• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Casamento comunitário na pandemia: 48 casais participam de cerimônia adaptada no DF

domingo, 6 de dezembro de 2020

 

Em meio a regras de distanciamento, organização limitou número de convidados a quatro. Comes e bebes foram cortados desta edição.

Por G1 DF

Prova de vestidos do casamento comunitário no Distrito Federam em 2020  — Foto: TV Globo/Reprodução
Prova de vestidos do casamento comunitário no Distrito Federam em 2020 — Foto: TV Globo/Reprodução

O Museu Nacional da República, em Brasília, vai se tornar o palco de uma cerimônia de casamento comunitário neste domingo (6), às 17h30. Ao todo, 48 casais vão selar a união na cerimônia, que teve de ser adaptada para obedecer às medidas sanitárias necessárias em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

O evento é organizado pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus). Neste ano, os noivos só poderão levar até quatro convidados. Segundo a pasta, o objetivo é assegurar a presença dos pais de cada um. Embora os casais possam ficar próximos, há regras de distanciamento entre os demais participantes da cerimônia.

A edição do casamento comunitário na pandemia também não inclui refeições e bebidas. Apesar das limitações, o governo concedeu, de graça, o vestido para as futuras esposas, e o terno dos maridos.

Noivo faz a prova de terno para casamento comunitário no DF — Foto: Divulgação/Sejus
Noivo faz a prova de terno para casamento comunitário no DF — Foto: Divulgação/Sejus

A prova da vestimenta ocorreu em novembro, quando os beneficiados puderam escolher os modelos. As noivas também terão maquiadores e cabeleireiros disponíveis.

Entre os beneficiados no programa, há casais que estão juntos há mais de 30 anos, mas não tinham condições financeiras de realizar uma cerimônia.

Seleção

O casamento comunitário é destinado a famílias de baixa renda, que recebem até dois salários mínimos. As inscrições foram abertas em setembro e os interessados passaram por seleção no mês seguinte.

A medida já beneficiou 1.124 casais no Distrito Federal, segundo a Sejus. A pasta afirma que “a proposta é amparar as famílias de baixa renda ampliar as garantias dos direitos patrimoniais, sucessórios e previdenciários”.

 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot