• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bolsonaro é ovacionado na Convenção Geral das Assembleias de Deus em Cuiabá

quarta-feira, 20 de abril de 2022

 


Presidente Jair Bolsonaro participa da 45ª Convenção Geral Ordinária das Assembleias de Deus no Brasil. Foto: Reprodução.

Presidente participou do culto da 45ª Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), em Cuiabá.

Por Redação

O presidente da República Jair Bolsonaro (PL) adotou discurso mais conservador nesta terça-feira (19) ao discursar na 45ª Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), em Cuiabá. Depois de citar algumas pautas de interesse do setor evangélico, Bolsonaro disse que “a força vem da mão de vocês”, que “escolhem quem os representa no Planalto central”. O presidente lançou a sua pré-candidatura ao Planalto em março, durante evento do PL, seu partido, em Brasília.

“Temos os nossos valores, também sou cristão, a minha esposa é evangélica, e esses valores estão ameaçados. Hoje sabemos o que fazer para preservá-los. Nós lutamos contra o aborto, contra a liberação das drogas, contra ideologia de gênero, pela liberdade de religião, pela liberdade de expressão, pelo direito de ir e vir. Essa força vem de vocês, porque pelas mãos de vocês, vocês escolhem quem os representa no Planalto central”, afirmou Bolsonaro para os religiosos.

No dia 13 de abril, Bolsonaro recebeu pastores da CGADB para um café da manhã no Palácio do Alvorada. Entre os convidados, estavam o pastor José Wellington Junior, presidente da CGADB e o pastor Ronaldo Fonseca, ex-ministro de Temer, que também estava no evento desta terça-feira.

Bolsonaro recebeu a Diretoria da CGADB no Palácio da Alvorada para um café da manhã. Foto: Divulgação.

No evento, o pastor José Wellington, presidente da Convenção, afirmou que a igreja ora por Bolsonaro “diuturnamente” e que pede ao “Senhor que mantenha esse equilíbrio moral diante da nossa nação”. De acordo com ele, o povo “certamente” será “beneficiado em ter o presidente que fala em Deus”.

Nós hoje não temos o porquê não orar em favor do nosso presidente. Orar em favor da nossa nação. Pedindo ao Senhor que mantenha esse equilíbrio moral diante da nossa nação. Certamente que o povo será beneficiado em ter o presidente que fala em Deus, que ora a Deus e que certamente é orientado também pelo Senhor. A igreja, senhor presidente, ora pelo senhor diuturnamente.

Antes, teve a palavra o presidente de honra, pastor José Wellington Bezerra da Costa, que pediu a vitória de Bolsonaro já no primeiro turno das eleições de outubro.

“O Deus a quem ele honra, com certeza o honrará no próximo mês de outubro no dia da eleição geral. Assim, senhor presidente, o senhor é o nosso pré-candidato, mas esperamos que no mês de outubro, amados, vá envergonhar o diabo, para dizer para aquela gente que não gosta dos crentes, que Jesus Cristo Senhor, dará a este homem a vitória no primeiro turno, se Deus assim permitir”, disse o Pr. José Wellington Bezerra Costa.

Os evangélicos apoiaram amplamente a eleição de Bolsonaro em 2018 e que hoje, segundo pesquisa Datafolha divulgada em março, conta com 37% das intenções de voto nesse setor.

Pastor José Wellington Junior, presidente da CGADB. Foto: Divulgação CGADB.

Bolsonaro aproveitou a oportunidade para mais uma vez citar a indicação de André Mendonça como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele destacou que foi uma mudança de seu governo e que cumpriu uma promessa antiga. Também ressaltou que hoje lidera o governo um presidente que acredita em Deus, defende a família e respeita os militares.

“Uma das mudanças, um compromisso nosso lá de trás, hoje temos dentro do Supremo Tribunal Federal um irmão em Cristo. Hoje, nós temos um governo, um presidente que acredita em Deus, respeita os seus militares, defende a família e deve lealdade ao seu povo”, disse Bolsonaro.

Entre os presentes também estava o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, que intermediou a presença do presidente na agenda desta terça-feira. O parlamentar ressaltou que é preciso que o “povo de Deus entenda” que eleger uma bancada de deputados alinhada com o presidente é “tão importante quanto” a eleição de um presidente que tenha os mesmos valores que os evangélicos.

Nós precisamos que o povo de Deus entenda que tão importante quanto eleger um presidente da República que tenha os nossos valores é eleger uma bancada de deputados federais e senadores alinhadas com o nosso presidente, pontuou Sóstenes.

A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil continua implantando um projeto de desenvolvimento de sua participação mais ativa na sociedade do país. O Conselho Político da CGADB sob a liderança do Pr. Ronaldo Fonseca, tem por finalidade coordenar o projeto “Cidadania AD Brasil”, que desenvolve a consciência política na liderança das Assembleias de Deus no Brasil e gerencia o lançamento de candidatos oficiais da denominação nos pleitos eleitorais em todo Brasil.

Siga o Agenda Capital no Instagram > https://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

Da Redação do Agenda Capital / G1

 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot