• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Demonstração de Carinho e Respeito Pelo Gama

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

O  Subsecretário de Estado da Micro e Pequena Empresa , Antonio Donizete de Andrade tem demonstrado muita competência e tem mostrado que conhece bem as demandas do comércio em geral. Com  uma trajetória política de sucesso na cidade do Gama,Donizete Andrade tem dado total atenção ao comércio da cidade . "Nosso objetivo é estimular a adoção de medidas que possam ampliar o mercado de trabalho local , promover a realização de cursos de preparação ou especialização de Mão-de-obra necessária às atividades econômicas do DF , promover a articulação com diferentes órgãos, tanto no âmbito governamental como na iniciativa privada, visando ao aproveitamento de incentivos e recursos para a economia da capital e elaborar planos e projetos concernentes ao desenvolvimento industrial e comercial do Distrito Federal, bem como a capacitação empreendedora dos empresários ", disse o Subsecretário.
Leia Mais....

ONs e OFFs Por Tiago Monteiro Tavares (28/02)



Campeões em Economia
No mês de janeiro, quando os deputados distritais estavam de recesso, os gastos com a verba indenizatória caíram um pouco. Para não perder o costume, 14 deputados ainda estão com suas contas sob análise. Mesmo assim, temos um record de deputados “Campeões em Economia”, nosso título para os que gastaram menos da metade dos R$ 20.042,00 disponíveis a título de indenização. São eles: Arlete Sampaio (PT), que gastou R$ 8.936,23; Aylton Gomes (PR), que gastou R$ 8.000,00; Chico Leite (PT), que gastou R$ 8.615,82; Professor Israel (PV), que gastou R$ 7.250,00; Liliane Roriz, que gastou R$ 7.801,29 e Paulo Roriz (PP), tendo gasto apenas R$ 3.521,95.
Arlete Sampaio (PT ) R$ 8.936,23
Foto: CLDF
Aylton Gomes (PR) R$ 8.000,00
Foto: CLDF
Chico Leite (PT) R$ 8.615,82
Foto: CLDF
Professor Israel (PV) R$ 7.250,40
Foto: CLDF
Liliane Roriz (PP) R$ 7.801,29
Foto: Roberval Eduão
Paulo Roriz (PT)  R$ 3.521,95
Foto: Roberval Eduão
Custos da impressão
A Câmara Legislativa fará um pregão presencial (06/2014) para contratação de empresa especializada em manutenção corretiva e preventiva de impressoras HP. São 110 máquinas na Casa que são objetos do pregão. O que chama a atenção é o custo estimado do contrato R$ 146,5 mil, para manutenção das 110 impressoras durante o ano. Segundo o secretário-geral da Mesa Diretora, George Burns, a presidência da Câmara vai analisar o custo benefício do pregão e espera uma redução de 30% do valor estimado. Caso o valor se confirme, a Mesa vai estudar se faz a manutenção nas impressoras já existentes ou se comprará novas máquinas.
Incentivo ao futebol amador
A Secretaria de  Esporte abriu o cadastramento de entidades organizadoras de campeonatos de futebol amador, sem fins lucrativos, para participarem do Programa Boleiros. A ação pretende desenvolver o futebol amador do DF, bem como oferecer serviços de arbitragem profissional. A escolha das entidades que serão contempladas com o serviço em 2014 será realizada por uma comissão formada por servidores da secretaria.”O Programa Boleiros incentiva a prática do futebol amador custeando as despesas com os árbitros e seus auxiliares. Esse é o item de valor mais elevado para as ligas, o que dificulta a promoção de campeonatos”, destacou o secretário de Esporte, Julio Cesar (PRB).
Afastamento de candidatos do Executivo
A Comissão de Constituição e Justiça aprovou, na quarta-feira (26), Proposta de Emenda à Constituição (PEC 48/2012), de autoria da senadora Ana Amélia (PP/RS), que determina o afastamento do presidente da República, governador e prefeito que decidirem disputar um novo mandato no cargo. O texto aprovado prevê a desincompatibilização para o primeiro dia útil após a homologação da candidatura, o que geralmente acontece no mês de junho do ano eleitoral. Para o relator da PEC, senador Luiz Henrique (PMDB-SC), esta é a medida mais urgente e necessária dentro da reforma política. A matéria ainda precisa ser votada em 2 turnos no Plenário antes de seguir para Câmara dos Deputados. Pena que a medida não possa valer já para as eleições desse ano!
“É ética, moral e da maior relevância para o aprimoramento da democracia no país”.
Senador Luiz Henrique (PMDB-SC), Relator da PEC que obriga o afastamento de chefes do poder executivo que concorrerão a reeleição.
Foto: Divulgação
Reeleição em debate
A PEC da senadora Ana Amélia fez o Senado voltar a debater o fim da reeleição. A PEC 48/2012 foi aprovada com os votos contrários dos senadores Eduardo Suplicy (PT-SP), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), José Pimentel (PT-CE) e Romero Jucá (PMDB-RR). Desses, apenas Aloysio Nunes, que além de votar contrário à PEC de Ana Amélia, se disse favorável a reeleição. Já os senadores Pedro Taques (PDT-MT), Ricardo Ferraço (PMDB-ES), Eduardo Braga (PMDB-AM), Eunício Oliveira (PMDB-CE), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), José Agripino (DEM-RN), Eduardo Lopes (PRB-RJ), Roberto Requião (PMDB-PR), Pedro Simon (PMDB-RS), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE),   Luiz Henrique e Ana Amélia se manifestaram opinião sobre o fim da reeleição.
História no DF
O deputado federal Vitor Paulo (PRB), que atualmente é deputado pelo Rio de Janeiro, onde foi o 3º mais votado em 2010, está mudando definitivamente para o Distrito Federal. Bispo da Igreja Universal, Vitor Paulo explica porque será candidato pelo DF, em outubro. “Me sinto um brasiliense, cheguei aqui em 1998, trabalhei na TV Record como diretor Executivo, estudei na UNB e na UDF,  disputei minha primeira eleição a deputado distrital pelo PSDB e obtive uma votação expressiva em 2002. Depois, fui secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do DF e posso garantir que conheço a realidade desta cidade, que apesar de jovem, desponta como uma das melhores capitais do Brasil.
Foto: Antônio Cruz/ABR
Leia Mais....

HISTÓRIA NO DF

O deputado federal Vitor Paulo (PRB), que atualmente é deputado pelo Rio de Janeiro, onde foi o 3º mais votado em 2010, está mudando definitivamente para o Distrito Federal. Bispo da Igreja Universal, Vitor Paulo explica porque será candidato pelo DF, em outubro. “Me sinto um brasiliense, cheguei aqui em 1998, trabalhei na TV Record como diretor Executivo, estudei na UNB e na UDF,  disputei minha primeira eleição a deputado distrital pelo PSDB e obtive uma votação expressiva em 2002. Depois, fui secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do DF e posso garantir que conheço a realidade desta cidade, que apesar de jovem, desponta como uma das melhores capitais do Brasil. fonte:Thiago Monteiro
Foto: Antônio Cruz/ABR
Leia Mais....

Incentivo ao futebol amador


A Secretaria de  Esporte abriu o cadastramento de entidades organizadoras de campeonatos de futebol amador, sem fins lucrativos, para participarem do Programa Boleiros. A ação pretende desenvolver o futebol amador do DF, bem como oferecer serviços de arbitragem profissional. A escolha das entidades que serão contempladas com o serviço em 2014 será realizada por uma comissão formada por servidores da secretaria.”O Programa Boleiros incentiva a prática do futebol amador custeando as despesas com os árbitros e seus auxiliares. Esse é o item de valor mais elevado para as ligas, o que dificulta a promoção de campeonatos”, destacou o secretário de Esporte, Julio Cesar (PRB). (Thiago Monteiro)

Leia Mais....

Enfim, distritais fazem primeira sessão do ano

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

A presença dos deputados em Plenário possibilitou a escolhas de nomes para as comissões e até votar projeto

patricio2014
Daniel Cardozo
daniel.cardozo@jornaldebrasilia.com.br
Acabou a polêmica e, finalmente, foram reeleitos os presidentes de comissões da Câmara Legislativa. Pela primeira vez no ano, a sessão teve quorum para viabilizar as votações.
Os mesmos nomes do ano passado foram escolhidos para as comissões, assim como o corregedor, deputado Patrício (PT), e o ouvidor, deputado Evandro Garla (PRB). E não foram apenas as comissões que tiveram deliberação.
Os deputados conseguiram votar projetos de reestruturação da carreira dos servidores da Agência de Fiscalização do DF, a Agefis, além de requerimentos e moções. Nem mesmo a ameaça de obstruir a pauta, que começou na semana passada, surtiu efeito e um pico de 15 deputados em plenário possibilitou as votações.
A decisão de manter os mesmos presidentes partiu da reunião do colégio de líderes de partidos e blocos. Desde a semana passada, se discutia se apenas o consenso seria suficiente ou se haveria necessidade de levar o tema à votação em Plenário. No caso das comissões, chegou-se à decisão em três delas: Defesa do Consumidor; Economia, Orçamento e Finanças; e Educação, Saúde e Cultura -, houve reunião pela manhã e os presidentes e vices foram reeleitos.
Para as comissões de Assuntos Fundiários e de Constituição e Justiça, foram convocadas votações em Plenário para confirmar também o que já se esperava, a manutenção dos presidentes do ano passado.  No caso da CCJ, foi convocada reunião pela manhã, mas os deputados não compareceram em número suficiente para fazer a votação.....
Apesar de uma discreta movimentação no começo do ano para que o deputado Patrício fosse substituído na Corregedoria, ele recebeu 15 votos a favor e nenhum contra. Todos os deputados presentes no momento da votação foram favoráveis à continuidade de Patrício. No caso da Ouvidoria, Evandro Garla teve o apoio de 14 colegas e também não enfrentou objeções. Ambos agradeceram aos outros parlamentares pelos votos concedidos.
Pendência
Outras cinco comissões ainda não tiveram decisões sobre as eleições. O que deve acontecer nas próximas semanas são reuniões para que os presidentes sejam mantidos.
Obstrução nos debates
A obstrução na pauta, apesar de não concretizada, continuou entre os debates. Os deputados Patrício e Aylton Gomes (PR) se disseram sensibilizados em relação às prisões de 12 policiais militares, depois dos movimentos de reivindicações por melhores salários.
Para os dois deputados, que têm como bases eleitorais os policiais militares e os bombeiros, a pauta deveria ser paralisada até que os presos fossem libertados. Aylton Gomes, inclusive, declarou insatisfação com a posição adotada pelo governo e declarou sua saída da base de apoio.
Já a deputada Arlete Sampaio, líder do governo na Casa, criticou a postura de obstrução da pauta, além de acreditar que Aylton Gomes sairia da base “em algum momento por outro motivo”. “Qual o nosso papel nesse contexto? É jogar mais lenha na fogueira? É jogar gasolina no fogo? Ou é buscar, com a nossa força, com o nosso peso, intermediar a negociação, para que nós saíamos dessa situação”, questionou a deputada.
Ritmo lento de votação tem explicação
As sessões ordinárias da Câmara Legislativa estavam enfrentando,  até ontem,  quorum insuficiente na hora das votações, apesar de vários deputados registrarem presença e abandonarem o Plenário logo em seguida.
O ritmo lento nas votações pode ter explicação. Os projetos relacionados ao orçamento devem ser enviados pelo GDF ao Legislativo apenas depois do Carnaval. Além disso, o ano eleitoral também pode contribuir para a falta de votações.
O único dia de debates intensos foi na reunião sobre a crise na Segurança Pública, mas não houve quorum suficiente nem mesmo para aprovar o requerimento para transformar a reunião em Comissão-Geral. Nesse dia, os debates foram considerados informais porque sem aprovação em Plenário não haveria taquigrafia, inviabilizando o caráter oficial.
Suspeita
A baixa presença dos parlamentares levantou a suspeita de  deputados da oposição de que o governo poderia estar por trás. A distrital Celina Leão (PDT) chegou a declarar que a movimentação seria uma manobra para desviar a atenção de fatos como os movimentos na Segurança Pública e falta de repasse de verbas a escolas públicas.
Ponto de Vista
O presidente da Câmara, deputado Wasny de Roure (PT), comemorou o quorum na sessão de ontem. Para ele, com a metade das comissões com presidentes, mais  corregedor e ouvidor confirmados, será possível dar continuidade ao trabalho. A sessão também aprovou uma suplementação orçamentária, mesmo com a obstrução, o que foi considerado positivo pelo presidente. “Acho que toda luta é justa, como a dos policiais e bombeiros, está respaldada no serviço prestado à sociedade, mas temos outros que trabalham pelo bem da sociedade. Então não podemos penalizar um em detrimento dos outros”, disse.
 
Fonte:  Jornal de Brasília
Leia Mais....

ONs e OFFs Por Tiago Monteiro Tavares (26/02)



Candidatura certa
O presidente da Câmara legislativa, Wasny de Roure, lançou sua pré-candidatura para deputado distrital, na segunda-feira (24). Wasny foi eleito a primeira vez como deputado distrital constituinte e está no quarto mandato. Ele também foi deputado federal. O auditório do PT nacional ficou lotado de militantes e apoiadores para prestigiar o lançamento de seu nome novamente como candidato a distrital.
Deixando a base
O deputado distrital Aylton Gomes (PR) fez um duro discurso na Tribuna da Câmara, ontem (25). Disse que é Bombeiro de coração e que jamais vai deixar de apoiar a categoria. Em protesto ao que definiu como ‘descaso’ do governo com os Bombeiros, declarou que está deixando a base de apoio ao Buriti.
“No governo anterior, os Policiais e Bombeiros eram respeitados. Essa categoria tem o direito legítimo de defender sua qualidade de vida. Eu não tenho mais condições de permanecer na base do governo.”
Aylton Gomes (PR)
Deputado distrital e Bombeiro, declarando sua saída da base de apoio ao Buriti.
Foto: Reprodução
82 anos do voto feminino
A conquista ao voto pelas mulheres foi comemorado pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT). O deputado lembrou que, na segunda-feira (24), completaram 82 anos do Decreto 1.076/1932, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas, que permitiu que as mulheres pudessem votar e serem votadas no Brasil. Hoje, elas são maioria entre os eleitores, 52%. Já no tocante à ocupação de cargos no poder público, a realidade é outra. No Senado Federal, elas são pouco mais de 10%, e na Câmara dos deputados, 9%. Na Câmara Legislativa o índice é maior 20,83%, 5 deputadas. Mesmo com lei exigindo que pelo menos 30% das vagas dos partidos políticos sejam preenchidas pelas mulheres, ainda falta mobilização para que a representação nas casas legislativas cheguem a esse percentual.
60 com força de 20
A deputada distrital Eliana Pedrosa (PPS) comemora hoje mais um ano de vida. Eliana completa 60 anos, mas sua disposição e força são de uma jovem de 20. Pré-candidata ao palácio do Buriti, a deputada não fará nenhuma comemoração. Ao contrário, manteve uma agenda cheia na Câmara Legislativa e visitas à Regiões Administrativas.
Eliana comemora seus 60
Foto: Reprodução
Bolsa atleta
Mais de cem atletas do Distrito Federal receberão, hoje (26), os cumprimentos do secretário de Esportes do DF, Júlio Ribeiro (PRB), pela conquista do índice técnico que resultou na indicação dos mesmos para o recebimento do Bolsa Atleta, que tem o intuito de garantir recursos para a manutenção pessoal dos atletas em plena atividade esportiva e que não possuem patrocínio. A Secretaria de Esportes fará um currículo dos atletas a fim de valorizar o seu esforço durante sua trajetória esportiva.
Júlio Ribeiro entregará Bolsa a 106 atletas
Foto: Reprodução
Base fiel
Mesmo com o movimento de obstrução de pauta encabeçado pela chamada “Bancada da Bala”, em protesto a atual situação de caos na Segurança Pública, a base aliada ao governo na Câmara Legislativa atendeu ao apelo do Executivo e votou dois créditos para pagamento de servidores da Agência de Fiscalização do DF (Agefis), de R$ 80 milhões e, outro, de remanejamento de recursos oriundos do excesso de arrecadação do Fundo de Transporte Público, de R$ 12,5 milhões. Aproveitando o quórum, os distritais ainda promoveram a votação para presidente e vice das Comissões Permanentes. Ficou faltando cinco Comissões para referendar seus presidentes. O deputado Patrício (PT) foi reconduzido ao cargo de corregedor e Evandro Garla (PRB) ao de ouvidor da casa.
Evitando o desgaste
Antes da sessão plenária que abriu as votações do ano na Câmara Legislativa, a reunião do colégio de líderes foi bastante intensa. O presidente, Wasny de Roure (PT), disse aos líderes que já se passaram 3 semanas do começo dos trabalhos e a Casa ainda não havia votado nenhum projeto, gerando um processo de desgaste da imagem do Legislativo. Wasny foi enfático e disse que, mesmo com o movimento de obstrução, os deputados tinham a obrigação de trabalhar e votar os projetos necessários. O endurecimento do discurso surtiu efeito e 18 deputados foram e permaneceram no Plenário para votar os créditos do Executivo. A ‘Bancada da Bala’, discursou e saiu de fininho na hora da votação. Ambos projetos foram aprovados com 15 votos.
Esperando o resultado
Depois de um check-up de rotina, o ex-governador Joaquim Roriz (PRTB), chegou de São Paulo e recomeçou as reuniões para tratar da chapa que disputará o Buriti com o atual governador Agnelo Queiroz. Mesmo reiterando a própria candidatura, Roriz aguarda pelo resultado de uma pesquisa que está nas ruas para saber como anda a popularidade de sua filha caçula, Liliane Roriz (PRTB), nas cidades do DF. Um dos maiores incentivadores da candidatura da herdeira do ‘Clã Roriz’ é o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).
Roriz espera resultado de pesquisa com nome da filha caçula
Foto: Reprodução
Leia Mais....

Adesão à Frente Parlamentar de Apoio a PEC 176/2012

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

 
 
O deputado republicano Vitor Paulo assinou sua adesão a Frente Parlamentar de Apoio a Proposta de Emenda à Constituição - PEC 176/2012. A proposta retira idosos e portadores de doença grave ou incapacitante da ordem de precatórios. Pelo texto, os pagamentos deverão ser feitos imediatamente após o trânsito em julgado da sentença condenatória.

Atualmente a Constituição determina que os pagamentos devidos pelas Fazendas Públicas, em virtude de sentença judiciária, serão feitos exclusivamente na ordem cronológica de apresentação dos precatórios, proibida a designação de casos ou de pessoas nas dotações orçamentárias e nos créditos adicionais abertos para este fim.

Vitor Paulo explica que com a iniciativa, esse público passará a ter a preferência de pagamento após a sentença condenatória. “A ideia é privilegiar, especialmente, aqueles cuja expectativa de vida é limitada”, disse.
Leia Mais....

ONs e OFFs Por Tiago Monteiro Tavares (25/02)



Regulamentação dos templos religiosos
O decreto que permite a licitação dos terrenos de templos religiosos, com preferência para os atuais ocupantes, foi assinado sexta-feira (21), pelo governador Agnelo Queiroz. A iniciativa permitirá a regularização urbanística e fundiária das unidades imobiliárias ocupadas por entidades religiosas de qualquer culto. Lideranças evangélicas como o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure (PT), os distritais Benedito Domingos (PP) e Evandro Garla (PRB) e o deputado federal Ronaldo Fonseca (PROS), estiveram presentes no ato de assinatura do decreto. O segmento evangélico é cobiçado para as eleições de outubro e se sentiu representado com a regularização. A Terracap convocará as entidades a apresentarem requerimento de regularização, juntamente com a documentação exigida, no protocolo da Secretaria de Habitação (Sedhab).
“Fizemos um grande trabalho de regularização. Os templos religiosos e entidades sociais são uma área especial, mas tínhamos muita dificuldade para legalizar as áreas que ocupam. Buscamos todos os caminhos para garantir segurança jurídica e a regularização.”
Governador Agnelo Queiroz, na assinatura do decreto que regulariza os templos religiosos.
Agnelo assina permissão de licitação para terrenos de templos religiosos
Foto: Divulgação
Eleições no comércio
O empresário Edson de Castro será eleito hoje novo presidente do Sindicato do Comércio Varejista do DF (Sindivarejista-DF), que congrega 30 mil lojas de rua e de shoppings. Ele lidera chapa única - Renovação e Consolidação do Varejo - e tem como vices Talal Abu Allan e Antônio Matias. Uma das principais metas do candidato é lutar pelo fortalecimento do comércio do Plano Piloto e cidades-satélites. “Vamos defender o crescimento do setor com ações objetivas e práticas. Ouviremos os empresários e levaremos os pleitos às diferentes esferas governamentais”, defende. Edson substitui o também empresário Antônio Augusto de Morais, atual secretário da Microempresa do DF.
Engano salarial
Após discursar na Tribuna da Câmara Legislativa (CLDF) afirmando que não é pouco o salário que um soldado da Polícia Militar do DF ganha inicialmente, apresentando o valor de R$ 8mil mensais, a deputada Arlete Sampaio (PT), líder do governo na CLDF, divulgou ontem (24), nota à imprensa em que afirma que equivocou-se ao apresentar o valor dos vencimentos dos soldados. Na verdade, a deputada Arlete queria informar que, com a proposta oferecida pelo Governo à categoria, o salário inicial de um soldado chegará a R$ 7.190,98, em setembro de 2016. A declaração gerou um tremendo mal estar entre os praças da corporação, pra pior o climão de insatisfação da categoria.
Formalizando o acordo
Os deputados distritais devem formalizar, entre hoje e quinta-feira (27), o acordo firmado para manutenção dos presidentes e vices das Comissões Permanentes da Casa. As Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Educação, Saúde e Cultura (CESC), fazem hoje suas reuniões para formalizarem os deputados Chico Leite (PT) e Liliane Roriz (PRTB) como seus respectivos presidentes. Chico Leite seguirá no comando da CCJ pelo quarto ano seguido, um recorde na história da Câmara. Com ele no comando, a CCJ é a única comissão a manter reuniões semanais com maior produtividade e, segundo pesquisa do Tribunal de Justiça do DF, a reduzir o número de leis declaradas inconstitucionais.
Chico Leite será o primeiro distrital a ficar 4 anos no comando de uma Comissão
Foto: Divulgação
Comissões mais que Especiais
São dez as Comissões Permanentes da Câmara Legislativa, que possuem a função de debater os projetos em colegiados temáticos. Já as Especiais, possuem a função de debater temas extraordinários e assuntos específicos e são instaladas temporariamente. Na sexta-feira (21), a Mesa Diretora aprovou a prorrogação, por mais 180 dias, das Comissões Especias da Copa do Mundo e do Transporte Público Coletivo. Seguem no comando, os deputados Olair Francisco (PTdoB) e Robério Negreiros (PMDB), respectivamente. Em off, parlamentares dizem que ambos ainda podem dar “dor de cabeça” ao Executivo, quando apresentarem seus relatórios finais.
Apressando as licitações
Está na pauta da primeira reunião do ano da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Legislativa o PL 1638/2013, do Poder Executivo, que pretende inverter as fases do processo licitatório, nos moldes do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), adotado para as obras da Copa do Mundo. A proposta visa antecipar a fase de classificação de propostas em licitações antes da fase de habilitação das empresas, que obrigaria os órgão públicos a analisar somente os documentos do vencedor da licitação. Na exposição de motivos do secretário chefe da Casa Civil, Swedenberger Barbosa, o projeto reduziria o prazo de licitações em modalidade de concorrência de 285 dias para 118, na modalidade do RDC, diminuindo a quantidade de documentos a serem analisados pela administração pública, sem prejuízos aos concorrentes e a administração pública.
Nada de Regime Diferenciado
A proposta de inverter as fases das licitações e instituir o Regime Diferenciado de Contratação (RDC) é relatada pelo distrital Robério Negreiros (PMDB), que deu parecer pela inconstitucionalidade do projeto. Segundo seu parecer, a fase da habilitação das empresas é a mais importante e, caso for deixada por último, pode trazer insegurança jurídica, além de estabelecer normas diferenciadas para as licitações no DF, contrariando a Constituição Federal. O parecer ainda destaca que nem sempre o valor mais baixo é sinônimo de eficiência, princípio que deve ser seguido pela administração pública.
Comissões da Copa e Transporte prorrogados
Foto: Divulgação
Leia Mais....

Nada de Regime Diferenciado

A proposta de inverter as fases das licitações e instituir o Regime Diferenciado de Contratação (RDC) é relatada pelo distrital Robério Negreiros (PMDB), que deu parecer pela inconstitucionalidade do projeto. Segundo seu parecer, a fase da habilitação das empresas é a mais importante e, caso for deixada por último, pode trazer insegurança jurídica, além de estabelecer normas diferenciadas para as licitações no DF, contrariando a Constituição Federal. O parecer ainda destaca que nem sempre o valor mais baixo é sinônimo de eficiência, princípio que deve ser seguido pela administração pública.
Comissões da Copa e Transporte prorrogados
Foto: Divulgação . fonte: Thiago Monteiro
Leia Mais....

Pastor Egmar Tavares Agora é Cidadão Honorário de Brasília em uma Sessão Solene Marcada Por Muita Emoção





Muito Prestigiada , assim foi a entrega do título de Cidadão Honorário de Brasília ao pastor Egmar Tavares , nesta segunda-feira (24/02/2014) na Câmara Legislativa do DF.
A proposta de conceder o título ao pastor Egmar Tavares,foi feita pelo deputado distrital Evandro Garla. O deputado Evandro Garla ressalta que o comportamento ético e a conduta do pastor são motivos para ele ter  recebido a homenagem que prestigia todos aqueles que têm dedicado sua vida ao melhoramento da qualidade e eficiência na representação do seu povo e da humanidade como promotor da Paz. O pastor Egmar Tavares ressaltou a importância da palavra de Deus na comunicação entre governantes .Em seu discurso, o pastor ressaltou a importância da família e do convício social para a formação do ser humano.É lá na família que o ser humano aprende limite. É lá na família que o ser humano aprende respeito
"O título é uma honra para mim e para todos os irmãos da (ADEG) , disse o pastor emocionado".A Sessão Solene contou com a presença do deputado federal Bispo Vitor Paulo que se referiu ao homenageado como um homem de Deus e que o mesmo é uma pessoa que se doa para o próximo e coloca a palavra de Deus à frente de todas as suas atitudes , o deputado ainda  ressaltou a importância da relação com a família. Finalizando a solenidade , o Bispo Vitor Paulo fez uma oração ao homenageado.


.
 WWW.NOSSOGAMA.COM















Leia Mais....

COLUNA NOS BASTIDORES DA POLÍTICA COM CELSON BIANCHI - A VOZ DA VERDADE

Indefinição
O xodó da população de Brasília, deputado federal Reguffe, ainda não definiu seu futuro político. Afinal, ele tem à disposição, no momento, convite para integrar três chapas. Inclusive ele seria cotado para disputar o Buriti.  Enquanto isso, nas redes sociais a torcida para que ele seja candidato ao Buriti é grande.

Infidelidade
Em seu atual partido, o PDT, Reguffe também é bem cotado para a sucessão no Buriti. Entretanto, há dentro da legenda a convicção de que com a formalização do Rede Sustentabilidade, Reguffe venha a trocar de partido. Por isso a confusão.

Um brasiliense na Corte eleitoral
Foi nomeado no último dia 12, o advogado brasiliense Tarcísio Vieira de Carvalho Neto para o Tribunal Superior Eleitoral. Carvalho assume a cadeira nesta terça-feira. Mestre em Direito do Estado pela Universidade de São Paulo e subprocurador-geral do Distrito Federal, o novo ministro é professor na UnB.

Águas Claras com medo
O maior problema para os moradores de Águas Claras é a segurança pública. Eles se reuniram com representantes das instituições de segurança do DF e com o atual administrador da cidade, Denilson Bento. Saíram do encontro frustrados.

Fim do Habite-se
A deputada distrital, Eliana Pedrosa (PPS), quer acabar com o Habite-se. O documento é o que comprova que as construções seguiram a legislação. Na proposta da candidata ao Buriti,  o Habite-se será dispensado para as edificações que foram concluídas há mais de cinco anos. Os proprietários teriam que apresentar apenas o laudo técnico assinado por profissional habilitado e das outras entidades responsáveis.

Cuidando dos idosos
A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa aprovou um projeto que obriga serviço de assistência multidisciplinar a todos os Idosos de asilos e casas de repouso. De autoria do deputado Washington Mesquita (PTB), o texto foca nos idosos carentes. Segundo o parlamentar, o PL visa garantir o tratamento de saúde àqueles que não possuem condições físicas para se dirigir a um serviço de atendimento.

Transparência 
A Comissão de Constituição de Justiça da Câmara Legislativa deve votar hoje projeto que visa à publicação dos nomes de empresas que tenham lesado de alguma forma o consumidor brasiliense. Para isso, o Procon-DF manteria os cadastros atualizados, com nome e razão social, dos fornecedores de produtos e prestadores de serviços que tenham recebido reclamações. A ideia do autor da proposta, Benedito Domingos, é que o consumidor escolha a empresa para comprar.

Solidariedade 
O deputado distrital Agaciel Maia entampou a luta para ajudar no tratamento do menino Lucas Neres. O parlamentar usou as redes sociais para pedir ajuda. O garoto sofre de uma doença rara. Apenas 25% do único pulmão que tem, funciona. Ele precisa fazer o tratamento fora do País e custa R$ 750 mil. O parlamentar foi primeiro na CLDF a pedir apoio. Agaciel faz questão de dizer que esta ideia, partiu do badalado apresentador e radialista Toninho Pop do Programa "OS CABEÇAS DA NOTÍCIA". 

Prioridade na UTI
O deputado distrital Dr. Michel (PP) apresentou projeto no qual as famílias que tenham pelos menos um membro internado em UTI e, assistidos pelo programa Viver em Casa, tenham prioridade nos programas de política habitacional do DF. Atualmente existem 40 pacientes atendidos pelo programa no DF.

Em defesa do Parque da Granja do Torto
Representantes do setor produtivo rural defendem a manutenção da destinação original do Parque de Exposições da Granja do Torto. O receio deles é que a área seja transformada em setor habitacional. O debate foi promovido pelo deputado Joe Valle (PDT). Ele é o principal defensor dos ruralistas do DF. 

Operação limpeza
Durante toda esta semana São Sebastião receberá mais uma edição do programa "Cidade Limpa". Órgãos do GDF farão a limpeza e a recuperação de espaços e equipamentos públicos. Serão feitas atividades como poda das árvores, troca das lâmpadas queimadas, roçagem, limpeza das bocas de lobo, recolhimento de entulho, revitalização da sinalização e pintura de meios-fios.

Agnelo de novo
O PT-DF decidiu dá um voto de confiança a Agnelo Queiroz. A legenda confirmou o governador para a tentativa de reeleição, à despeito das pesquisas de votos. A medida pode dar certo, pelo menos nas articulações. O PT-DF pode ter 22 partidos em sua coligação.

Vai ficar fácil
Ficará fácil para Agnelo a reeleição, caso a oposição não tome um rumo. O que se vê hoje são supostos candidatos à sucessão com o ego aflorado. Por falta de consonância, os petistas terão adversários fragmentados e isolados.

No olho do furacão
É alvo de uma investigação na Polícia Civil do DF, o deputado Wellington Luiz (PMDB). O parlamentar é suspeito de desviar dinheiro de uma emenda. Ele teria usado R$ 105 mil para bancar despesas de uma viagem. Na ocasião, ele, sua esposa e mais oito pessoas do seu gabinete foram à Europa, alegando que acompanhariam 20 alunos da Escolinha de Futebol Morales, no Guará 1, para disputar um torneio de futebol em Amsterdã, na Holanda. No entanto, a PCDF acredita que o dinheiro foi usado para pagar regalias. A matéria foi publicada pelo Correio Braziliense no final de semana. Lembrando que a PCDF é a instituição de origem do distrital. Aí tem coisa...
Leia Mais....
 
BLOG DO PASTOR RONNE © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot