EXECUTIVA REGIONAL DO PATRIOTA TRAÇA NOVOS RUMOS PARA O DISTRITO FEDERAL

Na manhã de 28 de março, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram, por unanimidade, a incorporação do Partido Republicano Progressista (PRP) ao Patriota (Patri).
Ficou decidido que a legenda não usará sigla, conforme solicitado nos autos, e será identificada apenas como PATRIOTA.
O novo Partido, agora sob o nome PATRIOTA, mantido juntamente com o número 51, passa a possuir maior representatividade em todo o país.
Para comandar a nova sigla, no DF, a executiva do partido convidou o Advogado e gestor partidário Adalberto Monteiro (ex-presidente do PRP/DF).
No último pleito eleitoral o PRP/DF levou o candidato ao governo, General Paulo Chagas, a um surpreendente quarto lugar na disputa e elegeu com vantagem uma Deputada Federal e um Deputado Distrital, angariando no total mais de 600 mil votos.
Adalberto se lança nesse novo desafio com a alma impregnada de esperança no Brasil que emerge juntamente com o novo e ético modelo de fazer política e enxerga essa fusão como um relevante progresso pela união de forças que potencializará o PATRIOTA no Distrito Federal, proporcionando arregimentar quadros cada vez mais qualificados para oferecer ao eleitor candango.
Diante desse novo e significativo fato político para o DF, a REVISTA DIÁRIA obteve exclusiva entrevista com o Presidente do PATRIOTA-DF, Adalberto Monteiro.
Adalberto Monteiro, Presidente do Patriota-DF            http://www.revistadiaria.com.