• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Com discurso de que reorganizará a base em janeiro, Rollemberg pede aprovação de projetos

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015
A prioridade, disse o governador, é aprovar as vendas de terrenos e a flexibilização de recursos do Fundo de Apoio à Cultura para pagar servidores
Millena Lopes
millena.lopes@jornaldebrasilia.com.br
Antes de anunciar que pagaria em dia os salários e o 13º dos servidores públicos do DF, o governador Rodrigo Rollemberg se reuniu com deputados distritais da base - nem tão aliada assim - para pedir apoio para aprovação dos projetos do Executivo que estão - ou que ainda vão chegar - na Câmara Legislativa. A prioridade do governo, disse Rollemberg, é aprovar as vendas de terrenos e a flexibilização de recursos do Fundo de Apoio à Cultura para pagar servidores.
O chefe do Executivo ouviu as lamúrias dos deputados e prometeu que no mês de janeiro retomará as conversas com cada um deles, com o objetivo de reorganizar a base.
Rollemberg classificou o encontro como uma “oportunidade de agradecer todo o apoio que tivemos da Câmara Legislativa”. E citou que os pagamentos aos servidores são possíveis graças a um esforço conjunto do  governo, ao apoio da Câmara Legislativa e à terceira fase do Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis).
Prioridade do Executivo nas votações que tramitam na Câmara são as propostas que podem melhorar a arrecadação no ano que vem, conforme o próprio governador. “Solicitamos apoio para um conjunto de matérias que são importantes para que possamos garantir o pagamento de servidores, fornecedores e prestadores de serviços em dia”, pontuou. 
A crise nacional foi citada diversas vezes por Rollemberg, para destacar que o Distrito Federal cumprirá a agenda de pagamentos aos servidores. “Com o agravamento da crise no plano nacional, é muito importante que o DF possa melhorar a arrecadação para cumprir os compromissos de 2016”, afirmou. 
Mais da metade foi
Atenderam ao chamado do governador os distritais Roosevelt Vilela (PSB), Luzia de Paula (Rede), Agaciel Maia (PTC), Reginaldo Veras (PDT), Lira (PHS), Cláudio Abrantes (Rede), Israel Batista (PV), Liliane Roriz (PRTB), Juarezão (PRTB), Cristiano Araújo (PTB),  Rodrigo Delmasso (PTN), Júlio Cesar (PRB) e a presidente da Câmara, Celina Leão (PDT).
Ao comentar o encontro, Rollemberg fez questão de apontar que 13 deputados compareceram ao encontro - mais da metade dos 24 que compõem a Casa.
Salários e 13º serão pagos antes do dia
Rollemberg garantiu que pagará amanhã os salários de novembro e o décimo terceiro dos aniversariantes do mês passado. Os comissionados sem vínculo receberão o benefício no dia 18 de dezembro, e não no dia 20, como prevê a lei. “Além de dar tranquilidade e segurança aos servidores públicos, queremos também estimular a economia da nossa cidade no mês do Natal”, destacou Rollemberg.
Antes de anunciar a boa nova, o governador lembrou que, quando assumiu o comando do Palácio do Buriti, no início do ano, os servidores estavam com salários, 13º, férias e horas extras atrasados. “Fizemos um esforço muito grande até aqui, para ajustar o orçamento. Graças a todo esse esforço, vamos chegar ao fim do ano com todos os nossos compromissos com os servidores em dia”,  comemorou.
Para o ano que vem, o governador reiterou que conta com a colaboração da Câmara Legislativa, a despeito do agravamento da crise nacional. “Nós estamos fazendo todos os esforços, no sentido de garantir tranquilidade e segurança para os servidores, prestadores de serviços e fornecedores da cidade”, discursou.
 Uma proposta que tramita na Esplanada dos Ministérios é uma das apostas   para aumentar a arrecadação em 2016: “Temos um projeto que está na mesa do ministro Joaquim Levy (Fazenda), que é o Profis, que  busca modernizar a Secretaria da Fazenda, para que ela tenha melhor capacidade arrecadadora’
R$ 1,5 bilhão
Serão depositados nas contas dos servidores, amanhã, exatos R$ 1.568.906.660,64. Desse total, R$ 70 milhões serão destinados ao décimo terceiro dos aniversariantes de novembro -  7.532 servidores ativos, 3.420 inativos  e 915 pensionistas.
Saiba mais
A conversa do governador com os distritais surtiu efeito imediato. Em plena quarta-feira, a Câmara aprovou seis projetos do Executivo, que devem aumentar a arrecadação em cerca de R$ 300 milhões. 
Foram aprovados os textos que tratam da liquidação da SAB e da doação de terrenos da empresa ao Distrito Federal; aumento da alíquota do ISS sobre as taxas de cartórios de 2% para 5% ; dois créditos suplementares; autorização para o governo utilizar 99,5% dos lucros das empresas públicas para pagar servidores e outras despesas, além da ampliação da lista de produtos que terão maior alíquota do ICMS  para compor o Fundo de Erradicação da Pobreza.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot