• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Pró-DF na berlinda

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Por pressão de parte do setor produtivo, a Câmara Legislativa estuda derrubar o decreto do governo responsável pela regulamentação do Pró-DF. A questão é extremamente polêmica. Publicado no ano passado, o decreto prorrogou o prazo para adequação de 1.816 empresas. Caso venha a tombar, todas cairão no limbo jurídico e perderão os benefícios do programa. Por outro lado, segundo empresários, o decreto gerou distorções no programa prendendo os empreendimentos às obrigações Pró-DF além das regras iniciais.
A versão do GDF
Segundo o secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes, a pressão pela queda do decreto parte do mais puro desejo pela especulação imobiliária. “Poucos empresários querem receber os imóveis com 90% de desconto e não pagar as contrapartidas. Não querem gerar emprego e renda no prazo de cinco anos. Querem vender o terreno por 10 vezes o valor que pagaram”, critica. De acordo com Bernardes, o decreto só foi publicado para prorrogar o prazo de regulamentação das ditas 1.816 empresas. Mesmo que seja derrubado, a lei do Pró-DF continuará valendo, com as mesmas regras. O problema é que, se ele cair na totalidade, 1.816 empresas ficarão sem cobertura, querendo ou não.
A versão dos empresários
Em sentido oposto, o presidente da Associação Comercial do DF, Cleber Pires, julga que o Pró-DF deixou de ser atrativo para o setor produtivo há muito tempo. Para Pires, o decreto gerou uma grande insegurança jurídica para os empresários. “Depois de cumprir todas as obrigações, os empresários podem ficar presos ao programa mesmo depois de receber a titularidade dos terrenos. Isso está errado. O mercado tem que ser livre. Este governo só sabe cobrar impostos e atrapalhar. Já caminhamos para 15 mil empresas fechadas neste ano. Eu queria saber do secretário de economia: Quantos empresas o governo atraiu para o DF nestes últimos dois anos?”, questiona Pires.
No fio da navalha
A polêmica sobre o corte de ponto para servidores públicos em greve ainda é uma ferida bem aberta no DF. Por 6 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal julgou e autorizou o gestor público a descontar os dias parados por mobilizações. No entanto, segundo o líder do PT na Câmara Legislativa, Wasny de Roure (foto), a tese aprovada pela Corte veda a suspensão de vencimentos nos casos em que a paralisação foi engatilhada por conduta ilícita do Poder Público. Do ponto de vista do parlamentar, esta é, precisamente, a situação do DF, onde servidores ensaiam uma greve geral para cobrar recomposições salariais do governo Rollemberg.
Inadmissível
Wasny frisa que as recomposições de diversas categorias brasilienses foram aprovadas por lei específica. Por isso, o distrital considera que, neste caso, o GDF não pode lançar mão do martelo do Supremo. “É inadmissível, em virtude da mora do Governo de Brasília em quitar os direitos líquidos, certos e legais aos nossos servidores”, escreveu Wasny em nota pública.
As chagas da corrupção
O juiz Sérgio Moro (foto), responsável pelos julgamentos em 1ª Instância da Operação Lava Jato, publicou nas redes sociais a leitura de um discurso do ex-presidente dos EUA Theodore Roosevelt. A citação é uma reflexão sobre as chagas provocadas pela corrupção em um país. “Não existe crime mais sério do que a corrupção. Outras ofensas violam uma lei, enquanto a corrupção ataca as fundações de todas as leis”, leu Moro.
Sem carta branca
“Não autorizei ninguém a falar em meu nome”, disse Cristiano Araújo (PSD). Citado nas investigações da Operação Drácon, o deputado distrital afirmou que não autorizou ninguém a falar em seu nome em busca de favores. Segundo a assessoria do parlamentar, em nenhum momento Araújo autorizou os deputados Julio Cesar (PRB), Bispo Renato (PR) ou qualquer outro colega do Legislativo para falar em nome dele de que estaria pressionando empresários em busca de benefícios, conforme afirmou o presidente da Asbraco, Afonso Assad, em depoimento ao Ministério Público. Se declarando inocente, Araújo enfatizou que jamais procurou o empresário.
Doces para a garotada do Noroeste
Fez o maior sucesso o cartaz que organizou o Dia das Bruxas — ou Halloween, como se queira — no Noroeste. Avisava que as crianças do bairro percorreriam os blocos de todas as quadras pedindo doces, como aliás se faz também em São Cosme e Damião. Para os moradores pão-duros ou politicamente corretos, uma advertência: “fruta não é doce”. A turma do Noroeste falou e disse, como se nota.                                                                       Fonte:http://www.jornaldebrasilia.com.br/blogs-e-colunas/do-alto-da-torre
Leia Mais....

Atadura no lugar da máscara


Reprodução
A imagem de um médico usando uma atadura como máscara cirúrgica improvisada causou comoção nas redes sociais, ontem. De acordo com a denúncia de servidores do Hospital Regional de Santa Maria, faltam materiais básicos e simples na unidade. Uma caixa de máscara descartável com 50 unidades custa menos de R$ 10, em uma pesquisa rápida junto aos distribuidores. Pela falta do item, servidores dizem que resta utilizar a máscara mais cara, a N95, que tem em estoque. Uma unidade da máscara mais elaborada custa quase o mesmo valor de uma caixa da outra, a que está em falta.
Capotes compartilhados
Capotes cirúrgicos também são compartilhados no hospital, dizem os servidores. Eles deveriam ser de uso individual e, compartilhados, facilitariam as infecções cruzadas e exporiam os profissionais a bactérias.
Trapalhadas
Em nota, a Secretaria de Saúde do DF diz estranhar a situação e confirmou que a máscara to tipo N95 tem em estoque e irá apurar “por que o profissional não a usou”. Quando confrontada com a informação de que as básicas é que estão em falta, a pasta limitou-se a dizer que não seria possível disponibilizar uma pessoa para falar sobre o assunto, “já que as áreas técnicas não trabalham no fim de semana”.
Hospital de guerra
Relato de uma servidora do Hospital Regional de Ceilândia ao deputado distrital da oposição, Chico Vigilante (PT): “No berçário, só na semana passada, foram cinco óbitos. Será que o motivo é a falta de medicamentos e insumos? Um recém nascido tem ficado até 10 dias com o mesmo equipo, enquanto que o protocolo é que seja trocado a cada 72 horas”.
Falta tudo
A servidora classifica a unidade de saúde como “hospital de guerra”. E diz que, lá, há pessoas espalhadas por todos os lados. “Qualquer cantinho vira leito, qualquer espaço, cadeira, banco de madeira, vira cama. Impossível prestar um atendimento com o mínimo de dignidade onde falta tudo”, relata.                                                                       Fonte:JBr
Leia Mais....

CPI da Saúde faz blitz no Hospital de Base e denuncia irregularidades


Hugo Barreto
Eric Zambon
eric.zambon@jornaldebrasilia.com.br
O SindSaúde convocou membros da CPI para apurar o sumiço de um tomógrafo no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). De acordo com o sindicato, o aparelho estava em pleno funcionamento quando foi substituído sem motivo por um novo. Durante a visita, o grupo percorreu outras alas da unidade e constatou diversos problemas e a precariedade nas condições de atendimento.
O tomógrafo que motivou a ida foi encontrado em uma sala do ambulatório. Conforme a denúncia inicial, ele teria sido deixado em um depósito, mas teve de ser devolvido por falta de pagamento do aluguel. O aparelho, então, teria sido lacrado e escondido na sala.
O grupo seguiu pelo ambulatório e conversou com servidores, que reclamaram das condições de trabalho. Na ala de exames oftalmológicos, por exemplo, o deputado Wellington Luiz calculou que quase seis mil pessoas deixaram de ser atendidas nos últimos dois meses devido à falta de manutenção nos aparelhos. Segundo a técnica do local, ainda existe o problema da falta de ar-condicionado em algumas salas, o que obriga os profissionais a receber pacientes de portas abertas.
“Muitos outros equipamentos estão em desuso há muito tempo mesmo com manutenção de baixo custo”, criticou o presidente da CPI, que levantou a bola para discussão sobre o impeachment de Rodrigo Rollemberg. “Vamos fazer um relatório, convocar algumas pessoas para que respondam pelo caos que vimos aqui. Existem vários instrumento, inclusive (podemos acusá-lo) de improbidade administrativa.”
Na sala de eletrocardiograma, que avalia o coração e é pré-requisito para que pacientes estejam aptos a vários tipos de cirurgia, a servidora Maria das Graças se revoltou. Ela relatou falta de papeis para concluir os exames e afirmou já ter pegado o próprio carro para conseguir o material em outras unidades de saúde.
“Estou cansada de reclamar. A direção até me ouve e fala com a Secretaria, mas fica tudo na mesma”, criticou a funcionária. A mulher ainda denunciou que outros hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) muitas vezes se recusam a ceder materiais, mesmo tendo de sobra.
Hugo Barreto
Leia Mais....

ONS e OFFs Celson Bianchi (31/10)

?Voltou

Idealizado pelo deputado distrital Agaciel Maia (PR), o programa Jovem Candango vai ser retomado pelo GDF. Serão 1,6 mil vagas para novo ciclo de aprendizagem, que começará em dezembro. O programa Jovem Candango foi instituído em abril de 2013 e já beneficiou mais de 10 mil jovens. O Jovem Candango promove a entrada de jovens em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho por meio de órgãos públicos do DF.

Voltou 2

A faixa etária dos beneficiários do Jovem Candango é de 14 a 18 anos e os adolescentes devem estar matriculados em escolas da rede pública. “É uma grande conquista iniciarmos a segunda edição, sinal de que o programa fez com excelência o seu papel, que é garantir a permanência do jovem na escola, capacitando-o e gerando renda para as famílias. “Lutei muito pela criação do programa Jovem Candango e continuo trabalhando pela permanência, manutenção e avanço. Acredito que esse é caminho para tirar os jovens das ruas e formar futuros grandes profissionais”, destacou o deputado Agaciel Maia.

Divulgação

Defesa

O deputado Delmasso (PTN) tem defendido o retorno do monitoramento eletrônico nas cidades, a exemplo do que havia no Itapoã. “Precisamos monitorar a criminalidade. Só se faz segurança pública com inteligência e policiais nas ruas.  Além disso, para reduzir a violência, é necessário investir em educação em tempo integral, saúde de qualidade para a população e proporcionar a todos acesso à Justiça, por meio do fortalecimento da Defensoria Pública”, disse.

Procura-se

A divulgação de um dos depoimentos do delator na Caixa de Pandora, dando conta de que teria injetado R$ 60 milhões na pré-campanha de Arruda, embora sem nenhuma prova, tenta impressionar os ministros do STJ. Além disto comprova a tese de um dos réus, o empresário Paulo Octávio, de que seu envolvimento com Arruda só começou na campanha de 2006, desmontando boa parte da denúncia. O delator nunca foi bonzinho por acaso, há inclusive a suspeita de que através de um deputado federal, PO tenha construído boas pontes. Mas o que impressiona também foi a narrativa sobre uma pesquisa em que Paulo Octavio estaria com quase 50% de intenção de votos. Um delírio, posto que esta pesquisa jamais existiu. Já as mentiras sim, que tiram a cada dia a credibilidade da delação.

Não passou batido

O presidente nacional do PTB fez questão de prestigiar a filiação e posse do ex-distrital Alirio Neto no cargo de dirigente local da legenda no Distrito Federal.

Celson Bianchi

Consumidor

Em comemoração aos 16 anos do Programa Justiça Comunitária do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) será lançada a Cartilha do Direito do Consumidor no dia 4 de novembro, às 15h, no auditório da Universidade de Brasília, Campus Ceilândia. A cartilha foi elaborada através de uma parceria entre o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/DF), o TJDF e a Defensoria Pública. “A Cartilha do Consumidor vai alertar e auxiliar o cidadão a fim de protegê-lo para evitar situações desagradáveis que podem acontecer antes, durante e depois da aquisição de um produto ou serviço”, destaca a diretora do Procon, Ivone Oliveira

Apoio ao turismo

O deputado Wasny de Roure (PT) esteve com o secretário-adjunto de Turismo, Jaime Recena, para relatar que no último dia 6 de outubro, foi lançada na Câmara Legislativa do Distrito Federal a Frente Parlamentar em Defesa dos Turismo do Distrito Federal. O lançamento aconteceu durante comissão geral, realizada no plenário da Câmara para debater o fortalecimento da indústria do turismo. O Turismo é visto uma das principais atividades propulsoras de desenvolvimento econômico, social ecultural, de forma direta ou indireta, e hoje é apresentado como um setor capaz de impulsionar a melhoria da qualidade vida da população. O estímulo ao crescimento do setor é decorrente de investimentos em infraestrutura básica. Nesse sentido, com objetivo de fomentar o turismo em nossa cidade foi criado em 2007 o Fundo de Turismo do Distrito Federal, destinado a prover recursos às atividades de promoção do turismo no DF.

Esporte

O deputado distrital Julio Cesar (PRB) vai realizar em 4 do novembro, às 19h, no Plenário da CLDF, Audiência Pública para debater o Projeto Legalize agora Brasil, que conta com o apoio da União dos Clubes de Brasília - UCB. Para o parlamentar é uma forma de contribuir para que  os adeptos de carros rebaixado e customizados busquem junto às autoridades maneiras de utilizar os veículos dentro da legalidade.

Reprodução

Reflexão do dia

“É inacreditável, mas os moradores do Gama precisaram fazer abaixo-assinado para tentar sensibilizar o governador a reativar a pediatria do hospital da cidade”.  Chico Vigilante (PT) - Deputado Distrital

Reprodução-Facebook
Leia Mais....

Restaurante Dragão fecha as portas após 33 anos

domingo, 30 de outubro de 2016
Kleber Lima
Manuela Rolim
manuela.rolim@jornaldebrasilia.com.br
A notícia pegou os clientes de surpresa. Depois de três décadas fazendo história no setor gastronômico da capital, o restaurante Dragão fecha as portas hoje. Com sede no Conic, o estabelecimento, famoso pelos pratos tradicionais da culinária chinesa, encerra uma longa temporada no centro da cidade com happy hour especial. A loja do Brasília Shopping, entretanto, seguirá aberta.
Para o proprietário Carlos Namba, o segredo do sucesso ao longo dos 33 anos de funcionamento do negócio é o mesmo: honestidade. Além disso, garante ele, o sabor é inquestionável. “Durante oito anos, buscamos definir e estudar sobre a cozinha chinesa tradicional. Não queríamos ser mais um no mercado, onde o produto oferecido costuma ser gorduroso. Ao contrário da fama que ganhou, a comida chinesa é, sim, muito bem preparada, saudável, diversificada e com um bom custo”, afirma.
Prestes a encerrar as atividades, Namba lembra do dia da inauguração. “Foi em 1983. Aqui, já funcionava um restaurante chinês, mas o proprietário era coreano. Eu mesmo era cliente assíduo. Desde então comecei a trazer cardápios do mundo inteiro para ajudar a melhorar a qualidade dos pratos. Três meses depois, comprei o estabelecimento”, conta.
Para os frequentadores do Dragão no Conic, o sabor vai deixar saudade. “Meu filho era bebê e nós já vínhamos almoçar aqui. Depois, veio o outro filho e continuei trazendo eles. O que mais atrai é a comida, é maravilhosa. Existem outros restaurantes chineses na cidade, mas nada se compara ao que o Dragão serve. Recebi a notícia com muita tristeza”, afirma a empresária Silvana Noronha.
Não por acaso, ela e o restante da família resolveram se despedir do local em um grande almoço, ontem. “Chamamos todo mundo. Não posso sair daqui hoje (ontem) sem pedir o rolinho primavera, o arroz colorido e a banana caramelizada. Comia quando estava grávida”, lembra.

Clientes inconformados
Emocionados, os clientes fizeram questão de relatar o vínculo que foi criado não apenas com o estabelecimento, mas também com o dono do negócio. “Venho ao Dragão, pelo menos, duas vezes por mês. Conheci o restaurante logo na abertura e me tornei amigo do dono, que foi fotógrafo da Veja na época em que lutava nas lideranças indígenas”, declara o líder indígena Marcos Terena, ressaltando a falta que a cozinha vai fazer. “O cardápio é bom e a amizade com o proprietário é ótima. É uma perda para Brasília”, finaliza.
Quem também reagiu ao fim das atividades do restaurante foi o engenheiro Estefan Machado. “Venho aqui há 30 anos. É tradicional, gostoso e acolhedor”, analisa. Desde que tinha dois anos, ele frequentava o local com a família. “Vinha carregado em uma cadeirinha, mas vinha. O dono poderia ter pensado em passar para outra pessoa ao invés de fechar. Seria muito bom”, conclui.
A analista legislativa Wanessa de Melo Franco compartilha a opinião. “Já são três gerações da minha família que frequentam o Dragão. Fiquei muito triste. Comentei com o pessoal do trabalho e até postei no facebook. Era uma referência”, observa.

Saiba mais
Localizado no centro da capital, entre o cruzamento dos eixos Rodoviário e Monumental, o Setor de Diversões Sul (SDS), popularmente conhecido como Conic, ainda aguarda uma revitalização que nunca saiu do papel. Inaugurado por volta de 1967, ou seja, sete anos após a inauguração de Brasília, o local reúne restaurantes e bares tradicionais da cidade.
Por muito tempo, no entanto, o Conic teve sua imagem marginalizada pela violência, tráfico de drogas e prostituição, cenário que vem mudando a cada dia. Hoje, o local é palco de eventos importantes da capital. (JBr)
Leia Mais....

Colisão frontal deixa três pessoas feridas na DF-001


Divulgação/CBMDF
Uma colisão frontal deixou três pessoas feridas na DF-001, próximo ao Clube da Marinha, na manhã deste domingo (30). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o condutor de um dos veículos, de 26 anos, foi encaminhado ao Hospital Regional do Paranoá com escoriações pelo corpo e face.
O motorista do outro veículo, que não foi identificado, também foi encaminhado para o hospital da região pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ainda não se sabe o estado de saúde dele.
O passageiro de um dos automóveis, de 23 anos, foi transportado para o Hospital Regional do Paranoá com luxação no tornozelo, dor no tórax e ferimento na cabeça.
O trânsito no local ficou congestionado e precisou ser desviado para o acostamento. A via ficou aos cuidados da Polícia Militar. (JBr)
Leia Mais....

Gabriel Jesus deixa Verdão sem marcar gol em clássicos

Divulgação/Ag Palmeiras
Maior revelação das categorias de base do Palmeiras nos últimos anos, Gabriel Jesus deixará o Palmeiras sem ao menos ter feito um gol em clássicos estaduais. Na última oportunidade que tinha, o atacante passou em branco na derrota do Verdão para o Santos, por 1 a 0, neste sábado, na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Gabriel Jesus defendeu o Palmeiras em 19 clássicos, sendo nove contra o Santos, seis diante do São Paulo e mais quatro frente ao Corinthians. Em nenhum deles, contudo, o camisa 33 deixou sua marca, apesar de ser o artilheiro do Verdão na temporada, com 20 gols, 11 deles na Série A.
Segundo o técnico Cuca, o jogador de 19 anos está sofrendo uma oscilação de desempenho, além de estar sendo mais marcado por seus adversários. Por isso, o comandante alviverde buscará reabilitá-lo para seus últimos cinco jogos antes trocar o Palmeiras pelo Manchester City, da Inglaterra.
“É uma oscilação, ele está sendo muito marcado. Tentei ele como centroavante, depois na esquerda, depois na direita… Ele não conseguiu encontrar o espaço dele. Tem dias que é assim. Não estava em um dia feliz, mas isso acontece com qualquer grande jogador. Independentemente de ser jovem, continua sendo fundamental para nós. Cabe a mim recuperá-lo para que possa ser um diferencial na reta final”, explicou Cuca.
Além de estar convivendo com uma seca de gols – não marca desde o dia 14 de setembro, no empate por 1 a 1 com o Flemengo, ou sete jogos -, Gabriel Jesus tem falhado disciplinarmente, levando muitos cartões amarelos no ano. Só no Brasileirão são 10, sendo o último recebido neste sábado, com a partida já encerrada na Vila Belmiro.
Na saída do campo para o vestiário, o atacante não escondeu a irritação com a arbitragem e desabafou contra Dewson Fernando Freitas da Silva.
“Acho que ele deixou um pouquinho a desejar em relação ao tempo. Goleiro demorando muito, o David Braz também, a gente querendo jogar… Quando estávamos empatando, não estávamos fazendo isso. Hoje foi muito injusta nossa derrota, jogamos mais, criamos mais. Sempre vai ser difícil jogar aqui, mas acho que hoje merecemos a vitória”, lamentou o jogador.
A cinco rodadas para o término do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras é líder, com 67 pontos, cinco a mais que o segundo colocado Flamengo. O próximo adversário é o ameaçado Internacional, no próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), no Palestra Itália. (JBr)
Leia Mais....

Marcelo Crivella é eleito prefeito no Rio de Janeiro


REUTERS/Ricardo Moraes
O senador Marcelo Crivella (PRB) está matematicamente eleito para a prefeitura do Rio com 59,16% dos votos válidos. O candidato da bancada religiosa vence Marcelo Freixo (PSOL), que contabiliza 40,84% dos votos válidos na capital fluminense.
O Rio foi às urnas neste domingo, 30, depois da mais dura campanha de sua história recente, marcada por ataques que misturaram religião, política e discussões sobre raça, gênero e sexo.
Favorito, Crivella, bispo licenciado da Igreja Universal, passou os últimos anos tentando descolar sua imagem da instituição e defendendo em tolerância, cercando-se de intelectuais de esquerda e personalidades do samba e até de religiões afro-brasileiras. Enfrenta o socialista Freixo, que procura se livrar da pecha de radical, aproximando-se de economistas liberais e rejeitando a associação de seu nome aos black blocs, acusação que enfrenta desde as manifestações de 2013.
Para o cientista social Paulo Baía, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), essa foi uma disputa atípica. O primeiro turno foi marcado pela discussão da “não política”, em que os candidatos procuraram desqualificar os políticos e partidos e prometeram governo “não partidário e não ideológico”, diz.
“No segundo, mudou o cenário. Usaram o que chamo de publicidade de combate. As campanhas foram muito agressivas na desconstrução do adversário. Políticas e projetos ficaram de lado, fortalecendo o descrédito da população com a política.”Ataque e contra-ataque. O segundo turno começou com debate morno entre Crivella e Freixo. A partir de então, o socialista passou a receber a colaboração de ex-assessores das campanhas do PMDB e do PSDB e mudou a sua estratégia, conforme o Estado revelou. A aposta foi na desconstrução de Crivella. Chamou a atenção para seus aliados, como o ex-governador Anthony Garotinho (PR), e reproduziu vídeo em que o evangélico recebe apoio de família de milicianos.
O senador se viu acuado. Passou a se recusar a participar de debates. Nas ruas, não respondia mais a perguntas dos repórteres. As pesquisas indicavam que a estratégia de Freixo surtiu efeito e a vantagem para o rival começava a cair.
Houve o acirramento da campanha, em que Freixo foi apresentado como defensor de black blocs, do aborto, acusado de ter embolsado parte do dinheiro arrecadado para ajudar a família do pedreiro Amarildo de Souza e de nepotismo, por ter supostamente conseguido emprego para a ex-mulher em um gabinete do PSOL. Na pesquisa seguinte, eles apareceram estacionados e a diferença só voltou a cair no levantamento deste sábado, 29.
Fonte: Estadao Conteudo
Leia Mais....

POLICIAIS MILITARES ENTREGAM CESTAS BÁSICAS PARA ONG EM SAMAMBAIA

sábado, 29 de outubro de 2016
Sensibilizados com a comunidade de Samambaia, depois da devastação ocorrida na cidade onde várias casas tiveram seus os telhados arrancados, após chuva forte, no início deste mês, policiais militares do 6º, 9º, 11º Batalhão e da Banda de Música da Polícia Militar do DF, entregaram 37 cestas básicas na ONG Casa Azul, localizada na 315 de Samambaia. 
A ideia partiu depois que o subtenente Saldanha viu uma matéria sobre a tragédia publicada pelo Centro de Comunicação Social  da PMDF, na página oficial da PMDF e o motivou a criar um grupo no Whatsapp para convidar pessoas da sociedade brasiliense a doarem cestas básicas. Participaram da arrecadação, além da PMDF, a Polícia Civil, Banco do Brasil, STJ, MEC, entre outros órgãos e amigos civis.
Segundo a coordenadora da ONG Casa Azul, a senhora Adriana, a Polícia Militar tem sido sempre uma parceira nas ações promovidas pela entidade e, que graças a parceria, os jovens carentes de Samambaia estão tendo uma oportunidade a mais para terem uma vida melhor, mais saudável e com mais dignidade.
A ONG atende, diariamente, aproximadamente 800 crianças e adolescentes com idade entre 6 e 18 anos. Lá, os garotos tem gratuitamente aulas de dança de rua, balé, música, além de apoio escolar.
"Estamos fazendo a nossa parte. Se todos fizerem um pouquinho, no final tudo dará certo. Queremos apenas ajudar a motivar a solidariedade entre as pessoas", disse o subtenente Claudemir.
Por fim, os policiais seguiram até a quadra 515, onde uma família, que também teve o telhado de sua casa totalmente arrancado, ganhou uma pequena ajuda dos policiais, o que deixou o morador muito emocionado e feliz. "Quero agradecer todos vocês, pois a minha preocupação era de ter onde se esconder do sol e da chuva, além de comer. Graças a Deus estou conseguindo. Meu muito obrigado!", disse emocionado, o Senhor Judivan.


Leia Mais....

Divisão pró e contra governo fica evidente em sessão da CPI


Wellington acha estranho que membros da CPI tentem impedir certos procedimentos
A sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Câmara Legislativa do Distrito Federal realizada nesta quinta-feira (27), começou com bate-boca entres o presidente da Comissão, deputado Wellington Luiz (PMDB) e os distritais Lira (PHS) e Agaciel Maia (PR) da base de governo.
Todo estresse entre os parlamentares foi causado por um requerimento indeferido por Agaciel, Lira e Luzia de Paula (PSB). O documento solicitava a quebra de sigilo fiscal, telefônico e bancário da Organização Social (OS) Icipe (Instituto de Câncer Infantil e Pediatria Especializada), atual gestora do Hospital da Criança.
Agaciel que votou contra o pedido disse se preocupar com a exposição desnecessária do hospital neste momento. “A gente tem que ter muito cuidado se há a necessidade de espremer ou estrangular uma instituição que está prestando um serviço. Uma Organização Social que cura crianças no Distrito Federal pode simplesmente dar as costas e ir embora, analisou.
Welligton rebateu o comentário do republicano afirmando que o requerimento busca apurar supostas irregularidades. “Me causa estranheza quando parlamentares ligados ao governo tentam, de alguma forma, impedir que informações sejam apresentadas, disse.
A defesa do empresário, Afonso Assad, depoente marcado para ser ouvido hoje pela CPI e que veio munido de Habeas Corpus, solicitou que a oitiva fosse em caráter reservado. Os membros aprovaram caráter de sessão secreta.  Fonte:omonumental.com.br/
Leia Mais....

“Teremos Nome Na Disputa A Um Cargo Majoritário”, Anuncia Alírio Neto, Ao Assumir O PTB

CB.Poder
À Queima Roupa
Alírio Neto, presidente do PTB-DF

Qual é o projeto político discutido com Roberto Jefferson no convite para que você assumisse a Presidência do PTB-DF?
Queremos tornar o PTB competitivo, eleger pelo menos dois deputados distritais e aceitar na legenda quem teve entre dois mil e oito mil votos em outras eleições. Mas também teremos nome na disputa a um cargo majoritário, de vice, senador ou governador.

Essa meta inclui a deputada Liliane Roriz, que está filiada ao partido?
Sim. Liliane é candidata a deputada federal para cima. A gente sabe que a família Roriz tem um potencial de votos muito grande e isso precisa ser buscado.

O PTB tem nome para disputar o GDF?
O convite é para que colocássemos essa possibilidade. Temos tempo de televisão, 3 minutos e 20 segundos, e quadros.

A campanha começou mais cedo?
Acredito que a insatisfação geral com o atual governo faz surgirem nomes na disputa. Muita gente começa a se posicionar. Até os próprios aliados já começam a se colocar.

Como quem?
O vice-governador (Renato Santana) diz que seu partido (PSD) tem nome na disputa: Rogério Rosso.

Rosso foi convidado para o evento de sua posse como presidente do PTB-DF?
Foi, sim. Mas não apareceu. Acredito que tem muita gente com vontade de vir para a oposição, mas está se preservando, esperando o momento certo, até porque quem participou da chapa de Rollemberg tem obrigação de ajudá-lo a governar.

A sociedade demonstra que quer renovação e ética na política. Roberto Jefferson, que cumpriu pena no mensalão, não está na contramão dessa vontade?
Ele cumpriu pena, sim. Mas pagou um preço alto por ter iniciado, com suas denúncias, um processo de renovação na política. Acredito que todo esse movimento que chegou ao impeachment começou com as denúncias do mensalão. Roberto Jefferson teve coragem de colocar o dedo nessa ferida da corrupção.
Leia Mais....

Filippelli Divulga Nota De Esclarecimento


Caros amigos.
Escrevo, primeiro, para agradecer as manifestações de solidariedade. Depois, para dizer que estou indignado, mas tranquilo diante das notícias veiculadas, desde ontem, sobre a decisão da Justiça, no sentido de tornar-me inelegível por oito anos.
A decisão não é definitiva e cabe recurso. Por óbvio, recorrerei.
Chamo a atenção para alguns aspectos, importantes. O material que deu origem a está ação foi publicado em uma página de difícil acesso, onde ninguém que quisesse de fato tirar proveito político ou midiático, como sugere a ação, publicaria.
Além disso, é muito sintomático que o autor dessa ação seja o atual governador, Rodrigo Rollemberg. Denota algo de desespero de alguém que não consegue conduzir o DF por um bom caminho, mas não quer perder a oportunidade de criar obstáculos para potenciais adversários em 2018.
Tais aspectos justificam a minha indignação, mas, mais do que isso, me estimulam ainda mais a ir buscar uma avaliação mais criteriosa da Justiça, em uma instância superior. É o que farei.
Conto com a companhia e com a solidariedade de todos vocês. O caminho é cheio de obstáculos, mas a caminhada vale a pena.
Um abraço,
Filippelli.
Leia Mais....

30 de outubro, Dia do Comerciário

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

No final de outubro é comemorado o Dia do Comerciário, esses profissionais que ajudam a movimentar a economia. Seja como vendedor, no atendimento ao cliente, na gestão, no setor administrativo, nas entregas ou na gerência, balcão, caixa, todos têm um papel fundamental no sucesso da empresa.                                                                               Moura dos Comerciários  é conhecedor das necessidades da categoria , por atuar por mais de 20 anos no comércio do DF, como funcionário e posteriormente como sindicalista , que não media esforços para defender os comerciários , ele está sempre visitando o comércio e conversando com os trabalhadores , não mais como sindicalista , mas como amigo dos comerciários.                                                                                          Moura se entristece com a falta de vontade política dos políticos do DF, que não abraçam a causa dos comerciários que sofrem nas mãos dos empresários.  
                                                                                                                                                             “Os comerciários merecem todas as homenagens nesta data, pelo trabalho tão importante que desempenha no dia a dia”.
                                                                                                                                          Parabéns a todos os comerciários e obrigado pelo importante papel que exercem em nossa sociedade .
Leia Mais....

Roosevelt Tenta Apagar Incêndios Provocados Por Rollemberg E Exige Respeito Aos Bombeiros Militares

Suplente do PSB, o bombeiro militar Roosevelt Vilela (PSB) tem cobrado atitude do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) em relação aos bombeiros do Distrito Federal. Nos bastidores, ele tem sido duro com o chefe do Executivo, e tem cobrado mais diálogo e cumprimento de promessas para a categoria .
Também tem cobrado que o governador cumpra acordos com a base aliada, que anda pra lá de insatisfeita com as atitudes, inércia, arrogância  e trapalhadas do governo.  Roosevelt tem sido constantemente procurado por distritais irritados com Rollemberg.
Segundo informações, o  governador Rollemberg ouve muito mas consegue ser pior do que seu antecessor, Agnelo Queiroz (PT), na hora de tomar decisões importantes. Por outro lado, Roosevelt já conseguiu conquistar a admiração de parlamentares, presidentes de partidos e até de assessores palacianos por sua postura de tentar ajudar o governo a sair da crise política e administrativa  que já dura quase dois anos.
Por outro lado, ao menos cinco partidos estão de olho nos votos de Roosevelt. O PSB corre o sério risco de não conseguir reunir uma nominata de peso em 2018. Poderá não eleger nenhum distrital, assim como ocorreu em 2014, mesmo tendo feito o governador. O PSB-DF definitivamente não parece ser um partido sério.  Doutor Gutemberg que o diga…



Fonte: Donny Silva
Leia Mais....

Empresário Confirma Pedido De Propina De Assessor Do Deputado Bispo Renato

O depoimento do empresário Afonso Assad ao MPDFT ocorreu em julho deste ano. Aos promotores, o empresário afirmou que se reuniu com pelo menos dois distritais: Bispo Renato Andrade (PR) e Julio Cesar (PRB). Depois, foi procurado por Alexandre Braga Cerqueira, então assessor de Bispo Renato, que teria pedido propina em nome dos parlamentares, segundo o depoimento.



Fonte: Donny Silva
Leia Mais....

ONS e OFFs Celson Bianchi / 27/10

Três perguntas para o Deputado Distrital Bispo Renato
?Celson Bianchi: Com a proximidade do Dia do Servidor Público, comemorado em 28 de outubro, como você vê a situação atual dos servidores no Distrito Federal (DF)?

Bispo Renato Andrade: O servidor público vive uma crise muito específica com a atual gestão. Houve momentos, em governos passados, que o servidor precisou se manifestar para ser ouvido, mas nada nesta proporção que passa hoje. Infelizmente o governador já mostrou que não valoriza devidamente o trabalho do servidor de carreira e isso complica muito a qualidade do serviço público no DF. Entendo que o pagamento dos atrasados, o reajuste salarial e a livre manifestação são apenas o primeiro passo para que o servidor comece a ver um avanço neste diálogo entre as categorias e o poder executivo. Quero estar enganado, mas no meu entendimento, não será nesta gestão que isso vai acontecer.

CB: Na sua opinião, qual deveria ser o primeiro passo do governo para melhorar esta situação?

RA: Para começar, o governador precisa parar de planejar o gasto do dinheiro público com futilidades, como a viagem do secretário de Turismo para Las Vegas, ou então com pautas impopulares, como a implantação das Organizações Sociais no sistema público de saúde do DF. É hora de rever a gestão do Estado e começar a trabalhar por um serviço público de qualidade. Falta pessoal nas escolas, nos hospitais. É preciso contratar mais servidores para suprir essa defasagem. Na última terça-feira, 25, o servidor público conseguiu uma grande vitória na Câmara Legislativa do Distrito Federal, que foi a derrubada dos vetos à Lei de Diretrizes Orçamentária, que impedia a nomeação de novos servidores. Se dependesse do governo, não haveria nomeação em 2017, ou seja, é o serviço público ficando mais uma vez em segundo plano. Não podemos e não vamos deixar isso continuar! É hora de o governador parar e rever suas atitudes, antes de que fato seja tarde demais.

CB: O servidor público gostaria de comemorar sua data. Há o que comemorar neste 28 de outubro?

RA: É difícil responder essa pergunta, pois não vejo nenhum avanço recente, que permita comemoração. Mas o Dia do Servidor Público é uma data justa e merecida. Assim como comemoramos o Dia do Professor ou o Dia do Médico, há sim a necessidade de reconhecermos o trabalho do servidor, e o 28 de outubro está aí para isso, para lembrarmos e valorizarmos este ofício. É uma pena que o governador não dê motivos para alegria. O sentimento do servidor, hoje, é de insatisfação e descontentamento. Mas desejo que esta situação possa ser revertida. Acredito no trabalho do servidor e sempre vou defendê-lo. A esperança não pode morrer. Parabéns pelo seu dia, servidor!

Bianca Lima

Ensino médio

A Comissão Mista, que analisa a medida provisória que reformula o ensino médio no Brasil, presidida pelo deputado federal Izalci Lucas (PSDB/DF), definiu, na última terça-feira (25), o plano de trabalho para as próximas semanas e preestabeleceu a data de 30 de novembro para encerramento dos trabalhos. 

Ensino médio 2

Neste prazo, cerca de 40 convidados da área de Educação deverão ser ouvidos nas audiências, que, a princípio, serão semanais, e já estão agendadas para os dias 1º, 9, 16 e 23 de novembro. O presidente da Comissão, Izalci Lucas, concorda com a data e o plano de trabalho que foi estabelecido pelo relator, senador Pedro Chaves (PSC/MS), e afirmou que caso este tempo não seja suficiente para ouvir a todos - que serão divididos em 8 convidados por audiência, este prazo será reavaliado. “Não temos dificuldade alguma em estender o prazo caso haja necessidade. Se preciso for, faremos audiências de segunda a domingo, mas este assunto é urgente e não pode mais esperar”, completou o deputado. 

Ensino médio 3

Izalci destaca que é importante que o texto seja aperfeiçoado na comissão, mas lembra que o tema já foi debatido por pelo menos 4 anos no parlamento antes de vir a ser uma Medida Provisória. “O texto da MP 746 é bastante semelhante ao de projeto de lei que tramitou durante anos na Câmara, com o apoio de praticamente todos os partidos e relatado pelo PT. As críticas da oposição não fazem sentido, já que eram a favor do projeto”, disse. 

Ensino médio 4

Sobre as duras críticas que vêm sofrendo sobre o assunto da reformulação ser analisado por meio de uma Medida Provisória, o tucano afirma que a forma de debate é o que menos importa. “Criticam o meio pelo qual a reforma está sendo feita, por MP. Mas isso é o de menos. O importante é fazer as mudanças tão necessárias para salvar o ensino médio”, finalizou.

Emperrado

Quando uma empresa não funciona bem, seu dirigente máximo deve adotar providências imediatas pra fazê-la funcionar. Uma das primeiras medidas é trocar a diretoria. E se não funcionar vai descendo na hierarquia, até que funcione. No serviço público deveria acontecer a mesma coisa. Se o governo não funciona, o governante deve tomar decisões e encontrar alternativas pra que funcione. Trocar secretários, presidentes, administradores, diretores e gerentes é medida que se impõe. Ninguém aguenta mais esta paralisia. Afinal, governo emperrado, cidadão indignado.

Tiro na água

A tentativa do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) de desqualificar os peritos que apontaram edição mas fitas apresentadas pelo delator da Caixa de Pandora e na escuta ambiental do equipamento da Polícia Federal (PF), cujo controle de ligar e desligar o aparelho também estava sob seu controle, enfrenta agora uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Tudo porque a perícia que derrubou as provas da Operação Monte Carlo foram referendadas pelo STF e os peritos são os mesmos. Assim a suspeita de que além das edições nas fitas de vídeos já comprovadas também por testemunhas, a escuta ambiental também tenha sido cortada no interesse da acusação, cujo trabalho dos peritos só mereceu elogios. Nem mesmo a tentativa de desqualificar o conteúdo da fita gravada na justiça, quando da conversa não republicana entre juiz e promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) parece ter chance de ser acolhida a menos que se façam ouvidos moucos.

Reflexão do dia

“28 horas sem luz!! 28 horas!!! E esta semana tem aumento na conta de luz. Pagamos caro por um serviço péssimo.  Aí sou a favor de abrir o mercado como fizeram com a telefonia. Está ruim? Troca de operadora. Mas e hoje qual a opção? Pagar e continuar a vida. A Ceb, Companhia Energética de Brasília, precisava de intervenção!”  Luiz Carlos Braga - Jornalista 

Divulgação/Facebook
Leia Mais....
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot