• ESSA É A NOSSA SORVETERIA -Q 22 LT 49 S OESTE-GAMA
  • O NOSSO TEMPERO CONQUISTA
  • PRAÇA 02 Setor Sul Gama DF
  • SANTA MARIA NORTE AC 319

Bem Informado Ninguém é Enganado

Bem Informado Ninguém é Enganado

Suspeito de estuprar menina de cinco anos é preso em pensão da Asa Sul

terça-feira, 15 de agosto de 2017
Foto: John Stan
Um homem de 38 anos suspeito de estuprar uma menina de cinco em uma pensão localizada na 706 Sul foi preso nesta terça-feira (15). A prisão ocorreu em uma concessionária, no Park Sul, onde ele trabalhava há apenas um mês.
De acordo com as investigações, o homem era inquilino da pensão de propriedade da avó da vítima. Os abusos teriam ocorrido em um momento em que ele ficou sozinho com a menina. Após ser informada pela própria neta sobre o ocorrido, a avó denunciou o homem. O pai da menina, que foi o responsável por localizar o suspeito, chegou a ser ameaçado de morte por ele e acionou a polícia em seguida.


Na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a criança relatou com detalhes a violência sofrida. A vítima prestou depoimento acompanhada por uma equipe policial especializada. As investigações apontaram ainda que o homem já teria praticado crimes da mesma natureza no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Nessas ocasiões, as vítimas teriam sido crianças de 3, 9 e 11 anos.
O suspeito, que negou o crime, foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ele foi recolhido à carceragem da Polícia Civil do DF, onde permanece à disposição da Justiça.                                                                                                      Jornal de Brasília
Leia Mais....

Gama recebe quase R$ 10 milhões em obras

FOTO: REPRODUÇÃO IMPRESSO
                         Nota de serviço assinada no sábado (12) pelo governador, Rodrigo Rollemberg, autorizou obra de pavimentação da Avenida dos Pioneiros, no Gama, que teve inicio ontem, segunda-feira (14). Foram investidos R$ 3,2 milhões, com recursos do Banco do Brasil, para implementar sistema de drenagem pluvial, reforma das calçadas e dos canteiros centrais.
Em 25 de maio, outra obra foi iniciada, cerca de 8,2 km de ciclovia ligando o Gama às rodovias BR 040 e 050. Neste projeto, foram dispensados R$ 2,2 milhões e inclui pavimentação, drenagem, sinalização, terraplanagem e compensação florestal. 
A terceira obra que está em andamento no Gama é a construção da ponte sobre o Rio Alagado (Prainha), que contempla terraplanagem, contenção e drenagem, sinalização e pavimentação, ao valor de R$ 3,6 milhões.                                                 www.alo.com.br
Leia Mais....

PARABÉNS PAIS HERÓIS

domingo, 13 de agosto de 2017

 
Em virtude do Dia dos Pais, a Polícia Militar do Distrito Federal homenageia a todos os nossos valorosos guardiões da sociedade. Protetores incansáveis dos seus, dos meus, dos nossos filhos. Esses homens fardados, saem de suas casas para um serviço arriscado a fim de promover a paz e a segurança de todos, carregam consigo no peito a coragem, a honradez e a fé. A PMDF presta esta justa homenagem a todos os pais, especialmente aos pais policiais militares, que sejam montados em cavalos, motocicletas, bicicletas, a pé ou em viaturas, com grandeza e heroísmo defendem tantas famílias com bravura.
 
O tenente-coronel Gisleno, capelão chefe da Polícia Militar DF aproveitou o dia especial para pronunciar bençãos aos pais policiais militares: “Ser pai é uma missão divina, pois os filhos são herança do Senhor! Por isso, a oração da nossa capelania é para que cada pai policial militar seja ricamente abençoado nesta data com a força que vem do PAI celestial.” 
 
O comandante-geral da PMDF, coronel Marcos Antônio Nunes, que também é pai felicitou a todos os pais policiais militares: “parabéns àquele que tem a missão de dividir-se entre a proteção da sociedade e do seu lar. Feliz Dia dos Pais”.
 
 
PMDF
Leia Mais....

Renato Santana. ‘Cargos No Governo E Trabalhando Para Derrubar Rollemberg’. PSD Rebate Acusações

PSD defende vice-governador de críticas na votação da reforma política
Por Ana Maria Campos-Eixo Capital –
O relator da reforma política em tramitação na Câmara dos Deputados, deputado Vicente Cândido (PT/SP), incluiu no seu relatório o fim dos cargos de vice para prefeitos, governadores e presidente da República. E deu como mau exemplo o número dois do Distrito Federal, Renato Santana (PSD). Segundo as palavras do petista, Renato Santana (PSD) “tem mais de 100 cargos no governo e fica o dia inteiro trabalhando para derrubar o governador Rodrigo Rollemberg”. A bancada do PSD não gostou e reagiu imediatamente tecendo elogios a Santana e rebatendo as colocações de Vicente Cândido. O clima azedou na comissão.                            Fonte;donnysilva.blog.br
Leia Mais....

Sogro de piloto do avião da Chapecoense é internado em estado grave após aeronave cair em Luziânia


Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
O ex-senador boliviano Roger Pinto Molina, de 58 anos, deu entrada em estado grave no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) após a aeronave de pequeno porte que pilotava ter caído no Aeroclube de Luziânia (GO), neste sábado (12). Ele chegou a ficar presos às ferragens após o acidente e sofreu traumatismo craniano, trauma de face e de abdômen e parada cardiorrespiratória.
O avião prefixo PU-MON tinha parado no aeroclube de Luziânia para um rápido abastecimento e, de acordo com o Corpo de Bombeiros de Goiás, caiu logo após a decolagem, na cabeceira da pista. Ainda não há informações sobre o que poderia ter causado a queda. A Força Aérea Brasileira (FAB) investiga o caso.

O ex-senador Roger Pinto, que se refugiou na embaixada brasileira em La Paz em 2012 alegando perseguição política do então presidente Evo Morales, era sogro de Miguel Quiroga, piloto do avião que caiu com a delegação da Chapecoense, em novembro de 2016, na Colômbia.
Ele conseguiu asilo no Brasil em 2013, após ser acusado no governo Evo Morales por irregularidades como dano econômico ao Estado, estimados na época em US$ 1,7 milhões, em mais de 20 processos. Sua fuga para o Brasil, transportado de carro pela fronteira boliviana em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, causou dissabores ao governo brasileiro e levou à demissão do então ministro das relações exteriores, Antônio Patriota.

Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre /  Jornal de Brasília
Leia Mais....

Vigilante leva dois tiros após reagir a assalto na BR-070

Reprodução/Internet
Um vigilante levou dois tiros após reagir a uma tentativa de assalto em um ônibus na BR-070, na noite dessa sexta-feira (11). O coletivo da empresa Taguatur, que seguia para Águas Lindas(GO), Região Metropolitana do Distrito Federal.
De acordo com a Polícia Militar os assaltantes, um deles menor de idade, entraram armados no ônibus e anunciaram o assalto por volta das 21h. O vigilante, que estava no coletivo, reagiu ao assalto. Um dos assaltantes chegou a atirar cinco vezes contra o passageiro. Dois disparos acertaram o rosto do vigilante, mas sem gravidade.
Eles entraram em luta corporal e os populares que também estavam no coletivo se juntaram para linchar o criminoso que ficou bastante machucado. Os dois foram encaminhados para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC). O menor que participou da tentativa de assalto não sofreu nenhum ferimento.                                                         Jornal de Brasília
Leia Mais....

Chefe de gabinete da Secretaria de Justiça, delegado agride idoso

quinta-feira, 10 de agosto de 2017
O delegado da Polícia Civil Haendel da Silva Fonseca, chefe de gabinete do secretário de Justiça e Cidadania, Arthur Bernardes (PSD), foi flagrado em um vídeo agredindo um idoso no Recanto das Emas.
Na gravação, que circulou em grupos de WhatsApp nesta quarta-feira (9/8), Haendel perde a cabeça após ser insultado, derruba o idoso no chão e grita: “Você tá doido, rapá? Você tá falando é com um polícia. Respeita, encosta ali” (sic).
A suspeita era que o agredido estava pichando um bem público pouco antes de Haendel intervir. No vídeo, o homem está com uma lata de spray na mão.

Questionado sobre a filmagem, Arthur Bernardes disse ao Metrópoles que a situação ainda será apurada. “Foi determinado ao servidor que preste as informações sobre o fato e suas circunstâncias para adoção das providências cabíveis”, disse o secretário. Segundo ele, ainda não está claro quando o vídeo foi gravado.
Procurado pela reportagem, o delegado Haendel não havia retornado os contatos até a última atualização deste texto.
Haendel foi cedido para o governo local em 2015. Ele começou a atuar no GDF quando Arthur Bernardes ainda era o titular da pasta de Economia e Desenvolvimento Sustentável. Ao assumir o novo cargo, em março de 2017, Bernardes levou o chefe de gabinete com ele.
Leia Mais....

Suspeito de matar policial militar do DF a tiros é preso em Novo Gama


Foto: Divulgação/PCGO
Um homem suspeito de ter assassinado um policial militar do DF aposentado, no Natal do ano passado, foi preso nesta quarta-feira (9), em Novo Gama (GO), mesma cidade onde aconteceu o crime. O suspeito foi detido durante cumprimento de mandado de prisão realizado pela Polícia Civil de Goiás.
Segundo investigações da polícia, a vítima, Luiz Antônio de Lima, de 54 anos, estava em um bar, localizado no Residencial Alvorada, quando foi surpreendido pelo suspeito, que efetuou seis disparos de arma fogo contra o PM e fugiu logo em seguida em uma moto.
Ferido, Luiz Antônio chegou a ser socorrido por populares e levado ao Hospital Regional de Santa Maria em seu próprio veículo, mas não resistiu aos ferimentos.
O sargento da reserva da PM estava em um bar quando foi surpreendido pelo criminoso. Foto: Divulgação                                              Jornal de Brasília
Leia Mais....

Suspeitos de matar servidora do Ministério da Cultura são presos

Foto: John Stan - Jornal de Brasília
Em menos de 24 horas do crime, a Polícia Civil do DF conseguiu prender os supostos autores do latrocínio – roubo seguido de morte – da jornalista e servidora do Ministério da Cultura, Maria Vanessa Veiga Esteves, de 55 anos. Os dois suspeitos, um homem de 26 anos e um menor de 15, estavam em um apartamento, na 208 Norte, quando foram detidos. O dono do apartamento também foi detido, porém a polícia ainda não sabe até que ponto ele está envolvido no caso.
De acordo com o delegado-chefe da 2ª DP, Laércio Rosseto, os pertences da vítima, que foram levados durante o crime, estavam em um contêiner próximo ao apartamento. Foram os próprios envolvidos que indicaram o local onde a bolsa com a Carteira de Habilitação (CNH) da vítima estava.


O crime ocorreu por volta das 23h30 dessa terça-feira (8), após Vanessa estacionar o carro em frente ao seu apartamento, na 408 Norte. A ação dos criminosos chocou a cidade devido à crueldade em que foi praticada. Segundo a Polícia Militar, mesmo sem ter reagido ao crime, eles agarraram a vítima por trás e a esfaquearam.
O autor da facada que vitimou Vanessa teria sido o menor. Segundo o delegado, o adolescente disse, em depoimento, que a matou porque estava com vontade. Eles ainda afirmaram que saíram para roubar e, quando viram a mulher sair do carro, fizeram a abordagem. Também contaram que teriam pedido a bolsa dela, mas ela hesitou e, neste momento, o menor desferiu a facada. Em seguida, a dupla fugiu com o celular e a bolsa da mulher, mas deixou a faca no local do crime.
Os envolvidos deram detalhes do crime ao delegado, que ficou surpreso com a frieza dos envolvidos. “O menor está ciente que a medida da Vara de Justiça vai ser branda. A conversa foi de forma fria”, contou Rosseto. Ele já tem passagens por roubo e já é conhecido no meio policial por essas práticas. Já o suspeito maior de idade tem passagens por roubo, receptação e cumpria pena em regime domiciliar.
Natural de Minas Gerais, Maria Vanessa morou no Rio de Janeiro por 25 anos, antes de mudar para Brasília. (*Com informações de João Paulo Mariano)
Vizinha testemunhou crime
Uma dona de casa de 49 anos, que vive há 13 no prédio em frente onde morava Vanessa e que prefere não se identificar, revela que viu da janela os dois homens agindo. “Um segurou e o outro esfaqueou. Ela chegou a dizer ‘não precisa de nada disso’, mas não adiantou”, lembra a mulher.
As câmeras de segurança registraram dois autores fugindo. Um, de blusa de frio branca e capuz. O outro, de boné preto. Tudo ocorreu em menos de um minuto.
Colegas de quarto lamentam perda
Maria Vanessa dividia apartamento com dois estudantes estrangeiros, um coreano e uma estadunidense. Eles dormiam no momento do crime e só souberam do ocorrido ao amanhecer. “Desde que cheguei ela tem me acolhido, é muito querida, uma espécie de mãe brasileira. Tô muito chocada”, diz Cristina Chabali, estadunidense de 25 anos.
Jovens que dividiam quarto com Maria Vanessa estão abalados com o crime. Breno Esaki/Jornal de Brasília
Criminalidade
De janeiro a julho deste ano, a Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social registrou 20 ocorrências de latrocínio de vitimaram brasilienses. No último mês, duas ocorrências do crime foram registradas pela pasta.
Assassinato em Sobradinho
No sábado (5), o empresário Clodoaldo Alencar, de 47 anos, morreu em decorrência de tiros na cabeça, durante um assalto ocorrido no dia 2, dentro de sua loja de motos. O crime ocorreu em Sobradinho. A ação do bandido foi registrada pelas câmeras de segurança do local.
Conforme testemunhas, vítima e suspeito discutiram. O comerciante teria reagido e entrado em luta corporal com o suspeito, na tentativa de tomar a arma. O bandido, então, atingiu Clodoaldo na cabeça, com dois tiros à queima-roupa.
Na fuga, o criminoso tentou levar o carro da vítima, mas o sistema anti-furto do veículo não permitiu que ele fosse muito longe. O carro foi abandonado perto da Administração Regional de Sobradinho. O suspeito, identificado como João Lucas Feitoza da Silva, de 20 anos, permanece foragido.
Leia Mais....

PM atira em agente do Detran durante blitz em Águas Claras

Reprodução/Facebook
Um coronel da reserva da Polícia Militar foi preso em flagrante depois de atirar contra um agente do Detran-DF, na madrugada desta quinta-feira (10), na avenida Araucárias, em Águas Claras. O caso ocorreu durante uma blitz, com pelo menos quatro viaturas da autarquia.
Identificado como Jackson Douglas Ferreira, de 49 anos, o militar não teria gostado de ter sido abordado. Foi solicitado que ele fizesse teste de bafômetro para atestar possível embriaguez, mas o homem se recusou. Testemunhas contam que, bastante alterado, o homem já desceu do veículo com uma arma em punho e teria efetuado ao menos três disparos, sendo que o primeiro acertou o servidor do Detran.
O militar fugiu do local logo na sequência, mas foi encontrado pela Polícia Militar e preso. Além do carro em que o suspeito estava, havia um outro o acompanhando, ocupado por familiares. Os veículos foram guinchados e todos os envolvidos foram parar na 21ª Delegacia de Polícia.


O agente não ficou gravemente ferido porque o tiro acertou o colete, perfurando quatro camadas da proteção. O tiro provocou um grande hematoma nas costas do servidor. Em nota, o Detran informou que a direção da autarquia prestou todo o apoio e assistência ao agente.
Em nota, a PM confirmou que o homem que efetuou o disparo é um coronel reformado e afirmou que “reprova totalmente a conduta deste policial, uma vez que esse tipo de atitude não condiz com a postura esperada de um profissional de segurança pública, mesmo que aposentado”. A corporação ainda reitera o comprom
Segundo a Polícia Civil, a arma de Jackson foi apreendida com quatro munições. O colete da vítima e duas pistolas do tipo taser do Detran também foram apreendidos. A corporação informou que o exame de corpo de delito do militar deu negativo para embriaguez.                                                                                                                    Jornal de Brasília
Leia Mais....

Os Evangélicos Que Votaram Contra Cunha, Dilma E Temer

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Entre eles estão Arolde de Oliveira (PSC-RJ), Lázaro (PSC-BA) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ)


Os evangélicos que votaram contra Cunha, Dilma e Temer
Apesar da maior parte dos parlamentares que compõem a chamada Bancada Evangélica terem sido favoráveis a Temer, vários deputados que se identificam com a fé protestante votaram contra o ex-deputado Eduardo Cunha, a ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente da República Michel Temer.
Do total de 108 deputados que fizeram coro a possível cassação do mandato dos três políticos – cerca de 21% de todo o congresso –, estão nomes como Arolde de Oliveira (PSC-RJ), Cabo Daciolo (PTdoB-RJ), Geovania de Sá (PSDB-SC), Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) e o cantor Lázaro (PSC-BA).
Já entre os deputados que compõem a bancada, mas não são necessariamente evangélicos, a lista se destaca pela presença do presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que promete deixar o partido para competir as eleições de 2018 pelo PEN.
Além dele e de evangélicos, somam nomes ilustres como seu filho Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), o humorista Tirica (PR-SP), a psicóloga Mara Gabrilli (PSDB-SP) e o cantor sertanejo Sérgio Reis (PRB-SP).
Com relação aos partidos, a lista não integra nenhum político do Partido dos Trabalhadores (PT) e nem do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Por outro lado, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) é o partido com maior número de deputados que votaram contra todos os políticos.
Além do PSDB, outros partidos que alcançaram números foram a REDE Sustentabilidade, o Partido da República (PR), o Partido Progressista (PP), o Partido Social Democrático (PSD), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o Solidariedade (SD).

Fonte: Gospel Prime
Leia Mais....

Com medo de violência no parto, mãe leva pistola para a maternidade Ela foi presa depois da cesárea e separada do bebê

Reprodução
A dona de casa Paula de Oliveira Pereira, 28 anos, mãe de quatro crianças que têm entre 11 anos e 11 meses, tem as piores recordações do parto dos filhos, todos feitos em hospitais públicos da grande São Paulo. “Foram pesadelos”, conta. Mas o nascimento do terceiro bebê, em 2015, ela classifica como “traumatizante” e o “pior de todos”. Ficou 14 horas em trabalho de parto, sem acompanhante, embora tenha direito a um, segundo a lei. Pediu anestesia para aguentar as contrações. Não foi atendida. Desorientada, caiu da maca, de barriga no chão. “Não sei como meu filho não morreu no tombo”, lembra. Lá pelas tantas ouviu que ele não nascia porque ela era “fraca” e “não fazia força suficiente”. “Daí a enfermeira subiu em cima de mim, para empurrar o bebê. Fiquei sem ar, minha barriga ficou toda roxa”, lembra, emocionada.
Ano passado, já grávida do caçula, seu plano era um só: juntar dinheiro para conseguir pagar por uma cesárea em um hospital particular. Os meses passaram, mas Paula não conseguiu economizar o suficiente para a cirurgia. “O parto ia chegando, eu ia ficando cada vez mais angustiada. Não conseguia parar de pensar que ia passar mais uma vez por toda aquela violência”.
Desesperou-se e comprou uma arma, sem que o marido ou a mãe soubessem. “Eu planejava chegar na maternidade e pedir por uma cesárea. Se não fosse atendida, ia me matar. Sabia que não ia aguentar tudo aquilo de novo”, conta. Quando a bolsa estourou e foi pro hospital, o marido de Paula, que não sabia que a mulher estava com uma pistola escondida na bolsa, mas tinha consciência de quanto o último parto tinha sido traumatizante, pediu uma cesariana para o plantonista. “Ele explicou que meu último parto tinha sido complicado. Mas o médico gritou. Disse que quem mandava ali era ele, que paciente não tem escolha, quem escolhia o parto era o ele. Que se eu quisesse ir embora procurar outro hospital, podia ir”, conta.

Em um misto de dor e angústia lembra de ter mandado uma mensagem para a mãe, dizendo que estava na maternidade, tinha uma pistola e ia se matar. A avó do bebê correu para o hospital e avisou que a filha tinha estava armada. A polícia foi chamada. Paula conseguiu a cirurgia cesariana, mas foi separada do bebê e presa assim que recebeu alta, três dias depois do parto, por porte ilegal de arma. “Fui levada direto para a delegacia de Itapecerica e depois fui transferida para (o presídio de) Franco da Rocha, em um camburão, mesmo com a barriga cheia de pontos. Fiquei 21 dias presa, não pude conhecer meu filho e não consegui amamentar”.
O advogado de Paula conseguiu que ela esperasse o julgamento em liberdade. A audiência foi mês passado. A promotora de Justiça de Itapecerica da Serra, Daniela Dermendjian, pediu a absolvição da dona de casa. A juíza concordou. “Ela contou no depoimento que levou a arma para a maternidade para se matar se os médicos não fizessem a cesárea. A gente entendeu que ela queria se suicidar e suicídio não é crime”, explica a promotora que, por coincidência, está grávida de nove meses e planeja um parto normal para dar à luz seu filho nas próximas semanas.
Daniela Dermendjian conta que conversou com Paula depois da audiência. Explicou que o que ela sofreu nos partos dos seus filhos tem nome: violência obstétrica. “Orientei para que denunciasse ao Ministério Público. Esse é nosso principal desafio, fazer com que as mulheres saibam que certos procedimentos no parto não são normais e precisam ser denunciados para que possamos agir”, explica a promotora de Justiça, ressaltando que o Ministério Público abre inquérito civil para apurar casos como o da dona de casa.
Fonte: Jornal de Brasília
Leia Mais....
 
NOSSOGAMA.COM.BR © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot