• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Com gol de Vini Jr. Real Madrid vence Liverpool e conquista 14º título da Liga dos Campeões

sábado, 28 de maio de 2022

 

Por Redação 

PARIS, 28 Mai (Reuters) – O Real Madrid garantiu a 14ª Liga dos Campeões da Europa, um recorde, ao derrotar o Liverpool por 1 x 0 em uma final da Liga dos Campeões adiada por mais de meia hora depois que a polícia tentou impedir pessoas que tentavam forçar a entrada no estádio. Stade de France no sábado.

Vinicius Junior marcou pouco antes da hora de jogo na primeira tentativa de gol do Real e seu goleiro Thibaut Courtois fez várias boas defesas para negar o Liverpool, que termina a temporada com duas copas nacionais e também não conseguiu vencer a Premier League.

Em uma batalha de pesos-pesados ​​europeus, a equipe de Juergen Klopp teve mais oportunidades, mas faltou nitidez quando importava, já que Carlo Ancelotti se tornou o primeiro técnico a ter o dobro do sucesso na Liga dos Campeões, com dois clubes triunfando com o AC Milan.

Foi a quarta conquista da Liga dos Campeões do Real em sete anos, que melhorou seu impressionante recorde na competição com sua oitava vitória em tantas finais.

A final seria disputada em São Petersburgo, mas a Uefa a transferiu para Paris após a invasão russa da Ucrânia, que Moscou chama de “operação especial”.

O jogo começou após um atraso de 36 minutos após incidentes fora do estádio, quando os torcedores foram atacados com gás lacrimogêneo pela polícia de choque enquanto pessoas sem ingressos tentavam forçar a entrada.

O Liverpool havia vencido a final anterior da Liga dos Campeões que ambas as equipes haviam disputado em Paris, vencendo por 1 a 0 no Parc des Princes em 1981, que foi a última derrota do Real em uma final.

Era para ser um resultado diferente desta vez com os favoritos do Liverpool, mas eles venceram o clube de Merseyside pela segunda vez em Paris após a vitória por 3 a 1 em 2018.

IMPRENSA DE LIVERPOOL

O Liverpool empurrou para o alto procurando rapidamente alimentar seus zagueiros e a pressão rapidamente se tornou imensa no meio-campo do Real.

Mo Salah foi escolhido por Trent Alexander-Arnold na área, mas Courtois se esticou para negar o egípcio.

Depois de mais um chute de Thiago Alcântara, do Liverpool, Sadio Mané chegou muito mais perto quando passou por Eder Militão e Casemiro na área antes de sua tentativa feroz ser derrubada na trave pelo excelente Courtois aos 21 minutos.

O Real ainda estava esperando seu primeiro chute depois de meia hora, com Virgil van Dijk comandando a defesa dos Reds.

O Liverpool, no entanto, não foi incisivo o suficiente no ataque e Salah teve outra tentativa de cabeça, mas foi direto para Courtois 10 minutos antes do intervalo.

A única chance do Real no primeiro tempo deu um grande susto no Liverpool, mas o chute de Karim Benzema foi descartado depois que o árbitro de vídeo decidiu que ele estava impedido, sendo jogado por Federico Valverde apesar do desvio de Fabinho.

O Liverpool voltou a jogar no início do segundo tempo, mas o Real pressionou até marcar aos 59 minutos.

Tudo começou quando Luka Modric se afastou de Andrew Robertson para criar espaço e terminou com o passe preciso de Valverde para o poste mais distante sendo entregue por Vinicius.

Courtois então mergulhou para desviar de forma soberba a tentativa enrolada de Salah para manter o Real na frente.

O goleiro belga foi impecável novamente ao negar Salah a 10 minutos do final, antes de seus companheiros de equipe encantados pularem em seus braços para mostrar sua gratidão no apito final.

Siga o Agenda Capital em Instagramhttps://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

Com Reuters 

 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot