• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Entrevista com o Deputado Agaciel Maia sobre contratação de mais 2 mil concursados

sexta-feira, 30 de março de 2018
A partir deste mês, o Governo começa a contratar mais de 2 mil concursados. O anúncio foi feito pelo líder de governo, deputado Agaciel Maia, no Plenário da Câmara Legislativa e animou muita gente, principalmente aqueles que já esperam por este momento há muitos anos.
Somente a área de saúde irá ganhar um reforço de 1.485 especialistas, sendo 295 médicos, 256 enfermeiros, 767 técnicos e 167 especialistas em diversas áreas.
Outros setores serão beneficiados e quem vai contar isso pra gente hoje é justamente o líder de governo, deputado Agaciel Maia, que além de ser economista e presidente de uma das mais importantes comissões da Câmara, a de Economia e Finanças, ainda tem feito muitas gestões para colocar em ordem as contas do Distrito Federal.
Celson Bianchi – O senhor poderia explicar como está sendo possível a contratação de um número tão elevado de concursados nesse momento?
AM – Foi graças ao controle rigoroso das contas do governo nos últimos anos. Isso fez com que o Distrito Federal saísse do limite prudencial – aliás é importante ressaltar que foi o único Estado da Federação a sair do limite prudencial e recuperar suas contas.
Celson Bianchi – O Relatório de Gestão Fiscal do último quadrimestre de 2017, apresentado em audiência pública, trouxe notícias positivas. Isso é para alegrar a população?
AM – É, sim. Conseguimos cumprir todos os limites de gastos exigidos por lei para as áreas de educação e saúde, por exemplo. Estamos com um dos menores endividamentos do Brasil. Reduzimos nosso déficit. Por exemplo, o resultado primário, em 2017, foi de mais de R$ 970 milhões negativos, mas esse número já chegou anteriormente a R$ 2,7 bilhões. Muita coisa.
O Relatório da Secretaria do Tesouro Nacional avalia o desempenho das unidades federativas e ali está claramente demonstrado que o Distrito Federal foi o único que apresentava um déficit primário em 2016 e conseguiu ter uma recuperação em 2017, graças, principalmente a ações de redução real de despesas obrigatórias feitas pelo governo e o aumento da Receita Corrente Líquida.
Celson Bianchi– O senhor que é um grande economista e profundo conhecedor de contas públicas, nos diz então que foram essas medidas que agora estão permitindo chamar mais de 2 mil concursados? Para que áreas, além da saúde?
AM – Sim, foram as rígidas e difíceis medidas adotadas pelo governo e a votação dos ajustes fiscais que ajudaram nesse atual quadro. Sem isso não teríamos esse quadro positivo.
Além da saúde, estarão sendo chamados 63 concursados para o Metrô, 39 para o Procon, 34 auditores para as Secretarias de Fazenda e de Planejamento. A partir de abril até dezembro, o governo vai chamar 242 agentes do sistema socioeducativo, 20 concursados para a Secretaria de Cultura, 114 agentes penitenciários, 160 policiais, sendo 65 delegados, 65 peritos e 30 papiloscopistas.
Não adianta querer chamar mais gente do que o governo pode pagar, porque aí entramos novamente no limite prudencial. Mas os 2.186 já estão programados para o decorrer deste ano.
Fonte: Celson Bianchi/EG NEWS
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot