• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Inacreditável! Fla leva a virada em quinze minutos, vê Furacão vencer e dá adeus à Libertadores

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Flamengo sofreu a virada do time argentino na base do abafa, enquanto o Atlético-PR vencia a Católica, também de virada, por 3 a 2, no Chile

A palavra inacreditável ganhou um sentido diferente e ainda mais forte após a partida do Flamengo. O time carioca perdeu de virada por 2 a 1 para o San Lorenzo, viu o Atlético-PR vencer a Universidad Católica também de virada no Chile, e está eliminado de forma precoce ainda na primeira fase da Conmebol Libertadores Bridgestone. Como prêmio de consolação, o time ficou no terceiro lugar e está ‘classificado’ para a Conmebol Sul-Americana.
Tudo ia bem para os lados do time carioca. Com uma postura rígida em campo e de muita marcação, o Flamengo se mostrou melhor nos primeiros minutos mesmo recebendo forte pressão do San Lorenzo. Rodinei, iluminado e carismático, anotou o primeiro gol do duelo. O lateral aproveitou sobra de bola e acertou chute de primeira para abrir o marcador.          A partir daí, a partida ficou confortável para o time da Gávea. Com o 1 a 0 em vantagem e com a parcial vitória da Católica sobre o Atlético-PR no Chile, o time carioca estava mais do que garantido na fase de mata-mata. Porém, no segundo tempo a partida mudou e muito por conta das alterações do técnico Zé Ricardo.
Com a vantagem no placar, Berrío deu lugar a Rômulo. Com isso, o Flamengo perdeu o fôlego no ataque e dependia quase que exclusivamente das descidas de Rodnei pela direita. Diego Aguirre, precisando de dois gols, colocou o time à frente e mandou Cristian Barrios e Berguessio a campo.
Isso fez com que o San Lorenzo sufocasse o time brasileiro. Em lance isolado na direita, o inexperiente Matheus Sávio perdeu bola boba, viu o cruzamento ser feito para Angeleri anotar o empate de cabeça. O Nuevo Gasômetro se tornou um grande caldeirão e empurrou o San Lorenzo de vez ao ataque. Zé Ricardo chamou o experiente Juan e colocou mais um zagueiro em campo, assumindo a posição de retranca.
O ‘pecado’ veio aos 47 minutos do segundo tempo. Em bate rebate dentro da grande área, a bola sobrou com Beluschi, que entrou de carrinho e viu a bola passar embaixo de Muralha. O gol serviu para levar o time argentino ao delírio e à classificação para as oitavas de final da Libertadores.                                                                                                             Fonte:http://www.foxsports.com.br
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot