• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

COM VOCÊ / NOSSO GAMA

8 DE MARÇO - Governador comemora Dia Internacional da Mulher

segunda-feira, 9 de março de 2015


Corrida organizada pelo TJDFT faz parte da Campanha Nacional Justiça pela Paz em Casa, que será lançada oficialmente em todo o País amanhã

AGÊNCIA BRASÍLIA
Cerca de 500 pessoas participaram da Corrida da Mulher na manhã de hoje, no Parque da Cidade Sarah Kubitschek. O evento organizado pelo Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT) faz parte da Campanha Nacional Justiça pela Paz em Casa, do Supremo Tribunal Federal. O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, e secretários de Estado participaram da corrida que tem programação até o fim da tarde, com shows e serviços gratuitos como massagem, aferição de pressão e teste de glicemia. A partir das 16 horas, artistas de Brasília se apresentarão no palco montado em frente ao estacionamento 10 do parque.

O governador correu os 4 quilômetros do percurso acompanhado da mulher, Márcia Rollemberg, e aproveitou a ocasião para falar dos avanços do governo nas políticas voltadas para as mulheres. Ele destacou a importância da Casa da Mulher Brasileira do Distrito Federal, prevista para ser inaugurada na Asa Norte em abril. “Lá, teremos todas as áreas de atendimento e de acolhimento à mulher para, assim, contribuir no combater à violência doméstica”, explicou.

A secretária de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Marise Ribeiro Nogueira, também participou da corrida. “Esta é uma ação para todos; a violência contra as mulheres é também contra os homens, contra as crianças e contra a sociedade”. De acordo com ela, essa campanha serve para informar a sociedade que as denúncias devem ser feitas. Também participaram a secretária do Esporte e Lazer, Leila Barros, e o secretário de Turismo, Jaime Recena.

Um dos organizadores do evento, o juiz do Centro Judiciário da Mulher do TJDFT e titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar do Núcleo Bandeirante Ben-Hur Viza disse que é preciso dar visibilidade à proposta de pacificação familiar, com a mulher recebendo tratamento igualitário e digno.

O lançamento da Campanha Nacional Justiça pela Paz em Casa ocorrerá amanhã, às 10 horas, no auditório Sepúlveda Pertence, no TJDFT.

Celeridade nos processos
Durante a Semana da Mulher (de 9 a 13 de março), o tribunal anunciará a criação da Medida Protetiva de Urgência por meio Eletrônico (MPUe) em todos os juizados do Distrito Federal. A iniciativa do TJDFT e da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher visa tornar ainda mais célere a prestação de serviços judiciais para mulheres vítimas de violência doméstica que buscam a intervenção da Justiça. O piloto do projeto foi implementado em setembro de 2014 no Núcleo Bandeirante e, segundo o juiz, é eficiente. “Com o novo sistema, levamos menos de quatro horas para deferir medidas protetivas solicitadas por uma mulher vítima de violência doméstica.”

Pelo prazo legal, a delegacia tem 48 horas para enviar a Medida Protetiva de Urgência (MPU) para a Justiça, que tem o mesmo prazo para analisá-la e julgá-la, o que significa 96 horas entre o pedido da vítima e a resposta do Judiciário por meios não eletrônicos.

Mais proteção
A Casa da Mulher Brasileira do Distrito Federal reunirá vários serviços de apoio às mulheres em situação de violência, como delegacia especializada, juizado e varas, defensoria, promotoria, atendimento psicossocial e orientação para emprego e renda. Além disso, a estrutura terá brinquedoteca, auditório, alojamento de passagem e espaço de convivência. Por meio do programa Mulher, Viver sem Violência, o governo federal construirá outras 26 Casas da Mulher Brasileira, uma em cada unidade da Federação.
Agência Brasília
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot