• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

GDF anuncia pagamento integral de salários de servidores públicos

sábado, 26 de agosto de 2017

Foto: Manoel Lira
Na noite desta sexta-feira (25), o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou, através de suas redes sociais, que o pagamento integral dos salários de todos os servidores do GDF está garantido no mês de setembro. Assim, os vencimentos referentes ao mês de agosto, deverão ser pagos até o quinto dia útil. O anúncio foi feito pouco depois da Justiça do DF ter proibido o Executivo de parcelar os salários do funcionalismo local.
Segundo Rollemberg, os pagamentos acontecerão porque a União depositou, às 20h02 de hoje, R$ 265 milhões do Fundo Constitucional no caixa do tesouro local. “Com isso, vamos afastar a possibilidade de parcelamento dos salários esse mês. Mas para evitar isso, para sempre, é muito importante aprovarmos, na semana que vem, o projeto que cria previdência complementar dos servidores públicos. Acaba com a segregação de massa entre os fundos, permitindo que o fundo superavitário possa ser utilizado para pagar os aposentados do fundo deficitário”, finalizou.


Na última terça (22), o GDF havia anunciado que, devido a insuficiência de recursos financeiros, os vencimentos de todos os servidores distritais que recebem acima de R$7.500 seriam parcelados a partir de setembro. Em nota, o GDF afirmou que, com o repasse da União, está garantido o pagamento no corrente mês, “embora estes recursos não garantam o pagamento integral dos próximos meses até o final do ano”.
União depositou R$ 265 milhões do Fundo Constitucional do DF
Esses recursos, informou o GDF, foram liberados após decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), para que o governo federal devolvesse dinheiro referente a aposentadorias da segurança pública. Havia entendimento, por parte do governo federal, de que esses recursos deveriam ficar retidos no Ministério da Fazenda, mas o TCU decidiu que, como integram a rubrica do Fundo Constitucional, pertencem ao DF.
Reforma da previdência do DF
Apesar da boa notícia, o polêmico projeto de reforma da previdência do DF ainda é urgente para a agenda do governo Rollemberg. Segundo o Palácio do Buriti, a meta do Executivo ainda é votar e aprovar o texto na Câmara Legislativa na próxima terça-feira (29).
Rollemberg garante que com a aprovação do texto a palavra crise será sepultada no DF. No entanto, há forte resistência por parte de servidores e uma parcela dos deputados distritais. Para eles, o GDF pretende construir um mecanismo para poder gastar livremente as aposentadorias dos servidores.                                                                                   Jornal de Brasília
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot