicionais vitórias em lutas e atletismo, o DF incorpora agora o feito do triatlo. Na próxima quarta-feira (3/8), Ivan Lugon estará na cidade, empunhando a medalha e com a mente já fixada em possíveis disputas em 2023. Realizados a cada dois anos, os Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, diante de alterações de calendário (dada a pandemia de Covid-19), serão realizados também em 2023. As seletivas internas encaminharão atletas para o Canadá, sede do futuro evento.

https://www.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

Paulo Octávio confirma pré-candidatura ao DF

A confirmação da candidatura deve ser feita em convenção do partido na próxima sexta-feira (05), no Brasília Palace Hotel


O empresário e ex-vice-governador do Distrito Federal Paulo Octávio (PSD) confirmou, neste sábado (30), que se candidatará ao cargo de governador da capital. “Passei um tempo fora da política, mas ao ver as dificuldades da população, ao ver que temos 300 mil pessoas desempregadas, ao ver que a saúde é a grande carência do nosso povo, não me cabe mais nada senão aceitar o desafio imposto pelo partido e me apresentar como pré-candidato a governador do DF”

A confirmação da candidatura deve ser feita em convenção do partido na próxima sexta-feira (05), no Brasília Palace Hotel.

 “Acredito que a eleição é um momento do cidadão que exerce a cidadania plena ao votar. Um momento para examinar o que cada candidato tem a oferecer e como ele ajudou a população”, escreveu em suas redes sociais.

Durante feijoada em homenagem ao deputado distrital Jorge Viana (PSD), Octávio ainda disse que seu possível governo terá como ponto central a saúde. “As pesquisas que fiz mostram que este segmento [da saúde] precisa de investimento, de valorização do servidor e de estrutura. A atenção à saúde é o ponto mais importante do próximo governo”.

Ainda nas redes sociais, o empresário escreveu que o GDF deve buscar diminuir o desemprego. “Devemos buscar que o cidadão leve sustento para sua família e que tenha amparo do sistema de saúde. Não posso medir o tamanho dos meus adversários. Só posso medir o tamanho das minhas propostas e disposição de fazer nossa Brasília um lugar justo. Vamos em frente!”, finalizou.

https://jornaldebrasilia.com.br/

Leia Mais....

Sobradinho cada dia mais desenvolvido

sexta-feira, 29 de julho de 2022

Entre as obras entregues, está o Complexo Viário Governador Roriz e do viaduto do Comper, além da pavimentação da DF-330

O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) visitou, na manhã desta sexta-feira (29), diversas regiões de Sobradinho e celebrar as diversas obras de mobilidade inauguradas.

Entre as obras entregues, está o Complexo Viário Governador Roriz e do viaduto do Comper, além da pavimentação da DF-330 e o Córrego do Arrozal e o asfaltamento em áreas de escolas rurais pelo programa Caminho das Escolas.

 Ibaneis ainda conversou com empresários da região e relembrou a importância da classe. “Sei da importância de não atrapalhar a vida do empresário. No nosso governo reduzimos a carga tributária, melhoramos as condições das empresas, encaminhamos vários projetos à CLDF, organizamos o Pró-DF e o transformamos em um novo programa. Recebemos um pedido para a Botanic se instalar em uma outra área, maior que essa, e vamos avaliar. Também vamos estudar a melhoria da iluminação na região”, afirmou Ibaneis aos presentes.

Nas ruas

Depois de conversar com empresários, Ibaneis Rocha caminhou pelo comércio da quadra central, onde ouviu os moradores. Um deles, o servidor público aposentado Agostinho Neto, elogiou o trabalho da atual gestão. “São muitas obras, né? Não só no centro, mas como nas regiões administrativas. Isso tem alavancado muito essa condição de desempenho para o DF crescer cada vez mais, e para isso precisamos de um governador como o Ibaneis para trabalhar o DF em todos os aspectos”, pontuou.

Ao percorrer as quadras, Ibaneis ouviu diversos pleitos dos moradores, algumas delas na área da saúde, e não escondeu seu amor por Sobradinho. “É uma cidade que as pessoas amam muito. Morei aqui e conheço a cidade como ninguém. Aqui entregamos  iluminação em LED, um terminal rodoviário, asfaltamos áreas rurais e queremos ver Sobradinho cada vez mais pujante”, finalizou.

https://jornaldebrasilia.com.br/


Leia Mais....

Na festa de Bolsonaro

terça-feira, 26 de julho de 2022

Já está fechado o acordo pelo qual Ibaneis dará palanque integral a Bolsonaro no Distrito Federal

O governador Ibaneis Rocha não fez o habitual almoço de domingo, em que costuma cozinhar, para participar da convenção do PL que confirmou a candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição, no Rio de Janeiro. Viajou de jatinho particular, com a mulher, Mayara Noronha Rocha, o ex-governador José Roberto Arruda e a deputada Flávia Arruda. Foram juntos ao Maracanãzinho, onde se reuniu a convenção, e ficaram próximos ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. Já está fechado o acordo pelo qual Ibaneis dará palanque integral a Bolsonaro no Distrito Federal e, de outro lado, a base bolsonarista – que inclui o PL, partido do presidente, de Arruda e de Flávia – estarão também em seu palanque.

Agregando partidos de médio porte

Já seguro de contar com MDB, PL, PP e Republicanos, o governador Ibaneis Rocha vem conseguindo, com conversas de bastidores, somar partidos de tamanho médio na base de apoio a sua campanha de reeleição. Primeiro foi o PROS, que mesmo depois das mudanças internas com a saída do presidente Celivaldo Eloi, garantiu a permanência na chapa. Em seguida foi o Solidariedade, que fechou apoio em uma negociação nacional que expurgou a diretoria local. Por fim, o PTB. Seu presidente regional Paulo Roriz, ex-secretário de Ibaneis, até flertou com outros partidos, mas terminou ultrapassado por outra ex-secretária, Ericka Filippelli, que levou o partido para o atual governador.

Novos programas de Ibaneis

O governador Ibaneis Rocha já tem pronta uma série de novos programas para inclusão no programa de novo governo. As iniciativas até já receberam nomes próprios. É o caso do Projeto Pedal Cidadão, para qualificar pessoas em situação de rua no reparo de bicicletas. Cadva aluno ganhará uma bicicleta. Também há o projeto Vira Vida, para inserir no mercado de trabalho jovens em situação de vulnerabilidade social, principalmente em relação à violência sexual, ou o Janela para o Futuro, que oferece a egressos de punições socioeducativas atividades de cultura, esporte, lazer, cursos profissionalizantes e acompanhamento posterior. Ainda para adolescentes em medida socioeducativa – ou seja, menores infratores – haverá também a Jornada de Literatura e Música, com reforço escolar, atividades de leitura e de música. Já o LabFaz oferecerá formação profissional para moradores de rua.

Subindo nos palanques

A ex-ministra Flávia Arruda incorporou para valer as obras dos governos Bolsonaro e Ibaneis. Lembra sempre que “todos os dias, ao ir trabalhar, passo pela EPTG e sei como é importante buscar soluções que dão mais segurança, acessibilidade e eficiência para os cidadãos no trânsito”. A partir daí, cita os investimentos em mobilidade urbana com projetos de Ibaneis, como o túnel de Taguatinga ou o viaduto do Recanto das Emas, para então posar ao lado do antigo colega de ministério Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, e falar da liberação de verbas para obras viárias que, segundo ela, “acima de tudo, cuidam da qualidade de vida da nossa população”.

Pão com leite condensado

Se a ex-ministra Damares Alves está aborrecida com o presidente Jair Bolsonaro por tê-la retirado da chapa majoritária em Brasília, ao menos disfarça muito bem. Não pode viajar para o Rio de Janeiro, pois passa por uma bateria de exames médicos, mas acompanhou toda a convenção do PL pela televisão (foto). Adorou o coro “Supremo é o povo” e participou à distância. Qualificou de “histórico” o pronunciamento do presidente e vibrou em especial com o discurso da amiga Michelle Bolsonaro, que considerou “épico, nesta guerra do bem contra o mal”. E ainda fez questão de mostrar que fazia tudo isso comendo pão com leite condensado, café da manhã habitual de Bolsonaro.


https://jornaldebrasilia.com.br/b

Leia Mais....

Acordo de Ibaneis e Arruda prevê obras e reajustes de servidores

segunda-feira, 25 de julho de 2022

 


Publicado em CB.PoderEixo CapitalNotícias

ANA MARIA CAMPOS

No momento em que acertou uma aliança para as eleições, o governador Ibaneis Rocha (MDB) se comprometeu com 10 pontos a serem incluídos, por sugestão do ex-governador José Roberto Arruda (PL), no programa de governo da campanha à reeleição.

 

Entre os compromissos, estão a paridade dos salários dos policiais civis aos de policiais militares, a revisão da Lei 12.086/09, que trata da carreira de policiais militares, e recomposição das remunerações de servidores da saúde e educação, com adicional de produtividade.

 

Também foram incluídas no programa obras como construção da avenida Interbairros,
ligando Samambaia, Taguatinga Sul, Aguas Claras, Arniqueira, Park Way, Guará e
Plano Piloto. Outras obras referem-se ao metrô e do sistema viário, além da construção dos hospitais do Recanto das Emas e do Riacho Fundo.

 

Na área social, a promessa é de ampliação dos restaurantes comunitários para todas as regiões administrativas.

 

No documento, assinado por Ibaneis, Arruda e pelas deputada federais Celina Leão (PP-DF) e Flávia Arruda (PL-DF), não há prazo para conclusão dos compromissos.

 

Veja o documento:

 


Leia Mais....

Metrópoles/Ideia: veja as intenções de voto para deputado distrital na pesquisa espontânea

sábado, 23 de julho de 2022

 


Plenário da CLDF. Foto: Delmo Menezes / Agenda Capital.

A pesquisa espontânea revela que o percentual de indecisos é grande: 68,7% do eleitorado ainda não sabem em quem votar

Por Redação

A pesquisa Metrópoles/Ideia, divulgada neste sábado (23/7), mostra as intenções de voto dos eleitores do Distrito Federal para o cargo de deputado distrital. Há 24 vagas disponíveis.

O levantamento é espontâneo, ou seja, os entrevistados responderam em quem votariam sem a oferta de opções.

A pesquisa revela que o percentual de indecisos ainda é grande: 68,7% do eleitorado não sabem em quem votariam para distrital se as eleições fossem hoje. No levantamento anterior, divulgado no dia 24 de junho, os indecisos somavam 66,8%.

Entre os nomes citados na mais recente pesquisa, estão 13 deputados distritais: Fábio Felix (PSol), Martins Machado (Republicanos), Fernando Fernandes (Pros), Robério Negreiros (PSD), Roosevelt Vilela (PL), Hermeto (MDB), Agaciel Maia (PL), João Cardoso (Avante), Claudio Abrantes (PSD), Reginaldo Sardinha (PL), Rafael Prudente (MDB), Reginaldo Veras (PV) e Chico Vigilante (PT).

Dos 13 políticos do parlamento local lembrados pelos eleitores, pelo menos dois devem concorrer a outro cargo. O presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), Rafael Prudente, e Reginaldo Veras pretendem disputar vaga de deputado federal.

No total, 10,2% dos eleitores disseram que vão votar branco ou nulo. E 0,5% afirmou que optaria por outro nome.

Atual levantamento

Para a atual consulta, foram ouvidas 1.200 pessoas entre os dias 13 e 17 de julho. A metodologia utilizada é a de pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado, por meio de inquérito telefônico, junto a uma parcela representativa do eleitorado do DF.

A margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

O levantamento foi registrado no Superior Tribunal Eleitoral (TSE) sob o número DF-02959/2022.

Siga o Agenda Capital no Instagram>https://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

Com informações do Metrópoles

Leia Mais....

Ibaneis, Arruda e Flávia participam de evento com Agaciel Maia

Encontro ocorreu no lançamento da candidatura de Agaciel Maia (PL) à reeleição na CLDF


O lançamento da candidatura do deputado distrital Agaciel Maia (PL) à reeleição foi palco do primeiro encontro público de Ibaneis Rocha (MDB) com o casal José Roberto e Flávia Arruda (ambos do PL) depois de selarem parceria na chapa para as eleições deste ano. O evento ocorreu nesta sexta-feira (22/7), no Clube dos Oficiais da Polícia Militar (COPM).
Agaciel busca o quarto mandato consecutivo na Câmara Legislativa do DF (CLDF) e fez questão de saudar a união dos líderes do partido dele com o atual chefe do Executivo local. 
Atualmente, a chapa para as eleições majoritárias conta com Ibaneis para o GDF, Flávia ao Senado e José Roberto Arruda como candidato a deputado federal.
"Com essa parceira PL e MBD a população ganha", disse emocionado o deputado Agaciel Maia.

Cpm informações do 
https://www.metropoles.com/

Leia Mais....

Bastidores da aliança Ibaneis/Arruda para composição de chapa única ao GDF

quinta-feira, 21 de julho de 2022

 


Ibaneis, Arruda e Flávia. Fopto: Divulgação.

O ex-governador Arruda fez propostas para eventual segundo governo de Ibaneis Rocha

Coluna Eixo Capital

O ex-deputado federal e amigo pessoal do presidente Bolsonaro, Alberto Fraga (PL-DF), não gostou da união entre Arruda e Ibaneis. Ele postou um vídeo nas redes sociais com o título “Aqui não tem duas palavras”. Fraga, que sempre se colocou como adversário de Ibaneis, disse: “Eu queria me desculpar com todas aquelas pessoas que eu fiz acreditar que o Arruda seria candidato a governador. Foi uma grande decepção”.

Fraga apostava na candidatura do ex-governador e, agora, cobra um compromisso de Arruda sobre a reformulação da Lei nº 12.086. A lei de 2009 trata, entre outros assuntos, do interstício dos policiais e bombeiros militares. Arruda disse à coluna que incluiu o tema na lista dos 10 pontos do programa de governo de Ibaneis, negociados com ele e com Flávia Arruda.

Propostas

De acordo com os bastidores, o governador Ibaneis Rocha (MDB), a deputada Flávia Arruda (PL) e o ex-governador José Roberto Arruda (PL) fecharam, ontem, pontos do programa de governo que serão incluídos em um eventual segundo mandato do emedebista a pedido do casal. São projetos do governo Arruda, como Interbairros, VLT do aeroporto à W3, expansão do metrô para Gama, Santa Maria, Samambaia e Ceilândia e construção dos hospitais do Recanto das Emas e de São Sebastião. Sinal de que os Arruda terão influência no segundo mandato de Ibaneis. Pelo menos, é o que diz o acordo eleitoral.

Intermediário

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) teve um papel fundamental na construção do acordo entre Arruda e Ibaneis. Ele tem trabalhado para montar os palanques regionais da campanha do pai. No DF, o filho 01 tem interlocução com os dois e fez a ponte.

A suplência de senador em disputa

Entre os cargos cobiçados na aliança formada em torno da reeleição de Ibaneis Rocha (MDB) estão as suplências de Flávia Arruda (PL) na disputa ao Senado. Ficou definido no acordo com o ex-governador José Roberto Arruda (PL) que Ibaneis escolhe o nome para vice e Flávia, as suplências. Ibaneis definiu que a deputada Celina Leão (PP-DF) será a vice. Flávia ainda não anunciou sua preferência na suplência. O posto é cobiçado porque, se eleita, Flávia pode virar ministra — se Bolsonaro permanecer no poder. Flávia também pode concorrer ao governo.

O empresário Fernando Marques, dono da União Química, era o nome cotado para suplente de Flávia Arruda. Mas ele está no PP, que já tem colocação na chapa de Ibaneis com a vice.

Perigo no segundo turno

A estratégia do governador Ibaneis Rocha (MDB) é construir uma coalizão de partidos para tentar vencer a eleição no primeiro turno. Na segunda fase, é outra eleição, e a união de candidaturas da oposição será perigosa para Ibaneis.

PO, distante, mas nem tanto

Presidente do PSD-DF, o empresário Paulo Octávio está na Suíça, para onde viajou para o casamento, no próximo sábado, do filho Felipe Kubitschek Pereira com Lara Lemann, filha do bilionário Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev. Mesmo de longe, ele não desgruda do celular. Está acompanhando da Europa toda a movimentação política e a onda provocada pela união de Ibaneis e Arruda. Ontem, Paulo Octávio conversou com o senador José Antônio Reguffe (União), pré-candidato ao Palácio do Buriti.

Alívio para Passamani

Pré-candidata a deputada federal pelo PL, a ex-secretária de Justiça do DF Marcela Passamani é uma das pessoas que estão comemorando o anúncio da aliança entre o governador Ibaneis Rocha (MDB) e o ex-governador José Roberto Arruda (PL). Ela ficaria dividida em dois mundos porque está em campanha ao lado de Arruda e da deputada Flávia Arruda (PL), mas foi secretária do governo Ibaneis, e o marido, o advogado Gustavo Rocha, é o chefe da Casa Civil do DF, um dos principais integrantes do governo Ibaneis.

A pergunta que não quer calar

Ainda pode haver mudanças na chapa encabeçada pelo governador Ibaneis Rocha?

Como tudo em política as coisas mudam da noite para o dia, é esperar para ver.

Siga o Agenda Capital no Instagram>https://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

Com informações do CB (Ana Maria Campos)

Leia Mais....

Fogo no parquinho!!! Fraga parte pra cima de Arruda e rejeita Ibaneis

 

Se sentindo traído,  Alberto Fraga, pré-candidato a deputado federal pelo PL gravou vídeo revelando seu dissabor, indignação e revolta com a súbita (e estranha) decisão de José Roberto Arruda (PL), que da noite para o dia mudou de opinião acerca do governador Ibaneis Rocha (MDB) e anunciou que agora será candidato a deputado federal.

Arruda pisou feio na bola dentro do partido e junto ao eleitorado. A revolta é gigante!

Confira o vídeo:

https://donnysilva.com.br/

Tocador de vídeo
Leia Mais....

"Foi um gesto de grandeza", avalia Ibaneis sobre aliança com Arruda

quarta-feira, 20 de julho de 2022

 

Depois de intensas negociações o governador fechou uma aliança com José Roberto Arruda para as eleições de outubro. "Como eu estou voltando para a vida pública, e volto com muita humildade, vou disputar, se for possível, a cadeira na Câmara Federal", disse o ex-governador

 (crédito: Divulgação)
Mais uma reviravolta na campanha do Distrito Federal: os dois candidatos que lideram as intenções de votos na disputa ao Palácio do Buriti, o governador Ibaneis Rocha (MDB) e o ex-governador José Roberto Arruda (PL), decidiram seguir juntos nas eleições deste ano. Os dois rivais vão evitar um embate que poderia ser sangrento, com o racha em um grupo que estava unido, e juntaram forças em nome de interesses políticos.

Ibaneis será candidato à reeleição com uma coligação ampla. Arruda concorrerá a um mandato de deputado federal, com cacife de campanha ao governo. Ao retirar o possível projeto ao Executivo, Arruda conseguiu recolocar a mulher, a deputada Flávia Arruda (PL-DF), na condição de única candidatura da chapa de Ibaneis ao Senado. Lançada por Ibaneis como aliada na corrida ao mandato de oito anos, a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves (Republicanos) não será candidata ao Senado.

Damares tem duas opções: concorrer como deputada federal ou retornar ao governo Bolsonaro como ministra. A segunda opção é a mais provável. Ela poderá fazer campanha pelo país pela reeleição de Bolsonaro ao lado da primeira-dama, Michele Bolsonaro, de quem é muito próxima.

Na condição de candidata à Câmara, Damares poderia tumultuar a chapa de deputados federais do Republicanos, que hoje conta com nomes como o deputado federal Júlio César Ribeiro, que concorre à reeleição, ou o ex-secretário de Ciência e Tecnologia Gilvan Máximo.

A deputada federal Celina Leão (PP-DF) manteve-se como o nome para disputar como vice na chapa de Ibaneis. Ela foi uma das principais articuladoras da reação de Ibaneis ao crescimento de Arruda, quando costurou, ao lado do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, a formação de uma chapa em que Arruda ficaria sem dois importantes partidos da base bolsonarista na eventualidade de concorrer ao GDF.

O acordo foi selado com a chancela de Jair Bolsonaro. O presidente se reuniu com Arruda ontem à tarde que fez um relato da situação atual dos partidos no Distrito Federal divididos entre as duas candidaturas. Depois da explanação, Bolsonaro chamou no Planalto o governador Ibaneis Rocha, a deputada Flávia Arruda e Damares.

Lá, abençoou a aliança. Damares assegurou que seu líder é Bolsonaro e atenderia qualquer apelo que partisse da Presidência. Ibaneis e Arruda toparam a união dos projetos. Agora o governador e a deputada Flávia Arruda deverão se sentar para montar conjuntamente um programa de governo em torno de 10 metas, com contribuições da gestão Arruda. "Foi o melhor para a cidade e para o Brasil", disse Ibaneis ao Correio. E acrescentou: "Foi um gesto de grandeza do governador Arruda e da Damares em favor a união."

Na foto final, todos pareciam sintonizados e falando a mesma língua. "O governador Ibaneis se comprometeu a apoiar o presidente em Brasília. Com isso, as candidaturas naturais são a reeleição do governador Ibaneis e a candidatura da Flávia ao Senado. E, como eu estou voltando para a vida pública, e volto com muita humildade, vou disputar, se for possível, a cadeira na Câmara Federal", afirmou Arruda. "Se houver um percalço, que espero que não haja, eu não prejudicarei a aliança maior que é entre os dois — Ibaneis e Flávia — e esta está selada com meu apoio", acrescentou.

Há semanas, Arruda vinha conversando com Ibaneis e interlocutores sobre uma possível aliança. Mas também sinalizava a vontade de concorrer a um novo mandato ao governo desde que obteve uma liminar do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, que lhe devolveu os direitos políticos.

Para evitar confronto

A união, como em todo acordo, atende a interesses dos dois lados. Um cenário em que Ibaneis e Arruda disputassem as eleições representaria um risco para ambos. Segundo Pesquisa Quaest, divulgada pelo Correio no último domingo, eles estavam tecnicamente empatados, tendo Ibaneis, com 28% das intenções de votos, e Arruda, com 25%. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

O racha também poderia facilitar o crescimento de um concorrente de esquerda ao Senado. Com a divisão, se Arruda disputasse o governo, Flávia Arruda dificilmente concorreria ao Senado. É que uma campanha de governador precisa buscar aliados para compor a chapa majoritária. Arruda teria de abrir espaço para composições políticas. Mesmo como favorita, Flavia seria levada a buscar um mandato de deputada federal. Agora ela pode perder, mas começa a campanha como favorita.

Atrapalhar a candidatura de Flávia seria também um desgaste familiar, para o casal que tem duas filhas. Para o presidente Jair Bolsonaro, seria ruim porque o Palácio do Planalto impulsionar a eleição de um senador de oposição. Novata na política, Damares poderia perder a eleição ao Senado por algum candidato mais conhecido.

No caso de Ibaneis, o problema seria prosseguir na disputa ao lado de Damares, contra Arruda e Flávia Arruda, nomes que contariam com o apoio de Bolsonaro. Sem contar os outros candidatos da base do ex-presidente Lula, o deputado distrital Leandro Grass (PV), da federação PT-PV-PCdoB, além de Rafael Parente (PSB) e Keka Bagno, da federação PSol-Rede Sustentabilidade. Ibaneis vai enfrentar ainda os senadores José Antônio Reguffe (União), Leila Barros (PDT) e Izalci Lucas (PSDB).

Arruda disse ao Correio que o acordo fortalece o palanque de Bolsonaro no DF. "No plano nacional, foi uma boa composição política. A Flávia foi ministra do presidente Bolsonaro e não poderíamos permitir a desunião da base dele no DF. No campo local, há alguns ajustes. Mas foi positivo", afirmou o ex-governador.

https://www.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

Ibaneis anuncia chapa única com Arruda

terça-feira, 19 de julho de 2022

 Agora, Flávia concorrerá ao Senado Federal pelo DF. Anteriormente, a cadeira seria disputada por Damares. Arruda disputará uma vaga para deputado federal.

Foto: Reprodução

Depois de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro (PL), realizada nesta terça-feira (19), o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB), anunciou uma chapa única entre ele, José Roberto e Flávia Arruda (PL), Damares (Republicanos) e Celina Leão (PP-DF) pela reeleição.

Agora, Flávia concorrerá ao Senado Federal pela chapa no DF. Anteriormente, a cadeira seria disputada por Damares, que deve agora se reunir com o Republicanos e decidir os próximos passos. É provável que ela dispute uma vaga como deputada federal.

Arruda também disputará uma vaga para deputado federal. Celina Leão, anunciada como candidata à vice-governadora pela reeleição ao lado de Ibaneis na última quarta-feira (13), seguirá no posto.

O recuo coloca Ibaneis como o candidato mais provável à reeleição. Ele e Arruda estavam no páreo pelo palácio do Buriti, segundo pesquisas mais recentes. Em seu discurso, o mandatário comentou a união.

“Devemos agradecer a um recuo estratégico muito bem pensado do ex-governador Arruda, que está elegível, e que se coloca na condição de deputado federal”. Arruda se tornou elegível depois que uma liminar foi concedida pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins.

“Como estou voltando para a vida pública, venho com muita humildade e disputarei, se for possível, uma cadeira na Câmara Federal”, afirmou Arruda, durante uma coletiva realizada também nesta terça.

Além da estratégia adotada pela chapa única, a nomeação de Leão também é bem pensada. A chapa formada já era cotada antes do anúncio, pois, assim, o chefe do executivo local mantém um palanque fixo para Bolsonaro no DF.

O apoio ao presidente foi, inclusive, ressaltado por diversas vezes. Na coletiva, Ibaneis voltou a exaltar Bolsonaro, decisivo para a união entre o governador e Arruda.

“Foi um encontro muito proveitoso [a reunião com Bolsonaro]. Nós todos temos um compromisso com nosso presidente Jair Messias Bolsonaro e devemos também fazer um trabalho pela cidade. Saímos com uma aliança consolidada, dependendo de pequenos ajustes, que serão feitos ao longo da semana”, disse.

https://jornaldebrasilia.com.br/

Leia Mais....

URGENTE: Após reunião com Bolsonaro, Ibaneis e Arruda fecham acordo em chapa única

 

Foto: Reprodução.

Bolsonaro reuniu Ibaneis, Arruda, Flávia Arruda para que o grupo se unisse em uma só campanha

Por Redação

Saiu o acordo entre o governador Ibaneis Rocha (MDB) e o ex-governador José Roberto Arruda (PL), tecnicamente empatados na liderança da disputa ao Palácio do Buriti, segundo apontou pesquisa do Instituto Quaest, publicada no fim de semana pela reportagem.

Ibaneis concorrerá à reeleição e Arruda vai à Câmara dos Deputados. A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) será a candidata da chapa ao Senado.

“Devemos agradecer a um recuo estratégico muito bem pensado do governador Arruda, que está elegível, e que se coloca na condição de [candidato a] deputado federal”, afirmou Ibaneis, no Palácio do Planalto.

Damares Alves (Republicanos) havia sido anunciada como a candidata ao Senado na chapa de Ibaneis, mas o cenário mudou. O governador informou que ficou acertado com Damares que ela irá conversar com os presidentes nacional e local do Republicanos para decidir o futuro da candidatura dela.

Da chapa anunciada por Ibaneis na semana passada, fica mantida a deputada Celina Leão (PP-DF) como vice. A ex-ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos Damares Alves (Republicanos) vai concorrer à Câmara dos Deputados.

O acordo foi sacramentado hoje (19) e referendado pelo presidente Jair Bolsonaro que recebeu Ibaneis e depois Arruda.

Siga o Agenda Capital no Instagram>https://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

Com Informações do CB

Leia Mais....

Psicóloga defende frase polêmica de Bolsonaro: ‘Mudar de gênero não é mudar de sexo’


Na última quarta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez uma declaração que lhe tornou alvo de ataques por parte da imprensa, ao defender que meninos e meninas mantenham as suas identidades conforme o sexo biológico, o que foi apoiado pela psicóloga Marisa Lobo, autora de livros que tratam desse tema.

“O que nós queremos é que o Joãozinho seja Joãozinho a vida toda. A Mariazinha seja Maria a vida toda, que constituam família, que seu caráter não seja deturpado em sala de aula”, declarou o presidente em Imperatriz, no Maranhão.

Por causa disso, mídias como o jornal Folha de S. Paulo acusaram Bolsonaro de utilizar expressões “homofóbicas”. Para Marisa Lobo, no entanto, o presidente da República não fez nada mais do que expressar a sua visão, bem como afirmar algo respaldado pela natureza biológica dos sexos.

“Estão tentando criminalizar a opinião e os posicionamentos baseados na CIÊNCIA!”, disse a psicóloga em suas redes sociais. “Aos desavisados, aviso: mudança de gênero social não é mudança de sexo. Você pode redesignar a sua aparência, seu nome, até mesmo a forma como se percebe, mas jamais mudará a sua designação sexual GENÉTICA!”

 “Portanto, o que Bolsonaro quis dizer, em outras palavras, é que macho continuará macho para o resto da vida, assim como fêmea será fêmea para o resto da vida”, completou a pré-candidata à deputada federal pelo Paraná.

Para Marisa, autora de livros como A Ideologia de Gênero na Educação e Famílias em Perigo, o ativismo sexual consiste em fazer parecer que a sexualidade humana pode estar completamente dissociada da biologia.

“A ideologia de gênero é IDEOLOGIA exatamente por desprezar a realidade biológica dos sexos, fazendo parecer que tudo se resume ao gênero social. Mentira!”, disse ela, concluindo que “Bolsonaro está certo”.

Apesar da natural declaração para um político conservador e cristão, a vereadora paulista Erika Hilton (PSol) resolveu ingressar com uma ação contra o presidente no Supremo Tribunal Federal (STF), lhe acusando de “homofobia”. A ministra Rosa Weber pediu que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre o caso.

https://noticias.gospelmais.com.br/


Leia Mais....

Por enquanto, casal Arruda decide não avançar

 

Para quem assistiu ao discurso do ex-governador José Roberto Arruda (PL) ontem à noite, durante a inauguração do comitê do partido, simplesmente não entendeu nada. Passou-se a impressão que Arruda e sua esposa Flávia, retrocederam na ideia de se lançarem respectivamente ao Governo do DF e ao Senado. A súbita mudança de discurso frustrou as caravanas arrudistas que compareceram ao evento. O que de fato aconteceu nos bastidores?

https://donnysilva.com.br/

Leia Mais....
 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot