• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Hospital Regional do Gama deixa de atender pediatria

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Francisco Nero
Da Redação, com Agência Brasília
redacao@jornaldebrasilia.com.br
Oserviço de emergência pediátrica do Hospital Regional do Gama foi transferido para o Hospital Materno-Infantil de Brasília (Hmib), na Asa Sul. Com isso, a unidade no Gama passa a receber apenas crianças em estado gravíssimo e internações dos pacientes transferidos pelo Hmib, que terá acesso a 20 leitos no hospital regional. A mudança, iniciada na quarta-feira, é temporária.
Durante o dia, em casos simples, a Secretaria de Saúde recomenda procurar atendimento nos centros de saúde de Santa Maria e do Gama, com as equipes da Estratégia Saúde da Família.
Classificação
De acordo com a pasta, são feitos de 150 a 200 atendimentos pediátricos diariamente no Gama. Desses, 10% são classificados como gravíssimos, e 75% poderiam ser direcionados para a atenção primária.
O superintendente da Região Sul, Marcelo Alexandrino, garante que a população não ficará desassistida. “Fizemos um pacto entre as unidades de saúde para que as crianças recebam o atendimento necessário.”
Segundo ele, a medida vai vigorar até que seja concluída a contratação de novos pediatras. A unidade tem hoje 12 médicos da especialidade, mas quatro estão em licença para tratamento de saúde, segundo o governo.
De acordo com informações da Casa Civil, existe um processo em andamento para que cinco pediatras sejam nomeados e lotados no hospital do Gama. Esses profissionais são do último concurso e pediram posicionamento em final de fila.
Nomeações na próxima semana
O ato de nomeação de cinco pediatras para o Gama deve ser encaminhado na semana que vem para assinatura do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. Além disso, o Ministério Público do DF e Territórios autorizou a contratação de pediatras temporários. A seleção deve ser publicada ainda neste mês, e a previsão é de que sejam chamados, pelo menos, 137 profissionais. Entre eles, 30 especializados em neonatologia, ou seja, em bebês com até 28 dias de vida.
Saiba Mais
Também houve mudanças recentemente em Ceilândia. A Unidade de Pronto- Atendimento (UPA) da região passou a concentrar o atendimento de clínica médica, que era feito no hospital regional da região administrativa.
Agora, todos os moradores que precisarem de assistência nessa especialidade deverão se dirigir exclusivamente à UPA. As emergências em cirurgia geral, ginecologia, odontologia, ortopedia e pediatria permanecem no hospital.
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot