• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Corregedoria conclui que policial militar do DF foi morto pela própria mulher

quinta-feira, 6 de julho de 2017
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Investigações da Corregedoria-Geral da Polícia Civil do DF podem causar reviravolta no caso da morte do sargento da Polícia Militar Daniel Quezado Amaro, ocorrida na noite de 24 de fevereiro de 2016. Segundo reportagem do site Metrópoles, a mulher do militar, Mirtes Gomes Amaro, que é agente da Polícia Civil, foi indiciada por homicídio qualificado pela morte do marido, contrariando a versão dela própria de que ele havia se matado.
De acordo com a reportagem, a Polícia Civil decidiu pelo indiciamento no dia 10 de junho deste ano e enviou o inquérito ao Ministério Público do DF. O caso corre em sigilo e a denúncia ainda deverá ser oferecida à Justiça.
O corpo do militar foi encontrado em seu apartamento, no Sudoeste. Na ocasião, uma grande mobilização de viaturas da PM e do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para o local, o que chamou atenção de moradores da região. Após o ocorrido, Mirtes chegou a afirmar, em depoimento, que Quezado teria cometido suicídio na frente dela.
Em nota, a PM lamentou a morte do sargento e afirmou que ele era querido e admirado por todos, além de ser “reconhecido pelo profissionalismo, entusiasmo e presteza”.             Fonte:Jornal de Brasília
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot