• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

De olho em 2018, Rollemberg prepara redistribuição de espaços no governo

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Foto: Myke Sena
Millena Lopes
millena.lopes@jornaldebrasilia.com.br
Começou um novo tempo no Governo do DF. Dizem que ele foi inaugurado ontem, com a ida do governador Rodrigo Rollemberg à Câmara Legislativa, na abertura do ano legislativo. No discurso de 45 minutos, ele fez um balanço dos dois anos de gestão e leu a lista de prioridades do Palácio do Buriti para a Casa: Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCub), Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos), Novo Código de Obras e o projeto que trata da permeabilidade do solo. A intenção do governo é estabelecer relações políticas mais fortes. Afinal, 2018 vem aí.
Aliados dizem que 2017 será diferente para o governo. E, para estabelecer uma relação amistosa com os deputados distritais, o governador está disposto a fazer uma redivisão de “espaços de poder”, conforme o secretário das Cidades, Marcos Dantas, que ainda atua na articulação política de Rollemberg. “O governador veio aqui para dar um recado claro de que ele está mais próximo da política, dos partidos e da Câmara”, explicou, no fim da sessão.
Saiba mais
  • Durante a sessão que inaugurou o ano legislativo, Joe Valle convidou o governador para um café da manhã, na próxima terça-feira, com a presença de todos os deputados, na Câmara Legislativa.
  • O parlamentar explicou que a intenção do encontro é estreitar as relações entre Legislativo e Executivo, para que ambos os poderes trabalhem em comum acordo para o crescimento do Distrito Federal e para o bem-estar do cidadão. “Com o entendimento entre os dois poderes, o único beneficiado, será o povo do Distrito Federal”, afirmou.
  • Assim que o governador deu as costas ao plenário, deputados de oposição se apressaram em criticar o discurso do chefe do Executivo.
  • “É muito triste ouvir falar de herança maldita no terceiro ano de mandato”, disse Celina Leão (PPS), uma das que se manifestaram. Agaciel Maia foi o único a defender.
Neste ano, contou Dantas, o Executivo “quer ter mais perenidade nas relações políticas”. Para isso, busca formar uma base “mais coesa e em sintonia permanente” com o governo. “Para que a base esteja mais presente naquilo que for de interesse do Executivo”, reconheceu.
O governo começou o ano amargando duas derrotas na Câmara: a posse de Joe Valle (PDT) na presidência, que derrotou Agaciel Maia (PR), o candidato preferido do Buriti; e a aprovação do decreto legislativo que derrubou – por dez dias – o reajuste das passagens do transporte público. Agora, atua nos bastidores para construir acordos para a composição das comissões permanentes da Casa.
Nas negociações, entram novos cargos no primeiro escalão, já que uma reforma administrativa vem sendo gestada no Palácio do Buriti. “Isso tudo está sendo estudado. Entendo que este é um momento de arrancada do governo. Portanto, o governador deve está fazendo avaliações. Se tiver mudança, é para melhorar ou dar outra perspectiva à gestão”, concluiu Dantas.
“Apreço e respeito”
Na sessão inaugural, o chefe do Executivo ouviu atentamente o discurso de Joe Valle, que pregou respeito e independência entre os poderes. “Não existe Legislativo forte sem mandatos fortes”, pregou.
Na saída, Rollemberg minimizou qualquer rusga com os parlamentares. “Sempre tive uma relação de muito apreço e muito respeito com a Câmara Legislativa, onde iniciei minha trajetória política”, disse, na saída do Plenário, enquanto era seguido por um exército de secretários, assessores e deputados da base – a exemplo da sempre fiel Luzia de Paula (PSB).
“Tenho aqui grandes e bons amigos”, continuou o chefe do Executivo. “É absolutamente natural minha presença aqui, fazendo a prestação de contas desses dois anos e apresentando aquilo que consideramos mais importante para o debate de 2017”, disse.
Depois de ter brigado pessoalmente pela eleição de Agaciel Maia para a presidência da Casa, o governador fez questão de lembrar a mizade com Joe Valle, embora tenha preterido o nome dele para o comando. “A eleição passou. Joe valle é uma pessoa que reúne todas as condições de ser um excelente presidente. É meu amigo pessoal de muitos anos”, ressaltou.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot