• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Do Alto da Torre Eduardo Brito (23/04)

quinta-feira, 23 de abril de 2015
Almoço de muito peso
Hoje sem mandato, mas no controle do PMDB brasiliense, o ex-vice-governador Tadeu Filippelli (foto) mostra poder de mobilização. Inclusive do PIB do Distrito Federal. Almoçou no Lakes com o presidente do Sinduscon, Luiz Carlos Botelho, o presidente da Asbraco, Afonso Assad, o presidente do Clube de Engenharia, João Carlos Pimenta, e o ex-deputado peemedebista Luiz Pitiman, empresário do setor e candidato a governador na eleição passada pelo PSDB. Juntou-se a eles o distrital tucano Raimundo Ribeiro, até há pouco líder do governo Rollemberg na Câmara Legislativa.   


Chapa única
Só para lembrar, no dia 15 de maio haverá eleições para o Sinduscon. É chapa única, encabeçada por Luiz Carlos Botelho, candidato à recondução após substituir Júlio Peres, que foi para a Secretaria de Infraestrutura. 




É falta mesmo 
Por determinação da Casa Civil, foi cortado o ponto de todos os funcionários do governo do Distrito Federal que não registraram presença na segunda-feira. Vale para todos os que não contavam com autorização oficial para deixar de comparecer ao local de trabalho. Quem contava com abono, teve o abono anulado.



Ressarcimento milionário
Mais uma encrenca para o PT na Justiça Eleitoral. Entrou na pauta do Tribunal Superior Eleitoral processo que pede o ressarcimento de quase R$ 7 milhões. O dinheiro corresponde a prestações de contas rejeitadas durante a campanha eleitoral de 2010. Tudo indica que o ressarcimento será aprovado.



Medidas de segurança para policiais civis
Rodrigo Franco, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal, o Sinpol, passou a reclamar atenção maior para reforçar a segurança dos agentes. Propõe a adoção de um protocolo de segurança, que exige no mínimo três policiais no exercício de atividades de campo e até um número maior para cumprir mandados de prisão.  Tudo isso porque, acusa, policiais viraram alvo da violência no cenário atual, tanto por conta da bandidagem quanto de populares.


Sucessão de incidentes 
O primeiro caso, lembra Rodrigo Franco, ocorreu há dez dias em Ceilândia Sul. Os policiais foram atender a uma ocorrência de homicídio em um comércio. Na ocasião, os agentes foram confrontados por populares, que ameaçaram os policiais. O reforço foi acionado para contornar a situação. No dia 13, durante uma ação da Coordenação Repressão às Drogas, em Santa Maria, os agentes foram confrontados pelo traficante, que reagiu e “jogou o carro sobre os policiais, atropelou três viaturas, colocando em perigo a integridade dos policiais”, conta Franco. Já na semana passada, conta o presidente, na Vila DNOCS, em Sobradinho, três agentes  prenderam em flagrante um traficante, mas familiares e amigos dele acuaram os policiais tentando roubar suas armas.



Envolvendo moradores 
Não é nada, não é nada, os policiais civis lembram que, nas favelas do Rio de Janeiro, os grupos de bandidos que controlam o tráfico não só organizam agora resistência armada à polícia, em especial às UPPs, como açulam moradores contra eles. De acordo com os policiais, os moradores são coagidos a participar de manifestações e da resistência às operações de segurança pública na região.


Bullying em todos os cinemas
O distrital Rafael Prudente quer tornar obrigatória a exibição, em todas as sessões de cinema no Distrito Federal, de documentário sobre os efeitos da prática de bullying. O documentário, na verdade, ainda não existe. Deverá ser elaborado por uma equipe conjunta das secretarias de Saúde, Educação e Segurança Pública. Prudente lembra que o bullying pode acontecer em qualquer ambiente e não apenas nas escolas, onde é aparentemente mais comum.
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot