• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Buscas por mulher e filha levadas por correnteza de rio continuam nesta segunda

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016
Mulher e filha somem depois de serem levadas por correnteza no Rio São Bartolomeu (Foto: Kleber Lima/JBr)
Manuela Rolim
manuela.rolim@jornaldebrasilia.com.br
Uma mulher de 34 anos e a filha, 10, desapareceram depois de mergulhar no rio São Bartolomeu, no Núcleo Rural Capão Comprido, em São Sebastião, por volta das 16h deste domingo (04). As duas foram levadas pela correnteza e, até a publicação desta reportagem, não foram encontradas. O Corpo de Bombeiros empregou 23 militares, sendo cinco mergulhadores, além de uma aeronave, para o trabalho de buscas. A atividade teve de ser suspensa às 20h20 por falta de iluminação e será retomada na manhã desta segunda-feira (05), às 6h.
Segundo o esposo de Ana Cristina Ribeiro dos Santos, o mestre de obras Francisco Mesquita, 59, ela estava nadando na companhia dos quatro filhos, quando todos foram surpreendidos pela força da água. Um menino de 13 anos conseguiu sair sozinho. O outro, de 15, também conseguiu se salvar e ajudar a irmã, de 12 anos, a deixar o rio. Devido ao esforço, ele ficou com vários arranhões pelo corpo.
Apreensiva, a família acompanhou o trabalho dos bombeiros de uma ponte no km 23 da BR-251, no bairro São Bartolomeu. “Ainda temos esperança”, diz o mestre de obras. Segundo Francisco, o grupo foi passar o dia na casa de um amigo que mora região. As vítimas vivem no Riacho Fundo II.
“Viemos olhar um terreno para planejar uma obra. Minha mulher gosta muito de tomar banho de rio junto com os meninos e até já são acostumados. De repente, o mais velho chegou todo machucado contando que a mãe e a irmã haviam sido levadas”, relata ele, que é pai de criação das quatro crianças. “Eu acredito que ela está salva em algum canto por aí”, completa Francisco.
O mestre de obras Francisco Mesquita tem esperança de encontrar esposa e enteada vivas (Foto: Kleber Lima/JBr)
Atordoado, o filho mais velho detalha os momentos que antecederam o desaparecimento da mãe e da irmã, Alessandra dos Santos Rodrigues. “Elas desceram mais um pouco e foram surpreendidas pela correnteza. Só lembro delas gritando socorro. Por sorte, consegui salvar a outra irmã. Pedi para ela pegar no meu pescoço e quase me afoguei também”, conclui.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot