• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Reviravolta nas coligações

quinta-feira, 16 de junho de 2022

 De lá, Damares seguiu para o Palácio do Buriti, onde se reuniu com o governador Ibaneis Rocha. Levou a ele a confirmação de integração do Republicanos à sua base política

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Foi um dia cheio para a ex-ministra Damares Alves, que tenta viabilizar sua candidatura ao Senado pelo Distrito Federal. De manhã cedo encontrou-se, no Congresso, com a presidente regional do PP, a deputada brasiliense Celina Leão. Saiu de lá com o compromisso de que o PP se uniria ao Republicanos, partido de Damares, para apoiá-la. A ex-ministra tem afinidades políticas com Celina, além de amizades em sua família, e isso também pesou na definição. De lá, Damares seguiu para o Palácio do Buriti, onde se reuniu com o governador Ibaneis Rocha. Levou a ele a confirmação de integração do Republicanos à sua base política – que já tinha sido acertada, mas sofreu um estremecimento após o desembarque da ex-ministra na política brasiliense, tentando obter, às cotoveladas, um espaço na vertente política do governador.

Duas confirmações

Se o acerto com Celina e o PP está consolidado, não se pode dizer o mesmo da vaga da chapa de Ibaneis. O governador avisou Damares que mantém integralmente seu compromisso com a também ex-ministra Flávia Arruda, candidata de sua coligação para o Senado. Ainda assim, o time da ministra convenceu-se de que nada impede uma mudança, que poderia até ocorrer com certa rapidez. Afinal, relatou a ministra, o encontro foi muito cordial. Ibaneis a cumprimentou pela iniciativa de procura-lo e elogiou sua gestão no Ministério da Mulher, Família e Cidadania, dizendo que a acompanhara de perto. Damares saiu da reunião convencida também de que não haverá obstáculos a um palanque com Jair Bolsonaro, inclusive porque a relação do presidente com Ibaneis está amena, tendo sido superado o desencontro por conta do lockdown da Covid.

Isolamento

A iniciativa de Damares teve ainda o condão de isolar o grupo que investe apenas nas candidaturas Arruda. Inviabilizou-se, ao menos por bom tempo, a tese de apostar em uma radicalização bolsonarista com uma chapa de ex-ministras ou outra fórmula do gênero. Flávia Arruda ignorou a escalada de Damares.

https://jornaldebrasilia.com.br/


 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot