• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Do Alto da Torre Redação JBr (22/03)

terça-feira, 22 de março de 2016
Em viagem, Gilmar fará com que julgamento da ação de Lula só ocorra no começo de  abril 
É mais do que improvável o exame pelo Supremo Tribunal Federal, na sessão plenária do dia 30, da suspensão de posse do ex-presidente Lula na chefia da Casa Civil de Dilma Rousseff. A inclusão do processo na pauta depende da presença do ministro Gilmar Mendes. E ele estará bem longe de Brasília, participando do Congresso Internacional de Direito Eleitoral, em Portugal. No dia 31 haverá uma sessão com a presença do presidente português, na mesa diretora, ao lado de Gilmar. O retorno do ministro só está previsto para 2 de abril, um sábado. 

Cabide curto
A reestruturação das administrações regionais pode ser um empecilho para o governo agradar à base aliada na Câmara Legislativa. Quem assumir os órgãos contará com 20% a menos de cargos comissionados. 

Na pauta, a corrupção 
O ministro do Supremo Tribunal Federal, Ayres Britto, fará palestra, hoje, no auditório da OAB-DF. Na pauta, o Poder Judiciário, as empresas e a Lei Anticorrupção. O evento está marcado para começar às 19h.

Mais impeachment
É de autoria de um deputado do DF um novo pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O deputado federal Laerte Bessa (PR-DF) protocolou, ontem, um texto que aponta dois “crimes de responsabilidade” cometidos pela chefe do Executivo: a nomeação de um membro do Ministério Público da Bahia para o cargo de ministro da Justiça, “desrespeitando a Constituição”  e a nomeação do ex-presidente Lula para o cargo de ministro da Casa Civil, “configurando claro desvio de finalidade e com o objetivo de obstruir a ação do Poder Judiciário, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal”.
Provas
Para Bessa, “houve claro crime de responsabilidade”. E, se a ação que já está em tramitação na Casa não for adiante, neste novo processo que tramitará em paralelo há  “provas suficientes  de que ela cometeu os crimes”. 

Mesa diferenciada
No Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado ontem, o plenário da Câmara Legislativa sediou um fato inédito: uma sessão solene com mesa composta apenas por convidados com Síndrome de Down, além do deputado Robério Negreiros (sem partido), autor da iniciativa. Ao lado do parlamentar, sentaram-se o fotógrafo Mohamed Dalloul, a escritora Liane Collares, o pintor e cavaleiro Antônio Araújo, a fotógrafa Jéssica Figueiredo, a servidora do STJ Clécia Alexandra, a pedagoga Erika Nublat - do gabinete do deputado, a artesã Juliana César e o modelo e capoeirista Rafael Fay. Além dos discursos dos convidados, houve apresentações de capoeira, desfile do projeto Fashion Inclusivo e exibição de um documentário sobre a vida de Dalloul.

Pedal no Riacho
Ainda em comemoração à data, na manhã do próximo dia 26 de março haverá o 1º Passeio Ciclístico Down, no Riacho Fundo II. A atividade é promovida pelo pai de uma criança com a síndrome, para celebrar o primeiro ano de vida do filho e a todos que têm Down. A pedalada busca despertar o interesse pelo esporte, um aliado importante para promover o fortalecimento muscular e a socialização de quem tem a síndrome, e outros benefícios. A concentração será no estacionamento próximo ao Instituto Nair Valadares,  a partir das 8h.

GDF promete exonerar hoje esposa de Juarezão 
O governador Rodrigo Rollemberg afirmou que hoje o Diário Oficial do DF trará a anulação da nomeação da mulher do   distrital Juarezão, recém filiado ao PSB, na Administração Regional de Brazlândia, reduto eleitoral do deputado. “A publicação foi feita sem que percebêssemos que ela era esposa do parlamentar. Eu já comuniquei imediatamente a ele”, explicou o governador. 

À espera de um milagre de... R$ 890 milhões 
Pelas contas do secretário de Fazenda, João Antônio Fleury, as operações de créditos do DF com o Governo Federal chegam a R$ 890 milhões. São recursos aguardados para a compra de 10 novos trens para o Metrô, obras na Ponte do Bragueto e demais projetos de infraestrutura. Mas, com a fulminante crise política e econômica que bate às portas do Palácio do Planalto, cada centavo que a União liberar será um milagre.  

Nova temporada das PPPs 
A transição da Subsecretaria das Parcerias Público-Privadas (PPPs) e concessões para a Secretaria de Fazenda será concluída na próxima semana. “Estamos analisando agora o que vai ser prioridade”, comentou o secretário João Antônio Fleury. Pelos estudos preliminares, os projetos mais maduros são o do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o Parque Tecnológico, o Parque da Cidade e a Granja do Torto, que oferece um complexo para pesquisa agroindustrial. “O Mané Garrincha é um estudo ainda. Porque você ainda não tem interessados”, revelou.    

Rompimento construído
A ruptura do PSD com o governo Rodrigo Rollemberg vem sendo construída já há algum tempo, dizem assessores próximos ao chefe do Executivo. A ideia do partido, desconfiam os corredores do Palácio do Buriti, é concorrer com o atual governador em 2018. A surpresa pelo remanejamento da Subsecretaria de Parcerias Público-Privadas da pasta comandada pelo partido para a Secretaria da Fazenda seria fictícia, já que o assunto vem sendo estudado desde o ano passado. Teria sido, inclusive, ideia do próprio Arthur Bernardes, secretário de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo.

Reconhecimento
A manifestação de ontem no Congresso foi além dos protestos. Por alguns instantes,  manifestantes agradeceram a Polícia Militar pela segurança.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot