• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Comissão de Economia, Orçamento e Finanças CEOF aprova passe-livre para atletas do Distrito Federal

terça-feira, 31 de maio de 2016


“Tenho certeza que depois de aprovado aqui, o governo atentará para o tema… Disse o distrital Rafael Prudente – PMDB
A Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) aprovou, na manhã desta terça-feira (24), projeto de lei que institui o passe-livre para atletas no sistema de transporte público do DF. O PL nº 23/2015, de autoria do deputado Júlio César (PRB), prevê a concessão do benefício a qualquer atleta filiado à federação, à associação ou à liga de sua respectiva modalidade e consiste em gratuidade no uso de qualquer veículo do sistema de transporte público para o deslocamento de ida e volta entre a residência ou trabalho até o local de treinamento.
O deputado Prof. Israel Batista (PV) discordou do argumento de Wasny e votou a favor do PL. “Quando um deputado apresenta um projeto de lei com vício de iniciativa, ele ao menos contribui para que o tema seja discutido e evidencia os anseios da sociedade. É uma forma de pressionar o Executivo a tomar uma posição. Foi exatamente o que aconteceu com a lei do cinto de segurança, apresentada por um parlamentar, em flagrante vício de iniciativa, mas que trouxe à pauta a necessidade da regulamentação, que acabou sendo depois adotada. O vício de iniciativa representa uma inconstitucionalidade meramente formal”, observou.A proposta foi aprovada com quatro votos favoráveis e uma abstenção do deputado Wasny de Roure (PT). “O mérito do projeto é inegável, mas já há decisão judicial declarando a inconstitucionalidade desse tipo de matéria, por vício de iniciativa. O ideal seria que o autor da matéria, que é líder do governo, convencesse o GDF a enviar para esta Casa um projeto com o mesmo teor”, justificou o petista.
Rafael Prudente (PMDB) seguiu a mesma linha em sua fala. “Tenho certeza que depois de aprovado aqui, o governo atentará para o tema e enviará o projeto de lei orçamentária com os devidos ajustes para comportar essa finalidade”, disse. Fonte: Bancariosdf.
Informa Tudo DF
Leia Mais....

POLÍCIA MUDA, JÁ ADMITE O ESTUPRO E PRENDE OS DOIS PRIMEIROS


POLÍCIA MUDA DE ATITUDE E ATÉ JÁ COMEÇA A PRENDER OS CRIMINOSOS

O CHEFE DA POLÍCIA CIVIL, FERNANDO VELOSO, E A DELEGADA TITULAR DA DELEGACIA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE VÍTIMA, CRISTIANA ONORATO BENTO (FOTO: REPRODUÇÃO/TVS)
A Polícia Civil do Rio de Janeiro finalmente decidiu agir, prendendo os dois primeiros suspeitos de participar do estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos de idade, na favela conhecida por Morro da Barão. Raí de Souza, 22, entregou-se na Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, no Centro, enquanto Lucas Perdomo Duarte, jogador de futebol do Boa Vista, que "ficava" com a vítima, foi detido em um restaurante no Centro do Rio. Outros quatro bandidos estão foragidos.
titular da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) Cristiana Onorato Bento, delegada responsável pela investigação do estupro coletivo de uma jovem de 16 anos no Morro da Barão, na zona oeste, disse nesta segunda-feira, 30, não ter dúvidas de que o crime aconteceu. Segundo ela, as imagens da jovem registradas em vídeo e divulgadas nas redes sociais são provas de que houve estupro praticado por, pelo menos, três pessoas.
“Minha convicção é que houve estupro. Tanto que está no vídeo. Quero provar agora é a extensão desse estupro. Se foram cinco, dez, trinta”, afirmou a delegada, em entrevista coletiva ao lado do chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso e outros policiais que acompanham o caso.
O chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, explicou que a investigação se debruça sobre dois momentos: o vídeo, que mostra provas e envolvimento de alguns suspeitos, e o momento anterior, do estupro coletivo denunciado, que está na fase de coleta de provas e depoimentos. Não há "prova técnica", segundo ele, da participação de 33 pessoas.
Para a Polícia Civil, porém, é claro que houve estupro coletivo, porque o vídeo mostra um homem tocando a adolescente e há vozes de outros no mesmo ambiente.
De acordo com a perita legista do Instituto Médico Legal (IML), Adriane Rego, não foi constatada violência física no exame. No entanto, ela ressaltou que o exame foi feito cinco dias depois do ocorrido.
Cristiana Bento explicou que o fato de o exame físico não constatar lesão na vítima não quer dizer que não houve o crime. “Nesse tipo de investigação, pode não ter acontecido lesão e haver estupro; e pode ter acontecido lesão e não ter acontecido estupro”, explicou. “Se ela estava desacordada, não vai ter lesão, porque ela não ofereceu resistência”.
Sobre o vídeo, os suspeitos podem ser indiciados por estupro de vulnerável e produção, armazenamento e distribuição de pornografia com menores de idade, de acordo com os artigos 240 e 241A do Código Penal.
fonte: Diáriodopoder
Leia Mais....

GDF mantém concursos, mas nomeações vão esperar


Mesmo pressionado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, Buriti preserva provas de admissão e garante o pagamento de reajustes marcados para outubro a servidores
Francisco Dutra

Mesmo no limite prudencial das despesas com pessoal na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) o GDF manteve a promessa de pagar os reajustes para servidores públicos em outubro deste ano. Concursos estão mantidos, mas nomeações ficam em ponto morto até que as contas públicas voltem à normalidade, com exceções só nas áreas de Saúde, Educação e Segurança. 
Hoje, a fila de espera soma o drama de 79.980 de aprovados em vagas previstas em editais e em cadastro reserva.
“Os reajustes foram concedidos em um período anterior a este governo. Foram aprovados anteriormente. Há um entendimento da Procuradoria-Geral do DF que a gente estar acima da limite prudencial não seria em um empecilho para que nós pudéssemos pagar esses reajustes em outubro”, garantiu o secretário da Fazenda, João Antônio Fleury (foto). O impacto na folha de pagamento seria sentido a partir de novembro e atingiria R$ 100 milhões. Na projeção dos aumentos ao longo de 12 meses, eles custarão, no total, R$ 1 bilhão.
Com a arrecadação aquém do esperado, a solução do Buriti para honrar os compromissos com os servidores parte principalmente do contingenciamento de despesas iniciado em janeiro desde ano. Segundo o relatório fiscal do 1º quadrimestre de 2016, atualmente 47,08% da receita corrente líquida, que representa tudo o que o GDF consegue arrecadar, está comprometida com pagamento de pessoal. Em números concretos, o DF arrecadou R$ 18,8 bilhões e gastou R$ 8,8 bilhões.
O limite prudencial é de 46,55%. Caso os gastos ultrapassem o limite emergencial, de 49%, o GDF ficaria sem possibilidade de conceder os reajustes. Segundo Fleury, o governo vem adotando medidas para diminuir as despesas e aumentar a arrecadação. Mesmo com a crise nos cenários político e econômico nacionais, o secretário afiançou que a perspectiva de arrecadação do Buriti é positiva para os próximos meses. Em 2015, diversas categorias entraram em greve por reajustes e novos concursos. O movimento praticamente paralisou o DF. Os servidores só voltaram a trabalhar quando o Buriti prometeu que discutiria a concessão das recomposições em outubro deste ano, especialmente sobre os salários.
Somam quase 80 mil os que esperam na fila
Para evitar entrar em rota de colisão com concurseiros e servidores o GDF está mantendo os editais. Afinal, não existe  proibição legal na LRF  para abertura dos concursos, a questão está na nomeação.   Mas a estratégia tem um ponto crítico, pois  candidatos aprovados em vagas previstas no edital têm o direito de brigar pela nomeação  na Justiça. Hoje, aproximadamente, 38 concursos deixaram de  preencher todos os postos oferecidos e quase 80 mil esperam em filas.  
No caso do cadastro reserva, para eventuais vagas abertas pelo Executivo após o concurso, não existe este direito. Por isso,  o GDF prorrogou  até 2018 o prazo para convocação de oito concursos então  próximos do vencimento. As nomeações em Saúde, Educação e Segurança dependem de surgimento de vagas por aposentadorias e  vacâncias.   
Segundo o secretário da Fazenda, o Executivo não pretende enviar projetos de aumentos de impostos neste ano para a Câmara.   Mesmo com as contas públicas na “corda bamba”, o governo  continua afirmando que não haverá atraso nos pagamentos dos servidores e  os salários continuarão a ser depositados no 5º dia útil de cada mês.   
Pendência de R$ 1 bilhão
Sobre a dívida, a dívida de R$ 3,5 bilhões herdada da gestão de Agnelo Queiroz, Fleury contou que a pendência com fornecedores está na casa de R$ 1 bilhão. A meta do governo Rollemberg é saná-la no próximo ano. “Dívida esta, que não foi contabilizada. Não foi incluída em restos à pagar”, alfinetou o secretário. Dentro dos próximos meses, o Buriti espera honrar o compromisso de pagamento de  R$ 200 milhões em pecúnias de licenças-prêmio para 2.200 servidores.
Ponto de vista
Mesmo com o  aumento de impostos de 2015, a arrecadação está baixa. Apenas o ICMS apresentou aumento real.  “As receitas são compostas pela arrecadação tributária e por transferências da União. E as transferências vêm caindo consistentemente”, argumentou a secretária de Planejamento, Leany Lemos.  Há quedas nos fundos Constitucional,  de Participação dos Munícipios, de Participação dos Estados e nos convênios. “No final, a arrecadação,  quando você compõem a  tributária e as transferências, está negativa”, explicou.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Pelo menos dois deputados da bancada do DF recusam almoço com Rollemberg


Eles avaliam como tardia a atitude do chefe do Executivo de querer diálogo a essa altura do campeonato
Millena Lopes

O governador Rodrigo Rollemberg almoça hoje com os deputados e senadores da bancada do DF na Câmara Federal. Dos oito deputados, pelo menos dois já disseram que não pisam na Residência Oficial de Águas Claras. Avaliam como tardia a atitude do chefe do Executivo de querer diálogo a essa altura do campeonato.
Líder da bancada do DF, o deputado Izalci Lucas (PSDB, na foto) diz que os parlamentares querem saber sobre as emendas ao orçamento da União que não foram executadas até agora. “Destinamos  R$ 120 milhões para o hospital do câncer e soubemos que nem o projeto está pronto”, argumenta o tucano. 
Nas contas de Izalci, foram destinados ainda R$  60 milhões para a duplicação da BR-080. “E nem a licença ambiental existe ainda”, diz ele, que destaca: “O que foi feito lá foi obra do DNIT. Do Governo do DF, não tem projeto”.
Outros R$ 40 milhões que deveria ser utilizados para construção de escolas de tempo integral também não foram utilizados até agora, conforme o tucano. “Com essa vagareza do governo, corremos o risco de perder o dinheiro. Por que, agora, mudou o governo e não sabemos como vai ficar”, explica. 
A discussão, ele reitera, estará restrita à questão orçamentária.   “O próprio Rodrigo foi um dos maiores críticos do ex-governador Agnelo Queiroz, por ele não conversar com a bancada. Mas eu espero que os deputados e senadores compareçam, já que há  críticas à falta de diálogo com o governo e, agora, não devemos recusar o convite”, argumenta.
Cargos
O tucano nega que divisão de cargos esteja na pauta do encontro. “A maioria  já está na oposição e não quer nem saber disso”, considera. Um exemplo é o próprio PSDB, que já se posiciona contrário a Rollemberg. “Nós só queremos saber de que forma podemos ajudar”, diz. 
Para oposição, é tarde demais
O deputado federal Fraga (DEM) é um dos que não irão ao encontro. “Eu  não tenho o que falar com Rollemberg, não”, dispara ele. “Depois de tanto tempo, agora é que ele lembrou que tem deputado federal? Esse encontro é muito extemporâneo. Ele teve, durante muito tempo, a oportunidade para chamar os parlamentares  para conversar e nunca teve essa grandeza”, aponta.
Ao reiterar que não tem nada para tratar com o governador, o deputado pelo DEM diz que, se for, fará apenas cobranças ao chefe do Executivo local. “E, como ele é muito vaselina, vai querer me convencer. Então, prefiro não ir”, afirma.
Reunião com temer
Líder do PROS na Câmara dos Deputados, Ronaldo Fonseca diz que tem outro compromisso na agenda: um almoço como presidente em exercício, Michel Temer. Ele também reclama da falta de diálogo com a bancada e conta que tenta, desde o ano passado, marcar um horário com ele, para tratar de um projeto para o DF. “Ele não quer conversar conosco nem individualmente. Já mandei até ofício registrado, pedindo uma reunião, e nunca tive resposta. Não tenho muito interesse em ir lá agora não”, admite.
Versão oficial
Subsecretário de Articulação Federal, Edvaldo Dias da Silva diz que o governo tem procurado se aproximar dos parlamentares  e que esta movimentação deve ser mais constante, a partir de agora. “Como coordenador da bancada, o deputado Izalci Lucas pediu a reunião para tratar de diversos temas, como a situação atual econômico-financeira do DF e as emendas que os deputados e senadores colocaram no orçamento da União para serem executadas no  DF”, confirma.
Ele diz que a expectativa é de que pelo menos seis deputados e  dois senadores - Reguffe  (sem partido) e Cristovam Buarque (PPS) - atendam ao chamado. Os senadores não foram localizados para confirmar a agenda. Procurados, os outros cinco deputados - Roney Nemer, Laerte Bessa, Augusto Carvalho, Erika Kokay e Rogério Rosso -  não se manifestaram.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Do Alto da Torre Redação JBr (31/05)

Na mesa com  Meirelles
Amanhã, o primeiro pelotão econômico do GDF viajará para uma nova edição do  Fórum Permanente dos Governadores. A reunião será em Palmas (TO). As unidades da Federação pretendem traçar uma estratégia para a primeira reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Os estados pretendem retomar as negociações em bloco  com a União em busca de ajuda financeira para a crise nacional. 

Filho feio não tem pai 
O chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio (foto), fez questão de rechaçar qualquer vínculo com o polêmico PLC 257. Batizado como o pacote das maldades, ele permite a redução das dívidas dos estados em troca de medidas como a demissão de servidores. “Não foi entregue um projeto. E tão pouco o Governo do Distrito Federal era interessado nesta causa. porque não temos uma situação tão ruim em relação à dívida. Quero deixar isso bem claro: o projeto não é de nossa autoria.  As pessoas dizem que filho feio não tem pai. Esse é um caso típico em que ninguém quer assumir a autoria”, afirmou.      
Reflexões sobre a crise 
O DF é uma das unidades com menor endividamento. A dívida líquida é de R$ 4,6 bilhões, bem distante do teto de operações de R$ 37 bilhões. Então porque o Buriti não pede  dinheiro para resolver os problemas do caixa? Em tempos de crise, a União não libera o dinheiro. Um novo aumento de tributos também  está fora do horizonte do Executivo. “Sobre os projetos do ano passado de aumento de impostos, a gente sabe que isso tem o seu limite. Que é o de não estrangular atividade economia”, ponderou a secretaria de Planejamento Leany Lemos.           

A Cultura em cacarecos 
Em evento no Palácio do Buriti, na tarde de ontem, gente malvada comentava os protestos pela manutenção do Ministério da Cultura, a nível federal, e na defesa  da Secretaria da Cultura, a nível local. Apesar dessa defesa entusiasmada, os museus do Distrito Federal caem aos pedaços, os principais espaços culturais — como o Teatro Nacional ou o Renato Russo, na W3 Sul — estão fechados e não há qualquer apresentação de peso há meses. Ou seja, a cultura brasiliense está deteriorada e, mesmo assim, defende-se com unhas e dentes a preservação do sistema atual. Parece que só funciona, mesmo, a distribuição de dinheiro a artistas, inclusive por conta de suspeitíssimas emendas parlamentares. 

Guerra de intimações e de empurrões 
O juiz do trabalho Urgel Pereira Lopes retornou de férias e expediu intimação para o Sindágua desobstruir a entrada ao edifício-sede da Caesb. O piquete de sindicalistas em greve causa confronto em cima de confronto. Ontem, diretora da Sindágua jogou coca-cola em uma funcionária que entrava pelo portão. As duas trocaram empurrões. A servidora registrou queixa na 21ª DP, em Taguatinga.

Agentes de trânsito contra a violência
Agentes de trânsito se reúnem hoje na Praça da Bandeira, ao lado do Congresso Nacional, para uma manifestação contra a violência que dizem sofrer no exercício da atividade. No ato, pretendem homenagear o colega, Agenison Pereira Jorge, que morreu após ser baleado em Araguaína (TO) - a suspeita é de o assassino seja um taxista clandestino que havia sido multado recentemente. 

Escola sem partido
O seminário sobre a Base Nacional Comum Curricular, hoje, na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, deve tratar, principalmente, do projeto Escola Sem Partido. Professores que temem que o projeto seja executado em todo o País, por meio das casas legislativas locais, dizem que as mesas serão dominadas por defensores do programa “mais abjeto” já proposto à educação brasileira em toda a história. Figuras como Bráulio de Matos e Padre Orley Silva, que seriam porta-vozes do movimento, terão tempo e espaço para defender a proposta diante da plateia que será formada, em boa parte, por lobbistas do projeto. 

Desagradados insistem em queda
O boato de que Humberto Lucena deve deixar, em breve, o cargo de secretário de Saúde tem sido disseminado por quem não tem mais vez na pasta. Ele acredita. Os sindicatos, na opinião de Lucena, também usam deste expediente regularmente. “Eles têm ganho político ao tentar desestabilizar a secretaria”, argumenta. 

Na mão do governador
Os desagradados, no entanto, não têm poder, nem a caneta na mão. “A única pessoa que tem a prerrogativa de me exonerar é o governador e nós temos uma excelente relação, nos falamos todos os dias, discutimos muitos assuntos... não vejo fundamento em nada deste tipo, nem de que eu possa ter pedido para sair e nem que o governador esteja pensando em fazer trocas na secretaria neste momento”, observa.
Leia Mais....

Temer pretende lançar programa de rádio como “Café com o presidente”


naom_574c6cd857980
A equipe de comunicação do presidente interino Michel Temer pretende lançar um programa de rádio com formato próximo ao do “Café com o presidente”, lançado por Lula e aproveitado por Dilma Rousseff durante parte do primeiro mandato.
A informação é da coluna Expresso, da revista Época, desta segunda-feira (30). A princípio, a emissão será semanal. Os auxiliares do interino também estudam fazer um programa de televisão.                                         Fonte:odemocrata.com
Leia Mais....

Video: PMDB tem pré-candidato em Novo Gama


É por ai gente! Chegou a hora de escolhermos candidatos que sejam comprometidos com o desenvolvimento do município, que tenha zelo pela coisa pública, defenda os idosos, as crianças e o bem estar da população em geral, bem como a geração de emprego e renda.
Leia Mais....

ONS e OFFs Celson Bianchi (31/05)

?Luz amarela

O Tribunal de Contas do Distrito Federal decidiu alertar o secretário de Saúde do DF, Humberto Lucena, sobre a necessidade de implementação de medidas para adequar o número de servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Uma nova inspeção do TCDF constatou que ainda há carência de profissionais no SAMU e a tentativa de amenizá-la com o pagamento de horas extras, o que gera um gasto mensal de quase R$ 2 milhões por mês.

Food Trucks

Próxima de completar três meses de sanção, a lei que cria normas para a atividade dos Food Trucks no Distrito Federal ainda não foi regulamentada pelo governo e gera dúvida entra a categoria. Segundo o deputado Bispo Renato Andrade (PR), autor da lei, o governador Rodrigo Rollemberg vetou o artigo que estabelecia prazo para esta regulamentação. “Sem um prazo definido os trabalhadores não sabem como de fato devem proceder e a atividade deles fica prejudicada”, lamenta Bispo Renato.

Reprodução da Internet

Food Trucks 2

A lei dos Food Trucks foi uma iniciativa do deputado Bispo Renato Andrade (PR) e construída juntamente com o poder executivo e o segmento. Preocupado com a falta de informações por parte do governo, o parlamentar começou uma agenda de visitas aos profissionais de comida de rua. Taguatinga e Águas Claras foram as primeiras cidades visitadas, esclarecendo detalhes da lei e prazos para adaptação dos caminhões de comida de rua.

Food Trucks 3

Os profissionais de comida de rua do Distrito Federal tem apenas 90 dias para se adaptar à lei, após a regulamentação do governo. “É injusto isentar o governo de um prazo e exigir um tempo limite para o empresário e o trabalhador. Mas independente disso, percebo que os profissionais estão empenhados em trabalhar dentro da legalidade. O que falta, infelizmente, é informação. Seria muito bom se o governo estivesse tão empenhado quanto os empresários”, conclui o deputado Bispo Renato Andrade.

Apoio

O deputado distrital Juarezão se comprometeu em ajudar a saúde no Distrito Federal. “Em alerta permanente com o setor da saúde no Distrito Federal, acredito que assim como todos parlamentares também compromissados estou aqui, humildemente, pedindo aos colegas que evidem esforços no sentido de disponibilizarem por meio de emendas recursos ao orçamento da Secretaria de Saúde do DF, para que possamos de forma efetiva contribuir na resolução dos graves por que passa o setor”, disse em nota.

Felipe Vaz/Divulgação

Limpeza

Foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal a lei, de autoria do deputado distrital Julio Cesar (PRB), que obriga estabelecimentos comerciais a higienizar, a cada 24 horas, as cestas de mão e os carrinhos de compras oferecidos por eles para transportar os produtos. “Em um mundo onde bactérias cada vez mais fortes têm se espalhado com facilidade, é preciso se prevenir. Cada hora aparece uma doença pior do que a outra. Precisamos nos cuidar”, destaca o parlamentar.

Divulgaçaõ

Será?

A bancada de deputados distritais do PT/DF tem se reunido com o governador Rodrigo Rollemberg. Segundo fontes, existe uma possibilidade grande de o PT compor a base, fraca e pouco leal, de Rollemberg na Câmara. Mas, será que os militantes do PT vão topar defender esse governo?

Mama Africana

Em comemoração ao Dia Internacional da África, a Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou sessão solene na segunda-feira (30). No plenário da Casa, o berço da humanidade, como é tido o continente africano, foi homenageado por suas belezas socioculturais.

Reflexão do dia

“O Governo de Goiás é sempre apoiador e incentivador da cultura do nosso Estado.” Marconi Perillo - governador de Goiás

Divulgação
Leia Mais....

São Sebastião

PM prende suspeito de matar militante pela segurança
FOTO: REPRODUÇÃO FACEBOOK
                    Na noite desta segunda (30), a Polícia Militar do Distrito Federal prendeu o suspeito de matar a tiros Givanildo Rodrigues, um militante pela segurança em São Sebastião no último dia 28. Na ocasião, a vítima de 33 anos havia sido atingida por dois disparos durante uma tentativa de roubo de seu veículo. 
Após denúncias anônimas, os policiais localizaram Márcio dos Santos Dias, 21, na casa da namorada, localizada no Setor Residencial Oeste, em São Sebastião. 
Preso, o suspeito confessou ser o autor do crime. Ainda segundo a PM, Márcio já teve passagens pela polícia por homicídio, porte de arma e tráfico de drogas, ainda na adolescência. Depois de adulto, ele foi preso por formação de quadrilha, dano ao patrimônio e porte de arma. 
Da redação do Alô
Leia Mais....

Motociclista que morreu após cair de viaduto é sepultado no Gama, no DF

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Homem de 58 anos caiu de altura de 7 m após batida com carro, na quinta.
Motorista fugiu; acidente foi em viaduto sobre a BR-040, em Santa Maria.

G1 DF
Foi sepultado neste sábado (28) no Cemitério do Gama, no Distrito Federal, o motociclista de 58 anos que morreu após cair de um viaduto de 7 metros de altura em Santa Maria. A queda ocorreu depois que a vítima foi atingida por um carro no acesso sobre a BR-040. O motorista do automóvel fugiu.

Bombeiros atendem motociclista que caiu de viaduto após batida com carro em Santa Maria, no DF (Foto: Corpo de Bombeiros-DF/Divulgação)O acidente ocorreu no fim da manhã desta quinta-feira (26). Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem teve uma parada cardiorrespiratória, fratura no braço direito, trauma torácico e hemorragia interna.

O motociclista chegou a ser socorrido na rodovia. Em seguida ele foi transportado para o Hospital de Base no helicóptero dos bombeiros, onde morreu nesta sexta-feira.

O trânsito no viaduto chegou a ser fechado na BR-040, no sentido Plano Piloto. O viaduto onde ocorreu a batida também foi interditado. As duas vias foram liberadas depois que a vítima foi encaminhada para o hospital e a Polícia Civil realizou a perícia.
Bombeiros atendem motociclista que caiu de viaduto após batida com carro em Santa Maria, no DF (Foto: Corpo de Bombeiros-DF/Divulgação)
Leia Mais....

Batida com dois ônibus e dois carros no DF deixa 19 feridos

Condutor tem suspeita de hemorragia interna; idosa teve suspeita de fratura.
Vítimas com ferimentos leves foram levados para diversos hospitais do DF.

G1 DF
Ônibus e carros envolvidos em acidente no Eixinho L, em Brasília (Foto: Corpo de Bombeiros-DF/Divulgação)Ônibus e carros envolvidos em acidente no Eixinho L, em Brasília (Foto: Corpo de Bombeiros-DF/Divulgação)
Um acidente com dois ônibus e três carros de passeio no Eixinho L, na Asa Sul, em Brasília, deixou 19 pessoas feridas na tarde deste domingo (29). O motorista de um dos coletivos ficou preso às ferragens e foi levado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), com suspeita de hemorragia interna e se queixando de dores no peito.

Bombeiros trabalham para retirar motorista de ônibus que se feriu em acidente no Eixinho L., em Brasília (Foto: Corpo de Bombeiros-DF/Divulgação)Segundo o Corpo de Bombeiros, a primeira vítima a ser levada a um centro médico foi uma passageira de um dos ônibus, que teve suspeita de fratura na perna direita, traumatismo craniano e dores na cervical.

Entre as vítimas, uma teve suspeita de fratura na perna direita e escoriações na cabeça e outra teve traumatismo craniano. Uma mulher teve suspeita de lesão em braço e perna e outra teve dor na cervical. Um rapaz de 18 anos machucou braço e perna. As pessoas restantes tiveram ferimentos leves.

A corporação informou que oito delas foram transportadas para diversos hospitais do Distrito Federal., como as unidades de Taguatinga, Ceilândia e Paranoá. As outras 11 pessoas tiveram escoriações e aguardaram transporte por volta das 17h15. Ambulâncias do Samu também foram encaminhadas para o socorro.
Bombeiros trabalham para retirar motorista de ônibus que se feriu em acidente no Eixinho L., em Brasília (Foto: Corpo de Bombeiros-DF/Divulgação)
O acidente aconteceu na altura da 211 Sul, no sentido rodoviária do Plano Piloto. Até as 17h30 a via estava interditada para atendimento.
Leia Mais....

Por quê Augusto Carvalho ainda comanda o SOLIDARIEDADE no DF ?

augustocarvalhoMuito estranho o súbito silêncio de algumas entidades que costumam cobrar comportamento exemplar de parlamentares brasilienses, diante do escândalo denunciado pela revista Carta Polis que envolve o deputado federal Augusto Carvalho (SD).
Aliás, com passagem catastrófica pela Secretaria de Saúde no governo de Arruda, e agora com a CPI da Saúde, o nome de Augusto voltou com força ao noticiário político.
E fica a grande pergunta: O partido Solidariedade não tem um nome melhor que de Augusto Carvalho para presidir a sigla no Distrito Federal? Ele vai arrastar o partido para o centro do furacão…



Fonte: Donny Silva
Leia Mais....

CANDIDATOS A ADMINISTRADORES REGIONAIS TERÃO DE PROCURAR UM PARTIDO

sábado, 28 de maio de 2016

Buriti acredita que, sem isso, o número de inscrições seria elevado demais

No debate sobre a proposta de eleição direta para administradores regionais, o governo Rollemberg pretende defender a exigência de filiação partidária dos candidatos. Esta é uma das principais polêmicas do projeto de lei, que está em fase de consulta popular na internet.
A maior parte das 236 críticas e sugestões colhidas  pela Casa Civil, a maior parte questiona os requisitos para a candidatura, pleiteando a possibilidade de disputa de nomes sem laços com partidos.
Do ponto de vista do GDF, o primeiro ponto em desfavor de candidaturas avulsas seria a incerteza quanto ao número de candidatos. A eleição poderia ser inviabilizada em função de uma eventual sobrecarga do sistema de contagem de votos detonada pelo excesso de chapas. O secretário adjunto de Relações Institucionais e Sociais, Igor Tokarski, acrescentou que a fiscalização da  Justiça Eleitoral é feita com base nas filiações.“A gente percebe é que algumas pessoas gostariam de participar independentemente de se filiar a um partido. Porque elas entendem que há uma vocação. Já realizam em sua comunidade algum tipo de trabalho que as pessoas entendem como relevante. Mas elas não gostariam de fazer um trabalho dentro de uma estrutura partidária. Agora a gente tem vislumbrado algumas dificuldades, não que seja algo intransponível”, comentou o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio.
Sugestões pelo site
De toda sorte, o governo garante debate aberto. A participação popular estará aberta até 14 de junho. no link que se pode acessar pelo site da Casa Civil (www.casacivil.df.gov.br). Até agora, as maiores participações foram do Plano Piloto, Águas Claras e Taguatinga. Após o período de propostas, o Buriti pretende revisar o projeto por 30 dias.
Nada de autonomia financeira ao eleito
A Casa Civil está concluindo um regimento interno dos administradores regionais, para delimitar no papel as atribuições dos gestores. Caso as eleições sejam aprovadas, o GDF não pretende conceder autonomia financeira para elas. Mesmo neste cenário, o GDF ainda considera necessária a criação da Secretaria das Cidades. O projeto está na gaveta até que surjam as condições financeiras e políticas ideais. O projeto para a escolha direta dos administradores foi uma das promessas principais de campanha de Rollemberg em 2014. Fonte: Da redação do Jornal de Brasília.
Informa Tudo DF
Leia Mais....

Celina diz que redução do preço de refeições atende pedido da CLDF

sexta-feira, 27 de maio de 2016


“A vitória é de todos nós”! comemorou a deputada Celina Leão, presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), lembrando que que oito meses depois de aumentar os preços, governo do Distrito Federal anuncia que as refeições vão custar R$ 2 para o público comum e R$ 1 para beneficiários de programas sociais. “E já começou a vigorar desde segunda-feira (23)”, sublinhou Celina. O restaurante do Sol Nascente foi o primeiro com a cobrar este valor (R$1,00) e, após um mês, será estendido às outras localidades.
Há, exatamente um ano, a CLDF iniciou uma ”força tarefa”, com o objetivo de encontrar soluções para ajudar o Distrito Federal a sair da crise. “Criamos a ‘Frente Parlamentar contra a Crise’ para atender várias demandas e reivindicações de diversos setores da sociedade, a exemplo do aumento do preço das refeições dos Restaurantes Comunitários”, relembrou, enfatizando que em um esforço conjunto dos 24 parlamentares, a CLDF destinou a diversos setores R$ 24 milhões que foram economizados pela CLDF. “À época, criticamos os aumentos autorizados pelo GDF, e sugerimos que os recursos economizados pela CLDF, que somaram R$ 24 milhões, subsidiassem as refeições do Restaurante Comunitário, que antes custavam R$ 1,00.  Nosso apelo não foi em vão”.
Quando o aumento das refeições dos Restaurantes Comunitários foi anunciada, os parlamentares condenaram a decisão. “Um aumento de 300% no valor da refeição é inconcebível”, afirmou a deputada. E completou: “Também não concordaremos com qualquer aumento de imposto acima dos índices da inflação. O contribuinte, pagador de seus impostos, não poderá arcar com essa conta. A população não pode pagar a conta da crise no DF”, rebateu Celina na ocasião. E disse mais: “Sugiro que os R$ 24 milhões que a Câmara devolverá aos cofres do GDF subsidie a manutenção do preço nos restaurantes comunitários”.
Para que a população pague o antigo valor, R$ 1,00, os beneficiários de programas sociais do Governo deverão apresentar, no guichê do restaurante, documento de identificação com foto e constar do Cadastro Único do governo de Brasília, por meio de sistema da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.
De acordo com o governador, a redução dos valores das refeições não causará grandes impactos nos cofres públicos, uma vez que o desde o reajuste em novembro do ano passado, a frequência de usuários nos restaurantes populares diminuiu. “Vamos reduzir o preço para toda a população. Tivemos a redução 47% no número de pessoas diariamente no restaurante. Isso fez com que as empresas responsáveis repactuassem o preço e aumentar o valor do subsídio pago para o Governo. Com a redução, a nossa expectativa é aumentar a frequência de usuários e atender a população mais carente”, detalhou o governador. Com os valores antigos, os custos estimados aos cofres públicos estavam em R$ 21 milhões, agora com o novo valor é de R$ 22 milhões. 
fonte: estaçãodanoticia
Leia Mais....

UM PASSARINHO ME CONTOU (27/05)


...que na história política do DF, o relacionamento entre os deputados distritais era bem próximos ao estilo juntos e misturados. Esse era o enredo...

...que os governadores costumam ser próximos dos deputados distritais para conseguir aprovarem os seus projetos sem sustos. É uma via de mão dupla...

...que alguns usam do artificio de levar deputados distritais para o governo, ou seja, os parlamentares abrem espaço para os seus suplentes assumirem. Facilita as coisas...

...que o suplente não se rebela contra o governo, caso faça isso volta para suplência, sem dó e nem piedade. Só que hoje isso mudou. Tempos novos...

...que na atualidade há um distanciamento claro entre o governador Rodrigo Rollemberg e os deputados distritais. Eles não andam justos e misturados. Longe disso...

...que podemos dizer: Rollemberg é um governador isolado e ilhado. Nas inaugurações costuma-se ver poucos distritais presentes prestigiando as suas ações...

...que se esse colunista fosse dar um conselho ao governador Rollemberg, nós diríamos para ele abrir os olhos. O isolamento sempre vem acompanho de traições. Fui entendido?...

...que a aproximação com os deputados distritais petistas não é por acaso. Alguém está prevendo alguma coisa estranha...

...que o seu antecessor Agnelo Queiroz não era tão isolado, mas o final todos já sabem. Agnelo tentou a sua reeleição e os distritais seguiram outro caminho...

...que Marlon Costa é homem de confiança para cuidar das Administrações Regionais e feiras populares. A sua nomeação saiu no Diário Oficial desta sexta-feira,27...

...quer Marlon Costa foi nomeado subsecretário das Cidades. Na prática e falando de forma clara, Marlon é o secretário das Cidades. Um homem forte...

...que a função de Marlon será de dar mais agilidade as demandas dos administradores regionais. Além de tornar as feiras populares um bom lugar para frequentar...

...que o governador Rollemberg tem distribuído o pessoal de sua confiança em pontos estratégicos. Poucos estão percebendo isso... 

...que o pastor Daniel de Castro que foi personagem de um de nossas matérias(leia aqui) que junto a outros pastores evangélicos coordenador da campanha de Rollemberg ao Senado...

....que se a política fosse igual a matemática o certo seria Daniel de Castro estar ao lado de Rollemberg. Vai entender essas coisas... 

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente! 

Por Odir Ribeiro 
Leia Mais....
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot