• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Surgimento frequente de escorpiões assusta moradores do Guará

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015


Em todo o DF, de janeiro a agosto deste ano, a Dival registrou 499 solicitações de captura do animal e 246 incidentes relacionados ao aracnídeo
Ingrid Soares
ingrid.soares@jornaldebrasilia.com.br
Moradores do Guará estão assustados com o aparecimento frequente de escorpiões nas casas. Segundo a população, é um problema antigo, mas tem se agravado  nos últimos dias. Em todo o DF, de janeiro a agosto deste ano, a Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) registrou 499 solicitações de captura do animal e 246 incidentes relacionados ao aracnídeo.
Luciano Lima, 45 anos, morador da QE 36,  encontrou um escorpião amarelo da espécie Tityus serrulatus no jardim enquanto fazia a limpeza da área. Ele teme pela saúde da família, em especial do filho pequeno. 
“Aqui sempre foi tradicionalmente cheio de escorpião. Mas está ficando mais frequente, principalmente,  por conta do lixo que os próprios moradores jogam na rua. Precisamos alertar a população e o Estado, pois é um misto de responsabilidade. A comunidade tem que colaborar e também o governo, que não pode fechar os olhos para o problema”, defende.
Lixo no parque
Localizado na Área Especial do Guará II, ao lado da QE 38, o Parque Ecológico Ezechias Heringer   está   tomado pelo lixo. Entulhos, móveis velhos, telhas, garrafas e restos de comida   atraem ratos, baratas e, consequentemente, são um chamariz para os escorpiões. Isso sem falar do mau cheiro, que se espalha pelos arredores. 
“O Guará precisa de uma área adequada para o depósito de lixo. Isso não está funcionando. Falam que essa é uma área de transbordo (depósito temporário de entulhos), mas isso precisa ser revisto e fiscalizado, e não abandonado como está”, conclui Luciano Lima.
A reportagem do JBr. não teve dificuldades em encontrar  lixo  jogado  pelas ruas e calçadas em alguns pontos do Guará, principalmente na QE 40. Tanto nessa quadra quanto na QE 26 e na Colônia Agrícola Bernardo Sayão, a população também relatou o aparecimento de escorpiões.
Cerca de 50 em um único prédio
Na QI 2 do Guará I, o zelador do Bloco A, Adeilton Dutra, 28 anos, conta que muitas baratas saem da   rede de esgoto,  o que favorece  o aparecimento de escorpiões no condomínio. “Sempre colocamos remédio para eliminar as baratas, já que elas são o alimento desses bichos. Mas, vira e mexe, eles voltam. A Zoonose esteve aqui recentemente, mas disse que nada pode fazer, que não existe veneno para escorpião”, afirma. 
Segundo ele, esses animais sobem pelos canos e ralos. Apenas este ano, ele teria encontrado cerca de 50 no prédio. Duas pessoas teriam sido feridas.
Uma das moradoras do condomínio, Célia Augusta, 64 anos, relata que encontrou um escorpião na escada do prédio. “Aqui é infestado. Dormimos com as janelas fechadas e até passamos calor por conta do medo que sentimos. Apesar de morar no terceiro andar, esses bichos conseguem entrar nas casas, saindo de dentro do esgoto. O jeito que achamos foi o de tampar os ralos da casa e o vão da porta. Também não deixo meu netinho  brincar sozinho embaixo do bloco”, completa.
Surgimento
De acordo com a Secretaria de Saúde, vários fatores provocam o desalojamento do escorpião, como o uso de inseticida; reformas estruturais e construções; limpeza de fossas, caixa de gordura, esgoto e bueiros; e as chuvas que     alagam  os esconderijos desses aracnídeos. 
A pessoa que encontrar um desses animais deve ligar para o Disque Saúde, telefone 160, que a Vigilância Ambiental será acionada e irá até o local. Uma dica para capturá-lo é pegar um pote de vidro e prendê-lo dentro.  
Se uma pessoa for ferida, deve procurar ajuda médica imediatamente e, se puder, levar o aracnídeo em um recipiente para ajudar a identificar a espécie e o antídoto correto para o tratamento. 
Mais capturas
Taguatinga - 69
Asa Sul - 58
Guará - 49
Sobradinho - 42
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot