• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Coluna ONS e OFFs (11/04) http://www.alo.com.br/

segunda-feira, 11 de abril de 2016

?Curto e grosso

O distrital Raimundo Ribeiro (PPS) tem sido direto quando o assunto é manifestação. “É preocupante essas manifestações espontâneas e creio que o lugar mais seguro para os meliantes alvos da indignação incontida do povo é a cadeira”, disse.

Reprodução

Abandonou o barco 

Deputado federal Daniel Vilela (PMDB-GO) vai votar pelo impeachment da presidente Dilma. “Minha decisão estava amadurecida há algum tempo, mas preferi aguardar o relatório da comissão especial do impeachment antes de me manifestar”, nos contou. “O Brasil precisa de muito mais que somente tirar o PT do poder. Todos os partidos têm que passar por um processo de depuração”, completa. Daniel é filho do atual prefeito de Aparecida de Goiânia e ex-presidente nacional do PMDB, Maguito Vilela.

Reprodução

Lá vai ela 

Celina Leão (PPS), presidente da Câmara Legislativa do DF, revelou que vai protocolar, hoje (11), o requerimento que permite a abertura da CPI da Copa,na CLDF. A decisão foi tomada na sexta-feira (8), depois que o ex-governador Agnelo Queiroz foi citado na delação premiada da Operação Lava Jato.

Reprodução

Não tá favorável 

Condôminos do Centro Clínico Sudoeste estão revoltados com uma situação que tem ocorrido no local. “Condomínio com 90 empresas autônomas num dos bairros mais ricos do Brasil. Acredita que temos 150 vagas de garagem paradas, que são da construtora VECON, que eles não alugam, não vendem, não deixam usar e estão com dividas que ja superam R$ 3,6 milhões em taxas de condomínio”, conta o síndico Marcelo Sicoli.

Sob pressão 

O PT e o Governo estão preparando um último movimento de pressão ao presidente da Comissão do Impeachment, Deputado Rogério Rosso (PSD). Um grupo de juristas que recentemente estiveram no Palácio do Planalto bradando contra o processo de impedimento, querem se encontrar com o parlamentar, numa última tentativa de convencê-lo a votar contra o impeachment. Preocupados com o crescimento dos votos favoráveis, governo e PT vão jogar as últimas cartadas. A opinião com certeza estará de olho.

Passando a limpo 

O distrital Roosevelt Vilela (PSB) está incomodado com a repercussão de discurso que fez sobre a saúde. “Informo que o vídeo, que está sendo compartilhado nas redes sociais e veículos de mídia, com o meu discurso proferido no plenário da Câmara Legislativa em Audiência Pública que discutiu a questão da Saúde no DF, está com cortes e edições retirando assim a minha fala de um contexto geral quando mencionava os maus profissionais que existem em qualquer órgão, seja ele público ou privado. Me referi, aos servidores que após a aprovação em concurso público não se empenham mais em suas atividades, como se o cargo fosse vitalício e não exigisse mais dedicação. Sei que esses maus servidores são minoria, mas foi para estes que minha fala foi direcionada”, rebate o deputado.

Olhar 43

Chico Vigilante (PT) passou a considera que delação premiada é um bom negócio para bandidos. “Eu tenho acompanhado as notícias sobre a delação premiada de diretores da empreiteira Andrade Gutierrez. É um negócio asqueroso, que dá nojo na gente. Como é que há um balaio de dinheiro limpo e um balaio de dinheiro sujo se os recursos são todos das mesmas obras e empreiteiras? Como a Andrade Gutierrez faz uma delação seletiva e todos aceitam? Bandidos selecionam o que vão dizer, acusando políticos somente do PT e alguns do PMDB, quando sabemos que o maior volume de recursos foi justamente enviado para o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), de quem eles são amigos e parceiros em um grande conjunto de obras realizadas pela empreiteira em Minas Gerais”, alega.

Assim não dá 

Acabo de protocolar, na Câmara Legislativa, uma Proposta de Emenda à Lei Orgânica que impede a contratação e gestão das Organizações Sociais (OSs), pelo Poder Público, na Saúde do Distrito Federal.
A saúde pública deve ser prestada pelo próprio Poder Público, de forma direta, por intermédio de profissionais que estejam a ele subordinados e não por contratos de gestão com entidades qualificadas como organização social. Desde o final de 2015, está sendo ventilada pelos meios de comunicação a intenção do atual Governo do Distrito Federal de repassar às OSs a execução de serviços de saúde. Isso contraria o sentido do Sistema Único de Saúde, uma das maiores conquistas da população brasileira. 

Assim não dá 2

De acordo com a Constituição Federal cabe à União, Estados, Distrito Federal e Municípios aplicar em ações e serviços de saúde. Mas a aplicação desses recursos deve ser feita sem a intermediação da gestão ou da execução, sob pena de se transformar em fonte de lucratividade de organizações que se dizem sem fins lucrativos, mas que, na prática, muitas vezes, servem para conseguir faturas milionárias do Estado em nome de uma finalidade inexistente. “Não podemos conviver diariamente com essa ameaça de privatização do Serviço Único de Saúde no Distrito Federal. Conto com o apoio dos servidores da Saúde, da população do DF e dos deputados distritais para aprovação desse projeto. A luta por melhorias no SUS é de todos nós”, diz Ricardo Vale.

Em prol do esporte 

Brasília é considerada a Capital do esporte, de onde vários talentos saíram para representar nosso País em grandes competições. Por ter certeza de como o esporte é um instrumento de transformação social, o deputado Julio Cesar (PRB), destinou emenda para o programa Compete Brasília, que viabiliza passagens aéreas e terrestres, a fim de incentivar atletas para representar o Distrito Federal em competições internacionais e nacionais.

Reflexão do dia

As ditaduras e o totalitarismo aniquilam a liberdade de ser, agir e pensar. A mais pobre democracia é  preferível  à  mais farta das ditaduras. MIGUEL LUCENA - Delegado e Jornalista.

Agência Brasília
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot