• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

ONs e OFFs Sandro Gianelli (17/04)

segunda-feira, 17 de abril de 2017
Laços mantidos

O deputado federal Rôney Nemer (PP) iniciou sua carreira política como administrador do Recanto das Emas. Recentemente o parlamentar visitou as obras do Instituto Federal de Brasília (IFB) da cidade. O parlamentar destinou recursos para reformar a antiga cidade dos meninos, complexo que atendia crianças e adolescentes em situação de risco. A cidade dos meninos estava abandonada e em breve terá uma unidade do IFB.















Duplicação das rodovias

Um dos maiores impedimentos para a duplicação das rodovias em todo o Brasil são as liberações de licenças ambientais. As duplicações são obras complexas e com longo período. Essas obras, além de auxiliarem no desenvolvimento do País, reduzem drasticamente os índices de acidentes e mortes nas rodovias. Um exemplo claro e próximo da nossa realidade são as ‘sete curvas’, trecho da BR-060, que liga o DF à Goiânia e que após a duplicação praticamente acabou com os acidentes que antes eram rotineiros. No Brasil, os processos de licenciamento geralmente levam no mínimo dois anos. A boa notícia é que está em andamento uma medida que poderá dar um ponto final neste empecilho e facilitar a liberação de diversas obras em todo o País.

Dois pesos e duas medidas

As medidas tomadas pela justiça foram bem distintas. O caso de Orlando foi arquivado. O de Negreiros não. Ambos receberam doações legais. Por ter um foro diferenciado, o processo de Orlando foi arquivado, já o de Negreiros sequer foi analisado e deve seguir a mesma linha de Orlando. Negreiros declarou a Coluna que acredita que seu caso, assim como o de Orlando, deverá ser arquivado.

Contas aprovadas

A delação premiada envolvendo o deputado distrital Robério Negreiros (PSDB) sequer foi para a Justiça Eleitoral. O caso foi encaminhado direto para o Tribunal Eleitoral Federal (TRF) da 1ª Região. A justificativa é que não se trata de doação irregular ou caixa 2. Negreiros recebeu uma doação legal, aprovada pelo TRE.

Casos parecidos

Outro político que teve seu nome envolvido nas delações foi o ex-ministro dos esportes, Orlando Silva (PCdoB), que hoje é deputado federal por São Paulo. Orlando e Robério tiveram casos parecidos, praticamente a mesma situação. Já o tratamento foi diferenciado. No caso de Robério, o delator declarou não conhecer o parlamentar e nem ter interesse em investir em distritais. Na delação de Orlando, o delator afirma que o ex-ministro esteve em seu escritório.











Cadê a prevenção? - Moradores de Sobradinho 2 reclamam de uma invasão que apareceu na AR 22 da cidade.
Envie fotos da sua cidade, críticas, sugestões ou denúncias pelo WhatsApp (61) 98406-8683

Mudou geral

A nova mesa diretora da Câmara Legislativa deu um giro de 360 graus no que diz respeito a publicidade institucional da Casa. São várias ações, além de uma nova coordenadoria de comunicação, está em andamento uma licitação para a contratação de novas agências de publicidade e também novas regras para o cadastro de veículos de comunicação.

CPI da saúde

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Câmara Legislativa está prestes a chegar ao fim. Quem não se lembra do seu início cinematográfico, envolvendo escândalos, denúncias e intimações? Vamos aguardar o relatório final e torcer para que haja mudanças positivas para a população do DF.

Entorno

Rotina normal

O governador Marconi Perillo (PSDB) esteve no município de Águas Lindas de Goiás para vistoriar a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da cidade. Na última semana, Marconi teve seu nome confirmado na lista do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator da Lava Jato. A delação não abalou a rotina de trabalho do governador de Goiás.

220 milhões em investimentos.

“É uma obra de extrema importância para todos, que atenderá os princípios de saúde e cuidado com o meio ambiente. Poucos municípios do Brasil têm um sistema tão moderno, resultado da parceria entre o Governo de Goiás, GDF e prefeitura de Águas Lindas, esta última, tem uma importante participação na consolidação do sistema de esgotamento sanitário”. 













Três perguntas para... 












Diego Sorgatto
Deputado Estadual (PSB/GO)

Qual é a sua opinião sobre o Entorno indicar candidatos para a chapa majoritária ao Governo de Goiás?

Já passou da hora! A nossa região tem peso populacional, econômico e eleitoral para compor qualquer chapa majoritária ao Governo de Goiás. Só não pode ser qualquer nome, ele ou ela devem ter trânsito político, experiência na vida pública, credibilidade, idoneidade moral, densidade eleitoral e apoio nos diversos municípios da região. 

Você é favorável à criação do Estado do Entorno?

A questão não é ser contra ou a favor. Se por um lado haveriam custos para a construção de um novo centro administrativo, padronização de documentos oficiais, veículos oficiais etc. por outro lado teríamos orçamento próprio e acesso ao FPE (Fundo de Participação dos Estados), precisamos amadurecer, mas a princípio sou simpático à ideia.

Como deputado estadual qual é a maior dificuldade em ajudar o Entorno?

Não é exatamente uma dificuldade. A nossa região elegeu em 2014, 4 deputados. Hoje um é prefeito, outro é conselheiro do TCM e a outra integra desde o início o Poder Executivo. Esse fator me tornou a única voz do entorno na Assembleia Legislativa e é claro deixa mais frágil a posição política da região, embora isso não nos esmoreça.                                             Fonte:alo.com.br/
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot