• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

CLÃ RORIZ

terça-feira, 25 de abril de 2017
Futuro da mais tradicional família política do DF é incerto
FOTO: REPRODUÇÃO DA INTERNET
                       Liliane Roriz (PTB) pode ficar inelegível por até 12 anos. Na semana passada, distrital foi condenada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) a 4 anos, 5 meses e 8 dias de prisão em regime semiaberto, além do pagamento de multa, Liliane está inelegível. A ampliação da pena se daria caso ela não consiga reverter a sentença em recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Com a possibilidade de Liliane não tentar uma vaga na política local, o clã Roriz pode ficar sem representantes após as eleições de 2018. Apesar de ter ainda a simpatia de uma boa fatia do eleitorado brasiliense, o ex-governador Joaquim Roriz, pai da parlamentar, foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por ter renunciado ao cargo de senador para escapar da cassação. Assim, só poderá se candidatar em 2026, quando terá 90 anos.
A irmã de Liliane, Jaqueline, foi condenada por improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do DF e Territórios devido à suposta participação no esquema de corrupção conhecido como mensalão do DEM e também está fora da disputa.
A provável principal aposta da família é Joaquim Roriz Neto. O filho de Jaqueline teve 29,4 mil votos e ficou em 14º lugar na votação para deputado federal. 
Da redação do Alô
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot