• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Palavra de Fé

sábado, 30 de setembro de 2017
"O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se." 2 Pedro 3:9

Pensamento: Longe de ser um Deus vingativo, procurando alguma razão para nos condenar, Deus quer que todos os povos, de todas as raças e línguas, O conheçam, sejam alcançados pelo Seu amor, e recebam a Jesus como Senhor e Salvador. Nossa paixão pela vinda do Senhor deve ser igualada por nossa paixão de compartilhar a Sua graça. Se nosso desejo é fazer a vontade do Senhor e agradá-lo no que fazemos, devemos estar sempre atentos às oportunidades que o Espírito Santo nos dá, para anunciar o evangelho de Jesus para aqueles que ainda não foram alcançados.      Pastor: Chancerley Santana (COPEV-DF)
Leia Mais....

Corpo de jovem desaparecida é encontrado sem roupas íntimas na BR-040

Reprodução/Facebook
A dor da perda de um ente querido de forma trágica, e até então desconhecida, atinge mais uma família. Desta vez, a de Josirene Galvão Silva, cujo corpo foi encontrado às margens da BR-040, por um eletricista que trabalhava na região.
O corpo da jovem de 18 anos estava em avançado estado de decomposição e foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), que investiga as circunstâncias do caso.


Josirene morava em Valparaíso, no Entorno do DF. As investigações estão a cargo da Polícia Civil de Goiás. Como o corpo estava em decomposição avançada, a confirmação de que tratava-se de fato de Josirene só veio nessa quinta-feira (28) – o corpo foi encontrado no último dia 5. O cadáver, naquele momento, vestia apenas uma blusa e não tinha as roupas íntimas.
A jovem havia saído de casa no dia 24 de agosto com destino à casa de uma amiga em Santa Maria. A partir de então, parentes e amigos iniciaram buscas incessantes por informações da jovem, mas sem sucesso.                                                                        Fonte: Jornal de Brasília
Leia Mais....

Governo atende pedido de parlamentares cristãos pela aceitação de recomendação do Vaticano na ONU

Por telefone, o presidente Michel Temer informou ao líder do PSC na Câmara, deputado Victório Galli (PSC-MT), que o governo brasileiro voltou atrás e vai aceitar a recomendação do Vaticano que pede proteção dos nascituros e da família formada por marido e mulher, na parte da Revisão Periódica Universal do Conselho de Direitos Humanos da ONU.
Acompanhado de representantes das frentes parlamentares Evangélica e Católica, Galli esteve no Palácio do Planalto, na quarta-feira (13), para pedir revisão na decisão do governo de rejeitar a recomendação do Vaticano.
“Com muita alegria, aviso que o presidente da República vai atender nosso pedido e proteger os bebês não nascidos e o casamento tradicional, assim como recomenda o Vaticano”, comemorou o líder Victório Galli. As recomendações vão, inclusive, ao encontro do que foi discutido na Câmara nos projetos do Estatuto da Família (aprovado em 2015) e do Estatuto do Nascituro (em tramitação).
De acordo com o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado Takayama (PSC-PR), mais de 80% da população brasileira é cristã (86,8%, de acordo com o IBGE), defende a vida desde a concepção e é a favor da família, e as decisões do governo não podem ir contra o desejo da maioria da população.                          http://www.psc.org.br
Leia Mais....

Jovem e idoso morrem em acidente de carro na EPGU

sexta-feira, 29 de setembro de 2017


CBMDF/Divulgação
Um grave acidente de carro matou duas pessoas na manhã desta quinta-feira (28), no viaduto da Estrada Parque Guará (EPGU), que faz ligação com a Estrada Parque Indústria e Abastecimento Sul (Epia Sul). O motorista do Ford Escort GLX perdeu o controle da direção enquanto seguia sentido aeroporto e bateu contra a mureta do viaduto.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista, identificado como Vicente Cristiano de Souza, ainda foi encontrado com vida. Os militares realizaram os procedimentos de reanimação em conjunto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não houve sucesso. O óbito do homem de 75 anos foi declarado às 10h33.


Conforme os bombeiros, a outra vítima é um passageiro do veículo. É um jovem, que não havia sido identificado até esta publicação. Quando os militares chegaram para o atendimento, pouco antes das 10h, o rapaz já estava sem vida. O trânsito precisou ser interditado na região durante o atendimento.                                                                (Jornal de Brasília)
Leia Mais....

Primo confessa que estuprou Ana Iris antes de matá-la por esganadura

Foto: Myke Sena
O adolescente de 16 anos, primo da menina Ana Iris, confessou à Polícia Civil ter estuprado e matado a garota de 12 anos por esganadura no dia 10 de setembro. Segundo o relato do rapaz, após o assassinato, arrastou o corpo da vítima por cerca de dez metros, com o objetivo de ocultá-lo. O corpo de Ana Iris foi encontrado na terça-feira (27) em um matagal próximo à quadra 629 de Samambaia Norte.
O suspeito estava internado no Hospital Regional de Taguatinga (HRT) para tratar de lesões decorrentes da agressões que sofreu por populares que já suspeitavam ser ele o autor da morte de Ana Iris. Ele foi atacado a golpes de facão por dois homens e um adolescente. Moradores das redondezas dizem ter visto o rapaz saindo daquele local na madrugada do mesmo dia em que o corpo foi encontrado.


Após os últimos exames, segundo a Polícia Civil, o garoto teve alta na manhã dessa quinta-feira e foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foi cumprido o Mandado de Busca e Apreensão (MBA). Em oitiva formal, ele foi confessou ao delegado Juvenal Campos o estupro e a morte por esganadura.
O adolescente foi apreendido pelo Ato Infracional Análogo aos crimes de homicídio, ocultação de cadáver e estupro de vulnerável, pelo período inicial de 45 dias. Depois do depoimento e dos procedimentos legais, o suspeito foi levado para internação no Núcleo de Atendimento Integrado (NAI).

Menina implorou para não ser morta
Ao delegado da Delegacia de Repressão a Sequestros (DRS), Leandro Ritt, o adolescente contou detalhes do crime. “Ele fala que domingo à tarde a garota o viu ali na comunidade e começou a segui-lo. Ele foi em direção ao morro, e naquele local decidiu matá-la”, conta Ritt. Antes de ser morta, a menina implorou para que ele a deixasse viver. “Ana Iris estava de bruços, e ele a estrangulou. O jovem relata que, durante o estrangulamento, ela pediu para que ele parasse”, completa.
Segundo o delegado, os primos não tinham nenhuma relação amorosa, somente familiar. “Não havia envolvimento entre dois, porque a garota tinha somente 12 anos e com o comportamento bem infantil. A Ana Íris ainda brincava de bonecas”, conta.
Família abalada
A família está inconsolável, pois esperava um desfecho diferente para a história. O padrasto da menina, Paulo Pereira dos Santos, diz que está muito perdido e que ainda quer entender o que ocorreu. “Ela estava em algum lugar. Não estava por aqui”, desabafou, antes de começar a chorar ao lembrar da forma em que a menina foi encontrada. Foi devido à roupa que a tia da menina, a estudante Cleonice dos Santos, reconheceu a sobrinha. “Eu não queria acreditar, mas quando vi a camisa descobri que era ela”, informou.
Teriam sido dois meninos que estavam brincando no Morro do Macaco que encontraram, na beirada de um barranco, o corpo de Ana bastante rígido e queimado de sol, ainda com a roupa que ela usava quando vista pela última vez: saia e camisa da Casa Azul, a instituição onde a criança fazia balé aos fins de semana.                                               Jornal de Brasília
Leia Mais....

Mãe ameaça matar filha e marido a facadas no Gama

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida na tarde dessa quinta-feira (28), no Gama, depois de ameaçar matar seu companheiro, de 39 anos, e sua filha, de um ano e oito meses, com uma faca. A Polícia Militar foi acionada por populares que presenciaram a briga. Os policiais conseguiram conter a agressora, resgatar a criança e apreender as facas.
A jovem foi levada à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) para as providências cabíveis, junto com o parceiro. O homem contou aos policiais que a adolescente é usuária de drogas, estava passando por uma crise de abstinência, surtou, pegou uma faca e um pedaço de pau, o ameaçou com a faca e desferiu diversas pauladas em suas costas.


Em seguida, conforme o marido, ela pegou a filha e correu para a BR-290, ameaçando se matar e matar a bebê. Foi impedida pelo marido e populares. Ao retornar para casa, a adolescente pegou a criança no colo, colocou a faca no pescoço dela e ameaçou matá-la.
Policiais militares chegaram no exato momento e conseguiram imobilizar a jovem e salvar a criança. Ela foi autuada pelos atos infracionais análogos à ameaça e lesão corporal.          Jornal de Brasília
Leia Mais....

Título de Cidadão Honorário de Brasília ao Senhor Wellington Moura

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

CONVITE: SESSÃO SOLENE NA CLDF (04/10) 19:00 horas


Dep. Agaciel Maia
Plenário da CLDF
DL 2139/17
Leia Mais....

Ana Íris implorou para não ser morta, disse suspeito à polícia

Foto: Myke Sena
Raphaella Sconetto
raphaella.sconetto@jornaldebrasilia.com.br
A Policia Civil não descarta a hipótese de violência sexual no homicídio da garota Ana Iris, 12 anos, que foi encontrada morta nesta terça-feira (26) e estava desaparecida há 16 dias. O principal suspeito é um primo da menina, de 16 anos. O caso é tratado como feminicídio.


Antes de ser morta, a garota implorou para que deixasse ela viver. “De bruços, ele a estrangulou. Ela ainda pediu para não ser morta”, conta o delegado com base no relato do menor. A Polícia Civil descarta a hipótese de que ele tenha colocado fogo na menina. “O corpo não foi incinerado. Ele estava em estágio avançado de decomposição”, alega o delegado da Divisão de Repressão a Sequestros (DRS), Leandro Ritt.
Segundo o delegado,  o menor de idade confessou o crime, mas negou que cometeu qualquer abuso sexual contra a prima. “Nesses crimes de homicídio, em que há suspeita de motivação sexual, é comum que o autor inicialmente confessa somente o homicídio. Para tentar se preservar, ele nada fala a respeito de violência sexual”, aponta o delegado.
De acordo com o relato do adolescente, ele teria matado a garota no mesmo dia em que ela desapareceu – 10 de setembro. Relatos de moradores do local, no entanto, apontam que viram a menina um dia depois. “Ainda estamos investigando o que aconteceu entre domingo e terça-feira, pois uma vizinha disse que viu ela na segunda-feira, mas ela pode ter se confundido. Na versão do menor, ele relata que a matou no próprio domingo e não retomou mais ao local onde deixou o corpo”, afirma Ritt.
Segundo o delegado, os primos não tinham nenhuma relação amorosa, somente familiar. “Não havia envolvimento entre dois, porque a garota tinha somente 12 anos e com o comportamento bem infantil. A Ana Íris ainda brincava de bonecas”, conta.
Os laudos do IML para confirmar se houve violência sexual ou a presença de um comparsa no crime devem sair somente em 30 dias.
Agressão
Após o corpo ser encontrado, moradores da região chegaram a acusar o garoto de envolvimento no crime. O parente, de 16 anos, foi atacado por dois homens e um adolescente, que atingiram o jovem com golpes de facão. Moradores das redondezas dizem que ele foi visto saindo do local onde o corpo foi encontrado, por volta das 3h da manhã de ontem.
Bastante ferido, ele precisou ser encaminhado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT). No hospital, ele confessou o crime, mas disse que não violentou a vítima.
Familiares reconheceram o corpo
A família está inconsolável, pois esperavam um desfecho diferente para a história da menina que desapareceu no dia 10 deste mês, em um domingo. O padrasto da menina, Paulo Pereira dos Santos, diz que está muito perdido e que ainda quer entender o que ocorreu. “Ela estava em algum lugar. Não estava por aqui”, desabafou, antes de começar a chorar ao lembrar da forma em que a menina foi encontrada. Foi devido à roupa que a tia da menina, a estudante Cleonice dos Santos, reconheceu a sobrinha. “Eu não queria acreditar, mas quando vi a camisa descobri que era ela”, informou.
Crianças encontraram o corpo
Teriam sido dois meninos que estavam brincando no Morro do Macaco que encontraram, na beirada de um barranco, o corpo de Ana bastante rígido e queimado de sol, ainda com a roupa que ela usava quando vista pela última vez: saia e camisa da Casa Azul, a instituição onde a criança fazia balé aos fins de semana.
Violência
A população reclama que o local onde foi encontrada é muitas vezes usado como desova e para outros tipos de crimes. Lady Laura, uma das assistentes sociais da Casa Azul que atendia a menina, pede que as autoridades cuidem mais da cidade, pois isso poderia ocorrer com qualquer outra criança. “A Ana era uma menina extrovertida, fazia amizade fácil e conversava com todo mundo. É um choque tudo o que ocorreu”, disse.
RELEMBRE O CASO
Segundo os familiares, a menina havia saído com os quatro irmãos para a casa da avó. No fatídico dia, ela vestia camiseta azul e bermuda jeans.
A mãe de Ana Íris, Maria das Graças, informou, na ocasião, que a filha não tinha costume de sair de casa sem dar notícias. “A Íris gostava muito de sair para brincar, mas o máximo que ela ficou fora de casa foi até às 20h. Mesmo de dia, comecei a fechar o portão para que ela ficasse mais comigo”, desabafou.
Mais de 20 pessoas, entre familiares e amigos, estavam mobilizados para encontrar a criança.
Leia Mais....

Polícia Civil investiga líder comunitário e policiais militares por grilagem de terras


O líder comunitário Alisson Borges e três policiais militares, sendo um reformado, são alvos de uma megaoperação da Polícia Civil, deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (28). Batizada de Confraria, a ação mira também um servidor da Administração de Ceilândia.
Eles são suspeitos de envolvimento no parcelamento irregular do solo, na região do Pôr do Sol, em Ceilândia. O líder comunitário possuía um mapa da área e agia como um corretor de imóveis. Durante as diligências, os policiais ainda efetuaram a prisão de acusados de tráfico de drogas na região.​


Vasta documentação e cadastros de pessoas envolvidas no esquema de parcelamento irregular do solo foram apreendidos nas ações. Até o momento, dez pessoas acusadas de grilagem já foram presas.
Os mandados de prisão e de apreensão são cumpridos pelas equipes da 23ª DP e da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DECO), com o apoio das Divisões de Operações Especiais (DOE) e Aéreas (DOA) do Departamento de Atividades Especiais (DEPATE/PCDF) e de unidades do Departamento de Polícia Circunscricional (DPC).         www.jornaldebrasilia.com.br
Leia Mais....

PRB promoverá l Festival de Talentos da Pessoa Idosa

O evento será promovido pelo PRB Idoso, no próximo sábado (30), no auditório da Faculdade Padrão de Goiânia, às 9h
Goiânia (GO) – No próximo sábado (30), será realizado o I Festival de Talentos da Pessoa Idosa, em Goiânia. O evento será promovido pelo PRB Idoso no auditório da Faculdade Padrão de Goiânia, às 9h.
O coordenador nacional do PRB Idoso, Ricardo Quirino, destaca que o encontro tem por finalidade promover uma interação maior com a sociedade, e mostrar que o talento de uma pessoa não se perde quando ela completa 60 anos.  “O festival será realizado em atenção ao artigo 20 do Estatuto do Idoso, que prevê o direito desta parcela da população à cultura, diversão e espetáculos. É uma forma de valorizar e incentivar as habilidades artísticas e culturais dos idosos, e mostrar que o talento não é sufocado pela idade”, apontou o líder republicano.
O evento vai contar com atrações como canto, danças e desfiles. Mais informações pelo telefone (62) 3626-2489.
Texto e foto: Ascom – PRB Idoso
Leia Mais....

“O DF VIVE A SUA PIOR TRAGÉDIA COM ROLLEMBERG NO PODER”, DIZ MIGUEL LUCENA

O delegado da Polícia Civil do Distrito Federal e jornalista Miguel Lucena, pré-candidato a deputado federal, não economizou críticas ao governo Rollemberg durante uma sabatina no “Senadinho”, no Jardim Botânico. Ele disse que o crime  cresce,  que o DF vive a sua maior tragédia  social e que o único cidadão protegido é o próprio governador por ter a sua disposição cerca de 400 seguranças ligados a Casa Militar

Por Toni Duarte
O poeta e jornalista paraibano Miguel Lucena, 51 anos, e 18 anos como delegado da Policia Civil do Distrito Federal conhece de cátedra todo tipo de bandidos: o que assalta e mata a população desprotegida do DF , o que rouba o dinheiro público ou o que usa a máquina do governo em benefício próprio.
“Não há nenhuma diferença entre eles. Todos são criminosos da mais alta periculosidade e merecem cadeia, pois suas vítimas  são  as pessoas de bem”, definiu o delegado Miguel Lucena.
Ele disse que a desonesta gestão do governo Rollemberg está sendo mais cruel e devastadora do que o violento furacão Irma que varrei as ilhas caribenhas e parte da Florida, nos Estados Unidos, bem como os dois terremotos que sacudiram o México. No caminho do Irma 82 pessoas morreram enquanto 230 foram encontradas sem vida debaixo dos escombros provocados pelos abalos sísmicos.
“Se formos fazer um levantamento destes últimos três anos, o governo apocalíptico de Rollemberg conseguiu matar mais gente nas filas dos hospitais, bem como pelas mãos da bandidagem, que mata para roubar, do que todos os eventos naturais ocorridos no mundo no mesmo período do governo socialista”, comparou Lucena.
As estatísticas crescentes da criminalidade no DF são apontadas por Lucena como fruto de uma política de segurança pública equivocada comandada por um secretário de Segurança importado do Rio de Janeiro, que, segundo ele, chefiou uma polícia que só consegue descobrir 3% dos crimes.
Ele ressaltou que a PCDF é eficiente por conseguir elucidar 62% dos casos, porém se encontra em total processo de desmonte com 20 das 31 delegacias fechadas e apontou que a Policia Militar também está com seu efetivo reduzido sem contar com o desvio de função.

“Só quem conta com uma boa segurança no DF é o governador. Para onde vai tem a sua disposição 400 homens para fazer a sua segurança e de sua família”, disse.

Para ele, a Casa Militar, com 272 cargos comissionados, só serve para emparedar  o Comando Geral da PMDF e atrapalhar as políticas públicas de segurança.
O delegado afirmou que o governo Rollemberg não tem uma política de segurança  definida e capaz de combate a delinquência  e que as categorias estão desmotivadas.
Ele aponta que os recursos do Estado tem sidos empregados em políticas travestidas de direitos humanos que favorecem apenas os criminosos, e nunca as  suas vítimas  que ficam sem o amparo do Estado.
Miguel Lucena disse ser contra as visitas íntimas adotadas pelo governo Rollemberg porque está transformando as mulheres de presos em escravas sexuais dos chefões do crime que mandam nos presídios de Brasília.
“Elas são usadas como moedas de troca  para pagar dívidas contraídas  por  seus companheiros  dentro ou fora das prisões. Isso é um escarnio. Essas visitas íntimas têm que acabar. Visitas íntimas só existem em países atrasados”, disse.
Lucena afirmou que o governo Rollemberg inaugurou um conceito que faz a inversão de valores quando o assunto envolve criminosos.
Em abril deste ano ele foi exonerado por whatsapp da diretoria de Comunicação da PCDF pelo governador,  por ter emitido a opinião de que a maior parte dos crimes de estupros a vulneráveis ocorre dentro de casa.
Foi quando alertei as mulheres que tomassem muito cuidado e refletissem melhor ao levar um desconhecido para dentro de casa onde estão seu filhos e filhas. A minha declaração foi vista por Rollemberg como algo depreciativo.
O delegado ressalta que inúmeros estudos revelam que 75% de abusos contra crianças ocorrem dentro de casa  decorrente  da desestruturação familiar ou dos rodízios de parceiros eventuais. Ele disse ter acompanhado um   caso de espancamento em que a vítima vivia há dois anos com o sujeito e só conhecia o agressor pelo apelido.
“Muita gente me pergunta porque sou candidato em um momento em que a política está completamente desgastada e que os políticos são chamados de ladrões. Respondo que se as pessoas que se consideram boas, decentes e honestas não entrarem na política, os bons irão continuar sendo representados pelos maus. É preciso mergulhar na lama e transformar o DF naquilo que precisa ser transformado”, disse Lucena.                              http://www.tudooknoticias.com.br
Leia Mais....
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot