• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Servidores da CLDF auxiliam famílias atingidas por incêndio na Estrutural

segunda-feira, 29 de junho de 2020
A ação é parte da Campanha Drive Thru da Solidariedade, de arrecadação e doação de mantimentos para pessoas em estado de necessidade durante a pandemia
Representantes do Sindicato dos Servidores da CLDF e TCDF (Sindical) foram até o Bairro Santa Luzia, na Estrutural, nesta segunda-feira (29), para levar donativos às famílias que tiveram suas casas destruídas por um incêndio ocorrido na tarde da última terça-feira (23).
A dona de casa Ketlem Sousa de Araújo, o marido que é carroceiro e as duas filhas, de 5 e 13 anos perderam tudo e estão alojados na casa de vizinhos. Outras duas famílias com quatro crianças, entre elas uma bebê de colo, também tiveram seus imóveis destruídos.
A ação faz parte da Campanha Drive Thru da Solidariedade, de arrecadação e doação de mantimentos para pessoas em estado de necessidade durante a pandemia de Covid-19. Os servidores levaram colchões, cobertores, calçados, roupas, brinquedos e cestas básicas reforçadas para a alimentação das crianças.
“Eu acredito que Deus não dá um fardo maior do que a gente possa carregar. Penso que se aconteceu uma coisa dessas é por que algo melhor está por vir”, afirma Ketlem, que na hora do incidente estava participando de uma oração da casa de uma vizinha. “Agradeço muito pela ajuda do sindicato, eu fiquei sem nada, só com a roupa do corpo”, lamenta.
A campanha continua com seu ponto de arrecadação mantido em frente à portaria principal da Câmara Legislativa. “Continuamos contando com a colaboração dos servidores e da comunidade do DF para manter esse serviço tão importante neste momento”, diz o presidente da entidade, Jeizon Silverio.


https://jornaldebrasilia.com.br/
Leia Mais....

Após morte de policial, Sinpol-DF pede que PCDF intensifique prevenção à COVID-19

sexta-feira, 26 de junho de 2020
Morte do agente de polícia Geraldo Viana expõe vulnerabilidade dos policiais civis | Foto: Arquivo Pessoal
Da Comunicação Sinpol-DF
A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) voltou a reivindicar que a Polícia Civil do DF (PCDF) intensifique as medidas de prevenção ao coronavírus para proteger a saúde dos servidores da corporação.
Entre as ações cobradas pelo Sinpol-DF estão a ampliação do teletrabalho, o fortalecimento do revezamento de turno e a instalação de anteparos nos guichês de atendimento, além de distribuição de máscaras, álcool em gel e luvas.
O sindicato também reivindica que os policiais em plantão com algum fator de risco ou com filhos em idade escolar possam também solicitar o trabalho remoto. A entidade afirma que, apesar de existir essa possibilidade, a PCDF tem resistido em aprovar os requerimentos.
O Sinpol solicitou, ainda, que a PCDF só deflagre operações com alvos específicos e que sejam fruto de investigações.
A entidade pontua que a falta de medidas mais severas pode agravar ainda mais o quadro de infectados na instituição, número que só tem crescido: até esta data, já são 167 policiais civis com diagnóstico positivo para o coronavírus.
ATIVIDADE ESSENCIAL
O ofício foi entregue nesta sexta, 26, um dia após a morte do agente de polícia Geraldo Giovany Ribeiro Viana. Ele tinha 54 anos e era diretor-adjunto da Divisão de Apoio e Serviços Gerais (DASG) da PCDF.
Viana, como era conhecido entre os colegas, foi o primeiro policial civil a morrer por COVID-19.
No documento, o Sinpol-DF aconselha a Direção-Geral da corporação a repensar a retomada das atividades plenas, uma vez que a curva de infectados ainda está em ascendência.
O sindicato alega, ainda, que embora algumas medidas tenham sido tomadas pela PCDF (após muita insistência da entidade, que vem cobrando uma ação efetiva da instituição desde 28 de fevereiro), o número de operações policiais tem aumentado.
Além disso, o Sinpol frisa que houve a “liberação indiscriminada das emissões de carteiras de identidades e o aumento do fluxo de pessoas nas Unidades Policiais”.
Para a entidade, ainda que a Polícia Civil realize uma atividade essencial não se pode “pretender e exigir” que os servidores fiquem mais expostos ao contágio.
OPERAÇÕES
“As operações policiais, principalmente aquelas sem um objetivo claro e determinado, geram risco no momento em que obrigam policiais a dividirem uma viatura e ficarem abordando pessoas aleatoriamente. Se uma dessas pessoas ou tripulante da viatura estiver assintomático, mas infectado, todos ali poderão se infectar. E o que temos visto é que algumas unidades têm insistido em realizar “operações” sem um alvo específico ou sem objetividade”, argumenta a diretoria do sindicato, no ofício.
No documento, o Sinpol diz que a morte de Viana não pode ser tratada como “mais uma vítima de COVID-19”, pois ele estava em atividade na PCDF.
Há fortes evidências de que o agente de polícia tenha sido infectado no ambiente de trabalho. Por isso, para o Sinpol-DF, é essencial que a Polícia Civil instaure processo a fim de estabelecer que a morte ocorreu em decorrência de acidente de trabalho.
O procedimento é importante para assegurar à família do policial todas as garantias de subsistência. Viana passou mais da metade de sua vida na PCDF, abrindo mão, inclusive, do convívio familiar.
“Precisamos que a PCDF ofereça aos seus servidores todas as condições para um trabalho efetivo, mas, acima de tudo, com segurança e prevenção, sem esquecer que estamos em estado de calamidade pública, em uma pandemia, com uma doença perigosa se alastrando, cuja cura ainda não foi descoberta. Todas as vidas importam! As dos Policiais Civis também!”, finaliza o sindicato.
Leia Mais....

Policial civil do DF morre vítima da COVID-19


Viana, como era conhecido entre os colegas, foi vítima da COVID-19 | Foto: Arquivo Pessoal

O Sinpol-DF informa, com extremo pesar, o falecimento do agente de polícia Geraldo Geovany Ribeiro Viana, diretor-adjunto da DASG, vítima da COVID-19.
Viana, como era conhecido, lutava contra o coronavírus há algumas semanas e estava internado no Hospital Regional de Santa Maria.
Viana era um policial antigo, matrícula 27 mil. Ingressou na PCDF em 1987. Estava filiado ao Sinpol desde 1989. Como amava sua profissão, continuava em atividade mesmo com seu tempo de contribuição já preenchido.
Viana eram casado com Valéria e pai de Pablo, Hebert e Juliana, além de ajudar a criar Juliene, aos quais estendemos todo nossos profundos sentimentos, nosso carinho, nossa solidariedade e atenção no que for preciso.
Viana foi o primeiro policial civil vítima dessa doença agressiva e letal que é a COVID-19.
O sindicato já fez contato com a família, colocando-se à disposição e informando os trâmites necessários.
Que Deus o receba de braços abertos, conforte a família e acalante o coração de todos nós, irmãos e amigos de profissão, e seus amigos pela jornada que fez aqui na Terra.
Leia Mais....

Em 2010, a esquerda comemorou a vitória, mas envergonhou o DF nos anos seguintes

Rodrigo Rollemberg deve estar morrendo de inveja do governador Ibaneis Rocha (MDB). O socialista que entrou para o Senado pela janela (trem da alegria) quando era jovem, passou boa parte de seu pífio governo (2015-2018) reclamando de governos passados, sem fazer grandes obras no DF e ainda chegou ao ponto de comemorar quando pagava os salários dos servidores, sempre dizendo que o GDF não tinha dinheiro, estava em dificuldades, blá, blá, blá.
Mas Rollemberg evitava falar mal do governo anterior, do petista Agnelo Queiroz (que, ao lado de Filippelli, seu vice-governador, comandou a farra do desperdício de dinheiro público com a construção de imensas obras desnecessárias, como por exemplo, o Estádio Nacional e o Centro Administrativo e por isso são réus por corrupção na Lava Jato, na operação Panatenaico).
Em 2010, PT, MDB e PSB estavam felizes juntos. Agnelo foi eleito governador naquele pleito, tendo Tadeu Filippelli vice-governador, e Cristovam Buarque e Rodrigo Rollemberg eleitos para o Senado. Depois, de acordo com os interesses pessoais, os protagonistas evitavam falar que em 2010 estavam juntos e misturados.
Rollemberg não cuidou da cidade como deveria, e ainda elevou o preço do ingresso do zoológico, fechou delegacias e até aumentou o preço das refeições nos restaurantes populares. Já Ibaneis tem dado um verdadeiro show de administração. Por todo lado existem obras pontuais e o governo desenvolve importantes ações na saúde, educação e no social.
Agnelo e Rollemberg fizeram a esquerda diminuir no DF. Ibaneis, que acorda cedo e dorme tarde, sempre antenado com o que acontece na cidade,  agradece.
Leia Mais....

A culpa é do bispo

quinta-feira, 25 de junho de 2020
Réu por corrupção no âmbito da Operação Drácon, o ex-deputado distrital, ex-advogado de Júnior Brunelli e presidente da Igreja Evangélica Abençoando as Nações (antiga Igreja do Apocalipse), bispo Renato Andrade adora o poder. E gosta bastante de atuar nos bastidores para conseguir o que deseja. Foi assim nos governos Roriz, Cristovam, Arruda, Agnelo, Rollemberg e Ibaneis.
Segundo informações, agora o bispo está devendo muito ao governador Ibaneis. O motivo? É que o ex-parlamentar é o articulador político do Buriti junto à Câmara Legislativa do DF, e na função, tem dado sucessivas derrotas ao governo. A última derrota foi considerada bombástica para o GDF e para a cidade.
Renato é considerado responsável pela reprovação da PL do RefisDF 2020 que daria fôlego aos empresários da cidade, endividados devido à pandemia do COVID-19. O PL recebeu 12 votos favoráveis, 5 contrários e 7 abstenções, mas precisava de 16 “sim” para ser aprovado.
Tensão no Buriti e irritação também. Que tipo de articulação Renato anda fazendo? Pró-Ibaneis ou pró-Rafael?
Leia Mais....

Articulação em causa própria?

Não convidem para o mesmo hospital a deputada Jaqueline Silva e o articulador do GDF junto à CLDF, bispo Renato Andrade. O motivo? É que, segundo fontes, Renato fez alguns comentários no Buriti para desgastar a parlamentar até que ela perdesse o comando da Administração Regional de Santa Maria, seu reduto eleitoral.
E tão logo Jaqueline caiu em descrédito junto ao governador, Renato se apressou e conseguiu indicar o novo administrador e já montou sua equipe na cidade, fato que irritou lideranças, assessores e a própria parlamentar.
Bispo Renato sonha se candidatar novamente em 2022 a deputado distrital. Isso se não for condenado no processo da Operação Drácon, onde figura como réu por corrupção.
Enquanto isso, graças ao bispo, a oposição flerta com Jaqueline. Pelo visto, Renato se esqueceu que na política, é preciso ciscar pra dentro!
Leia Mais....

Morre o empresário pioneiro Arnaldo Cunha Campos

quarta-feira, 24 de junho de 2020
Natural de Uberaba, Arnaldo deixa a esposa Maria Josina, os filhos Fabiano, Liliana, Ana Luisa e Ana Maria, além dos netos
Faleceu na manhã desta quarta-feira, dia 24, no Hospital DF Star, onde estava internado em estado grave por conta da covid-19, o médico e empresário pioneiro de Brasília, Arnaldo Cunha Campos, aos 84 anos. Natural de Uberaba, Arnaldo deixa a esposa Maria Josina, os filhos Fabiano, Liliana, Ana Luisa e Ana Maria, além dos netos. Entre os negócios da família em Brasília está o Complexo Brasil 21. A coluna dará mais informações em breve. Na foto em destaque, Arnaldo com os netos Juliana e Pedro,  e a esposa Maria Josina Cunha Campos.

Leia Mais....

Alzheimer


O Distrito Federal pode ter em breve um política de prevenção e tratamentos de Alzheimer. O deputado distrital José Gomes (PSB) apresentou na CLDF projeto que cria diretrizes para ações neste sentido.
Tratamento – De acordo com o deputado, a qualidade de vida das pessoas que recebem um diagnóstico precoce dessa doença pode ser melhorada. “Por isso que os esclarecimentos e medidas céleres para o tratamento são tão importantes”, destacou o parlamentar.
Fonte: Jornal de Brasilia / Foto: nossogama.com.br
Leia Mais....

Distritais rejeitam projeto do novo Refis. “Perdem os empresários”, diz Ibaneis

Votos que permitiriam a aprovação da matéria não chegaram a 16, mínimo exigido pelo regimento da CLDF. Deputados reclamaram que emendas apresentadas não foram acolhidas. Governador, apesar da derrota, disse em nota que respeita a decisão
Deputados distritais impuseram uma derrota ao governador Ibaneis Rocha e rejeitaram, na sessão de ontem da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), o chamado Programa de Incentivo à Regularização Fiscal do DF 2020, o novo Refis. O governador afirmou, em nota, que com o resultado “perdem os empresários da cidade”. Ele, entretanto, disse que respeita a decisão dos que votaram contrários à matéria.
De acordo com o governador, os parlamentares“devem ter as suas razões e elas devem ser levadas em conta”. “Isso reflete a independência dos poderes, necessária em uma democracia. Instituições fortes, democracias forte”, acrescentou. Ibaneis ressaltou, ainda, que “as financias do DF estão equilibradas”.
A reação do governador após o resultado da sessão foi bem diferente da de três semanas atrás, quando ele ameaçou retirar o texto da CLDF pelo fato de terem sido apresentadas mais de 50 emendas à proposta, numa reação tida como estourada.
Menos de 24 horas depois dessa explosão, o governador recuou e o projeto foi mantido na Casa legislativa, mas teve sua votação retirada de pauta por três vezes para que o tema pudesse ser objeto de negociação entre os pares. De nada adiantou.
Na prática, a CLDF registrou 12 votos favoráveis à matéria, cinco contrários e sete abstenções. Dessa forma, não foi atingido o patamar mínimo de votos exigido para aprovação do texto – que é de 16 votos favoráveis, conforme estabelece o regimento interno da Casa.

Perda para todos

“Foi uma perda para todos nós”, disse o deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), um dos parlamentares favoráveis à matéria. Já Arlete Sampaio (PT) avaliou que o resultado foi “fruto da intransigência do governo, que foi incapaz de dialogar e negociar conosco sobre as emendas que apresentamos à matéria”. Arlete orientou os colegas a votarem pela rejeição da proposta.
Outros deputados que criticaram o teor do texto foram Roosevelt Vilela (PSB) e Chico Vigilante (PT).Vilela reclamou do fato das várias emendas apresentadas terem sido deixadas de lado.
Em tom mais duro, Vigilante chamou a proposta de “criminosa” e disse que a mesma atentava contra os cidadãos que pagam corretamente seus impostos, pois a seu ver iria beneficiar sobremaneira os inadimplentes.
Robério Negreiros (PSD), que defendeu a matéria, rebateu os colegas oposicionistas e disse que considera o texto “sensível e inovador”. Ele lembrou, ainda, que o teor do projeto foi tirado das várias reuniões do fórum de secretários estaduais de Fazenda de todo o país.
O projeto do novo Refis, conforme informações da secretaria de Economia do DF, foi de fato elaborado a partir das ideias do fórum de secretários. A previsão do Executivo do Distrito Federal, como chegou a dizer o secretário de Economia, André Clemente, durante reunião com os parlamentares, era de recebimento de cerca de R$ 33 bilhões.
Numa última tentativa de negociar a aprovação da matéria, o presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente (MDB), suspendeu a reunião no início da tarde para conversar com os colegas em privado, sobre a possibilidade de vir a ser feito um último acordo que permitisse a aprovação do texto. Os distritais, no entanto, não conseguiram chegar a um consenso sobre o tema.

Emendas rejeitadas

No total, foram apresentadas 59 emendas ao projeto, que terminaram rejeitadas pelo presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças da Câmara distrital, deputado Agaciel Maia (PL). Maia também foi o relator do projeto.
A principal reclamação dos parlamentares contrários ao texto foi o fato de as propostas, na avaliação deles, beneficiarem muito mais os grandes empresários que há anos sonegam impostos no Distrito Federal, do que os pequenos e médios empresários.
Segundo Arlete Sampaio, foi por esse motivo que foram apresentadas as emendas. “Queríamos equilibrar mais o conteúdo da proposta”, destacou ela.
Os distritais não fecharam as portas para que novo texto seja discutido e encaminhado pelo governo à Casa, sobre uma outra proposta de Refis. Mas querem que, antes disso, o tema seja amplamente debatido e que suas posições em relação à matéria sejam levadas em conta.
Leia Mais....

TSE rejeita por unanimidade ação que pedia a cassação da chapa de Bolsonaro

A ação ingressada pelo PT onde acusa a campanha do então candidato Jair Bolsonaro à Presidência da República por abuso de poder econômico por causa de outdoors com propaganda eleitoral pagos por apoiadores em diversas cidades do país foi rejeitada por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta terça-feira (23).
De acordo com o ministro relator Og Fernandes, “não houve a comprovação da parte autora da quantidade precisa de outdoors instalados, tampouco da sua real abrangência territorial, elementos que poderiam permitir a aferição exata da capacidade da conduta para interferir na normalidade das eleições”.

Fonte: Blog do Fred Lima
Leia Mais....

Fascal

terça-feira, 23 de junho de 2020


Depois da polêmica envolvendo a ampliação do atendimento do Fascal, plano de saúde da Câmara Legislativa do DF, para ex-distritais – projeto que foi deixado de lado – a Casa anunciou a realização de um pregão eletrônico no próximo dia 3 de julho.
Gestão  – A CLDF informou, por meio do edital, que quer contratar uma empresa especializada na prestação de serviços de gestão de plano de saúde, com a responsabilidade de realizar auditoria financeira, administrativa e de procedimentos na área médica e odontológica.
Custo operacional – Segundo o deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos), vice-presidente da CLDF, o objetivo da licitação é reduzir o custo operacional da Fascal, que hoje é de R$ 4,5 milhões.
https://jornaldebrasilia.com.br
Leia Mais....

Programa Social exemplar

segunda-feira, 22 de junho de 2020
O principal objetivo do programa Jovem Candango é ampliar as oportunidades do primeiro emprego aos estudantes de 14 a 18 anos de idade, que estejam cursando as últimas séries do ensino Fundamental e Ensino Médio.



Idealizador da Lei 5.216/2013, que criou o Programa Jovem Candango no Distrito Federal, o presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças da CLDF, deputado distrital Agaciel Maia.

“O Programa Jovem Candango dá a oportunidade dos jovens ingressarem no mercado de trabalho por meio de contratação em órgãos públicos do GDF, com carteira assinada, recebendo um salário mínimo, vale transporte e alimentação e os demais direitos trabalhistas , temos que pensar não apenas no presente, mas, também, no futuro desses adolescentes, esse programa tem essa intenção: preparar o jovem para o mercado de trabalho, visando um futuro promissor, longe das ruas e da criminalidade", disse o deputado Agaciel Maia.


Leia Mais....

Morre Tenente que fazia segurança de Ibaneis

Nesta segunda-feira (22/6) o Distrito Federal registrou mais uma morte provocada pelo novo coronavírus. A vítima é o tenente Auro Gonçalves Caixeta, que integrava a equipe segurança pessoal do governador, Ibaneis Rocha (MDB).
Por meio de nota oficial, o Governo do Distrito Federal (GDF) lamentou a morte do tenente. De acordo com o texto, o militar foi vítima da covid-19 e estava internado desde 26 de maio. “O tenente Auro trabalhou na Casa Militar por aproximadamente sete anos e será lembrado pela competência, companheirismo e principalmente por sua lealdade”, destacou o Executivo.
Registramos aqui nossos pêsames e que Deus conforte a família neste momento de dor e saudade.

Leia Mais....

Mega operação no “QG” ligado ao “300 do Brasil” apreende a única arma do local “um pequeno facão de descascar coco”

A operação foi deflagrada pela Coordenação Especial de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Cecor) e cumpriu mandado de busca e apreensão em um dos pontos de apoio do grupo QG Rural, formado por extremistas ligados ao 300 do Brasil.

Os investigadores apuram a prática de supostos crimes e porte de armas. Porém a única arma que encontraram foi um pequeno facão de descascar coco.

“Hoje pela manhã, estava no banho. Entrou uma força policial de mais ou menos 30 policiais, um helicóptero, cinco caminhonetes e simplesmente fizeram uma operação”, disse.
O agricultor gaúcho Juarez Petry que gravou um vídeo no qual conta detalhes da ação, mega operação da Polícia Civil do DF na base de extremistas, pouco antes das manifestações pró o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Esplanada ocorrida neste domingo (21/06).
A unica arma que encontraram foi um pequeno facão de descascar coco. Com apenas duas pessoas estavam no local.
A ação ocorreu pouco antes do movimento deste domingo (21/06), na Esplanada dos Ministérios onde grupos pró Bolsonaro se reuniram para manifestar apoio ao governo.
O integrante do grupo de extrema-direita fez ameaça contra o chefe do Executivo local.
Leia Mais....

Policial Militar vence a Covid-19 em hospital no Gama

 A noite de sexta-feira (19) foi de alegria para a família Policia Militar, o subtenente da reserva remunerada Francisco Alves Nascimento, conhecido como Nascimento PQD (paraquedista) , aos 55 anos, renasceu e venceu a Covid-19 após 14 dias de internação.
Nascimento PQD, começou a passar mal com falta de ar no dia 4 de junho a noite. Ele foi atendido no hospital Maria Auxiliadora no Gama, onde após uma tomografia foi constatado que seus pulmões estavam 40% comprometidos. No dia seguinte, 5 de junho, foi internado na unidade de terapia intensiva (UTI) para cuidados especializados.
O militar pratica atividade física de forma regular, não tem nenhuma doença pré-existente, como diabetes, cardíacas e pressão alta. Esses foram fatores que contribuíram muito para a sua recuperação.
Foram longos 14 dias, porém, Nascimento PQD relata que, apesar de ser um homem muito ansioso e inquieto, Deus o tranquilizou e o ajudou a mantê-lo calmo por esses dias.
Ao receber alta, emocionado, ele relatou a importâncias dos profissionais de saúde, que estão realmente estão encarando de frente o desfio da pandemia. Ele reforça “Devemos orar todos os dias por todos os profissionais que estão trabalhando em hospitais.”
Em sua saída do hospital ele foi recepcionado por irmãos de farda, momento de muita alegria. ” Agradeço de coração a cada oração, a cada pensamento elevado à Deus, isso me fortaleceu e é isso que está me tirando daqui vivo e respirando, muito obrigado” disse o policial emocionado.
A PMDF deseja muita saúde e que seu testemunho sirva de esperança para todos que estão passando por algo semelhante.

Leia Mais....

Novo Subcomandante-Geral da PMDF


O Coronel CLÁUDIO FERNANDO CONDI é o novo Subcomandante-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal. Nomeado nesta sexta-feira (19), o Coronel conta com mais de 29 anos de serviço policial militar.
 
Entre os cargos e funções que já ocupou até aqui, se destacam as funções de comandante do Pelotão de Operações Especiais, Adjunto da Assessoria Jurídica do Gabinete do Comandante-Geral, Assessor Militar na SSP, Comandante da Escola de Formação de Oficiais, Chefe da Assessoria de Análise Técnico-Jurídica do Gabinete do Comandante-Geral da PMDF, Comandante do Batalhão de Polícia Militar do Gama (9º BPM), Subchefe de Gestão Administrativa, Subchefe de Operações de Segurança e Subchefe da Ordem Pública e Social, Corregedor-Adjunto e Chefe do Estado-Maior da Polícia Militar, de 27/08/2019 a 19/06/2020.
 
Quanto à formação militar e acadêmica, o coronel é graduado no Curso de Formação de Oficiais (CFO) pela Academia de Polícia Militar de Brasília (APMB) da PMDF. É Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília, Pós-Graduado no Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) pela APMB/PMDF, Pós-Graduado em Direito Público pelo Instituto Brasiliense de Direito Público, Pós-Graduado em Ordem Jurídica e Ministério Público pela Fundação Escola Superior do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Doutor em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos de Segurança da Polícia Militar do Estado de São Paulo.
 
Como parte de sua especialização profissional, possui Curso de Operações de Inteligência na Escola de Inteligência Militar do Exército Brasileiro; Curso de Treinamento para equipe de resposta a crises/Departamento de Estado dos E.U.A – Serviço de Assistência Anti-terrorismo Louisiana State University – Louiziana/ EUA; Curso de Especialização Lato Sensu em Gestão e Tecnologias Educacionais pelo Centro de Educação da Polícia Militar do Estado da Paraíba. 
 
Durante a carreira, teve a oportunidade de compartilhar conhecimentos sendo instrutor do Centro de Formação de Aperfeiçoamento de Praças, presidente da Comissão de estudos sobre projeto de Lei que institui normas gerais do regime Previdenciário dos Militares dos Estados, do Distrito Federal e Territórios, tutor da Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública – MJ (RENAESP/SENASP) nas disciplinas: Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial; Licitações e Contratos; Violência, Criminalidade e Prevenção. E ainda, instrutor do Curso de Tecnólogo em Segurança e Ordem Pública da Universidade Católica de Brasília nas disciplinas: Fundamentos da Gestão Pública e Sistemas de Segurança Pública e de Justiça Criminal no Brasil.
 
Foi condecorado por dez vezes pelos bons serviços prestados à comunidade do Distrito Federal, com as seguintes medalhas:
 

• Medalha de Bronze Sem Passador;
• Medalha de Bronze com Passador de Bronze, por contar mais de 15 (quinze) anos de bons serviços prestados à ordem, segurança e tranquilidade públicas;
• Medalha de Prata com Passador de Prata, por contar mais de 20 (vinte) anos de bons serviços prestados à ordem, segurança e tranquilidade públicas;
• Medalha de Ouro com Passador de Ouro, por contar mais de 25 (vinte) anos de bons serviços prestados à ordem, segurança e tranquilidade públicas;
• Medalha Duque de Caxias - Mérito Intelectual, por haver concluído em primeira época, figurando como primeiro colocado no Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais;
• Medalha "Alferes Joaquim José da Silva Xavier";
• Medalha Comemorativa ao Bicentenário da PMDF;
• Ordem do Mérito Bombeiro Militar do Distrito Federal Imperador Dom Pedro II;
• Medalha da Defesa Civil do Distrito Federal;
• Medalha da Ordem dos Cavaleiros de Rabelo.


Leia Mais....

Clubes de futebol têm pagamento de dívidas suspenso durante pandemia

domingo, 21 de junho de 2020
Clubes de futebol têm pagamento de dívidas suspenso durante pandemia
Julio Cesar Ribeiro comemorou a aprovação da proposta pela Câmara dos Deputados
Brasília (DF) – O deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF), presidente da Frente Parlamentar do Esporte, defendeu a aprovação do Projeto de Lei nº 1013/20, que suspende os pagamentos de dívidas de clubes de futebol relativas ao Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut), no período de emergência de saúde pública causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A matéria segue para análise do Senado Federal.
Clubes de futebol têm pagamento de dívidas suspenso durante pandemia
Deputado Federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF). Foto: Douglas Gomes / Ascom – Liderança do Republicanos
Durante a votação da proposta, nesta quarta-feira (17), o republicano ressaltou a relevância do texto. “Nós já tínhamos discutido essa pauta na Frente Parlamentar do Esporte. A ajuda chega em boa hora”. O parlamentar ainda cobrou a supressão do Art. 8° do texto, que pode reduzir os recursos para a assistência social e educacional de atletas.
Saiba mais
Em virtude das medidas para evitar a propagação da Covid-19, os jogos dos campeonatos nacionais e estaduais foram suspensos ou ocorreram sem público, o que fez com que os clubes perdessem arrecadação, dificultando o pagamento de suas dívidas. De acordo com a proposta aprovada, ficarão suspensos os parcelamentos de débitos de clubes junto à Receita Federal, à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e ao Banco Central, previstos no Profut.
Leia Mais....

Novela “Jesus” alcança sucesso na Argentina

A série bíblica é transmitida pela Telefe, um dos maiores canais de televisão secular do país sul-americano.
Como série bíblica, a novela “Jesus” estreou na segunda-feira, 4 de maio, no horário nobre das 22h, na  Telefe , um dos maiores canais de televisão seculares da Argentina.
Em 2016, a Telefe transmitiu as séries Moisés e os Dez Mandamentos , que foram muito bem recebidas pelo público e mantiveram uma excelente classificação durante todo o tempo no ar.
Hoje, a emissora optou por uma nova mega produção da RecordTV  inspirada em histórias bíblicas , desta vez com o objetivo de contar a vida de Jesus de uma maneira mais visível e detalhada.
Esta história tem 193 episódios , e cada um dura cerca de uma hora.
O produtor brasileiro RecordTV é apoiado financeiramente pela Igreja Universal do Reino de Deus. Eles também produziram produções de alta qualidade, como Josué e a Terra Prometida .
No seu lançamento, foi apresentado sem intervalos comerciais e se posicionou com uma classificação muito alta, com média de 12,4 pontos, de acordo com dados da Kantar Ibope Media , tornando-o o mais visto do dia . Quase metade dos dispositivos que sintonizaram para abrir a televisão entre 22h e 23h28 seguiu a Telefe.
Em épocas em que o consumo de séries de ficção por plataformas de streaming como Netlix ou Flow é muito grande e onde a maioria dos programas não chega a dois dígitos, o sucesso retumbante da série Jesús é mais do que notável .

Foi filmado em Marrocos . Esse local de filmagem deu às cenas um tom particularmente realista, pois se assemelha muito às paisagens da época de Jesus. Também possui um lindo guarda-roupa de época e uma equipe de 350 profissionais que participaram da produção .

Depoimentos

A fusão entre a qualidade do filme, a transmissão fiel do conteúdo bíblico e, talvez, a necessidade do povo por um conteúdo mais profundo nesses tempos de incerteza, fazem com que essa série seja recebida com aplausos do povo.
Vanesa Urueña, designer gráfica e mestre em marketing estratégico, contou sua experiência com a série: “Vi a série Moisés há cerca de quatro anos e realmente teve um grande impacto na minha vida. Eu não era cristão e, pouco a pouco, assistir à série me aproximou da fé.
Hoje, Vanesa colabora como chefe de comunicação no partido político cristão Values ​​for my Country e freqüenta a igreja de Omar Cabrera Jr.
Facundo Palavesino, 19 anos, é de Quilme e nunca ouviu falar de Jesus de maneira tão clara e visual. “Estou assistindo todos os capítulos e está realmente mudando a maneira como vejo as coisas e como encaro esses momentos de confinamento”, disse ele.
, além disso, trabalhou por muitos anos na mídia televisiva como Turner ou Disney e garante que: “Isso é positivo para toda a comunidade de crentes e para aqueles que ainda não conhecem a Cristo. Traga a mensagem de Jesus Cristo mais perto dos lares das pessoas que talvez não as alcançasse de outra maneira, como aconteceu comigo na época. Intencional ou não, o Telefe está sendo usado quase como um canal de evangelização. Se eles fizeram isso por uma questão de marketing ou classificação, como a Bíblia diz: a Palavra nunca fica vazia “, concluiu Urueña.

https://www.jmnoticia.com.br/
Leia Mais....

Líderes evangélicos se reúnem com Bolsonaro no Alvorada e manifestam apoio

sábado, 20 de junho de 2020
Líderes Evangélcios se reúnem com o presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (19) no Palácio do Alvorada
O encontro foi na noite desta sexta-feira (20) no Palácio do Alvorada
Por Delmo Menezes
Um grupo de pastores entre os quais o Apóstolo Fadi Faraj (Comunidade Ministério da Fé), Bispo JB Carvalho (Comunidade das Nações) e o Pr. Ibi (Núcleo da Fé) estiveram reunidos com o presidente Jair Bolsonaro na noite desta sexta-feira (19) no Palácio do Alvorada.  
De acordo com um interlocutor, os líderes evangélicos foram manifestar apoio ao presidente Bolsonaro e orar pelo Brasil e por nossas intuições neste momento conturbado em que o país atravessa. Foi citado no encontro, o versículo bíblico de Provérbio 29:2, que diz: “Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme”.
Apóstolo Fadi Faraj, presidente Jair Bolsonaro, Bispo JB Carvalho e demais lideranças no Alvorada. Foto: Assessoria
No dia 05 de junho, o pastor Silas Malafaia juntamente com outro grupo de lideranças evangélicas, fizeram uma live ao vivo com o presidente Bolsonaro no Palácio do Planalto. O presidente agradeceu o apoio e afirmou que nos últimos dois anos, Deus realizou dois milagres em sua vida. O primeiro foi em setembro de 2018, depois de sobreviver a um atentado, onde levou uma facada. O outro foi em outubro do mesmo ano, quando ganhou a eleição para presidente, levando-se em conta a forma tradicional que se fazia política. 
Leia Mais....

CLDF promove licitação para modernizar gestão do Plano de Saúde

sexta-feira, 19 de junho de 2020
Deputado Rodrigo Delmasso, autor do PL. Foto: CLDF
“A contratação de uma empresa é mais uma ação para gerar ainda mais economia e transparência”, disse Delmasso
Por Redação*
A Câmara Legislativa do Distrito Federal vai realizar um pregão eletrônico no próximo dia 3 de julho, a partir das 9h30, para contratação de “empresa especializada na prestação de serviços de gestão de Plano de Saúde, incluindo auditoria financeira, administrativa e de procedimentos na área médica e odontológica, execução de processos de trabalho, treinamento, assessoria, consultoria e assistência presencial”. A empresa contratada terá que fornecer um sistema de gestão em saúde, um software de administração, que englobe todas as etapas e processos de funcionamento do Fundo de Saúde do Legislativo, o Fascal. Não haverá terceirização de mão de obra e nem da gestão do plano, que continuará sendo feita pelos servidores da Câmara Legislativa.
O secretário executivo da vice-presidência, Haendel Silva Fonseca, explica que esta é a primeira fase do processo de modernização e adequação do FASCAL ao novo modelo de gestão determinado pela Mesa Diretora. Os programas de gestão utilizados atualmente não atendem a todas as etapas do funcionamento do plano de saúde. “Temos a certeza que o novo modelo de gestão resultará em economia de recursos públicos, transparência, maior eficiência e controle de dados”, avalia o secretário executivo.
O deputado Delmasso (Republicanos) destaca que, desde que assumiu a gestão do Fascal, como vice-presidente, tem buscado soluções para economia e transparência, inclusive através da implantação de mecanismos de governança e compliance. “A contratação de uma empresa é mais uma ação para gerar ainda mais economia e transparência”, observa o parlamentar.
Licitação – A contratação será feita por meio de pregão eletrônico, em regime de menor preço. O valor estimado inicialmente da contratação é de R$ 2.863.864,32, para um período de 12 meses. O aviso de abertura do pregão foi publicado na edição do Diário da Câmara Legislativa desta sexta-feira (19). O processo licitatório será executado pela área técnica da CLDF sob acompanhamento da Procuradoria Geral e auditoria interna. Todas as regras licitatórias foram elaboradas por uma comissão técnica multidisciplinar de servidores efetivos da CLDF.
O edital encontra-se nos endereços www.comprasnet.gov.br (UASG 974004) e www.cl.df.gov.br, no link transparência.
Leia Mais....

Militares da reserva divulgam manifesto de ‘enérgico repúdio’ aos ministros do STF

Após os ministros do Supremo Tribunal Federal decidirem pela constitucionalidade do inquérito das “fake news”, um grupo de militares da reserva divulgou um manifesto indicando “enérgico repúdio” ao integrantes da Corte.
O texto é subscrito por centenas de militares de alta patente do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. O documento, intitulado “504 Gardiões da Nação”, contém a assinatura de generais, brigadeiros e coronéis.
“Ombreamos com o Presidente da República, Chefe-de-Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas, eleito democraticamente por 57 milhões de brasileiros, para expressar, por intermédio do único meio gratuito e democrático de que dispomos, as redes sociais, as quais Vossas Excelências tentam criminalizar, um enérgico repúdio por sermos governados dissimuladamente por grupos inescrupulosos, formados por cidadãos eleitos com um único voto, concedido por conveniência ou nepotismo, em cumplicidade com parlamentares que não honram os diplomas conferidos por seus eleitores”, diz trecho do manifesto.
Na lista dos subscritores, está o general da reserva Aléssio Ribeiro Souto. Ele compôs o núcleo duro da campanha eleitoral de Jair Bolsonaro e conhece o chefe do Executivo há mais de 20 anos.
Em entrevista à CNN Brasil, o general Souto declarou que a coleta de assinaturas começou nos últimos dias pelo major-brigadadeiro Jaime Sanchez.
“Acho que está na hora de os integrantes dos três Poderes terem juízo e comprometimento para evitar que sejamos uma República de banana. Eu achava que já tínhamos ultrapassado esse patamar. Temos dívida com aqueles que nos substituirão. Temos que entregar uma herança razoável”, disse o general.
LEIA A ÍNTEGRA DO MANIFESTO
Nós, militares e civis representantes da sociedade brasileira, verdadeiros destinatários e guardiões da Constituição Federal, indignados com os rumos ameaçadores que se descortinam para a Nação, fruto da escalada irracional de manobras pouco republicanas, a exemplo da tentativa que se desenvolve neste momento para a cassação da chapa presidencial vencedora, produzidas por casuísmos e entendimentos contraditórios à segurança das garantias institucionais e dos direitos humanos, unimo- nos aos brados dos diversos grupos de cidadãos patriotas que decidiram identificar-se e passar a externar sua repulsa, utilizando-se de manifestos endereçados à cúpula dos poderes Legislativo e Judiciário, indignados com as recorrentes atitudes lesivas aos interesses do País.
A sociedade já não suporta assistir diariamente a divulgação de atos do Legislativo e do Judiciário para inviabilizar os planos do Poder Executivo destinados à recuperação econômica e moral do Brasil.
Investidos da autoridade outorgada pelo Parágrafo Único do Art. 1o da Constituição Federal, segundo o qual “todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”, cláusula pétrea da Carta Magna, ombreamos com o Presidente da República, Chefe-de-Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas, eleito democraticamente por 57 milhões de brasileiros, para expressar, por intermédio do único meio gratuito e democrático de que dispomos, as redes sociais, as quais Vossas Excelências tentam criminalizar, um enérgico repúdio por sermos governados dissimuladamente por grupos inescrupulosos, formados por cidadãos eleitos com um único voto, concedido por conveniência ou nepotismo, em cumplicidade com parlamentares que não honram os diplomas conferidos por seus eleitores.
Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.
Com informações, CNN Brasil.
Fonte: conexaopolitica.com.br
Leia Mais....
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot