• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

ONS e OFFs Celson Bianchi (28/03)

terça-feira, 29 de março de 2016
?Metralhadora

"A luta pelo esporte no Brasil é árdua e as dificuldades são grandes. O meu maior sonho é que o nosso país invista mais nas escolas, onde as crianças começam a ter contato com o esporte. Um campeão é fruto do trabalho feito nesse momento da vida. Tenho a esperança de que nosso país entenda a importância do esporte na base, como instrumento de desenvolvimento social. Eu sou o maior exemplo disso".
Leila Barros, campeã olímpica de vôlei e secretaria de Esportes do DF.

Divulgação

Drama de Sofia 

A pequena Sofia precisa de ajuda. Ela sofre de uma doença rara no coração e precisa ser operada com urgência. Mesmo com o apoio do grupo denominado: Por uma Brasília Melhor, Sofia permanece numa UTI improvisada no hospital de Taguatinga, com apenas um mês de vida. Nem mesmo a decisão judicial que determinou ao Secretário de Saúde que transferisse a menina pra UTI do Hospital da Criança ou para uma UTI particular foi cumprida. De concreto mesmo apenas promessas do tipo: "estamos acompanhando". Se a pequena Sofia não conseguir esperar, todos já sabem quem são os responsáveis.

Divulgação

Boa imagem

Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, no final de 2015, elege os cartórios como a instituição mais confiável do país, dentre todas as instituições públicas e privadas. Na pesquisa os usuários de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte puderam avaliar a confiança nas instituições públicas, com notas de 0 a 10. Os cartórios conquistaram a primeira colocação, com nota média de 7,6, à frente, por exemplo, dos Correios, empresas privadas – particulares e até das Forças Armadas.

E agora?

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai julgar, a partir de 5 de abril, o procedimento de Pedido de Providências que investiga possíveis irregularidades na transferência do servidor Pedro Ivo Mendes Gonzaga Neiva do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) para o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF). Pedro Ivo não ficou sequer uma semana no TRE-DF e foi cedido ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), onde seu pai, o desembargador Romeo Gonzaga Neiva, é o atual corregedor-geral de Justiça.

No aguardo 

Empresários que são credores do GDF estão indignados com a falta de palavra do governo. Nem mesmo a promessa do Governador, anunciada de corpo presente, de que receberiam pelo menos 50 mil do valor da dívida a que eles têm direito será cumprida. No calvário pra receber as secretarias e órgãos estão comunicando que o credor que tem mais de 50 mil em dívidas, vai permanecer a ver navios, por orientação da Secretaria de Fazenda. A ideia brilhante é fazê-los morrer de inanição.

Contraponto

Mais um capítulo da guerra nos bastidores do GDF. O ex-secretário da Casa Civil, Hélio Doyle, usou as redes sociais para criticar falas recentes do secretário de Desenvolvimento Econômico, Artur Bernardes, sobre o suposto esvaziamento da pasta que comanda. Doyle foi duro: “Por que o secretário Arthur Bernardes pediu ao governador que tirasse a gestão de PPPs de sua secretaria e finge que foi surpreendido? O PSD está é armando a ruptura com o governo de Rollemberg. Aliás, o vice Renato Santana já andou dizendo isso em reuniões privadas”, escreveu.

No ataque 

A presidente do Sindsaúde, Marli Rodrigues, disparou contra recentes declarações do atual secretário de Saúde, Humberto Fonseca, que disse estar preocupado sobre os constantes elogios a sua aparência. "Preciso ser levado a sério", desabafou ele. "Quem defende a volta da CMPF não quer ser levado a sério. Quem defende as OSs e a terceirização do SUS não quer ser levado a sério. Quem se presta a servir de marionete não pode definitivamente ser levado a sério", atacou Marli sobre posicionamentos do novo gestor durante a entrevista. 

Divulgação 

No ataque 2

A sindicalista fez ainda uma charge para criticar as constantes mudanças de gestores na pasta. "O problema da saúde não é a gestão, tampouco o modelo, que já deram certo. O problema na saúde é quando colocam os serviços, os interesses do cidadão e dos servidores em segundo plano a troco de interesses escusos. A beleza deveria ser o de menos nessa lista de atrocidades", emendou ela. 

Charge/Divulgação

Reflexão do dia  

"O Distrito Federal ganha mais 101 profissionais que trabalharão em defesa da nossa segurança. Acompanhei de perto a luta desses policiais civis e continuo sendo um defensor incansável da convocação dos aprovados em todas as esferas públicas." Professor Reginaldo Veras- deputado distrital PDT

Divulgação 
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot