• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Comemorações dos 57 anos de Brasília terão artistas locais como destaque

quarta-feira, 29 de março de 2017
Após ganhar projeção nacional em reality show, banda brasiliense Scalene foi uma das atrações do ano passado. Foto: Kleber Lima
Jéssica Antunes
jessica.antunes@jornaldebrasilia.com.br
As comemorações do aniversário de 57 anos de Brasília vão durar 14 dias e serão espalhadas pela capital. No ano em que completam-se 30 anos de inclusão da cidade na lista de Patrimônio Cultural da Humanidade da Unesco, o foco será na cultura popular tradicional e urbana. Para isso, a Secretaria de Cultura disponibilizará R$ 264,5 mil para as contratações de 29 artistas locais. O valor, 21,6% maior que o ano passado, não inclui gastos com infraestrutura. Atrações nacionais podem compor a programação.
“A cultura popular não pode sair do nosso campo de visão e de ação. Desta vez, queremos salientar a importância de olharmos para as nossas raízes, para a riqueza cultural de Brasília, que representa a diversidade da cultura brasileira. Por isso, as ações neste ano serão descentralizadas, começando pela Casa do Cantador e convergindo tudo para uma grande celebração no coração da cidade”, explicou o secretário Guilherme Reis.
Saiba mais
  • No ano passado, Brasília comemorou 56 anos com shows de Nação Zumbi, Plebe Rude, Scalene e Móveis Coloniais de Acaju na Torre de TV. A celebração incluiu mostras de arte e a apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional no Teatro Sesc do Gama. Para os cachês, a Secretaria investiu R$ 217,5 mil e R$ 550 mil em estruturas.
  • A comemoração do ano passado foi mais cara do que 2015, quando o GDF investiu R$ 650 mil em 57 eventos. Em 2014, foram gastos R$ 12,6 milhões.
Assim como aconteceu no réveillon, o GDF diz que priorizará atrações locais, mas não descarta grandes nomes nacionais. “O foco é valorizar a produção local e da forma mais democrática e transparente que temos, que é por meio de chamamento público. Diria que mais de 90% das atrações serão as nossas pratas da casa, mas estamos negociando para os shows da Torre de TV alguma ou algumas atrações nacionais que tenham relação próxima com a cidade. Queremos enfatizar a afirmação da nossa identidade cultural”, afirma o secretário de Cultura.
Chamamento
Um edital de chamamento público foi lançado ontem para compor a programação. As inscrições vão até abril para seleção dos 29 profissionais que realizarão apresentações e atividades relacionadas com a cultura popular tradicional e urbana.
Serão profissionais da música, dança, teatro, circo, contação de histórias e outras expressões culturais. Segundo a pasta, a menos de 30 dias do evento, ainda não está fechado o valor que vai para o pregão para contratação de estrutura.
Obras podem contornar abandono
Para o secretário Guilherme Reis, “os olhos do mundo se voltam para Brasília” pelo aniversário como patrimônio cultural da humanidade, significando que é preciso cuidar da cidade. “E estamos fazendo isso”, garante. Ele exemplifica com as obras do Espaço Cultural Renato Russo, do Centro de Dança, da Biblioteca Pública de Brasília e dos complexos culturais de Samambaia e de Planaltina. Reis ainda destaca a pintura do Museu Nacional e a futura instalação de ar-condicionado na Biblioteca Nacional.
“Ainda teremos a qualquer momento a licitação do Museu de Arte de Brasília e estamos avançando com soluções para recuperação do Teatro Nacional. Mas é importante que os equipamentos públicos estejam também ocupados, com programação ativa. A proposta do Aniversário de Brasília deste ano busca mostrar que temos um patrimônio vivo”, valoriza.
PROGRAMAÇÃO
14 a 16 de abril
Encontro da Rede de Pontos e Pontões de Cultura na Casa do Cantador, com debates, apresentações artísticas, exibição de filmes e entrega dos prêmios do Fundo de Apoio à Cultura.
17 a 23 de abril
Feira de Cultura Tradicional Indígena no Memorial dos Povos Indígenas.
18 de abril
Atividades de educação patrimonial no Centro Cultural 3 Poderes.
19 de abril
Atividades de educação patrimonial no Museu do Catetinho; Exibição de Martírio, ganhador do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, no Cine Brasília; Abertura de exposição comemorativa dos 10 anos do Museu Nacional.
20 de abril
Atividades de educação patrimonial e exposição de artes visuais no Museu Vivo da Memória Candanga; Apresentações nas estações do Metrô.
20 a 23 de abril
Festival de Filmes Curtíssimos no Cine Brasília.
21 e 22 de abril
Shows e concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro.
28 de abril
Poderes da Arte – Edição especial comemorativa do Aniversário de Brasília no Centro Cultural 3 Poderes.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot