• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

NADA MUDA Governador recusa pedido de demissão de comandante da Polícia Militar

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

REPRODUÇÃO DA INTERNET
Coronel Florisvaldo teria pedido uma reunião com o governador para anunciar a saída
O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, disse ontem que o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Florisvaldo César, colocou o cargo à disposição devido ao confronto com professores no Eixão, no último dia 28. A PM usou bombas de gás, spray de pimenta e balas de borracha para dispersar a manifestação. Quatro professores foram presos.
“Eu não aceitei. Ele assume que a decisão da operação da última quarta-feira [28] foi pessoal do comandante da PM. Porém, deixei registrado que operações com esse nível de repercussão precisam ter autorização do governador. [Mas] O trabalho que vem sendo desenvolvido na área de segurança pública é positivo”, disse Rollemberg.
Segundo ele, o governo tem conseguido reduzir sistematicamente todos os indicadores de violência na capital. “Reduzimos 14% o número de homicídios. Portanto, não há por que, neste momento, mexer no comando da PM”, disse. O governador também ressaltou que em nenhum momento cogitou exonerar o coronel Florisvaldo César.
“O comandante me pediu uma conversa na terça à noite. Eu disse que não podia e nós passamos para hoje [quarta]. Houve uma especulação dos órgão de imprensa de que poderia ocorrer isso. Entretanto, em nenhum momento passou pela nossa cabeça a exoneração do comandante da Polícia Militar. Como disse, ele, em função das repercussões e até para proteger o governo, colocou o cargo à disposição.”
Da redação do Alô
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot