• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

ONS e OFFs Por Celson Bianchi (06/10)

terça-feira, 6 de outubro de 2015


OPINIÃO DA SEMANA
Jogo de cartas marcadas
O setor de transporte no DF nunca foi tema de grande importância ao longo dos mais de 50 anos da capital. Na verdade, com o crescimento populacional dos anos 90, fruto das novas cidades, só então o assunto ganhou destaque. Explorado por poucos que enriqueceram muito e ofereciam quase nada para quem precisava se deslocar. Ônibus velhos, sem controle, muito subsídio e, por fim, as vans irregulares, cujo fim foi comemorado, menos pelas máfias que se beneficiaram delas.
Os órgãos de controle e fiscalização do sistema, tão velhos quanto os ônibus, pouco fizeram. Resultado: licitações de fachada, bilhetagem nas mãos dos empresários e transporte pirata à vontade na Capital Federal. Finalmente, a tacada final: mudaram o nome. Da antiga Secretaria de Transportes temos agora a Secretaria de Mobilidade. Os vícios e os erros continuaram os mesmos. E a mobilidade, só aparece no discurso e nas multas. Milhões em multas.
Agora mudam os nomes de integrantes da secretaria, afinal, pneu careca e peças desgastadas, segundo o próprio secretário, devem merecer a devida troca. Para o DFTrans inovaram, mas um estrangeiro, direto do Espírito Santo, um estado que não é lá o melhor exemplo de mobilidade. A continuar assim vão ter que apelar para Deus, coisa que a população já faz todos os dias. Afinal, só Deus sabe se o cidadão vai chegar no trabalho ou em casa a tempo e a hora.
Reprodução da Internet - Transporte: vícios e erros continuam
Exemplo
Relatório final elaborado pelo Tribunal de Justiça do DF mostra que 82% dos processos identificados como aptos para receber sentença no mês de agosto, nos quais idosos figuravam como partes, foram julgados em mutirão realizado no mês de setembro, resultando em 230 sentenças. A medida foi determinada pelo Presidente do Tribunal, desembargador Getúlio de Moraes Oliveira; e pelo Corregedor de Justiça do DF, desembargador Romeu Gonzaga Neiva.
Compras
A Câmara dos Deputados reservou R$ 1,9 mil para o fornecimento de 150 unidades de caneca de cerâmica, com capacidade 270 ml. O pedido foi realizado pelo Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados que planeja e executa as atividades relacionadas à educação legislativa, bem como ao recrutamento, seleção e desenvolvimento de pessoas na Câmara dos Deputados.
Compras 2
Já o Superior Tribunal de Justiça (STJ) empenhou R$ 190,6 mil para a aquisição três veículos de transporte institucional. Os automóveis servirão para deslocamento de magistrados no desempenho de atividades externas de interesse da administração. Ainda para locomoção, mas não de pessoas, o STJ irá desembolsar R$ 43,5 mil para a compra de um veículo utilitário do tipo furgão de pequeno porte. O veículo servirá para transporte de carga leve. A entrega será realizada em no máximo 150 dias corridos, com garantia de 12 meses.
Novo tempo
Está confirmado. O Governo do Distrito Federal decidiu encerrar o contrato com as três agências de publicidade que atendem o governo. O recado foi dado pela subsecretária de Publicidade, Thiara Zavaglia, aos representantes da Agnelo Pacheco, da Propeg Comunicação e da CCA Comunicação (Tempo Propaganda) para avisar que a parceria com as empresas não será renovada e que, portanto, termina em 4 de janeiro próximo.
Passe livre
O deputado distrital Júlio César (PRB) quer estender o benefício do passe livre no transporte público a todos os atletas do DF. Seria um incentivo àqueles que praticam esportes. Hoje, o passe livre já existe para estudantes e para portadores de necessidades especiais. A proposta em tramitação na Câmara Legislativa ainda não tem data para ser votada.
Divulgação - Júlio César – deputado distrital
Formação
A Escola do Legislativo promove a partir desta terça-feira (6) até o próximo dia 8 o terceiro ciclo de palestras aberto à população, com objetivo de favorecer a reflexão sobre aspectos ligados ao Poder Legislativo. Sistema eleitoral, representação e reforma política são os temas desse terceiro ciclo, a serem desenvolvidos por três doutores em ciência política, sempre das 9 às 12 horas, no auditório da Câmara Legislativa.
Reflexão do dia...
“O Setor de TI é um dos maiores responsáveis pela arrecadação do Distrito Federal. O GDF deve envolver este setor nos fóruns estratégicos pela sua força na geração de empregos, por se tratar de economia verde, que não polui, não esgotando os nossos recursos naturais, e por serem dos poucos segmentos que ainda crescem, apesar da crise generalizada”.
Divulgação - Marco Tulio Chaparro, presidente da  Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação - DF
Para finalizar:  A Câmara Legislativa assinou novo contrato com a Zepim para prestação do serviço de vigilância armada e desarmada. O valor anual é de R$ 3,4 milhões. A empresa já prestava serviço ao legislativo.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot