• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Unidade de atenção à dengue começa a funcionar

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016
Estrutura montada em frente à UPA da região administrativa atenderá adultos e crianças
FOTO: TONY WINSTON/AGÊNCIA BRASÍLIA
                    Segunda região administrativa com o maior índice de casos de dengue confirmados neste ano — 166, de acordo com boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde —, São Sebastião recebe uma unidade de atenção à dengue a partir desta sexta-feira (19). A estrutura, que segue o modelo inaugurado em Brazlândia no dia 11, funcionará de segunda a sexta, das 8 às 18 horas, e ficará em frente à unidade de pronto-atendimento (UPA) da região, na Quadra 102, Conjunto 1, Setor Residencial Oeste.
No início da manhã de quarta (17), um trator da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) foi usado para a roçagem do terreno, e garis do Serviço de Limpeza Urbana limparam o local. Nesta quinta-feira (18), funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) montaram três barracas de 33 metros quadrados. Para proteger os pacientes do sol, as tendas ficarão embaixo de outras três estruturas no estilo pirâmide, de 100 metros quadrados cada uma, transferidas do Centro de Saúde de São Sebastião. A princípio, haverá dez leitos com suporte para soro, mas o número pode variar de acordo com a necessidade.
Atendimento
Antes de serem transferidos para a unidade de atenção, os pacientes devem passar pela UPA para a triagem. Casos de suspeita de dengue serão encaminhados para as tendas, onde a equipe médica fará testes rápidos e hemogramas, cujos resultados demoram de 20 minutos a uma hora. Também haverá área de hidratação e medicação venosa e oral. Diferentemente de Brazlândia — que tem um setor pediátrico no hospital regional —, a estrutura montada pelo Samu em São Sebastião receberá crianças com suspeita da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.
As pessoas com sintomas mais graves continuarão sendo transferidas para o centro de saúde da região administrativa. No caso das crianças, se o quadro não for identificado como dengue, elas serão direcionadas à pediatria do Hospital Regional do Paranoá, já que São Sebastião não tem uma unidade desse porte.
Para garantir o fluxo de atendimento de 150 pessoas por dia, as tendas contarão com três médicos, três enfermeiros e três técnicos de enfermagem diariamente, além de servidores da Secretaria de Saúde para supervisionar a ação. As equipes serão integradas por profissionais da atenção primária de São Sebastião, das Asas Sul e Norte, do Itapoã e do Paranoá. Se houver aumento na demanda, mais equipes serão deslocadas.
Brazlândia
Escolhida para receber a primeira unidade de atenção à dengue por ser a região administrativa com o maior índice da doença, Brazlândia conta com as tendas de apoio desde o último dia 11. A capacidade da estrutura é para 250 pacientes por dia. Até o fim de quarta-feira (17), 1.051 pessoas foram atendidas. Dessas, 877 passaram pelos testes rápidos, e 243 foram confirmadas com dengue. As barracas de lona contam com 15 leitos e funcionam no estacionamento do Hospital Regional de Brazlândia de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, com possibilidade de ampliação para os fins de semana.
Agência Brasília
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot