• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Morte de policial civil em clínica de Santa Maria é investigada

quarta-feira, 8 de agosto de 2018
Morte de policial civil em clínica de Santa Maria é investigada
Clinica de saúde mental Khenosis. Foto: imagem do google maps

PCDF apura o que teria ocorrido para levar à morte do integrante da corporação. A suspeita principal é de suicídio.

A Polícia Civil do DF investiga a morte de um integrante da corporação dentro da clínica onde ele estava internado para tratar da saúde mental. O caso aconteceu nesta quarta-feira (8). Alberto Cabral de Paiva, 48 anos, estava afastado do trabalho e recebia tratamento na clínica Khenosis, em Santa Maria.
Segundo a Divisão de comunicação da Polícia Civil (Divicom), o registro da ocorrência foi feito, mas, “por se tratar, em tese, de ocorrência de suicídio”, não haveria mais detalhes sobre o assunto. A Vigilância Sanitária assegurou, por meio de nota, que a clínica está licenciada e tem, inclusive, médico psiquiatra no quadro de responsáveis técnicos.
A reportagem do Jornal de Brasília tentou contato com a clínica Khenosis por telefone e por e-mail. Não houve resposta até a publicação desta reportagem.
O Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) emitiu uma nota lamentando o ocorrido. A entidade alega que esse seria o segundo suicídio de um integrante da força em menos de um mês – se a causa da morte for confirmada. “Isso, além de nos entristecer, também nos faz reiterar, mais uma vez, a extrema preocupação com a saúde mental da categoria”, informou o comunicado.
“A atividade policial, por si, já exerce diariamente uma enorme pressão sobre os policiais. Mas, ao longo da jornada profissional, há uma série de outras situações que se somam e se transformam em gatilhos e podem desencadear situações extremas em momentos de instabilidade emocional”, complementou.
Alerta
Para especialistas, o método mais efetivo para evitar que quadros depressivos cheguem a suicídio é falar sobre o fenômeno. Em Brasília, serviços de apoio psicológico como o Centro de Valorização da Vida (CVV) oferecem escuta gratuita e sem julgamentos a qualquer pessoa — inclusive a sobreviventes de tentativas de suicídio e pessoas próximas — tanto pelo telefone quanto em encontros presenciais, sigilosos e em grupo. Por meio do telefone 188, o CVV oferece O apoio de graça, 24 horas por dia. A filosofia é simples: ouvir sem julgar.
Serviço
  • Grupo de Apoio aos Sobreviventes de Suicídio: Reuniões: última quinta-feira do mês
    Horário: das 18h45 às 20h45
    Local: Na Asa Norte, na EQN 303/304 Norte (Igreja de São Miguel Arcanjo e Santo Expedito) e em Taguatinga, na QNJ Área Especial 06 (Casa do Caminho)
  • CVV: Telefone: Ligue 188                                                    http://www.jornaldebrasilia.com.br/
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot