• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Relembrando: Sol Nascente, o Palco da politicagem na campanha de Rollemberg

segunda-feira, 30 de novembro de 2015


Durante a campanha de Rodrigo Rollemberg e Renato Santana, o Sol Nascente foi o palco dos políticos. Para demostrar a pobreza que o local aparenta, o hoje governador Rollemberg, junto com seus avalistas da campanha, que podemos citar, Celina Leão, Rogério Rosso, Reguffe, e o humilde morador da Ceilândia Renato Santana, receberam a chapa presidenciável do PSB, que na época era composta por Eduardo Campos e Marina Silva. Os moradores do local se sentiram honrados em receber nomes tão importantes que avalizavam a regularização e a melhoria do local, caso Rollemberg ganhasse as eleições com seu programa de mudanças radicais para o DF. O Senador carioca, estrela do futebol Brasileiro, o baixinho Romário, também foi ajudar o amigo de partido a ganhar os votos do povo sofrido do local.

Campanha terminou, Rodrigo Rollemberg ganhou e voltou ao Sol Nascente para começar a perturbar os moradores do local. Para tristeza do local, um assentamento chamado de Nova Jerusalém, foi drasticamente derrubado. Sem amparo social, as famílias saíram de lá debaixo de grande humilhação. O sorridente candidato Rollemberg passou a ser temido. Com o poder de governador, Rollemberg levantou a Agefis como a terrorista Agência de demolição e humilhação das famílias dos condomínios do DF.

Depois de alguns meses, a Agefis volta à cena de terror no Sol Nascente. TIRO, PORRADA E BOMBA cercaram o Sol Nascente para desabrigar mais famílias. Templos de Igrejas Evangélicas foram demolidos sem conversa e sem respeito ao próximo. As atitudes do governo Rollemberg não corroboram os discursos de campanha no local. Um verdadeiro abuso do poder público tomou conta do DF e das terras invadidas pelos Condomínios que são hoje promessas de áreas para empreiteiras construírem apartamentos.

O temido governo Terrorista ficará marcado como o maior calote eleitoral de todos os tempos. E onde estão os avalistas de Rollemberg? O DF está largado e não temos a quem recorrer.
Avalistas da POLITICAGEM!

Cris Oliveira
Leia Mais....

Bancada Evangélica na CLDF: Puro Glamor


igreja derrubada
A Frente Parlamentar Evangélica na CLDF não anda bem vista pelos irmãos da fé, principalmente após as derrubadas dos templos evangélicos pela Agefis. O único parlamentar que usou a tribuna da casa para se manifestar contra as atitudes da Agefis com os templos em áreas irregulares foi o Bispo Renato (PR).

Parece que a grande bancada gosta mesmo é de novela e de glamour. Os deputados que homenagearam os 10 mandamentos esqueceram do principal: Amar ao próximo como a si mesmo, ou neste caso, defender os pequenos ministérios, que foram usados para completar os votinhos nas eleições dos irmãos.

É bom lembrar que muitos templos estão em áreas irregulares em todo o DF.

Oremos.



Cris Oliveira
Leia Mais....

Roriz x Leão: Sinal de alerta para atitudes com o povo menos favorecido


celina e liliane roriz o leao

Quem apostou que com a Celina Leão (PDT) na presidência da Câmara Legislativa o povo teria voz, perdeu a aposta. As atitudes da aguerrida Leoa, que enfrentava o governador Agnelo no governo passado, caiu em descrédito durante seu primeiro ano de atuação na Presidência da Casa.

Depois de derrubar a votação que proibia o aumento dos impostos dos genéricos, quando Celina esbarrou de cara com a Clã Roriz, a última da Leoa foi o fim. Segundo Fontes, o PL que proibia as derrubadas em áreas passíveis de regularização da deputada e vice presidente da casa,  Liliane Roriz (PRTB)  foi barrado e retirado da pauta pela presidente da casa do povo por várias vezes. Celina, que  é evangélica, não se pronunciou a respeito dos templos demolidos pela Agefis, se calando perante o povo dos pequenos ministérios que ajudaram a irmã a ganhar a eleição.

A governabilidade comprou a Leoa que está como gata sem miar nas mãos do Governador Rollemberg. No semáforo da casa, Celina está em posição de alerta para alguns deputados, que esperam o momento certo para acabar com a farra da família Leão e seus assessores super  gulosos, que vivem de mamar nas tetas do Desgoverno II. De DETRAN a deputada e sua assessoria entende muito bem!


Cris Oliveira
Leia Mais....

Buracos preocupam moradores da Vila Roriz no Gama


Os carros precisam desviar dos buracos na hora de passar pela rua. Já presenciei muitos veículos perdendo o controle. Isso está um verdadeiro perigo , ressaltou um morador. As pessoas que moram no local solicitam o asfaltamento das ruas urgente. "Estamos esperançosos em receber o asfalto no nosso setor, mas esperamos também que seja resolvido por definitivo o problema de alagamento que temos aqui todos os anos",disse o morador José Teófilo da Silva, morador do local.


Leia Mais....

13º salário injetará R$ 6,4 bi na economia do DF


Consumidor deve aproveitar o feriado de hoje para antecipar compras para o natal
O pagamento do 13º salário injetará R$ 6,4 bilhões na economia do Distrito Federal contra R$ 5,8 bi do último natal. Ele contemplará 1.745.631 trabalhadores de diferentes segmentos públicos e privados.
O valor médio do abono será de R$ 3.587 contra R$ 2.327 do ano passado.
Em todo o país, o 13º colocará na economia R$ 173 bilhões e deve ser pago até 20 de dezembro.
Os dados foram levantados pelo Sindicato do Comércio Varejista do DF – Sindivarejista – junto ao Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconomicos – Dieese.
O comércio espera que no feriado desta segunda-feira centenas de consumidores aproveitem o dia para antecipar as compras de fim de ano. 
Lojas de shoppings funcionarão das 14 às 20h e as de rua irão escolher o melhor horário.
PREMIAÇÃO
Reunindo 30 mil lojas de rua e de shoppings no DF, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Edson de Castro, disse hoje que os gastos com decoração e prêmios a consumidores, a serem oferecidos por lojas e shoppings, devem passar de R$ 5 milhões.
Muitos centros de compras vão sortear carros e outros bens para estimular o consumo.
Para ele, “apesar das incertezas econômicas, há um clima moderado de otimismo entre comerciantes e consumidores”.
EXPANSÃO
Edson de Castro frisou, ainda, que – graças ao 13º salário – as vendas devem subir entre 1,5% e 2% contra 2% do natal de 2014.
No natal de 2013, o crescimento foi de 5,3%.
Como Brasília concentra a maior renda per capita do País, lojas que vendem televisores, computadores e aparelhos de ar condicionado podem ter expansão superior a 2,5%.
No entanto, que as vendem mercadorias com preços atrelados ao dólar podem ter queda nas vendas em razão da alta da moeda norte-americana.
Pesquisa revela que 60% dos consumidores vão optar por presentear comprando roupas, calçados e perfumes.
Segundo o presidente do Sindivarejista, os cartões de crédito devem responder por 90% do faturamento do comércio no fim de ano “porque quem compra quer mais prazo para pagar”.



O gasto médio com presentes cairá de R$ 180 no natal de 2014 para R$ 150 este ano.
Fonte: Sindivarejista
Leia Mais....

Filha mata o pai a facadas em Águas Lindas


O crime aconteceu por volta das 3h10 desta segunda. A mulher está foragida desde então
Uma mulher, de 33 anos, matou o próprio pai a facadas na madrugada desta segunda (30), em Águas Lindas (GO), Região Metropolitana do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil de Goiás, ela está foragida. 
De acordo com a delegada Silzane Bicalho, por volta das 3h10, o carro da família teria atolado próximo ao Condomínio Parque Barragem, Setor 3 de Águas Lindas, e a vítima desceu do automóvel para verificar o ocorrido. Nesse momento, a filha iniciou uma discussão com o pai, de 54 anos, e o esfaqueou diversas vezes. Além dos dois, estava no veículo a esposa de Expedito Lúcio de Souza Novais. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. 
"Aparentemente eles não tinham brigas internas ou desavenças anteriores. Além disso, a autora não tem problema mental que justifique o acontecido", informou a delegada. 
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Ximbinha divulga a logomarca da XCalypso e primeira música da banda. Ouça



A nova banda de Ximbinha, a XCalypso, liberou a primeira música de trabalho, "Saudade", dos compositores Marquinho Maraial e Edu Lupa.
A faixa faz parte do primeiro trabalho da banda formada neste ano, após Ximbinha e Joelma se divorciaram e decidirem encerrar o trabalho em conjunto.
Da redação do Alô
Leia Mais....

Celson Bianchi (27/11)

sábado, 28 de novembro de 2015

ONS e OFFs
Celson Bianchi
Rápido e Rasteiro

- A Câmara Legislativa promoveu a palestra “O Poder e o Poder Político em Shakespeare” com o escritor Theófilo Silva.

- Os distritais fizeram sessão solene para celebrar os 33 anos da Pastoral dos Surdos de Brasília. O autor foi o deputado Cláudio Abrantes (Rede).

- Os distritais da Rede Sustentabilidade querem impedir por meio de projeto que o recesso para os distritais comece antes de julgar as contas anuais do Executivo.

- A deputada Celina Leão, presidente da Câmara Legislativa, condenou as ações ilegais de invasão de domicílios durante as operações de derrubadas da Agefis.

- A notícia de que o diretor-geral da Polícia Civil, Eric Seba, foi cotado para assumir a Secretaria de Segurança Pública repercutiu bem entre policias civis e militares.


Insatisfeitos

A exemplo do ocorrido no Rio Grande do Sul, tucanos insatisfeitos com a intervenção imposta pela executiva nacional criaram um movimento que pede as eleições internas do partido no Distrito Federal. Liderado pela ex-governadora Maria de Lourdes Abadia, o encontro reuniu cerca de 500 militantes e contou com a presença de deputados distritais e presidentes de partidos como o PSB e o PRB.

Lugar ao Sol

O ex-deputado federal e candidato nas últimas eleições ao Senado pelo Distrito Federal, Geraldo Magela (PT), foi nomeado assessor especial da Secretaria-Geral da Presidência da República. Duas vezes deputado distrital, três vezes deputado federal, presidente da União Nacional dos Legislativos Estaduais, presidente da Confederação Parlamentar das Américas e candidato a governador em 2002 e a senador em 2014, Magela vai ocupar agora uma sala no Palácio do Planalto.

Sozinho

A prisão de diversos integrantes do “cartel dos combustíveis no DF” na operação Dubai da Polícia Federal foi alvo discurso do deputado Chico Vigilante (PT) em Plenário. O distrital, que é autor de projetos de lei que permitem a instalação de postos em estacionamentos de supermercados, shopping centers e similares no DF, ressaltou que as prisões “trazem lucro para Brasília”. Foi um dos únicos a tratar publicamente do tema.

Investigação

A notícia saiu no Wall Street Journal, o jornal dos homens de negócio dos Estados Unidos, e foi transmitida para o mundo inteiro pela agência de notícias France Press. A rede de varejista Walmart é investigada, nos Estados Unidos, pelo Departamento de Justiça (equivalente ao Ministério da Justiça no Brasil), pela receita federal estadunidense e pelo Federal Bureau of Investigation (FBI).

Investigação 2

A suspeita é do grupo ter pago 500 mil dólares em propinas para se instalar na capital federal. O período do foco da investigação, 2009 a 2012, corresponde ao final do governo de José Roberto Arruda, ao governo de transição de Rogério Rosso e ao governo de Agnelo Queiroz. As informações não detalham em que governo isso teria efetivamente ocorrido. Segundo o jornal, no início de novembro, procuradores estiveram no Brasil dando início às investigações que ainda estão em um estágio inicial.

Investigação 3

Os investigadores federais se concentram em um montante de US$ 500 mil, cerca de R$ 1,85 milhões, pagos a uma pessoa supostamente contratada pela Walmart para servir de intermediária junto a autoridades governamentais. A pessoa em questão, uma mulher que não é identificada, teria ajudado, entre 2009 e 2012, o Walmart a obter licenças para construir e operar em dois pontos de Brasília. O texto não é claro se estas licenças eram alvarás de construção, alvarás de funcionamento, ou ambos.

Reflexão do dia

“A senhora Bruna, presidente da Agefis, deveria deixar o cargo. Ela não está conseguindo evitar o crescimento da grilagem de terra no DF e trata as vítimas dos grileiros como se fossem criminosos. O órgão retira as famílias de seus lares de forma desumana, violenta e fora da lei” 

Ricardo Vale - deputado distrital

Para Finalizar: O Distrito Federal registrou 181 mortes no trânsito no primeiro semestre deste ano, segundo a Secretaria de Saúde.
Leia Mais....

Colorado - Acidente deixa três pessoas feridas na BR-020


FOTO: DIVULGAÇÃO/CBMDF
Nessa sexta-feira, um acidente envolvendo três caminhões deixou três vítimas, na BR-020, na descida do Colorado.
Segundo o Corpo de Bombeiros, duas pessoas ficaram presas nas ferragens.
As vítimas foram levadas para o Hospital de Base de Brasília, com escoriações pelo corpo e suspeita de fraturas nas pernas.
Da Redação do Alô
Leia Mais....

Sinpolzinho promove Sarau de Natal dos aposentados dia 4/12


23062015-Sinpolzinho - Taguatinga (18)
Festa ocorre na unidade do Sinpol-DF em Taguatinga (Foto: Paulo Cabral/Arquivo Sinpol-DF)
Em mais uma ação de integração entre os sindicalizados, o Sinpol-DF, por meio da Diretoria de Assistência de Aposentados e Pensionistas, realizará um Sarau de Natal.
O evento é gratuito e ocorrerá dia 4 de dezembro, a partir das 17h.
O Sarau é uma ótima oportunidade para que os aposentados possam reencontrar os companheiros de luta, além de ficarem mais informados sobre as ações do Sindicato e sobre tudo que acontece no próprio Sinpolzinho.
Por meio dos encontros do Sinpol em Casa, o sindicato tem reforçado a necessidade de os colegas que andam mais afastados retomarem o contato com os demais.
É necessário, contudo, confirmar presença pelo telefone (61) 3352-6429. O Sinpolzinho fica na Quadra 03, Casa 02, Taguatinga Norte.
LOGO-DO-SINPOL-300x294
JUNTOS SOMOS FORTES!
Leia Mais....

Inca alerta para crescimento de tipos de câncer relacionados à obesidade



A incidência de tipos de câncer relacionados à obesidade tem gerado preocupação ao Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva (Inca) fez hoje (27) um alerta durante a divulgação das estimativas de novos casos para os próximos dois anos no Brasil.
Apesar de não poder fazer uma comparação com os anos anteriores, por mudanças na metodologia e na base de dados, o vice-diretor-geral do Inca, Luiz Felipe Ribeiro, informou que há uma tendência de crescimento em casos como o câncer de próstata, que é associado à obesidade.
"Um exemplo é o tumor de corpo de útero, que também é associado à obesidade e não entrava nem entre os dez tumores mais incidentes do Brasil. Na última estimativa, estava em oitavo, e, nessa, apareceu em quinto", destacou Luiz Felipe. "Está nos preocupando o crescimento rápido dos tumores ligados à obesidade".
Segundo a estimativa, quase 14 mil casos de câncer de corpo de útero devem ser registrados no país nos próximos dois anos. Outros tipos de câncer, como o de ovário e o cólon-retal, também estão relacionados ao excesso de peso e têm subido posições entre os mais frequentes no país.
Técnica da Divisão de Informação do Inca, Marceli de Oliveira Santos afirmou que o estilo de vida urbano e sedentário, que contribui para a obesidade, principalmente no Sul e Sudeste, pode ser claramente associado ao câncer de cólon e reto. "Ele assume uma posição relevante quando trabalhamos em um ambiente em que o desenvolvimento e a urbanização são mais 
Se excluído o câncer de pele sem melanoma, a incidência de câncer de cólon e reto no Sudeste é a segunda maior entre homens, com 24,27 casos para cada 100 mil habitantes. No Norte do país, a incidência desse mesmo tipo de câncer é de 5,34 por 100 mil habitantes, e, no Nordeste, de 7,05.
Entre as mulheres, o câncer de cólon e reto é o segundo mais frequente no país, também desconsiderados os de pele não melanoma. Enquanto as regiões Sul e Sudeste têm uma incidência maior que 20 casos por 100 mil habitantes, no Norte são 5,89 casos.
Para o vice-diretor-geral do Inca, é preciso levar o tema para as escolas e impedir que os adolescentes adquiram hábitos alimentares pouco saudáveis e o sedentarismo. "Temos de trazer a temática câncer para capacitação dos professores de ensinos médio e fundamental. Os hábitos nocivos que se instalam na adolescência têm de ser combatidos desde cedo."
O consumo de carne vermelha e embutidos e os excessos no consumo de álcool são outros fatores que preocupam o instituto. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o Brasil já se enquadra entre os países com consumo de álcool médio, com 8,4 litros de álcool puro por pessoa a cada ano. Junto com o tabagismo, o consumo excessivo de álcool tem um fator multiplicativo em casos de câncer, entre eles o de cavidade oral.
Ribeiro acrescentou que o crescimento dos casos de câncer exigirá cada vez mais recursos para os tratamentos, que custam muito mais caro que a prevenção. "Os custos do Ministério da Saúde com oncologia cresceram 45% em quatro anos, chegando a R$ 3,3 bilhões".
Uma tendência que o Inca considera positiva é a queda da mortalidade nos casos de câncer de pulmão, que está relacionada à redução do número de fumantes no país. Entre 1990 e 2013, a população masculina de fumantes caiu de quase 45% para menos de 20%. A feminina, reduziu de pouco mais de 25% para pouco mais de 10%.
"Isso não é fácil. Foi uma construção interministerial da sociedade em que diversos cenários tiveram de ser construídos. Tivemos de construir isso como sociedade. Seria impossível se não fosse uma luta de toda a sociedade. Temos esse programa como modelo para enfrentar os demais desafios."
Fonte: Agência Brasil
Leia Mais....

Motoqueiro morre afogado embaixo de caminhão após enxurrada em Ceilândia


Rapaz foi arrastado por enxurrada para debaixo do veículo que ele acabara de colidir após a forte chuva que atingiu o setor Sul do Distrito Federal nesta sexta (28)
 
Um motoqueiro morreu afogado após bater em um caminnhão na quadra 36 do Setor P Sul, em Ceilândia, por volta das 17h30 desta sexta (27). De acordo com  informações do Corpo de Bombeiros, o rapaz que conduzia a moto foi arrastado pela chuva para baixo do caminhão. 
Ainda de acordo com a corporação, o rapaz, ainda não identificado, recebeu os primeiros socorros com o trabalho de reanimação durante 35 minutos, mas, apesar dos esforços, não resistiu.
Uma chuva com granizo surpreendeu moradores da região sul do Distrito Federal nesta tarde. No Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Sudoeste, Cruzeiro, Taguatinga e Ceilândia leitores relatam forte precipitação e ventania. Leia mais
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Justiça suspende eleições da Fibra e devolve comando para antigos gestores

sexta-feira, 27 de novembro de 2015


Prédio da Federação foi esvaziado ontem. No lugar de funcionários, seguranças
Millena Lopes
millena.lopes@jornaldebrasilia.com.br
Uma decisão judicial suspendeu as eleições para o comando da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), realizadas em julho do ano passado. O atual presidente, Jamal Bittar, deve deixar a presidência, assim como toda a atual diretoria. A gestão da Federação deve voltar para os gestores eleitos para o período de 2010 a 2014. 
A desconstituição do presidente da comissão eleitoral foi um dos motivos apontados na decisão.  José Luiz German, presidente na gestão anterior, deve assumir o comando até que o processo eleitoral seja realmente concluído. “O presidente da comissão eleitoral parou no meio do caminho”, argumenta ele.
Quando retomar a presidência, ele diz esperar que a harmonia volte a reinar na Federação, que é uma das mais representativas do setor produtivo. “Nossa intenção não é  ganhar a Federação. Em se confirmando essa sentença, queremos pregar a união”, prometeu.
Dos dez sindicatos filiados e que têm voz na eleição da Federação, cinco estariam ao lado de Bittar e os outros cinco ao lado de German. “Queremos convocar os dez sindicatos para conversar, estabelecer um grande diálogo, unir e fazer uma chapa única”, complementou, citando que a Federação, antes das disputas internas, “era uma confraria”. 
Recurso
A atual gestão foi notificada na quarta-feira da sentença proferida na sexta-feira  passada. Quando tomou conhecimento da decisão, Jamal Bittar teria comunicado a todos os empregados que o prédio estaria fechado e quinta até segunda-feira, retomando o funcionamento  normal na terça. Seguranças particulares foram vistos na porta do prédio, fechado, ontem. 
Bittar e a atual diretoria já entraram com recurso da decisão, que ele chama de “estupidez jurídica sem fim”. O processo eleitoral, ele diz, foi legítimo, reconhecido e regular. 
Ele explica que o fechamento do prédio coincidiu com a decisão. “Já tínhamos essa previsão por conta de obras de saneamento do prédio, que é muito antigo. O recesso estava programado há mais de 40 dias”, explicou ele. 
Atual diretoria
Além de Jamal Jorge Bittar, compõem a atual diretoria da Fibra: Élson Ribeiro e Póvoa, João Batista Alves dos Santos, Paulo Eduardo Montenegro de Ávilla e Silva, Júlio Cesar Medeiros de Oliveira, Antônio Eustáquio de Oliveira, Deusdete Bernardes da Silva, Fernando Antônio Bezerra Japiassu, Luiz Carlos Botelho Ferreira, Graciomário de Queiroz; João Carlos Pimenta, Walid de Melo Pires Sariedine, Giovani Antônio Dias, Marcontoni Bites Montezuma e Guillermo Amaral Funes.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Senador pede explicação à Caixa sobre resultado da Mega-Sena


O prêmio saiu para uma aposta simples de R$ 3,50. O sorteio ocorreu em Cândido Mota (SP) e é o maior valor da história
Ingrid Soares, com agências
ingrid.soares@jornaldebrasilia.com.br
O sortudo que levou sozinho o prêmio da Mega-Sena de R$ 205 milhões ainda é desconhecido, mas a aposta vencedora foi feita na Wands Loterias, na QI 25 do Lago Sul. Ontem mesmo,  ganhador misterioso teria procurado uma unidade da Caixa no   Gama. Há um mês, um jogo feito na 302 Sul tornou outro brasiliense milionário. E tanta sorte concentrada na capital despertou suspeitas.
"Brasília anda com uma sorte danada", afirma em tom de desconfiança o senador tucano Alvaro Dias (PR). A reação   se deve a um único motivo. O resultado não entrou de imediato no site da Caixa Econômica Federal, que manteve o aviso de prêmio acumulado. 
"Não estou suspeitando de nada precipitadamente. Estou só pedindo explicações, até para que esse sorteio não fique sob suspeição", disse. O senador já questionou o banco  a respeito de outros resultados. Ele é autor de projeto de lei, de 2007, que aumenta o rigor no pagamento dos prêmios - como exigência de o ganhador comprovar a origem do  recurso  usado  nas apostas.
"Tem que ter mais transparência, sobretudo porque é um assunto bem popular. Mexe com o sonho de muita gente", argumenta o tucano. Por meio de nota, a Caixa reconheceu que "exclusivamente na tela inicial das Loterias do site", houve um "atraso na atualização, o que manteve a palavra "acumulou" referente ao sorteio anterior."
O prêmio saiu para uma aposta simples de R$ 3,50.  O sorteio ocorreu em Cândido Mota (SP) e é o maior valor da história.  Os números    foram 06 - 07 - 29 - 39 - 41 – 55.
A gerente da   Wands Loterias, Márcia Ximenes,  acredita que, após o bilhete ter saído de lá, a freguesia vai aumentar: “Ainda não sabemos quem foi, mas a expectativa é grande. Tomara que ele traga um pouquinho para a gente”, brinca.
A aposta foi feita no guichê preferencial de número dois. A gerente  não sabe ao certo qual das cinco funcionárias atendeu o apostador. “Houve troca de plantões, e uma utiliza a máquina da outra quando trava”, relata.
Atendentes e clientes comemoram
Ana Paula Guerreiro, 39 anos, é uma das atendentes da lotérica do Lago Sul. Há sete anos  no ramo, ela dá a receita para quem quiser acertar da próxima vez: “Tem que acreditar   e não pode desistir. Ter fé em Deus também ajuda. Não tenho pistas do ganhador, mas acredito que seja uma pessoa merecedora.” Segundo ela, no calor do momento, os apostadores prometem desde lanches reforçados a casas e carros caso ganhem. “Espero que eles se lembrem mesmo da gente”, diz.
A cabeleireira Dalva Dias, 50, moradora do Lago Sul, foi à lotérica para parabenizar as atendentes. “Estou muito feliz que tenha saído para cá. Sempre jogo e agora vou me empenhar ainda mais”, promete. E o sorridente aposentado  Celso Mikami, 61, relata que sempre faz jogos na lotérica premiada: “Já ganhei a quina e levei R$ 38 mil”.
Saiba mais
No sábado, haverá sorteio de R$ 100 milhões. Segundo a CEF, o concurso 1765 recebe acumulado 5% do valor destinado a prêmios dos últimos cinco concursos. 
Em seis anos, a  Mega premiou quase R$ 500 milhões. E foi dada a largada para a Mega da Virada: prêmio de R$ 280 mi.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Diretor de TV é o mais novo cidadão honorário da capital federal


Câmara Legislativa reconhece o trabalho de jornalista que conduz a Rede Record no Distrito Federal
Isaac Marra
isaac.marra@jornaldebrasilia,com
Mineiro de Belo Horizonte, o diretor-geral da Rede Record de Televisão em Brasília, Carlos Roberto Alves, é o mais novo cidadão honorário da capital federal. O título foi outorgado, ontem, em sessão solene na Câmara Legislativa, por iniciativa do distrital Julio Cesar Ribeiro (PRB). 
Para o parlamentar, a homenagem prestada a Carlos Roberto é mais do que justa. “Ele vem desempenhando um grande trabalho em Brasília, comandando excelentes programas, e, além disso, tem a preocupação de trabalhar a questão social, dar voz à população mais carente”, justifica Ribeiro. O distrital já foi companheiro de trabalho do homenageado, de quem é amigo há cerca de 20 anos. 
Aos 40 anos, o radialista e jornalista Carlos Roberto está há 21 anos no Grupo Record de Comunicação, e desde 2009 no Distrito Federal. Entre outras funções no grupo de comunicação, foi diretor-executivo das rádios Itatiaia, de Curitiba (PR); Uirapuru, de Fortaleza (CE), Capital (DF) e Copacabana, no Rio de Janeiro. 
O homenageado também foi diretor de Produção do RecNov, o Centro de Produção de Novelas e Minisséries da emissora. 
Casado com Maria Elisabeth Oliveira Alves e pai de Israel, o comandante da Record em Brasília também esteve à frente da rede de televisão em Minas Gerais, Santos (SP), Belém (PA) e Salvador (BA).
Essa é a segunda homenagem prestada pelo distrital à emissora nessa semana. Na outra ocasião, a novela Os Dez Mandamentos foi objeto de sessão solene na Câmara, com direito à presença de atores do folhetim.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Dez anos após condenação, ex-senador Luiz Estevão pode ir para a Papuda


Ministro do STF avisa: julgamento de ex-senador chega ao plenário este ano
Da redação
redacao@jornaldebrasilia.com.br
Nova prisão do ex-senador Luiz Estevão está a distância de apenas  uma canetada do ministro do Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF). Por isso, não será surpresa se o empresário seguir em um breve futuro um caminho parecido com o do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso pela operação Lava Jato. Em primeira mão, para a reportagem do Jornal de Brasília, o magistrado contou que está concluindo a leitura do processo e encaminhará a peça para julgamento no plenário até o dia 15 de dezembro deste ano. 
Pela acusação de desvio de dinheiro público na obra do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT/SP), o empresário foi condenado a 31 anos de prisão. No entanto, permanece em liberdade, blindado por recursos de defesa. 
“Quero liquidar essa ladainha. Já está na hora”, afirmou  Marco Aurélio. O gabinete do ministro também recebeu uma série de pedidos de habeas corpus de Estevão e de outras partes envolvidas no caso. “Não adianta levar apenas os agravos. Não quero deixar nenhuma pendência”, explicou.
Definição urgente
Sem antecipar o voto, o ministro considera que a questão necessita de uma definição urgente. “É importante como todos os casos onde ajam desvios. E esta história envolvendo a construção do prédio lá em São Paulo está tramitando há tempo demais. Isso gera para o leigo a sensação de impunidade”, comentou. Ironicamente, o ex-senador se livrou de duas condenações, por documentação falsa e formação de quadrilha  em 2014. Ambas prescreveram em consequência de recursos da defesa de Estevão.
Em relação ao processo em análise no STF, a peça prescreve em maio de 2018. No dia 9 de junho, o ministro Marco Aurélio rejeitou um dos recursos do ex-senador. O magistrado entendeu que a questão não tratava sobre a Constituição e por isso não precisava ser apreciada pelo STF. 
Em 19 de agosto, o subprocurador-geral da República Edson Oliveira de Almeida, pediu a prisão imediata de Luiz Estevão. No parecer, o subprocurador-geral argumentou que a defesa do ex-senador busca nitidamente protelar a decisão da Justiça e não suprir vícios ou pontos nebulosos do processo.  
Execução deve alcançar mais R$ 2 bilhões
Mesmo com as pendências no STF, o Ministério Público Federal de São Paulo pediu que Luiz Estevão e outros envolvidos no caso do TRT paulista o pagamento de R$ 2 bilhões para a União. A soma foi calculada em função das condenações dos réus na Justiça Federal.
Trata-se de uma execução provisória, respaldada pelo Código de Processo Civil. Os R$ 2 bilhões, que reduziriam sensivelmente a fortuna do empresário, incluem multas, restituição de valores desviados da obra, bem como, a reparação de danos materiais e morais. 
O pedido de ressarcimento está dividido em duas ações. O ex-senador é citado apenas em uma, junto com parte de suas empresas e pessoas próximas. 
Em 2012, o empresário já selou acordo com a Advocacia Geral da União para a devolução de R$ 468 milhões. O empresário pagaria R$ 80 milhões à vista e complementaria o  ressarcimento dos cofres públicos em 96 parcelas de R$ 4,1 milhões. Mas a história ainda estava longe do fim, pois a AGU deixou claro que a reparação do erário ainda não estava concluída.
Após condenação, uma ofensiva de recursos
1 - Pelos crimes de peculato, estelionato, corrupção ativa, uso de documento falso e formação de quadrilha,  Estevão e os demais  envolvidos foram condenados pelo  Tribunal Federal da 3ª Região (SP), em 2006. O caso então entrou em uma disputa de recursos até o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Até agora, o ex-senador não conseguiu vitória que sustasse o processo, mas vem conquistando mais tempo até a prisão.  
2 - Ao questionar os recursos feitos por Luiz Estevão e outras partes envolvidas no caso do Tribunal Regional do Trabalho, o subprocurador-geral da Republica Edson Oliveira de Almeida avaliou: “Não se destinavam a superar vícios de omissão, contrariedade, ambiguidade ou obscuridade, mas encerravam irresignações infringentes, quanto ao próprio mérito da decisão embargada e nitidamente protelatórias".
3 - A estratégia pode ser comprovada em números. Segundo a Procuradoria Geral da Republica, Estevão e outros réus apresentaram na 6ª Turma do STJ, 10 peças jurídicas, contando: requerimentos simples, manifestações, embargos de declaração, agravos regimentais e recursos extraordinários. A defesa também buscou ganhar mais tempo na Corte Especial e na Terceira Seção do Tribunal.
Escândalo chega a CPI e custa um mandato
O escândalo da construção do TRT de  São Paulo custou o mandato de senador de Luiz Estevão. Por quebra de decoro de parlamentar, o empresário teve o mandato cassado em 2000 após investigação  na CPI do Judiciário. Sua cassação teve  votos favoráveis de 52 senadores, 18 contrários e 10 abstenções. Desde então, Estevão nunca mais disputou mandatos eletivos.
A licitação para a construção do prédio foi concluída em 1992. Ainda naquele ano o Tribunal de Contas da União identificou inconsistências no processo. Segundo investigações do MPF, os cofres públicos foram lesados em, aproximadamente, R$ 170 milhões, na época. E, ao fiscalizar a obra, descobriu-se que o governo pagou muito mais do que havia orçado.
Ao lado de Luiz Estevão, outro personagem chave deste caso é o ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, apelidado posteriormente como “Juiz Lalau”. Nicolau também foi condenado, sendo também preso, mas liberado em função da idade avançada e por alegar problemas de sáude, em 2014. 
Alegando inocência,  Luiz Estevão foi preso em setembro do ano passado em sua casa no Lago Sul. Neste caso, o ex-senador perdeu a liberdade em função da acusação de falsificação de documentos para justificar as polêmicas obras  do TRT paulista.  A pena deste crime seria próxima a três anos.  O ex-senador foi levado para a Penitenciária 2 de Tremendé, em  São Paulo. Em outubro, o empresário conseguiu transferir a prisão para o DF.
O período de detenção no DF teve polêmicas. Em março deste ano, MPF abriu processo de improbidade administrativa de dois servidores. Estevão estava detido na Papuda e teria sido liberado ilegalmente para sair do presídio em dezembro de 2014. 
Naquele período, a defesa do ex-senador argumentou que não houve crime, pois Estevão teria  a autorização trabalhar e passar finais de semana fora da prisão, alternadamente. Depois da controvérsia, a Vara de Execuções Penais do DF concedeu à Estevão o direito a cumprir a pena em  regime aberto. O empresário ganhou o direito de viver em casa e circular pelo DF.
Um senador preso, dois senadores...
Desde a redemocratização que se seguiu ao Estado Novo, no século passado, só há registro de prisão de três senadores. O único detido no exercício do mandato, há dois dias, foi Delcídio do Amaral (foto à esquerda), flagrado pela Operação Lava-Jato. O segundo, Mário Calixto, era suplente de um senador de Rondônia, que se afastou para assumir cargo no governo Lula. Quando Calixto assumiu, descobriu-se que havia ordem de prisão contra ele. Pressionado pelos colegas, preferiu desistir do cargo. Hoje cumpre pena. O terceiro, Luiz Estevão (foto à direita), já havia sido detido em 2006, após condenado pela Justiça Federal  no caso da construção do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, mas ganhou o direito de recorrer em liberdade. Foi preso de novo em 27 de setembro do ano passado, por  falsificação de documentos no mesmo caso e está hoje em regime aberto.
"Saidinhas" duvidosas
As “saidinhas” temporárias do ex-senador nos tempos da Papuda não contaram com o aval da juiza Leila Cury, responsável pelas execuções penais àquela  época. A magistrada disse que Luiz Estevão não apresentava os requisitos necessários para a concessão do benefício pela Lei, naquele período.
Segundo o MPF, as “saidinhas” abriram brechas para possívei fugas do réu e teriam ocorrido única e exclusivamente em benefício de Luiz Estevão. Apresentando atestado de bom comportamento carcerário, Estevão conseguiu a progressão de pena. Hoje cumpre pena em regime aberto e trabalha regularmente.   
Jornal de Brasília tentou entrar em contato com o advogado de Luiz Estevão, Marcelo Luiz Bessa. Na primeira ligação  para o escritório de Bessa, funcionários informaram que ele estaria em uma reunião externa. A reportagem ligou um segunda vez e recebeu a informação de que o advogado estaria no escritório e haveria possibilidade dele conversar. À falta de uma resposta, o advogado foi procurado pela terceira vez. Mas ninguém atendeu mais o telefone no escritório.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Leia Mais....

Moradores de Santa Maria apresentam demandas na última sessão itinerante do ano


Screenshot_4
A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou sua última sessão itinerante do ano na última quarta-feira (25), como parte do projeto Câmara em Movimento. Santa Maria foi a nona cidade a receber a iniciativa. Assim como nas outras regiões administrativas, o microfone foi aberto à comunidade, que apresentou demandas em diversas áreas, como saúde, transporte, cultura e regularização fundiária. As reivindicações serão encaminhadas ao Executivo e poderão subsidiar a elaboração de emendas parlamentares.
O líder comunitário Horácio Moreira de Moura aproveitou para reclamar do aumento no preço das refeições servidas nos restaurantes comunitários. O valor passou de R$ 1,00 para R$ 3,00. “Programa social é para ser social. Os restaurantes estão praticamente vazios, porque o pobre não tem condição de pagar para sua família. Sabemos da crise pela qual passa o governo, mas os mais pobres não devem pagar essa conta”, disse em meio a aplausos dos presentes.
Já a presidente do Conselho Regional de Saúde de Santa Maria, Denise Bastos, lamentou que, a despeito da boa estrutura do hospital da cidade, o centro obstétrico esteja fechado, o laboratório esteja desfalcado de reagentes, e a fila por atendimento só aumente. “A saúde não espera. É preciso chamar mais concursados”, disse.
A reclamação também foi feita por outros moradores, como Natan Silva, que convidou os deputados a visitarem o hospital da cidade. “Os médicos sumiram, foram abduzidos”, ironizou. Segundo o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), o secretário de Saúde já se comprometeu a nomear 700 profissionais aprovados em concurso até o final de dezembro.
Também não faltaram manifestações por geração de emprego e renda em Santa Maria. Assim como na sessão realizada em Sobradinho II, a execução do Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo (Pró-DF) sofreu críticas. “Muda o governo, e os problemas continuam”, lamentou o empresário Flávio Silva, quem defendeu incrementos no comércio local.
A regularização da feira central da cidade também foi reclamada por moradores que participaram da audiência. E o representante da Associação dos Carroceiros, José Marcos, criticou o fato de a lei do curral comunitário nunca ter funcionado em Santa Maria. “A lei tem 22 anos e nunca valeu aqui. Só queremos a área. Os cavalos ficam soltos, morrem na pista e causam acidentes”, apontou.
Demandas na área de esporte e cultura também foram apresentadas. “Os jovens não têm nada para fazer. Faltam quadras esportivas e opções de lazer, além de estrutura para a realização de eventos culturais”, lamentou o produtor cultural Kênio Macalister. Apoio, reconhecimento e estímulo ao esporte foram cobrados, ainda, pelo campeão mundial e professor de Jiu Jitsu Márcio Lima.
Assim como em outras sessões itinerantes, a regularização fundiária de condomínios esteve entre as reivindicações. “A regularização vai permitir, inclusive, aumentar a arrecadação de impostos”, ponderou Terezinha da Rocha, representante dos moradores do Porto Rico. “Olhem para o nosso condomínio com mais atenção”, completou, destacando que o período de chuvas complica ainda mais a situação daquele loteamento.
Além disso, outros moradores aproveitaram a ocasião para pedir a instalação de um cartório, de uma escola de música, de uma escola técnica e de um posto do Na Hora na cidade.
Recursos – O relator da proposta de orçamento de 2016 na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF), deputado Agaciel Maia (PTC), afirmou que serão destinados R$ 15 milhões para Santa Maria. “Eu mesmo destinei R$ 1 milhão”, disse. Ele explicou ser preciso cobrar dos deputados a destinação de recursos para a cidade, mas defendeu ser ainda mais importante a cobrança junto ao administrador para que sejam executadas as emendas parlamentares.
A presidente da CLDF, deputada Celina Leão (PDT), enfatizou a importância do projeto Câmara em Movimento – em sua última edição no ano – para aproximar o Legislativo da população. Considerando a quantidade de demandas apresentadas durante as sessões itinerantes, o deputado Rafael Prudente (PMDB) sugeriu que o projeto aconteça em cada cidade durante dois dias, e não apenas um. “No primeiro momento, ouviríamos a população e, no dia seguinte, representantes do Executivo dariam uma resposta. Há muitas demandas simples que poderiam ser facilmente resolvidas”, disse.
Votação – A audiência em Santa Maria foi suspensa momentaneamente para a apreciação e aprovação do Projeto de Decreto Legislativo nº 110/2015. A proposição homologa o Convênio ICMS nº 137, de 20 de novembro de 2015, do Confaz. O instrumento concede isenção do ICMS nas vendas de bens e mercadorias em bazares, feiras ou similares.      Fonte:odemocrata.com
Leia Mais....

Muito a comemorar, muito mais a conquistar!


reginalacerdacortada24/02, Dia da conquista do voto feminino no Brasil
Em 2015 comemoramos 83 anos do Dia da conquista do voto feminino no Brasil. Precisamos celebrar essa data. Afinal 83 anos após o dia 24 de fevereiro de 1932 quando, pelo Decreto 21043 do código eleitoral provisório, durante o governo do presidente Getulio Vargas, o voto feminino foi assegurado, somos a maioria da população, a maioria do eleitorado, 45% da força produtiva do pais e respondemos por 40% dos lares do pais.
Mas, antes de lembrarmos as mulheres que nos orgulharam nessa conquista, precisamos registrar algumas que, nas mais diversas áreas de atuação, foram abrindo espaços para nossas conquistas.
Alice Tibiriçá, uma mineira de Ouro Preto, que sugeriu ao presidente Getúlio Vargas, em 1932 a criação do Dias das Mães e também trouxe as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher ao Brasil, em 1947. A pioneira na luta pelos direitos humanos no país, a índia Madalena Caramu, que em 1561 escreveu uma carta ao bispo de Salvador pedindo o fim dos maus-tratos contra crianças escravas. Aprendeu a ler e a escrever e tornou-se a primeira mulher alfabetizada no Brasil.
No quadro complementar de oficiais do Exercito Brasileiro consta Maria Quitéria, uma baiana que se alistou no Regimento de Artilharia para lutar na Guerra da Independência. Ana Néri, viúva, primeira enfermeira brasileira, que figura desde 2009 no Livro dos Heróis da Pátria por ter sido voluntária na Guerra do Paraguai após inconformar-se com a convocação dos três filhos e do irmão para aquela guerra. Lutou e conseguiu o direito de acompanhá-los, montando  uma enfermaria modelo para atendimento aos soldados.
Anita Garibaldi, conhecida com Heroína dos Dois Mundos, que casou-se os 14 anos, pediu o desquite três anos depois e casou-se com Giuseppe Garibaldi, italiano por quem se apaixonou e com quem lutou na Revolução Farroupilha, no Rio Grande do Sul. Duas são as cidades em Santa Catarina que homenageiam esta que foi considerada exemplo de coragem e dedicação tanto no Brasil quanto na Itália.
Nísia Floresta, educadora, escritora, poetisa, provavelmente a primeira mulher a publicar textos em jornais, num tempo em que mal existia a imprensa no Brasil. Publicou o livro “Direitos das mulheres e injustiça dos homens”, provavelmente o primeiro livro do movimento feminista na América Latina. Seguida pela poetisa Narcisa Amália, primeira jornalista mulher do país e assim por centenas de outras mulheres que usaram essa profissão para compartilhar idéias democráticas e progressistas.
Chiquinha Gonzaga, a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil, primeira compositora popular, mulher com imensa vontade de tirar o piano das rodas sofisticadas e levá-lo ao povo. É dela também a primeira marcha de carnaval, composta em 1899: Ó abre Alas. Dorina Nowill, primeira aluna cega a freqüentar uma escola no Brasil e a enfrentar todas as dificuldades de lidar com espaços não adaptados e profissionais não habilitados a lidar com deficientes. E Nise da Silveira, alagoana, umas das primeiras médicas do Brasil, única em uma turma de 158 alunos.
E quanto ao 24 de fevereiro? Nossa luta pela participação feminina na política inicia-se no século XIX quando Celina Guimarães Viana, aparece como a primeira mulher da América Latina a alistar-se como eleitora, no Rio Grande do Norte, dando seu voto em 5 de Abril de 1928 na cidade de Mossoró. Proporcionou a seu Estado ser o primeiro a estabelecer no seu serviço eleitoral que não mais haveria distinção de sexo para o exercício do voto.
Alzira Soriano tornou-se a primeira prefeita da América Latina, também em 1928, com sessenta por cento dos votos, oriunda da cidade de Jardim de Angicos/RN. Posteriormente elegeu-se também Vereadora por Lajes/RN, sua cidade natal. Carlota Pereira de Queiróz, foi eleita deputada federal por SP em 1934, primeira voz feminina na história do Brasil a ser ouvida no Congresso Nacional.
Bertha Lutz, considerada uma das maiores líderes na luta pelo direito ao voto feminino , fundou a Federação Brasileira para o Progresso Feminino elegendo-se deputada federal suplente, assumindo o mandato em 1936. Na Câmara, lutou por melhorias na legislação trabalhista em relação ao trabalho feminino e infantil como redução da jornada, licença maternidade de três meses e igualdade salarial.
Pagu, a primeira presa política do país, conhecida pelo incentivo ao teatro, principalmente a grupos amadores em Santos, onde viveu os últimos anos de sua vida. Carlota Pereira de Queiróz, foi eleita deputada federal por SP em 1934, primeira voz feminina na história do Brasil a ser ouvida no Congresso Nacional. Esther de Figueiredo Ferraz, a primeira mulher a ocupar um cargo de Ministra da Educação, da qual tive o privilégio de ser datilógrafa em 1985, iniciando minha vida profissional.
Eunice Michellis, uma amazonense que em 1974 foi eleita deputada federal, consegue em 1979 ser eleita a primeira Senadora do Brasil. Mas a história não poderia deixar de registrar Olga Benário, deportada do Brasil para a Alemanha, que recebeu a confissão pública de Celso de Mello, então presidente do STF em 1998. “Cometemos erros e um deles foi permitir a entrega de uma pessoa a um regime totalitário como o nazista, uma mulher grávida.”
Mas nossos números ainda são pequenos, embora 8.210 mulheres tenham disputado as eleições de outubro de 2014, o que representou 61% à mais que 2010. Dos oitenta e um senadores, apenas onze são mulheres (13,6%) e entre quinhentos e treze deputados federais 10% são mulheres, ou seja, temos nesta 55ª legislatura, cinquenta e uma deputadas federais. Dos cerca de cinco mil e quinhentos e setenta Prefeitos do Brasil 88% são homens e apenas 654 cidades são administradas por Prefeitas. Nesse aspecto então, temos muito que avançar, muito mais a conquistar. Estabelecer igualdade de participação nos partidos e ampliar ainda mais nossa presença no Parlamento e na vida pública.
Assim, nesta data, quero registrar meu respeito e minha admiração a todas as mulheres aqui citadas, às milhares de outras, anônimas, que fizeram da luta feminina uma luta de grandes conquistas e às mulheres do PSDB com as quais tenho a honra de compartilhar um ambiente político que se soma a um momento extremamente importante no Brasil.
À nossa presidente do Secretariado Nacional da Mulher, Solange Jurema, primeira ministra da Mulher no Brasil e a Yeda Crusius, presidente de honra, Thelma de Oliveira, Senadora Lucia Vânia, às nossas parlamentares eleitas para esta legislatura Sheridan de Anchieta, Geovania de Sá, Mariana Carvalho, Mara Gabrilli e Bruna Furlan, à todas as que, como eu, ousadamente se candidataram nessas eleições e especialmente em Brasília à Maria de Lourdes Abadia que nos orgulha com sua trajetória política e Sandra Quezado, presidente do PSDB MULHER/DF, que neste ano foi a única mulher candidata ao Senado no Distrito Federal.
Que possamos fazer deste dia um marco para outras conquistas, ampliando a participação feminina na política e abrindo caminho para o maior empoderamento da mulher que já  contribuiu tanto ao longo da historia e continuará contribuindo para um país melhor, mais justo, com mais oportunidades e igualdade para todos.
E VIVA O VOTO FEMININO NO BRASIL!
Regina Lacerda,
Empresária, teóloga, pedagoga e escritora – Filiada ao PSDB
Leia Mais....
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot