• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Agaciel Maia parabeniza os evangélicos do DF

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

O deputado distrital Agaciel Maia demonstrou sua gratidão a comunidade evangélica pelos relevantes serviços prestados no DF,  principalmente no atendimento social, salvando vidas de forma concreta. 
Ele emitiu nota oficial manifestando seu reconhecimento e prestando sua homenagem aos evangélicos que comemoram seu dia no próximo dia 30.
O parlamentar destacou o crescimento da classe evangélica, enfatizando o trabalho filantrópico, social e educacional que é desenvolvido pelos evangélicos. 

O deputado ressaltou o trabalho realizado por diversas denominações evangélicas resgatando pessoas das drogas, das ruas, além da distribuição de cestas básicas para alimentar pessoas carentes, cursos profissionalizantes, dentre outros. Ao mencionar o Dia do Evangélico, o deputado explicou que não poderia deixar de mencionar que a classe evangélica faz um trabalho social que é um exemplo para o estado. 

Agaciel Maia Salientou ainda, que é gratificante tomar ciência que mesmo com a pandemia as igrejas através dos seus líderes mantiveram a fé inabalável levando a palavra de Deus e acalmando a população em tempos difíceis de pandemia.

Leia Mais....

Agaciel indo para o lugar certo

 

Considerado um dos parlamentares mais preparados na politica do DF, Agaciel Maia, poderá no ano que vem decidir por alçar vôos mais altos nas eleições de 2022.

O distrital Agaciel Maia vem sendo cortejado por legendas para uma candidatura  a deputado federal e já tem gente falando nos bastidores que o "cavalo tá passando arreado" para Maia, resta saber se ele vai querer montar nele dessa vez.

Vale lembrar que Agaciel Maia pertence ao partido de Flávia Arruda que deseja tê-lo como candidato a deputado federal e que na próxima semana terá como filiado o presidente Bolsonaro.

Agaciel parece animado para guerra das urnas em busca de uma das oito cadeiras no parlamento federal. Chances ele tem de sobra.

Agora é esperar!



http://blogdogbu.com.br/

Foto - Blog Nosso Gama

Leia Mais....

Ampliação dos serviços de Restaurantes Comunitários garante alimentação à famílias do DF

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

 

Por R$1,00 real, são servidas diariamente, em média, 22 mil refeições nas 14 unidades dos Restaurantes Comunitários espalhados pelo Distrito Federal. Desde o início da pandemia mais de 15 milhões de refeições foram consumidas

 (crédito: Tony Oliveira, Agência Brasília)Atualmente com 14 unidades em funcionamento, Restaurantes Comunitários espalhados pelo Distrito Federal proporcionam segurança alimentar e nutricional às famílias que buscam se alimentar com qualidade e a um baixo custo, o preço é o mesmo de 20 anos atrás, R$1,00 real. Inaugurado em 2001, de segunda a sábado as unidades atendem a milhares de pessoas, muitas em situação de vulnerabilidade. Além do almoço, sete unidades também oferecem café da manhã e mais duas estão em fase de licitação para também ofertar o serviço.

Famílias como a da diarista Marleide Bizerra, 47 anos, frequentam o bandejão e se alimentam ao custo de R$0,50 no café da manhã e R$1,00 real no almoço. Ela costuma ir ao restaurante acompanhada do filho e do neto de 9 anos.

"Eu gosto muito de almoçar e até de tomar café da manhã nos restaurantes comunitários. Eles tem variedade no cardápio, todos os dias é um tipo de comida diferente. Faz muita diferença nos gastos da minha família no final do mês. Se na cidade que eu estiver tiver um restaurante comunitário, procuro me alimentar em um deles. Já conheço os de Sobradinho II, Planaltina, Paranoá e Ceilândia"Marleide Bizerra, moradora do Buritizinho, Sobradinho II.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), em projeto de expansão, os restaurantes comunitários de Brazlândia, Paranoá, Sol Nascente, Samambaia, Estrutural, São Sebastião e Ceilândia também servem o café da manhã, das 7h às 8h30. Em outubro, a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, anunciou a abertura de licitação para novos contratos com as unidades de Sobradinho II e Planaltina, a fim de ofertar a primeira refeição do dia.

"Sabemos da importância de fornecer também o café da manhã para as famílias em vulnerabilidade social. Há casos de pessoas que ficam em jejum esperando o almoço porque não tem dinheiro para comprar a refeição matinal. Um café da manhã completo a R$ 0,50, com certeza, amplia a segurança alimentar e nutricional das famílias"Mayara Noronha Rocha, Secretária de Desenvolvimento Social.

Por dia, são servidas, em média, 22 mil refeições. Na unidade do Sol Nascente, por exemplo, diariamente uma média de 1,5 mil pratos são consumidos. As opções de alimentação oferecidas nos restaurantes são variadas. No mês de novembro, além dos tradicionais acompanhamentos: arroz branco, feijão preto ou carioca, opções de proteína como estrogonofe de frango, moqueca de peixe, carne moída, entre outros, também compõe o cardápio que ainda é formado por um tipo guarnição (batata sauté, pirão de peixe, cuscuz, por exemplo), salada e sobremesa.

Com um cardápio elaborado por funcionários da empresa contratada para gerir o restaurante, nutricionistas servidores do GDF supervisionam o serviço e a programação que é divulgada todos os meses no site da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). De acordo com a pasta, o monitoramento é importante “a fim de garantir a qualidade e o sabor da alimentação servida e evitar o desperdício de alimentos''.

Para consultar o cardápio dos restaurantes clique aqui.

Segundo o Governo do Distrito Federal (GDF), mais de 15 milhões de refeições foram servidas durante a pandemia.

"O bom do restaurante é que além de almoçar também podemos levar uma marmita para a janta. O preço da alimentação em geral está muito cara, vejo famílias inteiras se alimentando lá. Quando não são todos os membros da família que vão ao restaurante, eles apresentam a carteirinha feita no CRAS e levam a marmita para o número de pessoas que tiverem em casa. Principalmente depois da pandemia, percebi que o volume de pessoas que almoçam lá aumentou muito"Marleide Bizerra, moradora do Buritizinho, Sobradinho II.

Custos

De acordo com a Sedes, os recursos para contratação dos serviços da rede de Restaurantes Comunitários vêm da arrecadação de impostos, taxas e tributos. Atualmente, uma refeição vendida pelos RCs custa, em média, R$ 6,17. Assim o usuário paga apenas R$1,00 pela refeição e o Governo do Distrito Federal (GDF) complementa esse valor com R$ 5,17.

Por conta das dificuldades impostas pela pandemia da covid-19, para as pessoas em situação de rua, que estão cadastradas pela equipe de Abordagem Social da SEDES, a refeição nos restaurantes está sendo fornecida gratuitamente enquanto durar a situação de alerta.

Horários de Funcionamento:

Todos os Restaurantes Comunitários, para o almoço, funcionam de segunda a sábado, das 11h às 14h. Nas unidades que servem café da manhã, o funcionamento acontece nos mesmos dias e no horário de 7h a 8:30h.

Cidades: Brazlândia, Ceilândia, Estrutural, Gama, Itapoã, Paranoá, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho, Sol Nascente.

Confira aqui os endereços dos Restaurantes.

https://www.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

Aprovada incorporação de parcela pecuniária a servidores

 

O autor da matéria, deputado Agaciel Maia (PL), destacou a atuação desses servidores na prevenção de doenças como a dengue e completou: “Estamos fazendo justiça a trabalhadores que realmente merecem”, disse o deputado.

Servidores comemoram a aprovação em dois turnos do PL que incorpora a PaSUS

A sessão desta terça-feira (23) foi marcada por várias comemorações na galeria do plenário; entre elas, dos servidores da vigilância ambiental e assistência à saúde oriundos da Funasa/Ministério da Saúde e cedidos para o governo do Distrito Federal. Esse grupo de trabalhadores luta, há anos, pela incorporação da chamada Parcela Autônoma de Integração ao Sistema Único de Saúde do DF (PaSUS) – matéria do projeto de lei nº 2.361/21, aprovado em primeiro e segundo turno pela Câmara Legislativa.

A proposta altera a Lei nº 2.770/01, que trata da concessão da parcela pecuniária àqueles servidores federais cedidos para a Saúde do DF, de forma a estabelecer que a mesma será incorporada aos proventos de aposentadoria ou benefício de pensão. O texto reforça, ainda, que o valor da parcela – estipulado em R$ 5 mil – será o mesmo para os níveis superior, médio e fundamental.

Com a tramitação concluída na Casa, o projeto segue ao governador Ibaneis Rocha, para sanção ou veto.



Com informações do Agenda Capital

Leia Mais....

Acompanhamento

 


Um Projeto de Lei (PL) que garante o acompanhamento de psicólogos e assistentes sociais para alunos e profissionais de escolas públicas e privadas, de autoria da deputada Jaqueline Silva (PTB), vetado pelo Executivo, foi outro veto rejeitado recentemente pelos distritais.

Atividades

De acordo com a proposta, as unidades de educação infantil e dos ensinos fundamental e médio no Distrito Federal, com corpo discente superior a 200 alunos, devem manter esses tipos de profissionais durante o período de atividades.

Impactos

“Os impactos negativos provocados pela pandemia no sistema educativo reforçam a importância dos cuidados com a saúde mental neste momento”, explicou Jaqueline. O texto segue, agora, para promulgação.


https://jornaldebrasilia.com.br/

FOTO - BLOG NOSSO GAMA

Leia Mais....

Nota de falecimento: subtenente Weudes Fernandes Barros

quarta-feira, 24 de novembro de 2021

É com profundo pesar que a Polícia Militar do Distrito Federal informa o falecimento do subtenente Weudes Fernandes Barros.

O policial entrou para as fileiras da corporação em 1996. Serviu no 2º Batahão, 11° Batalhão, Comando de Policiamento Regional Oeste e atualmente servia no 17º Batalhão, unidade responsável pelo policiamento em Águas Claras e Vicente Pires.

O militar estava internado e na manhã de hoje (23), veio a falecer. O velório e culto fúnebre ocorrerá nesta quarta-feira entre 13 e 16h, na Primeira Igreja Batista, na @/$ de Ceilândia Norte. O sepultamento será às 17h no cemitério de Taguatinga. 

A Polícia Militar do Distrito Federal transmite aos familiares e amigos as mais sinceras condolências neste momento de perda.

PMDF

Leia Mais....

Agaciel Maia lamenta morte da policial militar

Maria Aparecida Ramos, faleceu vítima da Covid-19. 

Atualmente, a policial estava na Seção de Logística do 9º Batalhão do Gama DF

“Nesse momento de dor, unimos nossos sentimentos aos da família e elevamos nossos pensamentos em Deus, rogando-lhe que, por meio de seu grande amor, possa consolar os corações e curar as feridas dessa separação”, disse o deputado Agaciel Maia.


Leia Mais....

Sargento da PMDF morre, aos 47 anos, vítima da Covid-19

 

Policial militar Maria Aparecida Ramos trabalhou boa parte da carreira no Gama e deixa três filhos: de 5, 12 e 21 anos

Sargento Maria da PMDF, vítima da CovidDivulgação

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) divulgou nesta segunda-feira (22/11) uma nota de pesar pela morte da terceiro-sargento do Quadro de Praças Policiais Militares Combatentes (QPPMC) Maria Aparecida Ramos, 47 anos. Ela não resistiu às complicações da Covid-19.

Maria era formada em letras e tinha três filhos de 5, 12 e 21 anos. Ela ingressou na corporação por meio do Curso de Formação de Soldados de 2003 e serviu no 9º BPM (Gama) e no antigo Comando de Policiamento Regional Sul, hoje 6º CPR. Atualmente, a policial estava na Seção de Logística do 9º Batalhão.

“A Polícia Militar do Distrito Federal se solidariza com a família e amigos da sargento Maria Aparecida Ramos neste momento de dor”, informou a nota redigida pela corporação.

https://www.metropoles.com/

Leia Mais....

Justiça condena filhos de ex-deputada Flordelis por morte de pastor


Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O Tribunal do Júri de Niterói (RJ) condenou dois filhos da ex-deputada federal Flordelis pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo. Flávio dos Santos Rodrigues, acusado de ter efetuado os disparos contra a vítima, foi sentenciado a 33 anos, dois meses e 20 dias de prisão em regime inicialmente fechado.

Ele foi condenado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, porte ilegal de arma de fogo, uso de documento ideologicamente falso e associação criminosa armada.

Já Lucas Cezar dos Santos de Souza, acusado de ter sido o responsável por adquirir a arma do assassinato, foi condenado a sete anos e seis meses de prisão em regime inicialmente fechado, por homicídio triplamente qualificado.

Lucas, em seu depoimento, que durou 35 minutos, alegou que não sabia que a arma que ele ajudou a comprar seria para matar o pastor Anderson. E que, quando foi sondado por parentes para cometer o assassinato, se negou todas as vezes em executar o crime.

Silêncio

Flávio, quando foi interrogado, preferiu permanecer em silêncio, dispensando a chance de falar à juíza e aos jurados.

O julgamento, presidido pela juíza Nearis dos Santos de Carvalho Arce, titular da 3ª Vara Criminal de Niterói, durou mais de 15 horas e só terminou às 5h30 da madrugada de hoje (24). Outros oito réus ainda serão julgados por envolvimento no crime, ocorrido em junho de 2019, entre eles Flordelis, que era esposa da vítima.

https://www.dfmobilidade.com.br/

Leia Mais....

10 Anos do (HCB) Hospital da Criança de Brasília

terça-feira, 23 de novembro de 2021

 Inaugurado em 23 de novembro de 2011, o Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) realizou, mais de 5 milhões de atendimentos, mais de 3 milhões de exames laboratoriais, 713 mil consultas, 76 mil raios-X, 62 mil sessões de quimioterapia, 36 mil transfusões, 10 mil cirurgias ambulatoriais, 26 mil ecocardiogramas, 37 mil tomografias e 51 mil ultrassons, dentre outros. Tudo isso com alto índice de satisfação do usuário (95,7% de ótimo e bom na visão dos familiares e 99,1% ótimo e bom na visão do paciente) integra a rede pública de assistência à saúde do Distrito Federal, conforme Decreto 34.155, de 21.02.2013. O público-alvo é a população de 29 dias a menores de 19 anos referenciada para atenção especializada de média e alta complexidade.

É o primeiro e único hospital público do Distrito Federal e o primeiro hospital pediátrico da região Centro-Oeste do país acreditado pela Organização Nacional de Acreditação – ONA (certificação de qualidade) nível III (três) de excelência.
Deputado Distrital Agaciel Maia
"Tenho muito orgulho de ser considerado o padrinho deste hospital. Em 2019, destinei recursos para ampliação do Hospital, foi então construído o Bloco B, com 240 novos leitos (sendo 32 de UTI) e salas individuais para transplantes. Em 2020, através de emenda parlamentar de minha autoria, o hospital passou a contar com um novo neuronavegador, equipamento que traz mais segurança para cirurgias cerebrais. Utilizado ao longo de todo o procedimento, o aparelho mapeia o cérebro da criança, ajudando a localizar as áreas que precisam ser operadas. Neste ano, inauguramos a nova ala de Terapia Renal Substitutiva (TRS), que já está funcionando e beneficia diversas crianças as quais precisam fazer diálise. E, para 2022, estou destinando mais de R$ 8 milhões para serem investidos na ampliação de serviços à população, com equipamentos mais modernos e seguros. Nossos cumprimentos e agradecimentos aos mais de 1.500 funcionários do Hospital da Criança de Brasília José Alencar", disse o deputado Agaciel Maia.

Blog Nosso Gama
Com Informações do:
https://web.facebook.com/agacielmaia
Leia Mais....

Entenda como e quem pode ser beneficiado com os programas Prato Cheio e Cartão Gás

 

Os programas sociais do GDF Prato Cheio e Cartão Gás já auxiliaram muitas famílias desde o início da pandemia. Apenas o programa de auxílio para comprar alimentação já alcançou 100 mil famílias; o auxílio Gás mais de 70 mil

 (crédito: Renato Raphael/Sedes )Programas sociais têm sido de extrema importância para auxiliar famílias em vulnerabilidade social a passarem pelos momentos de dificuldade impostos pela pandemia. Os programas Prato Cheio e Cartão Gás são dois dos programas criados pelo Governo do Distrito Federal (GDF) como medida de enfrentamento das consequências sociais e econômicas decorrentes dos efeitos da covid-19. Desde sua implementação, o Prato Cheio já ajudou mais de 100 mil famílias e o Cartão Gás auxiliou mais de 70 mil. Entenda como os programas funcionam e quais famílias têm direito de acesso.

Vigente desde agosto deste ano, o Programa Cartão Gás já beneficiou mais de 70 mil famílias que moram na capital. O benefício de caráter emergencial consiste na concessão de auxílio financeiro, em parcelas sucessivas a cada dois meses no valor de R$ 100,00, para aquisição do gás de cozinha, o GLP de 13kg. A assistência, que pretende durar 18 meses, deve contemplar cada família com, pelo menos, nove auxílios.

Com o objetivo de auxiliar famílias que estão passando por dificuldades em adquirir gêneros alimentícios, o Programa Prato Cheio concede um cartão bancário com crédito de R$250 reais por mês para ajudá-las a sair da situação de insegurança alimentar e nutricional. Para cada família o programa tem a duração de ciclos de seis meses. Após o término do período é necessário que o chefe de família cadastrado procure novamente o CRAS para uma nova avaliação e pedido de retorno ao programa.

Segundo as orientações da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES), a vantagem do programa é a de que “por meio de um cartão bancário, o beneficiário pode fazer a escolha de alimentos, de acordo com a sua preferência e necessidade, para compor uma alimentação saudável que atenda aos hábitos e costumes da família”. Um outro benefício, em relação à economia da cidade, ao comprar alimentos no comércio perto de casa, o Prato Cheio ajuda a “promover a movimentação da economia local gerando emprego e renda para aquela localidade”.

Quem pode ser contemplado com os benefícios

Famílias com renda per capita de até meio salário mínimo e inscritas no Cadastro Único (CadÚnido), moradores do DF e que tenham idade igual ou superior a 16 anos podem ser atendidas com os cartões. Para ter direito ao cartão Prato Cheio ainda é necessário comprovar que está em situação de insegurança alimentar.

Após inscrição no CadÚnido e solicitação de inclusão no programa, é preciso aguardar a ligação do CRAS agendando atendimento. Questionada a respeito de uma possível demora na inclusão aos programas, a SEDES explicou que o atendimento socioassistencial pode

realmente levar um pouco mais de tempo pois “requer uma escuta qualificada das demandas do cidadão, necessitando muitas vezes, inclusive, de visitas domiciliares”.

Para saber se foi contemplado ou quando e onde buscar o cartão, acesse o site GDF Social. Em caso de dúvidas ou reclamações é possível entrar em contato com a Secretaria por meio da ouvidoria, no telefone 162.

Como fazer a utilização do dinheiro

Para utilização do valor disponível no cartão Prato Cheio, é possível adquirir alimentos no comércio mais próximo de sua residência. O cartão Gás funciona na função débito em estabelecimentos cadastrados pelo governo. É possível consultar a lista de empresas parceiras do programa aqui.

Cadastro Único

Para ter acesso aos programas sociais disponibilizados pelo GDF é necessário que as famílias estejam cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico). O sistema é um registro que permite ao governo saber quem são e como vivem as famílias de baixa renda no Brasil. Para participar é necessário ter o cadastro sempre atualizado. O cadastramento não é feito pela internet. É preciso ir até o setor responsável pelo Cadastro Único em cada cidade para se inscrever.

No Distrito Federal o cadastro é realizado por meio dos 29 Centros de Referência de Assistência Social (Cras), dos 12 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), dos 16 Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, dos dois Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centros Pop) e uma Unidade de Proteção Social (UPS 24 horas), além das unidades de acolhimento.

Para evitar aglomerações, é necessário realizar agendamento. Para mais informações acesse o site da Sedes. Após agendamento a família deve aguardar a Secretaria entrar em contato informando horário, local e data de atendimento.

Na última semana, o GDF anunciou a abertura de mais 14 pontos de locais de atendimento do Cras, “montados em regiões de maior vulnerabilidade do Distrito Federal, reforçando o trabalho que já é executado pelas unidades socioassistenciais e órgãos parceiros”. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES), “o Cras é a porta de entrada para o cidadão acessar a proteção social básica, assim como outras políticas públicas”.

Ainda segundo a Secretaria, de acordo com dados analisados até setembro de 2021, o DF tem atualmente 186.862 famílias inscritas no Cadastro Único.

https://www.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

PL afirma que Bolsonaro vai se filiar ao partido no dia 30/11

 

Presidente Bolsonaro e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto. Foto: reprodução.

O presidente está sem partido desde que deixou o PSL, em 2019, após desentendimentos com a cúpula da sigla.

O presidente Jair Bolsonaro já tem data para ser anunciado como novo filiado do PL (Partido Liberal), sigla pela qual deve se candidatar à reeleição à presidência da República. Em comunicado hoje, o partido confirmou que o ato de filiação acontecerá na próxima terça-feira (30 de novembro), com a presença também de Valdemar Costa Neto, atual presidente da sigla.

O evento acontece a partir das 10h30, em Brasília, nas dependências do Complexo 21. Segundo o PL, a filiação foi acertada após reunião de hoje entre Jair Bolsonaro e Valdemar Costa Neto.

Mais cedo, em entrevista à rádio Correio, Bolsonaro disse estava muito perto de acertar sua filiação com o PL, mas não confirmou a data. “Está praticamente resolvido. Converso com ele (Valdemar Costa Neto) nos próximos dias. Mas, na política, só está fechado quando fecha”, afirmou. 

Na mesma entrevista, Bolsonaro confirmou que o principal entrave para sua filiação ao partido era a aliança do PL com o PSDB em São Paulo, o maior colégio eleitoral do País. “(Costa Neto) tem compromisso com o vice-governador e tinha que acertar uma maneira de resolver”, disse o presidente, numa referência a Rodrigo Garcia, pré-candidato do PSDB ao Palácio dos Bandeirantes.

O PL integra a base do governador de São Paulo, João Doria, e se comprometeu a apoiar Garcia na disputa pela sua sucessão, em 2022.

Sem partido desde 2019 

Desde que deixou o PSL, em 2019, após desentendimentos com a cúpula da sigla, Bolsonaro tentou criar o Aliança Pelo Brasil, mas o projeto ainda não conseguiu o número de assinaturas exigido pelo TSE.

O presidente também chegou a discutir seu retorno ao Progressistas (PP), partido do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, pelo qual Bolsonaro foi deputado de 2005 a 2016. “Tentei e estou tentando um partido que eu possa chamar de meu e possa, realmente, se for disputar a Presidência, ter o domínio do partido. O PP passa a ser uma possibilidade de filiação nossa”, relatou o presidente em julho.

https://agendacapital.com.br/

Leia Mais....

Cartões

 

A deputada Jaqueline Silva (PTB), tida como uma das responsáveis pela implantação dos programas Cartão Material Escolar e Cartão Creche, realizou recentemente audiência com donos de creches conveniadas e usuários do benefício, de forma a aperfeiçoar e corrigir possíveis falhas.

“Lágrimas”

A distrital, no entanto, afirmou que o que terminou chamando a atenção foram os depoimentos emocionados de mães e empreendedores no encontro, que relataram a importância de um local seguro para os filhos e do cartão, para a sobrevivência de creches e manutenção de empregos. “O que mais se viu foram lágrimas”, relatou.

Sugestões

Jaqueline encaminhará um documento à Secretaria de Educação do DF com os pontos discutidos no encontro, bem como sugestões e questionados feitos pelo grupo presente, com vistas a melhorias no programa.


https://jornaldebrasilia.com.br/

FOTO - BLOG NOSSO GAMA

Leia Mais....

Desvios de conduta maculam imagem da corporação, diz comandante-geral da PMDF

domingo, 21 de novembro de 2021

 

Para coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos, crimes praticados por integrantes da Polícia Militar do Distrito Federal geram maior responsabilidade do comando sobre controle das ações do efetivo

Coronel Márcio Cavalcante de Vasconcelos, comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal -  (crédito: PMDF/Divulgação)Coronel Márcio Cavalcante de Vasconcelos, comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal.

"Qualquer desvio de conduta praticado por um membro da corporação macula a imagem da instituição”, afirma o comandante-geral da Polícia Militar, Márcio Cavalcante Vasconcelos. Ao Correio, o coronel comenta a sequência de denúncias e prisões de policiais militares da ativa e da reserva, acusados de crimes que vão desde ações truculentas a extorsões e ligações com o crime organizado.

Quais condutas o senhor pretende tomar diante de ações recentes de policiais da corporação na prática de crimes diversos?

Estando à frente da instituição, com a quantidade de homens que temos, sobretudo com atribuição de garantir a segurança pública; combater a ilegalidade; e garantir a preservação da lei, fiquei muito triste, chateado. Mas, ao mesmo tempo, esses fatos trazem para nós o aumento da responsabilidade no que diz respeito ao controle das ações do nosso efetivo. Apoiamos integralmente a ação de combate ao crime daqueles que transgridem a legislação, atuando de forma contrária aos princípios e valores os quais acreditamos, tanto como policiais militares, quanto como cidadãos. Que sejam (os policiais) identificados, processados nos termos da lei e, em caso de condenação, que sejam aplicadas as punições de acordo com a responsabilidade de cada um.

Essa sequência de desvios de conduta não mancha a imagem da corporação?

Qualquer desvio de conduta praticado por um membro da corporação macula a imagem da instituição. Mas precisamos ser responsáveis ao analisar a situação, pois são casos pontuais e isolados. Somos referência em remuneração entre os praças. No caso de oficiais e níveis mais altos de carreira, a diferença não é tão significativa. No entanto, mais importante que tudo isso é o fato de que, quem aceita ser um membro da PM necessita de valores maiores do que a questão remuneratória. Devem balizar suas ações com os valores de quem protege a sociedade. E nós prestamos um bom serviço ao cidadão e ao Brasil. Temos aqui as representações diplomáticas do mundo todo, além da sede dos Três Poderes. Fazemos a defesa de instituições que representam a nossa nação.

O comando do DF monitora a situação para saber se são casos isolados ou se há correlação entre eles?

Na nossa avaliação é que são casos isolados e muito isolados. Somos seres humanos e os seres humanos falham. Nossa corporação é enorme: são mais de 22 mil homens, entre ativos e da reserva, e estamos muito atentos. Há um trabalho da Corregedoria, em parceria com o Ministério Público Militar, muito forte. Asseguro que não há uma quadrilha institucionalizada com esse tipo de desvio. E se ficar comprovado qualquer desvio de membros da corporação, essas pessoas vão ser identificadas, processadas e punidas. Temos que ser referência, exemplo. Isso passa, sobretudo, pela nossa atuação ao descobrir e punir exemplarmente esses casos.

Como é o processo de investigação contra um PM acusado?

Para qualquer desvio — penal, civil ou administrativo —, há um rito específico, tratado pela equipe de correção e controle. Esta, por sua vez, tem uma estreita ligação com o Ministério Público Militar, que acompanha, de maneira muito próxima, todas as ocorrências que geram apuração interna. Não atuamos só com apuração de desvios, mas, sobretudo, com medidas de prevenção. Isso é feito, inicialmente, nos bancos escolares, durante o curso de formação. E, depois, rotineiramente, com medidas de conscientização dos valores. Temos, ainda, uma série de controles indiretos: liberação de policiamento e missão do dia. Somos uma força mista, pois trabalhamos em equipe. Nossa maior arma contra os desvios é a autotutela e, indiretamente, a tutela de policial sobre o outro. Como trabalhamos em equipe, um acaba fiscalizando a conduta do outro.

O que pode acontecer com um PM se condenado?

Temos leis e regulamentos próprios. Qualquer ato que envolva desvio, feitas as apurações necessárias nos termos da lei, o policial pode sofrer desde sanção administrativa — disciplinar, repreensão, advertência — até civil ou penal, que vem de decisões judiciais. Os atos contrários às leis podem culminar com a exclusão do militar dos quadros da corporação. Quanto ao salário, depende do caso se ele vai ou não continuar a receber os proventos.

https://www.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

O destino de Flávia Arruda depois da briga de Bolsonaro e Valdemar

terça-feira, 16 de novembro de 2021

 

O destino de Flávia Arruda depois da briga de Bolsonaro e Valdemar

A briga de Jair Bolsonaro com o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, mexe com as pretensões políticas da ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda (PL — foto). Não inviabiliza nenhuma pretensão política, mas tira dela a obrigação de ser um palanque para Bolsonaro no DF. Com o presidente em seu partido, Flávia seria empurrada para uma candidatura ao Palácio do Buriti. Bolsonaro tinha filiação marcada para a próxima segunda-feira no PL, mas, agora, não há mais nada certo. O presidente conversa com outros partidos.

Espaço próprio

O desentendimento do presidente Jair Bolsonaro com Valdemar Costa Neto não tira Flávia Arruda da Secretaria de Governo da Presidência da República. Flávia chegou ao Planalto numa articulação do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de quem é aliada. Contou com o aval de Valdemar, mas hoje Flávia tem espaço próprio no núcleo de poder do presidente.

Republicanos de portas abertas

O PL não é a única opção de Jair Bolsonaro. Com casamento marcado com os liberais, ele vinha conversando com os republicanos. O partido já abriga o filho 01, senador Flávio Bolsonaro (RJ), e mantém relação direta com os evangélicos, grande parte eleitora do presidente.

Uma vaga no TCU

Nas conversas com Bolsonaro, o presidente nacional do Republicanos, Marcos Pereira, cobra uma contrapartida: a indicação do deputado Jonathan de Jesus (Republicanos-RR) para o Tribunal de Contas da União (TCU). A presidente atual, Ana Arraes (foto), vai se aposentar em julho de 2022 e abrirá uma vaga para indicação da Câmara dos Deputados. O parlamentar é próximo do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), mas, com o apoio de Bolsonaro, ficaria ainda mais forte.

https://blogs.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

Presidente do PL adia filiação de Bolsonaro ao partido após ‘intensa’ troca de mensagens na madrugada

segunda-feira, 15 de novembro de 2021

 

Presidente do partido informou a correligionários que não há data marcada para que o presidente migre na sigla

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, informou aos correligionários, por meio de nota, que a filiação de Jair Bolsonaro ao partido, que estava marcada para 22 de novembro, será adiada.

https://agendacapital.com.br/

Leia Mais....

Depois da Escócia, Portugal vira palco político e jurídico do Brasil

domingo, 14 de novembro de 2021

 Rodrigo Pacheco, Arthur Lira e Flávia Arruda vão participarestarão, em Portugal, do Fórum Jurídico de Lisboa


No vácuo deixado pelo presidente Jair Bolsonaro na COP26, vários políticos foram até a Escócia marcar presença na maior vitrine mundial sobre meio ambiente. A partir de amanhã, muitos deles estarão em Portugal, para participar do Fórum Jurídico de Lisboa, organizado pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP), que tem como sócio mais conhecido o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

No ano passado, o evento ocorreu apenas de forma online por causa da pandemia de coronavírus. Mas, desta vez, o Fórum será realizado de forma híbrida. Até a pausa presencial por causa do surto, os encontros eram realizados no mês de abril.

Já estão confirmadas as presenças do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco; do presidente da Câmara, Arthur Lira; da ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda; do ex-presidente Michel Temer, e do ex-advogado-geral da União André Mendonça, que foi indicado para uma vaga no STF em julho, mas que até agora não foi sabatinado pelos senadores (sinalizações dadas recentemente indicam que o “teste” com os parlamentares apenas deve ser feito no ano que vem). A participação do atual advogado-geral da União, Bruno Bianco, está garantida.

Entre os políticos que fazem oposição ao atual governo, a programação revela a participação do senador Jacques Wagner, que também foi à COP, e dos ex-ministros Aldo Rebelo e Raul Jungmann Wagner já esteve no evento lisboeta em outras edições.

Gilmar Mendes costuma convidar colegas da Suprema Corte para o Fórum de Lisboa. Desta vez, estão previstos os ministros Dias Toffoli e Alexandre de Moraes – este já participou de edição anterior do evento. Além disso, fazem parte da programação do evento os nomes dos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luís Felipe Salomão e Antonio Carlos Ferreira, assim como o do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas.

Para além de autoridades do Executivo, vários representantes do TCU estiveram em Glasgow nas duas últimas semanas para participar da COP26, assim como 11 governadores, prefeitos e Pacheco. Já em Lisboa, o presidente do Senado concedeu uma entrevista ao jornal Diário de Notícias dizendo que um impeachment no Brasil, neste momento, “seria muito ruim”. Um dos painéis será com um de seus aliados para a eleição de 2022, o presidente do PSD, Gilberto Kassab.

Esta é a 9ª edição do Fórum, e o Broadcast acompanhou a realização de vários dos seminários anteriores. Nessas ocasiões, participaram dos debates diversos representantes do universo político e jurídico do País, como o então ministro da Segurança Sérgio Moro, o então presidente da Câmara Rodrigo Maia, e o então presidente do STJ João Otávio de Noronha – que defendeu pontos exatamente opostos aos de Moro, que tinha participado na véspera.

https://jornaldebrasilia.com.br/

Leia Mais....

Amigo Fiel do HCB

quinta-feira, 11 de novembro de 2021

 Saúde é prioridade, afirmou o deputado, ao renovar o seu compromisso com o hospital

Na manhã desta terça-feira (09/11/21) o deputado Agaciel Maia visitou o Hospital da Criança de Brasília com deputados e prefeitos do Rio Grande do Norte.

Todos ficaram impressionados com o serviço prestado no HCB.

O deputado Agaciel Maia recebeu uma placa em agradecimento ao apoio ao HCB e entregou um documento do orçamento de 2022 que comprova a destinação de R$ 8 milhões para o Hospital da Criança.
" Tenho orgulho de fazer parte da história desse hospital e ajudar a salvar vidas", disse emocionado o deputado Agaciel Maia.


BLOG NOSSO GAMA

Com informações do:

https://web.facebook.com/agacielmaia



Leia Mais....

Bolsonaro se reúne com Valdemar Costa Neto e acerta filiação ao PL

 


Foto: Reprodução

EVENTO QUE MARCARÁ ENTRADA NO PARTIDO ESTÁ MARCADO PARA O DIA 22 DE NOVEMBRO

O Partido Liberal confirmou a filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O governante bateu o martelo depois de um almoço com o chefe da sigla, Valdemar da Costa Neto, na tarde de ontem, no Palácio do Planalto, em Brasília.

https://agendacapital.com.br/

Leia Mais....

Ida de Bolsonaro para o PL aproxima presidente de Flávia Arruda

quarta-feira, 10 de novembro de 2021

 

A confirmação da filiação de Jair Bolsonaro ao PL liga a reeleição do presidente definitivamente ao projeto de Flávia Arruda para 2022. A ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República chegou à Câmara dos Deputados pelo partido de Valdemar Costa Neto e sonha com uma candidatura ao Senado, embora alguns aliados trabalhem para colocá-la no páreo para o Palácio do Buriti. Neste caso, no entanto, teria de carregar os votos, mas também a rejeição de Bolsonaro numa eleição em que cada eleitor conta. As pesquisas de pré-campanhas indicam que o presidente mantém popularidade no DF, mas também reúne rejeição.



https://blogs.correiobraziliense.com.br/

Leia Mais....

Empurrãozinho

 


O deputado distrital Eduardo Pedrosa (DEM), está trabalhando para que o PLC que trata da Lei de Uso e Ocupação do Solo seja votado ainda em novembro. O parlamentar, que é membro titular da Comissão de Assuntos Fundiários, afirma que a aprovação das mudanças, propostas pelo PLC, proporcionará a regularização de vários imóveis e ajudará a impulsionar a economia do Distrito Federal.


Fonte - https://blogs.correiobraziliense.com.br/

FOTO / BLOG NOSSO GAMA
Leia Mais....

Distrital Reginaldo Veras disputará vaga na Câmara dos Deputados; confira as movimentações políticas

 

Deputado distrital professor Reginaldo Veras (PDT). Foto: Delmo Menezes / Agenda Capital.

As novas mudanças nas regras eleitorais poderão contribuir para uma batalha ainda mais acirrada, tanto na Câmara Legislativa, quanto na Câmara dos deputados.

Por Delmo Menezes

As articulações políticas no Distrito Federal estão fervendo nos bastidores. Alguns deputados distritais devem mudar de legenda e até mesmo alçar voos mais altos, como é o caso do professor Reginaldo Veras (PDT), que vai lançar seu nome para concorrer a uma vaga Câmara dos Deputados.

De acordo com o distrital que é um dos mais atuantes na Câmara Legislativa do DF (CLDF), até o final do ano deve definir se continua no PDT ou vai ingressar em outra legenda. “Tenho conversado com alguns caciques do PDT e também de outras legendas de centro-esquerda para definir o partido que devo me filiar. Esta decisão devo tomar até o fim do ano”, pontuou Veras.

Segundo informações obtidas pelo Agenda Capital, o deputado Reginaldo Veras estaria fechado com o senador Reguffe, caso venha disputar o Governo do DF. Existe porém, a possibilidade de Reguffe vir a ser vice do ex-juiz Sergio Moro na disputa ao Palácio do Planalto.

Deputado professor Reginaldo Veras e o senador Reguffe.

Nos bastidores a movimentação é intensa sobre possíveis nomes que participarão das próximas eleições. De acordo com informações, a disputa por uma das oito vagas para deputado federal será uma das mais concorridas de todos os tempos no Distrito Federal.

As novas mudanças nas regras eleitorais poderão contribuir para uma batalha ainda mais acirrada, tanto na CLDF, quanto na Câmara Federal.

Como disse o saudoso Magalhães Pinto. “Política é como nuvem. Você olha ela está de um jeito. Olha de novo e já mudou”. Vamos aguardar as movimentações políticas dos próximos dias.

Da Redação do Agenda Capital

Leia Mais....
 
PASTOR RONNE DO GAMA DF © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot