• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

COM VOCÊ / NOSSO GAMA

Pingue Pongue

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016
Dep Reginaldo Veras
Com a oficialização da saída dos senadores Cristovam Buarque e Reguffe e da presidente da Câmara Legislativa, distrital Celina Leão, do PDT, o partido tenta juntar os cacos e já faz planos para o futuro: lançar  candidato ao Governo do Distrito Federal. Segundo o deputado Reginaldo Veras, único representante da sigla no Legislativo local, nada afetará a legenda.
O PDT acaba de sofrer três baixas importantes. Como será a atuação do partido no DF de agora em diante?
Em quatro momentos na história já disseram que o PDT iria morrer, começando quando perdemos a sigla PTB para Ivete Vargas;  em 1980, quando foi criado o PT, que incorporou a lógica trabalhista;   quando  Maurício Corrêa saiu do  partido, em 1993 e, depois, com a morte do Brizola, em 2004. A gente sempre se recupera. É uma perda, mas eu,   Joe Vale (distrital licenciado e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos) e toda a militância estamos  tranquilos. Isso não  vai nos afetar. Nossas bandeiras de educação e trabalhismo estão acima das pessoas e vão continuar existindo. 
Reguffe disse que sai do PDT para ficar sem sigla porque não acredita mais em partidos políticos. 
A  chance do Reguffe voltar para o PDT é grande. Ele é um crítico feroz da política e dos partidos. E, quando  precisar de um partido para concorrer. que outro partido ele encontrará com  mais credibilidade que o PDT? E mais: eu vou lutar por isso. 
O partido já se reuniu para discutir a atual conjuntura?
Já começamos a traçar nossas metas. Vamos atuar intensamente para a campanha de Ciro Gomes à presidência da República. Estamos planejando a realização de um seminário, liderado por Joe Valle, para dar   postura de gestão empresarial ao partido e  lançaremos candidato a governador. A nossa meta é lançar candidato a governador em 2018. E, por enquanto, temos um nome: Joe.
Com a janela partidária, o partido tem expectativa de engrossar as fileiras?
Sim. Alguns parlamentares já nos procuraram e  alguns até já rejeitamos. Já acordamos com o presidente nacional, Carlos Lupi, que as filiações passarão pelo meu crivo e o do Joe. Fonte:http://www.jornaldebrasilia.com.br/coluna/noticias/3/do-alto-da-torre/
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot