• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Aluno de doutorado da UnB é morto em assalto próximo ao Palácio do Buriti

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

De acordo com amigos, o físico Arlon Fernando da Silva, de 29 anos, voltava de bicicleta para o Sudoeste, onde morava, quando foi abordado pelos autores do crime

Luís Nova/Esp. CB/D.A Press

O aluno de doutorado da Universidade de Brasília (UnB) Arlon Fernando da Silva, 29 anos, foi assassinado na noite desta quinta-feira (7/12), na ciclofaixa da via S1 (Eixo Monumental), em frente à Câmara Legislativa e a poucos metros do Palácio do Buriti.


Segundo informações da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), testemunhas informaram que, por volta de 20h30, o homem foi vítima de esfaqueamento. Ele sofreu uma perfuração grave na axila esquerda e outras na mão e no braço. O estudante chegou a ser socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que passava pelo local, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital de Base.

Arlon foi encontrado correndo em direção à pista — já esfaqueado — por três viaturas da PM que se deslocavam para o ginásio Nilson Nelson, onde acontece um show dos cantores Leonardo e Eduardo Costa. Um dos policiais que encontrou a vítima informou que avistou o estudante com os braços levantados, "como que se pedisse socorro". Inicialmente, os militares acreditaram que ele havia sido vítima de atropelamento. Quando avistou as viaturas, Arlon teria caído de joelhos na pista.

Reprodução
 

Entre esse momento e a chegada da ambulância do Samu, passaram-se cerca de dez minutos. Encaminhado ao Hospital de Base, Arlon chegou entrar no centro cirúrgico da unidade antes de morrer, às 21h40, em decorrência de um corte profundo que, provavelmente, atingiu uma artéria. A família do jovem, segundo a polícia, mora no Paraná. Por isso, nenhum parente compareceu ao hospital até o momento.

Apesar das buscas feitas pela PMDF, o suspeito não foi encontrado. Informações preliminares dão conta de que o estudante seguia para casa, no Sudoeste, de bicicleta. Porém, o veículo não estava na cena do crime. A área foi isolada para perícia. O caso é investigado pela 5ª Delegacia de Polícia (DP).

Formado em Física pela Universidade Federal do Paraná, Arlon fez mestrado e agora buscava o título de doutor — na mesma área de formação — pela UnB.                        http://www.correiobraziliense.com.br
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot