• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Justiça Eleitoral analisa mandato de distrital Telma Rufino nesta quarta

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Deputada foi expulsa do PPL em agosto; partido quer empossar suplente.
Ela é suspeita de envolvimento em fraudes para financiar campanha no DF.

Mateus RodriguesDo G1 DF
Deputada distrital Telma Rufino (PPL), em entrevista à TV Globo na Câmara Legislativa (Foto: TV Globo/Reprodução)Deputada distrital Telma Rufino (sem partido), em entrevista à TV Globo na Câmara Legislativa
(Foto: TV Globo/Reprodução)
O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal deve analisar nesta quarta-feira (9) a ação de perda de mandato da deputada distrital Telma Rufino (sem partido), investigada pela Polícia Civil por suposto envolvimento em fraudes bancárias. A parlamentar foi expulsa do Partido Pátria Livre (PPL) por unanimidade e a legenda pede a devolução do cargo. No lugar, seria empossada a suplente Jaqueline Silva.                                                                                                                                                                    O processo é o primeiro item na pauta de julgamento desta quarta e pode ser analisado a partir das 18h, se não houver recurso ou pedido de vista. A ação é relatada pelo desembargador eleitoral José Jacinto Costa Carvalho.
A expulsão de Telma do PPL foi decidida em reunião do Diretório Nacional do PPL, em São Paulo, no fim de agosto. A parlamentar foi citada na operação Trick, da Polícia Civil, por suposto envolvimento em fraudes para financiamento de campanha. O G1 não conseguiu contato nesta segunda-feira (7) com a advogada de Telma no processo, Maria Cláudia Bucchianeri.
Em julho, dois pedidos de cassação do mandato de Telma foram arquivados pela Mesa Diretora da Câmara. Os pareceres afirmavam que as denúncias não tinham sido comprovadas e baseavam-se apenas na divulgação das investigações pela imprensa.
Operação Trick
O inquérito policial que cita Telma Rufino foi instaurado após a Operação Trick, deflagrada no fim de abril. A ação contra lavagem de dinheiro cumpriu 36 mandados de busca e apreensão e 32 mandados de condução coercitiva. Segundo a corporação, as fraudes podem chegar a R$ 100 milhões e o dinheiro seria usado no financiamento de campanhas políticas.
As investigações levaram 19 meses até chegar a 55 empresas fantasmas que pegavam empréstimos com o Banco do Brasil que variavam de R$ 800 mil a até R$ 1,4 milhão, segundo a Polícia Civil.
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot