• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Rollemberg começa a redesenhar o Governo do Distrito Federal

terça-feira, 13 de outubro de 2015


Pressão de partidos que apoiam o governador dificulta tese de unir cinco das atuais pastas em uma só
Para cumprir a promessa de corte de secretarias, administrações regionais e comissionados,  Rollemberg começa a redesenhar hoje o GDF. Imerso em um turbilhão de interesses e projetos políticos de aliados de primeira e segunda hora, o Buriti estudava até a noite de ontem a possibilidade de fatiar a reformulação para conseguir acomodar interesses de políticos e partidos. Surgiu assim a possibilidade de divisão do projeto original de uma nova super secretaria.
Ao longo das últimos dia o projeto da superpasta levantou uma série de contratempos e críticas. Por isso, o núcleo duro do Buriti começou a rever o projeto de aglutinação de Trabalho, Desenvolvimento Econômico, Turismo, Agricultura e Ciência e Tecnologia em uma só pasta. Ontem ganhou força a possibilidade de divisão da mega secretaria. Uma das ideias seria fundir Trabalho com Políticas para Mulheres e Desenvolvimento Humano. Enquanto isso, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura formariam outra pasta.
Para o PDT
A vitaminada nova secretaria do Trabalho seria entregue ao PDT. Mirando a acomodação de um suplente do PSB na Câmara Legislativa,  Rollemberg gostaria de ver o deputado Joe Valle (PDT) à frente do novo reduto, mas o parlamentar até ontem ainda não decidido qual seria seu futuro. Especialmente, em função do dilema da Agricultura. Valle é radicalmente contra a fusão da pasta, já influenciada por seu grupo político.
Outra ponta solta é o Turismo. O grupo político do atual secretário, Jaime Recena, vice-presidente regional do PSB, não aceita a fusão da pasta. Uma solução seria acomodar a área no projeto da nova secretaria de Governo, que pode substituir a Casa Civil.
Como remanejar
1 A intenção do Buriti é manter o secretário de Transportes Carlos Tomé no governo. Mas seu futuro posto de trabalho é incerto. 
2 Afirma-se que quando Rollemberg anunciou o primeiro secretariado houve casos em que ele fez o convite para os futuros “secretariaveis” no mesmo dia do anúncio. Tem muita gente que hoje vai passar o dia de olho no celular.
3 Além de Joe Valle, o governo estudava a possibilidade de emplacar suplentes fiéis na Câmara, convocando outros distritais, a exemplo de Julio César (PRB), Raimundo Ribeiro (PSDB), Luzia de Paula (Rede) e Rodrigo Delmasso (PTN).
4 Aliados de Rollemberg entendem a necessidade de reformulação do GDF. Mas muitos não poupam críticas pela “falta de clareza” das ações do governador.
Nomes já estão certos
Sérgio Sampaio, Marcos Dantas, Leany Lemos, André Lima, Fábio Gondim e Júlio Gregório deverão continuar a frente de pastas importantes. Bem avaliado dentro e fora do Buriti, Sampaio deverá assumir a nova secretaria de Governo. Gondim e Gregório permanecerão a frente da Saúde e Educação, respectivamente. 
Marcos Dantas deixará a pasta de Relações Institucionais e foi chamado para capitanear a secretaria de Mobilidade. “Não posso negar. Houve o convite. Mas até o anúncio do governador tudo pode mudar”, afirmou Dantas. 
A pasta de  Relações Instituionais deve ser subordinada à pasta de Governo. A medida pode agradar a deputada Liliane Roriz (PRTB), que estava em rota de colisão com as posições de Dantas.
A Rede deverá ficar com a gestão da pasta do Meio Ambiente e Gestão do Território e Habitação, tendo André Lima como secretário. Leany Lemos ganhará força a frente da nova secretaria de Planejamento, Administração Pública e Desburocratização.
O governo não equacionou as participações do PRB e do PSD. “O PSD ajudou a construir a aliança que levou Rolemberg ao Buriti e confia nas ações do governador. Seja qual for a decisão dele, o PSD se sentirá contemplado. O partido quer ajudar o governo e cidade, e não disputar cargos”, comentou o presidente regional do PSD, Rogério Rosso. 
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot