• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Do Alto da Torre Eduardo Brito (28/09)

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Transparência ampla e irrestrita
O GDF começou a fazer uma série de obras pequenas por várias cidades do Distrito Federal. Buracos são tapados, ruas ganham recapeamento, calçadas sendo substituídas ou construídas e a CEB tem feito um mutirão para a modernização da rede de distribuição, inclusive trocando postes. Pena que a população não tome conhecimento, já que nem uma plaquinha nos locais das obras é colocada. 
Os secretários têm ajudado muito pouco na imagem do governo. Quase nada é mostrado e só se divulgam atos burocráticos. A exceção é a Segurança Pública, que se esforça para apresentar dados que mostram avanços e mudanças. O restante parece não saber o que dizer.
Não custa lembrar a lição de outros governadores que, quando não tinham obras para mostrar, faziam uma grande operação de limpeza e conservação das ruas, nem que fosse apenas capinar e pintar meio-fio com cal. Dava uma sensação de cuidado com a cidade. 
Houve tempo em que se divulgavam as ações do Procon e a eficiência do Na Hora. Nada mais aparece e o governo parece ter mergulhado numa depressão profunda, mesmo com trabalho para apresentar. Transparência também é mostrar as ações que o governo faz cotidianamente em benefício do cidadão.  

Sobrou o lixo
A coluna mostrou o problema e a Novacap fez o reparo na boca-de-lobo que estava aberta no acesso do Eixo Monumental, pela via N2 Oeste. Além de ter colocado uma nova tampa, ainda foi feito o reparo no asfalto em volta, que, de tanto tempo que ficou sem tampa, acabou se deteriorando também. Agradecemos a atenção, mas ainda vale um puxão de orelha: o lixo que foi retirado de dentro da boca – e que servia de 'sinalização' de alerta para os motoristas – foi colocado ao lado, ao invés de ser levado para uma lixeira, que seria o correto. Ainda assim, os motoristas que passam por ali, penhorados, agradecem. 

Cumpra-se a lei!
O Ministério Público do Distrito Federal cobrou que o GDF cumpra a lei da Lista Limpa da Saúde, o que não vem sendo observado no DF. Faz dois anos que é obrigação da Secretaria de Saúde a publicação com atualização permanente, na Internet, dos dados de cada regional de saúde, referentes à quantidade de leitos de UTI oferecidos e disponíveis; de médicos em cada período da escala e as especialidades médicas oferecidas e exames ofertados; o estoque dos remédios de cada uma das farmácias gratuitas, inclusive os de alto custo, e os seus respectivos telefones e endereços; e a classificação na fila de contemplados para cirurgia eletiva, resguardando a privacidade do paciente. Acabou a sopa. A 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) instaurou procedimento administrativo para acompanhar o cumprimento da lei criada pela deputada distrital Liliane Roriz.
Iniciativa privada no governo
O Centro de Convenções Ulysses Guimarães e o Parque da Cidade serão os primeiros espaços públicos a serem entregues para a administração da iniciativa privada. A confirmação da proposta do governo deve ser feita de forma oficial em no máximo duas semanas. A intenção do GDF é entregar os imóveis como estão a quem oferecer a melhor remuneração.
 Várias empresas já demonstraram interesse na administração do Centro de Convenções, um espaço nobre, moderno e muito bem localizado, que pode abrigar grandes feiras e espetáculos diversos, além de seminários de grande porte. O nó deve ser o Parque da Cidade, uma vez que o governo não admite a cobrança de ingressos. O sonho do GDF é transformar o parque num imenso Pontão do Lago Sul, onde restaurantes e eventos garantem a rentabilidade. 
 O GDF, no entanto, não desistiu de privatizar outros espaços públicos, como o Zoológico, que consome R$ 18 milhões por ano. O objetivo é instalar ali um grande parque de diversões, nos moldes do Busch Garden de Tampa, Flórida (EUA), misturando brinquedos e viveiro de animais no mesmo espaço. Mas o maior desafio será a privatização do Teatro Nacional, por ser um monumento tombado.

Saltando na rede
 Tem notícia que ainda não aconteceu, mas é inevitável. Por exemplo, a desfiliação do deputado Cláudio Abrantes do Partido dos Trabalhadores, muito provavelmente esta semana. O parlamentar vem sendo adulado pelos líderes do partido, mas estão perdendo a parada porque o deputado está sendo pressionado pelos eleitores, mais do que pelos líderes da Rede Sustentabilidade, que o querem em seus quadros. Na Rede, Abrantes terá condições de escolher seu futuro, desde que não seja uma candidatura para governador. Essa vaga já está reservada para o atual distrital Chico Leite, um redista de primeira hora.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot