• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

COM VOCÊ / NOSSO GAMA

Candidatos Ao Senado Iniciam Campanha: Confira Lista Completa Dos Concorrentes

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

CB.Poder
Dezenove candidatos ao Senado deram início, nesta quinta-feira (16/08), às campanhas eleitorais. Mudanças no quadro podem ocorrer até 17 de setembro, em caso de renúncia ou recusa do registro. Confira a lista dos concorrentes:

Amabile Pacios (PR)

Natural de São Paulo, Amabile é formada em matemática e física. Tem doutorado em Gestão na Era do Conhecimento. Aos 63 anos, ocupa a Vice-Presidência da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), entidade que chefiou por quatro anos, e comanda o Grupo Educacional Dromos. Concorreu a um cargo eletivo uma vez: em 2006, quando disputou uma cadeira na Câmara Legislativa. Também candidato ao Senado, Izalci Lucas a indicou à vaga majoritária da chapa.

Átila Maia (PRTB)

Aos 61 anos, o brigadeiro da Força Aérea Brasileira disputará um cargo eletivo pela primeira vez. Ocupou, em 2012, o posto de Secretário-Executivo do Ministério da Pesca e Aquicultura. Antes de chegar ao PRTB, partido comandado pela filha do senador cassado Luiz Estevão, era filiado ao PRB, sigla fundada por integrantes da Universal do Reino de Deus. Natural de Natal, trabalhou como assessor parlamentar na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e no Congresso Nacional.

Chico Leite (Rede)

Deputado distrital por quatro mandatos, é Procurador de Justiça de carreira e professor de Direito Penal. Antes de se filiar à Rede, passou por PCdoB e PT. Nas últimas eleições, conquistou 15.636 votos. Com 54 anos, o parlamentar natural de Milagres, no Ceará, ocupa a vice-presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e integra a Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle (CFGTC). Concorrerá na chapa do governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Chico Sant’Anna (PSol)

O jornalista disputou, sem sucesso, vaga ao Senado Federal em 2010 e à Câmara dos Deputados, em 2014. Nascido no Rio de Janeiro, chegou a Brasília com seis meses de idade, em 1967. Tem 60 anos, e atuou como presidente do  Sindicato dos Jornalistas e vice-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas. Antes disso, trabalhou na Rede Globo, Folha de S. Paulo e SBT. No governo, integrou as equipes de comunicação da Secretaria de Saúde e da Terracap. Antes do Psol, passou por PDT e PT.

Cristovam Buarque (PPS)

Natural de Recife, concorre à reeleição pela segunda vez aos 74 anos. Primeiro reitor eleito da UnB, ocupou o cargo entre 1985 e 1989. Comandou, de 1995 a 1998, o Palácio do Buriti. Em 2002, ganhou a disputa ao Senado e, no ano seguinte, foi nomeado ministro da Educação, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes do PPS, passou por PT e PDT. Cristovam estremeceu a relação com petistas ao votar de forma favorável ao impeachment de Dilma Rousseff, em 2016.

Danilo Matoso Macedo (PCO)

Com 44 anos de idade, disputa pela primeira vez um cargo público. Nasceu em Brasília e é arquiteto e urbanista com Mestrado e Doutorado na área. Atuou como analista legislativo na Câmara dos Deputados, e foi gestor do Ministério do Planejamento. Presidiu o Sindicato dos Arquitetos do DF, e já deu aula no UniCeub entre 2003 e 2005. Dirige um escritório próprio de arquitetura e nunca foi filiado a um partido político antes do PCO.

Hélio Queiroz (PP)

Baiano, o empresário, de 44 anos, concorre a um cargo eletivo pela primeira vez. O diretor-presidente do Grupo Alô Brasília de Comunicação ocuparia a primeira suplência do ex-vice-governador Paulo Octávio. Contudo, com a desistência do correligionário, assumiu a vaga. É diretor da Associação Comercial do Distrito Federal (Fecomércio-DF), presidente do Conselho de Transparência e Controle Social do Distrito Federal – CTCS e do Sindicato as Empresas de Produção de Imagens, Fotografias, Filmagens e Profissionais Autônomos do Distrito Federal (Sinfoc-DF).

Juiz Everardo Ribeiro (PMN)

Juiz aposentado, o presidente regional do PMN, concorrerá, aos 64 anos, a um cargo eletivo pela quarta vez. Nos últimos pleitos, disputou uma vaga no Legislativo local, mas não se elegeu. Aviador por hobby, presidiu a Associação de Pilotos de Ultraleve. O advogado também foi vice-presidente da Associação Geral dos Policiais Civis e conselheiro da OAB-DF. Participou da gestão de Joaquim Roriz como administrador do Itapoã. Antes do PMN, passou por MDB e Avante.

Fadi Faraj (PRP)

Natural de Brasília, o Pastor da Comunidade Cristã Ministério da Fé vai participar, pela segunda vez, de um pleito. Em 2014, quando integrava o Solidariedade, elegeu-se segundo suplente do senador José Antônio Reguffe (sem partido), na chapa do governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Neste ano, participará da disputa no grupo político do General Paulo Chagas (PRP).  Bacharel em Teologia, tem 52 anos. É irmão da distrital Sandra Faraj (PR), pastora na mesma igreja.

Fernando Marques (Solidariedade)

O empresário de 64 anos disputa pela primeira vez um cargo público. Passou pelo PTB e PCdoB antes de filiar-se ao Solidariedade. Atua como presidente da Associação dos Laboratórios Nacionais e tem uma empresa farmacêutica desde 1972, a União Química. Próximo ao meio político, é amigo do ex-governador Agnelo Queiroz e de Rodrigo Rollemberg (PSB), por quem chegou a ser cotado como suplente de senador, em 2010.

Izalci Lucas (PSDB)

Começou a vida política em 1998, no PSDB-DF. Em 2002, elegeu-se deputado distrital. No mesmo ano, se licenciou do mandato para assumir a Secretaria de Ciência e Tecnologia, a qual chefiou até 2009. Em 2010, venceu a corrida pela Câmara dos Deputados e, no ano de 2014, se reelegeu. Natural de Araújos, em Minas Gerais, preside o tucanato de Brasília desde 2015, graças a intervenções nacionais. Aos 62 anos, desistiu de concorrer ao GDF para apoiar Alberto Fraga (DEM).

João Pedro Ferraz (PPL)

É advogado e sócio-fundador do escritório Ferraz dos Passos Advocacia e Consultoria SS. Profissional, onde atuou por mais de 35 anos na área do direito trabalhista. Em 1982, ingressou no Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro, e veio a Brasília após receber promoção para atuar na Procuradoria Geral do Ministério Público do Trabalho. Foi Conselheiro da OAB-DF e membro Conselheiro da Comissão de Anistia Política do Ministério da Justiça.

Leila do Vôlei (PSB)

Leila Gomes de Barro tem 46 anos e é medalhista olímpica pelo vôlei de quadra em 1996. Disputou  uma cadeira na Câmara Legislativa do DF pelo PRB, em 2014. Não foi eleita, mas garantiu 11 mil votos e foi indicada como Secretária de Esporte, Turismo e Lazer pelo governador Rodrigo Rollemberg. Nasceu em Taguatinga, e atuou também no vôlei de praia e como comentarista esportiva nas Olimpíadas de Pequim (2008) e Londres (2012).

Marcelo Neves (PT)

É advogado, graduado e mestre pela Faculdade de Direito do Recife da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Doutor em Direito pela Universidade de Bremen, e pós-doutor na Faculdade de Ciência Jurídica da Universidade de Frankfurt, Alemanha, e no Departamento de Direito da London School of Economics and Political Science, na Inglaterra. Recebeu uma carta escrita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em apoio a candidatura ao Senado Federal.

Marivaldo Pereira (PSol)

Auditor federal de finanças e controle da Secretaria do Tesouro Nacional, concorrerá pela primeira vez aos 39 anos. Com graduação e mestrado em Direito pela Universidade de São Paulo, foi Secretário-Executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, chegando a assumir interinamente o comando do órgão, na gestão de Dilma Rousseff. Natural de Brasília, era filiado ao PT antes de ingressar no PSol. Atua como professor voluntário no curso popular Emancipa.

Paulo Roque (Novo)

É jornalista, advogado e professor universitário. Especialista em Direito do Consumidor, atuou como diretor da Escola Superior de Advocacia e como conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB/DF). Nasceu em Cajuri, Minas Gerais, e tem 51 anos. Lidera um escritório de advocacia em Brasília há 25 anos e foi colunista da rádio CBN sobre Direito do Consumidor e do Cidadão por 10 anos.

Robson Raimundo (PSTU)

Atua como professor de história da rede pública  de ensino do Distrito Federal desde 2000. É delegado do do Sindicato dos Professores (Sinpro-DF), onde marcou presença nas greves da categoria. Começou a carreira política nos anos 1980, com participação em movimentos estudantis em Roraima e, depois, no Rio de Janeiro, em 1990. Trabalha como coordenador da Central Sindical e Popular (CSO) do Distrito Federal.

Walisson Perônico (PTB)

Aos 40 anos, entra na disputa por um cargo eletivo pela primeira vez. Chefiou subsecretarias nas gestões dos ex-governadores José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz. Formado em Ciências Contábeis, atua no ramo imobiliário. Ao lado do candidato a vice-governador Alírio Neto, filiou-se ao PTB em 2016 e tornou-se secretário-geral da legenda no DF. Natural de Brasília, passou por PFL, hoje intitulado DEM, e PEN, atualmente Patriota, antes de chegar à sigla petebista.

Wasny de Roure (PT)

Eleito à Câmara Legislativa pela primeira vez em 1990, liderou entre 2000 e 2001 o PT e o Movimento em Defesa de Brasília, contra a corrupção na cidade. Em 2003, tornou-se deputado federal, e foi suplente a Câmara dos Deputados entre 2007 e 2010. Elegeu-se pela quarta vez como distrital em 2011, quando presidiu a Casa no biênio 2013/2014. Tem 61 anos e é economista de formação e natural de Goiânia.




Fonte: Correio Braziliense
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot