• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Equipe Destaque: Tático Operacional Rodoviário

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019
A Equipe Destaque dessa semana é o Tático Operacional Rodoviário (TOR) do Batalhão de Policiamento Rodoviário. Esta equipe foi responsável pelo atendimento de ocorrências com sucesso e presteza no ano de 2018. O TOR apreendeu 50 armas, além de recuperar 33 carros.
A equipe “Bravo” do TOR, composta pelos sargentos Edilson Santana, Georjeane, O. Pacheco e Deivid Gomes e pelos soldados Aragão, Frederico, Heder Macedo, Edmon, Nazaro e Bahia, foi responsável pela apreensão de 464 kg de maconha, 6,4 kg de cocaína, 6,5 kg de crack e 10 kg de haxixe no último dia 08/12. Ocorrência com grande repercussão na imprensa local.
O TOR atua, especificamente, no policiamento de trânsito rodoviário, em trechos de maior incidência criminal, na repressão aos crimes praticados em rodovias e por quadrilhas fortemente armadas. As abordagens são direcionadas para captura de veículos roubados ou furtados, apreensão de armas ilegais, combate ao contrabando e tráfico de drogas, transporte irregular de cargas e de produtos perigosos, prisão e apreensão de foragidos da justiça, além de resgate de vítimas de sequestro.
Segundo o comandante da Equipe TOR, sargento Edilson, o que os motiva no trabalho é “prestar o melhor serviço à populaça do DF e reduzir os índices criminais.”
Ainda em 2018, a equipe do TOR apreendeu fuzis, pistolas e explosivos que vinham do Estado de Goiás. Resultado de um trabalho realizado com empenho, planejamento e engajamento entre as unidades da Polícia Militar. “Foi a maior apreensão de armas da história da PMDF”, garante o comandante.
O sargento garante que Brasília é rota de cargas criminosas que vem de Mato Grosso e Goiás com destino a Bahia, Piauí e outros Estados.
O grupo Bravo TOR afirmou ter atenção e cuidado nas abordagens, pois nem todos são criminosos. “Na maioria dos veículos se encontram famílias de bem que estão em trânsito”, assegurou.
Ele completou, “nosso treinamento é para ter essa sensibilidade de perceber onde está o errado, outro fator é a união e o entrosamento da equipe. Também nos reunimos periodicamente para acertar o que vai acontecer durante o serviço, pois uma pequena falta de atenção pode custar muito caro”.                    PMDF
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot