• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

SALÁRIOS ATRASADOS - Merendeiros da rede pública entram em greve

sexta-feira, 21 de outubro de 2016
FOTO: SINDISERVIÇOS-DF/DIVULGAÇÃO
Após reunião nesta quinta-feira (20), cerca de 500 merendeiros da rede pública ensino do Distrito Federal, terceirizados da empresa Planalto, decidiram entrar em greve e afirmam que só retornarão aos postos de trabalho quando receberem o salário e o tíquete-alimentação de setembro. O dinheiro está atrasado desde 7 de outubro.
A paralisação deve afetar os serviços de merenda nas escolas públicas de Plano Piloto, Cruzeiro, Sobradinho I e II, Varjão, Candangolândia, Riacho Fundo I e II, Sudoeste, entre outras localidades.
Cerca de 100 profissionais participaram da reunião desta terça-feira (20), na Praça do Aposentado, no Conic. Outros 60 trabalhadores estiveram concentrados em frente à Regional de Ensino de Sobradinho. O grupo fará uma nova reunião com a direção do Sindiserviços-DF, sindicato responsável pela categoria, nesta sexta-feira (21), às 8h, no mesmo local. O objetivo é traçar estratégias para que possam aumentar a pressão sobre a empresa e o GDF.
Atrasos recorrentes
De acordo com o Sindiserviços-DF, até o momento, nem a empresa nem o governo se manifestaram quanto ao pagamento do salário e benefício. Ainda de acordo com o sindicato, os atrasos são recorrentes. Em média, cada cozinheiro recebe salário no valor de R$ 1.760,69, mais R$ 27,50 de tíquete-alimentação por dia trabalhado.
A Secretaria de Educação do DF informou que o repasse à empresa Planalto está previsto para sexta-feira (21).                                                                      Fonte:www.alo.com.br/
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot